Joséafonsoabril

Zeca Afonso

  • Nasceu, em Aveiro, Zeca Afonso

    Nasceu, em Aveiro, Zeca Afonso
    Nasceu no dia 2 de Agosto de 1929, na Freguesia de Glória, em Aveiro, filho de José Nepomuceno Afonso dos Santos, juiz, natural do Fundão, e de sua mulher Maria das Dores Dantas Cerqueira, Professora, de Ponte de Lima. Viveu naquela localidade até aos três anos, numa casa do Largo das Cinco Bicas, com a tia Gé e o tio Chico, bem como com seu irmão João Cerqueira Afonso dos Santos (nascido em 1927) e que viria a ser advogado e pai de dois dos seus sobrinhos.
  • Infância em África

    Infância em África
    Com 3 anos foi levado para Angola, onde o pai havia sido colocado como delegado do Procurador da República, em 1930, e onde nasceria em Silva Porto a sua irmã Maria Cerqueira Afonso dos Santos, futura mãe de seus sobrinhos, também músicos, João Afonso Lima e António Afonso Lima.
    A relação física com a natureza causou-lhe uma profunda ligação ao continente africano, que se reflectirá pela sua vida fora. Em 1937 regressa a Aveiro, mas parte no mesmo ano para Moçambique...
  • Belmonte, o pior ano da sua vida...

    Belmonte, o pior ano da sua vida...
    Volta para Portugal, indo viver em Belmonte , com o tio Filomeno, que ocupava o cargo de presidente da Câmara. Completa a instrução primária nesta localidade, e convive com o mais profundo ambiente do Salazarismo, de que seu tio era admirador, sendo obrigado a envergar o traje da Mocidade Portuguesa. Segundo o Zeca, este é o pior ano da sua vida...Entretanto, os pais e a irmã, vão para Timor, que entre 1942 e 1945 é ocupado por forças japonesas. Neste período não tem notícias da família...
  • Liceu, em Coimbra...

    Liceu, em Coimbra...
    Em 1940 vai para Coimbra ao cuidado de uma tia paterna, a tia Avrilete, matriculando-se no Liceu D.João III. Neste liceu conhecerá António Portugal e Luiz Goes, futuros companheiros de andanças musicais. Por volta de 1945, começa a cantar serenatas. Gozando do estatuto de «bicho-cantor», não sofre os tormentos praxistas que as trupes reservam aos estudantes liceais. Não sendo demasiado aplicado, é reprovado dois anos e só em 1948, com quase 19, conclui o curso dos liceus.
  • Casamento e filhos enquanto estudante, trabalhador e militar...

    Casamento e filhos enquanto estudante, trabalhador e militar...
    Em 1948, casa com Maria Amália de Oliveira, costureira de origem humilde, contra a vontade dos pais. Viaja em digressões com a Tuna Académica e pratica futebol na Associação Académica de Coimbra. Enquanto estuda e trabalha nasce, em 1953, José Manuel, seu primeiro filho e em 1954 a sua filha Helena, enquanto cumpria o serviço militar. Dá explicações para ganhar algum dinheiro e sustentar a família.
  • Faculdade de letras e fado de Coimbra...

    Faculdade de letras e fado de Coimbra...
    Em 1949, dispensa no exame de aptidão à Universidade, matriculando-se na Faculdade de Letras, no primeiro ano do curso de Ciências Histórico-Filosóficas. Integra o Orfeão Académico. Na Universidade convive com os cantores e guitarristas (De pé: Fernando Rolim, José Afonso, Florêncio de Carvalho, Luis Goes, Augusto Camacho Sentados: Machado Soares, Aurélio Reis, António Brojo, António Portugal). Contacta ainda 2 guitarristas famosos: Artur Paredes e Flávio Rodrigues, o «guitarrista barbeiro».
  • Serviço militar

    Serviço militar
    Entre 1953 e 1955 cumpre, em Mafra, dois anos de serviço militar, sendo depois colocado em Coimbra. Começa a cumprir em Mafra, no C.O.M., dois anos de serviço militar obrigatório. Mobilizado para Macau, salva-se desta viagem por motivos de saúde, vindo depois a ser colocado num quartel em Coimbra. Segundo próprio: «Fui o menos classificado de todo o curso por falta de aprumo militar».
  • Grava os primeiros dois Singles de Fado de Coimbra

    Grava os primeiros dois Singles de Fado de Coimbra
    Singles gravados pela Fábrica Portuguesa de Discos (Melodia). Musicos: António Portugal, António Brojo,Aurélio Reis e Mário de Castro
    1º Single:
    01 . CONTOS VELHINHOS letra/música Ângelo Vieira Araújo 02 . INCERTEZA letra/música Eduardo Tavares de Melo.
    2º Single:
    01 . FADO DAS ÁGUIAS letra Camilo Castelo Branco (1ª quadra), Fernando de Lemos Quintela (2ª quadra) música A. Dias da Costa 02 . O SOL ANDA LÁ NO CÉU letra Carlos Figueiredo (1ª quadra), Popular (2ª quadra) música Carlos Figueiredo
  • Grava o primeiro LP - «Fados de Coimbra»

    Grava o primeiro LP - «Fados de Coimbra»
    Disco gravado na editora ALVORADA - MEP 60003 - 1956
    Contos Velhinhos (José Afonso) - Minha Barca (Luis Góis) - Incerteza (José Afonso) - Variações Em Ré Menor (António Brojo, António Portugal, Aurélio Reis, Mário de Castro)
    Estas são das primeiras gravações de José Afonso e de Luís Góis também.
  • Disco: Coimbra

    Disco: Coimbra
    Edição Fábrica Portuguesa de Discos da Rádio Triunfo Lda. (Alvorada MEP 60280) gravação Estúdios do Emissor Regional de Coimbra. Músicos António Portugal, Jorge Godinho, Manuel Pepe e Levy Baptista fotografia Hernâni Pereira. 01 . MAR LARGO letra Popular / Edmundo de Bettencourt música Paulo de Sá 02 . SOLITÁRIO letra Horácio Menano música Francisco Menano 03 . AQUELA MOÇA DA ALDEIA letra Américo Durão música Francisco Menano 04 . BALADA letra Popular Açores / José Afonso música José Afonso
  • Zeca, o professor...

    Zeca, o professor...
    Desde muito novo que dá explicações, devido às dificuldades económicas.Ainda estudante, dá aulas num colégio particular de Mangualde e, depois, na Escola Industrial e Comercial de Lagos. Em 1959, leccionará na Escola Industrial e Comercial de Faro (foto com um grupo de alunas). Ao longo da vida leccionará ainda em Aljustrel, Alcobaça, Moçambique (Lourenço Marques e Beira) e Setúbal. Foi expulso do ensino, devido às suas posições políticas, mais tarde foi reintegrado, mas optou pela música...
  • Disco: Balada de Outono

    Disco: Balada de Outono
    Edição Discos Rapsódia Lda. (EPF 5.085) gravação Museu Machado de Castro, Coimbra músicos António Portugal, Eduardo Melo, Manuel Pepe e Paulo Alão edições estrangeiras Brasil 01 . BALADA DO OUTONO letra/música José Afonso 02 . VIRA DE COIMBRA letra/música Popular arranjo António Portugal 03 . AMOR DE ESTUDANTE letra Popular / João Carlos Celestino Gomes música D. José Pais de Almeida e Silva 04 . MORENA Instrumental música Saldanha Júnior arranjo António Portugal.
  • Edição luso-americana, pela Monitor Records, do LP «Coimbra Orfeon of Portugal»

    Edição luso-americana, pela Monitor Records, do LP «Coimbra Orfeon of Portugal»
    José Afonso canta em 2 temas, sendo a primeira vez que José Afonso grava sem o acompanhamento tradicional coimbrão. É acompanhado somente por duas violas. Side One: Serenata Açoriana - In Parasceve (cantado em latim) - Minha Mãe (José Afonso) - Sonhando - Fado da Mentira - Rapsódia Luso-Brazileira. Side Two: Melodia de Amor - É Tão Lindo O Teu Olhar - O Vosso Galo, Comadre - Balada Aleixo (José Afonso) - Hallelujah (cantado em inglês) - Balada da Saudade - A Oliveira da Serra - FRA
  • Disco: Baladas de Coimbra

    Disco: Baladas de Coimbra
    Edição Discos Rapsódia Lda. (EPF 5.182) gravação Mosteiro de S. Jorge de Milreu, Coimbra músicos Rui Pato fotografia Albano da Rocha Pato texto Albano da Rocha Pato 01 . MENINO D’OIRO letra/música José Afonso 02 . TENHO BARCOS, TENHOS REMOS letra/música Popular 03 . NO LAGO DO BREU letra/música José Afonso 04 . SENHOR POETA letra António Barahona / Manuel Alegre música José Afonso.
  • Divócio com Mª Antónia e Casamento com Zélia

    Divócio com Mª Antónia e Casamento com Zélia
    No ano em que conclui, finalmente, o curso, com uma tese sobre Sartre. Divorcia-se de Maria Amália, casando depois em Olhão com Zélia (na fotografia). Deste segundo casamento haveria de ter mais dois filhos: Joana (1965) e Pedro (1969)
  • Disco: Baladas de Coimbra

    Disco: Baladas de Coimbra
    Edição Discos Rapsódia Lda. (EPF 5.218) gravação Mosteiro de S. Jorge de Milreu, Coimbra músicos Rui Pato 01 . OS VAMPIROS letra/música José Afonso 02 . CANÇÃO VAI… E VEM letra Paulo Armando / refrão popular Algarve música José Afonso 03 . MENINO DO BAIRRO NEGRO letra/música José Afonso 04 . AS POMBAS letra Luis Andrade Pignatelli música José Afonso
  • Disco LP: Baladas e Canções

    Disco LP: Baladas e Canções
    Edição Discoteca Santo António, Porto, gravação Estúdios RTP, Monte da Virgem. Músicos Rui Pato capa António Pimentel texto Adriano Peixoto
    01 . CANÇÃO LONGE 02 . OS BRAVOS 03 . BALADA ALEIXO 04 . BALADA DO OUTONO 05 . TROVAS ANTIGAS 06 . NA FONTE ESTÁ LIANOR 07 . MINHA MÃE 08 . ALTOS CASTELOS 09 . O PASTOR DE BENSAFRIM 10 . CANTO DA PRIMAVERA 11 . ELEGIA
  • Disco: CANTARES DE JOSÉ AFONSO - 1ª edição censurada

    Disco: CANTARES DE JOSÉ AFONSO - 1ª edição censurada
    Edição Columbia (SLEM 2182) gravação Estúdios Valentim de Carvalho músicos Rui Pato fotografia Albano da Rocha Pato 01 . CORO DOS CAÍDOS letra/música José Afonso 02 . CANÇÃO DO MAR letra/música José Afonso 03 . MARIA letra/música José Afonso 04 . Ó VILA DE OLHÃO letra José Afonso / quadra popular música José Afonso
  • Disco: BALADAS E CANÇÕES

    Disco: BALADAS E CANÇÕES
    EP/45rpm (editado a partir do LP Baladas e Canções) edição Discoteca Santo António, Porto (Ofir AM 4.017) fotografia Varela Pécurto 01 . TROVAS ANTIGAS letra Popular música José Afonso 02 . NA FONTE ESTÁ LIANOR letra Luís de Camões música José Afonso 03 . MINHA MÃE letra José Afonso / quadra popular música José Afonso 04 . ALTOS CASTELOS letra/música José Afonso
  • Actuação histórica em Grândola

    Actuação histórica em Grândola
    No contexto de várias actuações que fazia, em Maio de 1964, José Afonso actua na Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense, onde se inspira para fazer a canção «Grândola, Vila Morena», que viria a ser no dia 25 de Abril de 1974 a senha do Movimento das Forças Armadas (MFA) para o derrube do regime ditatorial.
  • José Afonso em Moçambique

    José Afonso em Moçambique
    De 1964 a 1967, José Afonso encontra-se em Lourenço Marques com Zélia, onde reencontra os seus dois filho que havia enviado antes para junto dos avós por dificuldades económicas. Dá aulas no liceu António Enes (na foto com alunos) e nos últimos dois anos, dá aulas na Beira. Aqui musicou Brecht na peça A Excepção e a Regra. Em Moçambique nasce a sua filha Joana (1965). Em 1967 regressa a Lisboa esgotado pelo sistema colonial. Deixa o filho mais velho, José Manuel, confiado aos avós em Moçambique.
  • LP: Cantares de Andarilho

    LP: Cantares de Andarilho
    Edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. Gravação Estúdios Polysom, Lisboa som e mistura Moreno Pinto músicos Rui Pato capa Fernando Aroso.
    01 . NATAL DOS SIMPLES 02 . BALADA DO SINO 03 . RESINEIRO ENGRAÇADO 04 . CANÇÃO DE EMBALAR 05 . O CAVALEIRO E O ANJO 06 . SAUDADINHA 07 . TECTO NA MONTANHA 08 . ENDECHAS A BÁRBARA ESCRAVA 09 . CHAMARAM-ME CIGANO 10 . SENHORA DO ALMORTÃO 11 . VEJAM 10 . SENHORA DO BEM 12 . CANTARES DO ANDARILHO
  • Livro de Poesia «Cantares»

    Livro de Poesia «Cantares»
    Primeira edição. Coordenação e textos de Manuel Simões e Rui Mendes. Notas de José Afonso. Editora Nova Realidade, 86 páginas
  • Single: Menina dos olhos tristes

    Single: Menina dos olhos tristes
    Edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda (Orfeu SAT 803) gravação Estúdios Polysom, Lisboa músicos Rui Pato.
    01 . MENINA DOS OLHOS TRISTES letra Reinaldo Ferreira música José Afonso 02 . CANTA CAMARADA letra Popular músicaJosé Afonso
  • LP: Contos velhos, rumos novos

    LP: Contos velhos, rumos novos
    Edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. Gravação Estúdios Polysom, Lisboa som e mistura Moreno Pinto músicos Rui Pato, Sousa Colaço, José Fortunato, Adácio Pestana e Teresa Paula Brito capa Fernando Aroso.
    01 . BAILIA 02 . OH! QUE CALMA VAI CAINDO 03 . S. MACAIO 04 . QUALQUER DIA 05 . VAI, MARIA VAI 06 . DEUS TE SALVE, ROSA 07 . LÁ VAI JEREMIAS 08 . NO VALE DE FUENTEOVEJUNA 09 . ERA DE NOITE E LEVARAM 10 . JÁ O TEMPO SE HABITUA 11 . A CIDADE
  • Livro de Poesia «Cantar de novo»

    Livro de Poesia «Cantar de novo»
    Livro de poesia, da editora Nova Realidade, co 110 páginas
  • LP: TRAZ OUTRO AMIGO TAMBÉM

    LP: TRAZ OUTRO AMIGO TAMBÉM
    Edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu STAT 005) gravação Pye Records Studio, Londres músicos Carlos Correia (Bóris), colaboração de Filipe Colaço capa José Santa-Bárbara texto Bernardo Santareno. 01 . TRAZ OUTRO AMIGO TAMBÉM; 02 . MARIA FAIA; 03 . CANTO MOÇO; 04 . EPÍGRAFE PARA A ARTE DE FURTAR; 05 . MODA DO ENTRUDO; 06 . OS EUNUCOS (NO REINO DA ETIÓPIA); 07 . AVENIDA DE ANGOLA; 08 . CANÇÃO DO DESTERRO (EMIGRANTES); 09 . VERDES SÃO OS CAMPOS; 10 . CARTA A MIGUEL DJÉJE; 11 . CANTIGA DO MONTE
  • Disco: NATAL DOS SIMPLES

    Disco: NATAL DOS SIMPLES
    EP/45rpm (editado a partir do LP Cantares do Andarilho) edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda (Orfeu ATEP 6356) 01 . NATAL DOS SIMPLES letra/música José Afonso 02 . BALADA DO SINO letra/música José Afonso 03 . O CAVALEIRO E O ANJO letra/música José Afonso 04 . CANÇÃO DE EMBALAR letra/música José Afonso
  • Disco: RESINEIRO ENGRAÇADO

    Disco: RESINEIRO ENGRAÇADO
    EP/45 rpm (editado a partir do LP Cantares do Andarilho) edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda (Orfeu ATEP 6357) 01 . RESINEIRO ENGRAÇADO letra/música Popular Beira Alta 02 . CANÇÃO DE EMBALAR letra/música José Afonso 03 . CANTARES DO ANDARILHO letra António Quadros (pintor) música José Afonso 04 . VEJAM BEM letra/música José Afonso
  • Disco: CHAMARAM-ME CIGANO

    Disco: CHAMARAM-ME CIGANO
    EP/45rpm (editado a partir do LP Cantares do Andarilho) edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda (Orfeu ATEP 6358) 01 . CHAMARAM-ME CIGANO letra/música José Afonso 02 . SENHORA DO ALMORTÃO letra/música Popular Beira Baixa 03 . TECTO NA MONTANHA letra/música José Afonso 04 . ENDECHAS A BÁRBARA ESCRAVA letra Luís de Camões música José Afonso
  • Disco: MENINA DOS OLHOS TRISTES

    Disco: MENINA DOS OLHOS TRISTES
    EP/45rpm (editado a partir do LP Contos Velhos Rumos Novos e do single Menina dos Olhos Tristes) edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu ATEP 6387) 01 . MENINA DOS OLHOS TRISTES letra Reinaldo Ferreira música José Afonso 02 . DEUS TE SALVE, ROSA letra/música Popular Trás-os-Montes 03 . CANTA CAMARADA letra Popular música José Afonso 04 . LÁ VAI JEREMIAS letra/música Popular Beira Baixa
  • Disco: S. MACAIO

    Disco: S. MACAIO
    EP/45rpm (editado a partir do LP Contos Velhos Rumos Novos) edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu ATEP 6388) 01 . S. MACAIO letra/música Popular Açores 02. VAI, MARIA VAI letra/música José Afonso 03 . QUALQUER DIA letra F. Miguel Bernardes música José Afonso 04 . JÁ O TEMPO SE HABITUA letra/música José Afonso
  • Disco: NO VALE DE FUENTEOVEJUNA

    Disco: NO VALE DE FUENTEOVEJUNA
    EP/54rpm (editado a partir do LP Contos Velhos Rumos Novos) edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda (Orfeu ATEP 6389) 01 . NO VALE DE FUENTEOVEJUNA letra Lope de Vega música José Afonso 02 . A CIDADE letra José Carlos Ary dos Santos música José Afonso 03 . ERA DE NOITE E LEVARAM letra Luís de Andrade música José Afonso 04 . BAILIA letra Airas Nunes música José Afonso
  • LP: CANTIGAS DO MAIO

    LP: CANTIGAS DO MAIO
    Edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu STAT 009) gravação Strawberry Studio, França, som e mistura Gilles Sallé e Christian Gence músicos C. Correia, Michel Delaporte, Christian Padovan, Tony Branis, Jacques Granier, F. Fanhais e J. M. Branco. capa J. Santa-Bárbara fotografia . Ulmann. 01 . SENHOR ARCANJO; 02 . CANTIGAS DO MAIO; 03 . MILHO VERDE; 04 . CANTAR ALENTEJANO; 05 . GRÂNDOLA, VILA MORENA; 06 . MAIO MADURO MAIO; 07 . MULHER DA ERVA; 08 . RONDA DAS MAFARRICAS; 09 . CORO DA PRIMAVERA.
  • Disco: CANTO MOÇO

    Disco: CANTO MOÇO
    EP/45rpm (editado a partir do LP Traz Outro Amigo Também) edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda (Orfeu ATEP 6408) edições estrangeiras França 01 . CANTO MOÇO letra/música José Afonso 02 . CANÇÃO DO DESTERRO (EMIGRANTES) letra/música José Afonso 03 . EPÍGRAFE PARA A ARTE DE FURTAR letra Jorge de Sena música José Afonso 04 . MARIA FAIA letra/música Popular Beira Baixa
  • Disco: OS EUNUCOS

    Disco: OS EUNUCOS
    EP/45rpm (editado a partir do LP Traz Outro Amigo Também) edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu ATEP 6433) 01 . OS EUNUCOS (NO REINO DA ETIÓPIA) letra/música José Afonso 02 . VERDES SÃO OS CAMPOS letra Luís de Camões música José Afonso 03 . AVENIDA DE ANGOLA letra/música José Afonso 04 . CANTIGA DO MONTE letra/música José Afonso
  • LP: EU VOU SER COMO A TOUPEIRA

    LP: EU VOU SER COMO A TOUPEIRA
    Edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu STAT 012) gravação Est. Celada S.A. Madrid, som e mistura P. Molina e outros. produção e direcção J. Niza, músicos Benedicto, C.A. Moniz, C. Medrano, J.J. Letria e outros capa J. Santa-Bárbara.01 . A MORTE SAIU À RUA;02 . FUI À BEIRA DO MAR;03 . SETE FADAS ME FADARAM;04 . Ó MINHA AMORA MADURA;05 . O AVÔ CAVERNOSO;06 . Ó TI ALVES;07 . NO COMBOIO DESCENDENTE; 08 . EU VOU SER COMO A TOUPEIRA;09 . É PARA URGA;10 . POR TRÁS DAQUELA JANELA
  • LP: VENHAM MAIS CINCO

    LP: VENHAM MAIS CINCO
    Edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu STAT 017),gravação Est. Aquarium, Paris, som Gilles Sallé produção José Niza músicos A. Carradot, M. Bergès, M.J. Bonito, J. Luz, J.M. Branco e outros. capa J. Santa-Bárbara. 01 . RIO LARGO DE PROFUNDIS;02 . ERA UM REDONDO VOCÁBULO:03 . NEFRETITE NÃO TINHA PAPEIRA;04 . ADEUS Ó SERRA DA LAPA;05 . VENHAM MAIS CINCO;06 . A FORMIGA NO CARREIRO;07 . QUE AMOR NÃO ME ENGANA;08 . PAZ POETA E POMBAS;09 . SE VOARAS MAIS AO PERTO;10 . GASTÃO ERA PERFEITO
  • Disco: GRÂNDOLA, VILA MORENA

    Disco: GRÂNDOLA, VILA MORENA
    EP/45rpm (editado a partir d o LP Traz Outro Amigo Também e Cantigas do Maio) edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu ATEP 6456) fotografia Patrick Ulmann´ 01 . GRÂNDOLA, VILA MORENA letra/música José Afonso 02 . MODA DO ENTRUDO letra/música Popular Beira Baixa 03 . TRAZ OUTRO AMIGO TAMBÉM letra/música José Afonso 04 . CARTA A MIGUEL DJÉJE letra/música José Afonso
  • Disco: Cantigas do Maio

    Disco: Cantigas do Maio
    EP/45rpm (editado a partir do LP Cantigas do Maio) edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu ATEP 6486) 01 . CANTIGAS DO MAIO letra/música José Afonso 02 . RONDA DAS MAFARRICAS letra António Quadros (pintor) música José Afonso 03 . MULHER DA ERVA letra/música José Afonso
  • Disco: MAIO MADURO MAIO

    Disco: MAIO MADURO MAIO
    EP/45rpm (editado a partir do LP Cantigas do Maio) edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu ATEP 6487) 01 . MAIO MADURO MAIO letra/música José Afonso 02 . MILHO VERDE letra/música Popular arranjo José Mário Branco 03 . CANTAR ALENTEJANO letra/música José Afonso
  • Acção Política e prisão em Caxias

    Acção Política e prisão em Caxias
    Desde muito novo que José Afonso ganha uma consciência política, discordando com as políticas Salazaristas e o Estado Novo. Em 1969 a Primavera marcelista abre perspectivas. José Afonso participa activamente no movimento sindical, assim como nas acções dos estudantes em Coimbra. O PCP convida-o a aderir ao partido, mas José Afonso recusa invocando a sua condição de classe. Em 1973 após várias actuações proibidas pela PIDE, é preso em Caxias, onde permanece 20 dias.
  • Disco: CORO DA PRIMAVERA

    Disco: CORO DA PRIMAVERA
    EP/45rpm (editado a partir do LP Cantigas do Maio e Eu Vou Ser Como a Toupeira) edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu ATEP 6571) 01 . CORO DA PRIMAVERA letra/música José Afonso 02 . EU VOU SER COMO A TOUPEIRA letra/música José Afonso 03 . SENHOR ARCANJO letra/música José Afonso 04 . NO COMBOIO DESCENDENTE letra Fernando Pessoa música José Afonso
  • Disco: A MORTE SAIU À RUA

    Disco: A MORTE SAIU À RUA
    EP/45rpm (editado a partir do LP Eu Vou Ser Como a Toupeira) edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu ATEP 6587) 01 . A MORTE SAIU À RUA letra/música José Afonso 02 . Ó MINHA AMORA MADURA letra/música Popular 03 . SETE FADAS ME FADARAM letra António Quadros (pintor) música José Afonso 04 . Ó TI ALVES letra/música José Afonso - See more at: http://www.aja.pt/discografia/#sthash.vtvwGgz8.dpuf
  • Disco: Ó VILA DE OLHÃO

    Disco: Ó VILA DE OLHÃO
    SINGLE/45rpm (editado a partir do EP Cantares de José Afonso . 1964) edição EMI / Valentim de Carvalho (8E.006.40326) gravação Estúdios Valentim de Carvalho músicos Rui Pato capa pintura de Maluda intitulada “Olhão” edições estrangeiras Angola e Moçambique 01 . Ó VILA DE OLHÃO letra José Afonso / quadra popular música José Afonso 02 . MARIA letra/música José Afonso
  • Disco: CORO DOS CAÍDOS

    Disco: CORO DOS CAÍDOS
    SINGLE/45rpm (editado a partir do EP Cantares de José Afonso . 1964) edição EMI / Valentim de Carvalho (8E.006.40327) gravação Estúdios Valentim de Carvalho músicos Rui Pato edições estrangeiras Angola 01 . CORO DOS CAÍDOS letra/música José Afonso 02 . CANÇÃO DO MAR letra/música José Afonso
  • Disco: O QUE FAZ FALTA

    Disco: O QUE FAZ FALTA
    SINGLE/45rpm (editado a partir do LP Coro dos tribunais) edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu KSAT 526) 01 . O QUE FAZ FALTA letra/música José Afonso 02 . AILÉ AILÉ letra/música José Afonso
  • Disco: VIVA O PODER POPULAR

    Disco: VIVA O PODER POPULAR
    SINGLE/45rpm edição LUAR 01 . VIVA O PODER POPULAR letra/música José Afonso 02 . FOI NA CIDADE DO SADO letra/música José Afonso
  • LP: CORO DOS TRIBUNAIS

    LP: CORO DOS TRIBUNAIS
    edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu STAT 026) gravação Pye Records Studio, Londres, som B. Harper,direcção musical Fausto produção José Niza músicos Fausto, Vitorino, C.A. Moniz, Y.Gonçalves, A.C.de Oliveira e J. Niza. capa J. Brandão fotografia M.Slavin.01.CORO DOS TRIBUNAIS;02.O HOMEM VOLTOU;03.AILÉ! AILÉ!;04.NÃO SEREMOS PAIS INCÓGNITOS;05.O QUE FAZ FALTA;06.LÁ NO XEPANGARA;07.EU MARCHAVA DE DIA E DE NOITE;08.TENHO UM PRIMO CONVEXO;09.SÓ OUVE O BRADO DA TERRA;10.A PRESENÇA DAS FORMIGAS
  • No coliseu dos recreios com amigos...

    No coliseu dos recreios com amigos...
    A 29 de Março de 1974, o Coliseu, em Lisboa, enche-se para ouvir José Afonso, Adriano Correia de Oliveira, José Jorge Letria, Manuel Freire, José Barata Moura, Fernando Tordo e outros, que terminam a sessão com «Grândola, Vila Morena». Militares do MFA estão entre a assistência e escolhem «Grândola» para senha da Revolução. Um mês depois dá-se o 25 de Abril. No dia do espectáculo, a censura avisara a Casa de Imprensa, organizadora do evento, de que eram proibidas várias canções.
  • Grândola Vila Morena dá início à revolução

    Grândola Vila Morena dá início à revolução
    "Grândola, Vila Morena"' foi escolhida pelo Movimento das Forças Armadas (MFA) para ser a segunda senha de sinalização da Revolução dos Cravos. A canção refere-se à fraternidade entre o povo de Grândola, vila do Alentejo. À meia noite e vinte minutos do dia 25 de Abril de 1974, a canção foi transmitida pelo programa independente Limite através da Rádio Renascença como sinal para confirmar o início da revolução. Transformou-se em símbolo da revolução, assim como do início da democracia...
  • Acção política no pós 25 de Abril

    Acção política no pós 25 de Abril
    De 1974 a 1975 envolve-se directamento nos movimentos populares. O PREC (Processo Revolucionário Em Curso) é a sua paixão. Cantou no dia 11 de Março de 1975 no RALIS para os soldados. Estabelece uma colaboração estreita com o movimento revolucionário LUAR, através do seu amigo Camilo Mortágua, dirigente da organização. Em 1976 apoia a candidatura presidencial de Otelo Saraiva de Carvalho, cérebro do 25 de Abril e ex-comandante do COPCON. Em 1986 apoia a candidatura de Mª de Lurdes Pintassilgo.
  • LP: COM AS MINHAS TAMANQUINHAS

    LP: COM AS MINHAS TAMANQUINHAS
    edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu STAT 036) gravação Estúdios Arnaldo Trindade som M. Cunha, M. Pinto mistura P. Molina produção J. Niza músicos Vitorino, Fausto, J. Niza, Q. Barreiros, R. Galarza e outros capa J. de Azevedo fotografia N. Boothman.01.OS FANTOCHES DE KISSINGER;02.TERESA TORGA;03.OS ÍNDIOS DA MEIA-PRAIA;04.O HOMEM DA GAITA;05.O DIA DA UNIDADE;06.COM AS MINHAS TAMANQUINHAS;07.CHULA DA PÓVOA;08.COMO SE FAZ UM CANALHA;09.EM TERRAS DE TRÁS-OS-MONTES;10.ALÍPIO DE FREITAS
  • Disco: OS ÍNDIOS DA MEIA PRAIA

    Disco: OS ÍNDIOS DA MEIA PRAIA
    SINGLE/45rpm (editado a partir do LP Com as Minhas Tamanquinhas) edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu KSAT 586) capa Renie
  • LP: ENQUANTO HÁ FORÇA

    LP: ENQUANTO HÁ FORÇA
    Edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu STAT 054) gravação Estúdios Arnaldo Trindade som M.Pinto arranjos e direcção musical Fausto e J.Afonso músicos Fausto, Cecília, C.Zíngaro, Pedro Caldeira Cabral, Rão Kyao, A.C.Oliveira, S.Godinho e outros. 01 . ENQUANTO HÁ FORÇA;02 . TINHA UMA SALA MAL ILUMINADA;03 . UM HOMEM NOVO VEIO DA MATA;04 . ALI ESTÁ O RIO;05 . ARCEBISPÍADA;06 . BARRACAS OCUPAÇÃO;07 . EU, O POVO;08 . A ACUPUNCTURA EM ODEMIRA;09 . VIVA O PODER POPULAR
  • LP: FURA FURA

    LP: FURA FURA
    Edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu STAT 095) gravação Estúdios Arnaldo Trindade misturas J.M.Barata, J. Pereira e J.M. Branco músicos J. Pereira, Trovante, A. Chaínho, C. Zíngaro, Né Ladeiras e outros capa Alberto Lopes.01.QUANTO É DOCE;02.AS 7 MULHERES DO MINHO;03.O CABRAL FUGIU PARA ESPANHA;04.DE QUEM FOI A TRAIÇÃO;05.QUEM DIZ QUE ...;06.NA CATEDRAL DE LISBOA;07.ACHÉGATE A MIM, MARUXA;08.SENHORA QUE O VELHO;09.DE SAL DE LINGUAGEM FEITA;10.NÃO É MEU BEM;11.DE NÃO SABER ...;12.FURA FURA
  • Livro de Poesia «Quadras Populares

    Livro de Poesia «Quadras Populares
    As Quadras Populares (1980) constituem uma verdadeira miscelânea sobre os novos desconcertos do mundo, as suas novas e renovadas formas de opressão, enumerando uma por uma as iniquidades, disparates e esperanças frustradas da sociedade saída da revolução de abril, aspirando, em conclusão, a uma revolução ainda não cumprida ou ainda por fazer.
  • LP: FADOS DE COIMBRA E OUTRAS CANÇÕES

    LP: FADOS DE COIMBRA E OUTRAS CANÇÕES
    Edição Arnaldo Trindade & Cª. Lda. (Orfeu FPAT 6011) gravação Estúdios Rádio Triunfo músicos O.Sérgio, D.Moreirinhas, J.Pereira, J.Salomé capa J.Santa-Bárbara.01 . SAUDADES DE COIMBRA;02 . FADO D’ANTO;03 . SENHORA DO ALMORTÃO;05 . FADO DA SUGESTÃO;06 . BALADA DO OUTONO;07 . INQUIETAÇÃO;08 . FADO DOS OLHOS CLAROS;09 . VIRA DE COIMBRA;10 . CRUCIFICADO
  • José Afonso in Hamburg

    José Afonso in Hamburg
    LP não editado em Portugal, gravado em 1976 durante um espectáculo realizado em Hamburgo com Francisco Fanhais e José Luis e comercializado em 1982, por iniciativa do grupo Portugal-Solidaritãt. Inclui os temas Os fantoches de Kissinger, Hino à liberdade, Grândola vila morena, Cantar alentejano, Vira, O que faz falta e Adeus muros de Custóias, além de uma pequena biografia do compositor e do texto escrito por Urbano Tavares Rodrigues para Cantares do Andarilho.
  • Disco: ZECA EM COIMBRA

    Disco: ZECA EM COIMBRA
    Edição Foto Sonoro (SPA 83) gravação ao vivo no Parque de Santa Cruz, Coimbra músicos António Portugal, ANtónio Brojo, Aurélio reis, Luis Filipe, Rui Pato, Luis Marinho e António Bernardino. capa Alberto Madureira produção e fotografia Leonel Brito texto Fernando Luis Mendes Silva (Presidente à data da CMC) 01 . TRAZ OUTRO AMIGO TAMBÉM letra/música José Afonso 02 . TENHO BARCOS, TENHO REMOS letra/música José Afonso 03 . DUETO CONCERTANTE Instrumental letra/música António Portugal/ António Brojo
  • LP: COMO SE FORA SEU FILHO

    LP: COMO SE FORA SEU FILHO
    Edição Sassetti (TR 005) gravação estúdios Angel som J.Fortes músicos J.Pereira, J.Salomé, Fausto, J.M. Branco, P.Wallenstein, P.C.Cabral, F. Fanhais e outros, capa J.Santa-Bárbara. 01 . PAPUÇA;02 . UTOPIA;03 . A NAU DE ANTÓNIO FARIA;04 . CANÇÃO DA PACIÊNCIA;05 . O PAÍS VAI DE CARRINHO;06 . O CANARINHO;07 . EU DIZIA;08 . CANÇÃO DO MEDO;09 . VERDADE E MENTIRA;10 . ALTOS ALTENTES
  • Recusa da condecoração com a Ordem da Liberdade

    Recusa da condecoração com a Ordem da Liberdade
    O Presidente da República, general Ramalho Eanes, atribui a José Afonso, em 1983, a Ordem da Liberdade, mas o cantor recusa-se a preencher o formulário. Em 1994, o Presidente da República Mário Soares tentou de novo condecorar, postumamente, José Afonso com a Ordem da Liberdade, mas a mulher, Zélia, recusou, alegando que se José Afonso não desejou a distinção em vida, também não seria após a sua morte que seria condecorado.
  • Album (2 LP) - AO VIVO NO COLISEU

    Album (2 LP) - AO VIVO NO COLISEU
    Edição Sassetti (DIAP 16050/1) gravação Coliseu Lisboa produção E.P.Mamede musicos O.Sérgio, Fausto, J. Pereira, J. Salomé e outros fotografia J.Lobo e A.Carvalho.01.BALADA DO MONDEGO;02.SAUDADES DE COIMBRA;03.SENHORA DO ALMORTÃO;04.DOR NA PLANÍCIE;05.BALADA DO OUTONO;06.CANÇÃO DE EMBALAR;07.NATAL DOS SIMPLES;08.OS VAMPIROS;09.A MORTE SAIU À RUA;10.NO COMBOIO DESCENDENTE;11.UM HOMEM NOVO VEIO DA MATA;12.MILHO VERDE;13.PAPUÇA;14.UTOPIA;15.VENHAM MAIS CINCO;16.O QUE FAZ FAZ FALTA;17.GRÂNDOLA...
  • Espectáculo de homenagem no Coliseu de Lisboa

    Espectáculo de homenagem no Coliseu de Lisboa
    Em 29 de Janeiro de 1983 realiza-se o espectáculo no Coliseu com José Afonso já em dificuldades. Participam Octávio Sérgio, António Sérgio, Lopes de Almeida, Durval Moreirinhas, Rui Pato, Fausto, Júlio Pereira, Guilherme Inês, Rui Castro, Rui Júnior, Sérgio Mestre e Janita Salomé. É publicado o duplo álbum Ao Vivo no Coliseu
  • LP: GALINHAS DO MATO

    LP: GALINHAS DO MATO
    Edição Transmédia (SLP 007) gravação estúdios Angel produção J.Pereira e J.M.Branco som J.Fortes e R.Novais músicos J.Pereira, L.Represas, H.Vieira, J.Salomé, Né Ladeiras, J.M.Branco capa A.Lopes. 01 . AGORA;02 . TU GITANA;03 . MODA DO ENTRUDO;04 . TARKOVSKY;05 . ESCANDINÁVIA-BAR, FUZETA;06 . DÉCADA DE SALOMÉ;07 . BENDITOS;08 . GALINHAS DO MATO;09 . À PROA;10 . ALEGRIA DA CRIAÇÃO
  • Textos e Canções

    Textos e Canções
    Reúne o repertório completo das canções de Zeca Afonso e textos inéditos do poeta. Do confronto entre as duas partes que compõem o volume - uma em que o texto poético é indissociável da pauta musical e outra escrita não necessariamente para ser musicada - destaca-se a presença necessária, na primeira parte, a das canções, de uma série de traços estilísticos...
  • Morre José Afonso, o «Zeca»

    Morre José Afonso, o «Zeca»
    José Afonso morreu no Hospital de Setúbal, às 3 horas da madrugada, vítima de esclerose lateral amiotrófica, diagnosticada em 1982. O funeral realizou-se no dia seguinte, com mais de 30 mil pessoas, da Escola Secundária de S. Julião para o cemitério da Senhora da Piedade, em Setúbal, onde a urna foi depositada às 17h30 na sepultura 1606 do quadro 19. O funeral demorou duas horas a percorrer 1300 metros. Envolvida por um pano vermelho sem qualquer símbolo como fora seu pedido...
  • Criação da Associação José Afonso

    Criação da Associação José Afonso
    A Associação José Afonso é uma associação cultural e cívica, não confessional, formada em torno da memória e do exemplo de José Afonso, evocado no dia da apresentação pública ocorrida em 18 de Novembro de 1987, “enquanto artista-militante, expoente de cultura aberta e universalizante, combatente de todas as causas verdadeiramente solidárias, como Homem, enfim. Na sua dimensão exterior, mas também na intimidade dos seus muros. - ver mais em http://www.aja.pt
  • Edição do disco de homenagem «Filhos da Madrugada Cantam José Afonso»

    Edição do disco de homenagem «Filhos da Madrugada Cantam José Afonso»
    Filhos da Madrugada Cantam José Afonso é um CD duplo em homenagem a Zeca Afonso. No final de Junho seguinte houve um concerto que teve lugar no então Estádio de Alvalade. Participam no disco: os Madredeus; G.N.R.; Sitiados; Vozes da Rádio; Os Tubarões; Peste & Sida; Ritual Tejo; Delfins; Diva; Opus Ensemble; Xutos & Pontapés; Sétima Legião; Resistência; Entre Aspas; Mão Morta; Frei Fado d'El Rei; Censurados; Brigada Victor Jara; UHF; Essa Entente; Coro infantil de Sto Amaro de Oeiras.