Logo uerj cor

Discursiva - História

  • 1300

    Renascimento cultural (Q2 - 2020)

    Renascimento cultural (Q2 - 2020)
    Definição: Revolução cultural na transição da Idade Média para a Idade Moderna.
    Origem: Itália;
    Fatores:
    a) Crise do feudalismo;
    b) Renascimento Comercial e Urbano;
    c) Fortalecimento da burguesia;
    d) Mecenato = patrocínio e proteção de artistas e intelectuais por burgueses, nobres e papado.
    Características:
    a) Ruptura com a tradição feudal;
    b) Inspiração nos ideais da Antiguidade Clássica (cultura greco-romana);
    c) Antropocentrismo;
    d) Humanismo;
    e) Racionalismo;
    f) Naturalismo;
  • 1400

    Início do Antigo Regime (Q3-2017)

    Início do Antigo Regime (Q3-2017)
    Forma de governo em que os poderes estão concentrados nas mãos do soberano.
    Origens: Crise do feudalismo; ↑ Capitalismo;Formação das Monarquias Nacionais (rei + burguesia);↓ nobreza feudal.
    Características: Os reis passaram a decretar leis, impor tributos, definir a justiça e comandar o exército;Equilíbrio do rei entre a nobreza (privilégios sociais) e a burguesia (vantagens econômicas).
    ↑ Mercantilismo = Colbertismo
    Inglaterra(Din. Stuart)=Controle do poder absoluto - Parlamento.
  • 1492

    Conquista da América (Q1-2020 - Q1-2016)

    Conquista da América (Q1-2020 - Q1-2016)
    Séculos XV, XVI e XVII; ↓ Feudalismo; ↑ Capitalismo.
    Fatores
    * Monopólio comercial das cidades italianas;
    * ↓ Metais preciosos: moedas;
    * ↑ Burguesia;
    * Formação das Monarquias Nacionais (aliança = rei + burguesia):
    * Influência do Renascimento Cultural: Antropocentrismo; Racionalismo;
    * ↑ Ciências náuticas:
    * ↑ Aparelhos de orientação espacial (bússola e astrolábio);
    * ↑ Construção naval (naus e caravelas);
    * ↑ Astronomia + Geografia (Cartografia).
    * Expansão da fé cristã (ideal cruzadista).
  • 1500

    Período Pré-colonial (Q2-2017)

    Período Pré-colonial (Q2-2017)
    Desinteresse português.
    Fatores: Maiores possibilidades de lucro com o comércio de especiarias no Oriente; Portugal não encontra metais preciosos (no início).
    Expedições Exploradoras: Reconhecimento do litoral; Elaboração de mapa; Exploração do pau-brasil;
    Expedições Guarda Costa: Proteção do litoral da Colônia contra invasores;
    Criação das feitorias:instalações provisórias em diversos pontos da costa para armazenar pau-brasil. Escambo e Estanco (monopólico comercial com a Coroa).
  • 1502

    Planisfério de Cantino (Q2-2017)

    Planisfério de Cantino (Q2-2017)
    Navegação de Américo Vespúcio. Os trópicos e o Círculo Polar Ártico estão assinalados por finas linhas a vermelho.
    A América do Norte encontra-se indicada em várias partes: o sul da Groenlândia, o leste da Terra Nova, e uma península que pode ser a atual Flórida.
    A costa leste da Terra Nova encontra-se desenhada a leste da linha do Tratado de Tordesilhas, com grandes árvores verdes e douradas de longos troncos, e a menção "Terra del Rey de Portuguall".
  • 1517

    Reforma Protestante (Q1 - 2018)(Q1-2015)

    Reforma Protestante (Q1 - 2018)(Q1-2015)
    Definição: Revolução religiosa que ocorre no início da Idade Moderna (século XVI); Quebra da unidade cristã na Europa Ocidental.
    Origem: Sacro Império Romano Germânico (Alemanha).
    Fatores: Influência do Renascimento Cultural;
    Abusos e imoralidade do clero:
    Desrespeito ao voto de castidade
    Venda de indulgências (absolvição dos pecados)
    Venda de relíquias sagradas (simonia)
    Venda de cargos eclesiásticos (simonia)
    Formação das Monarquias Nacionais = ↓ autoridade papal;
    ↑ Capitalismo = ↑ burguesia
  • 1517

    Luteranismo (Q1 - 2018)(Q1-2015)

    Luteranismo (Q1 - 2018)(Q1-2015)
    Doutrina luterana:
    * Salvação pela fé;
    * Culto simples em língua nacional;
    * 2 sacramentos: batismo e eucaristia;
    * Consubstanciação;
    * Bíblia: livre interpretação e fonte de fé;
    * Relação direta entre Deus e o fiel (por meio das orações);
    * Supressão do culto aos santos e imagens.
    Fatos:
    * Lutero traduz a Bíblia para o alemão;
    * Lutero recebe o apoio dos príncipes alemães;
    * Objetivo: libertar seus territórios do poder papal e do poder de Carlos V.
  • 1521

    Império Asteca (Q1-2016)

    Império Asteca (Q1-2016)
    Astecas
    Localização: Noroeste do México (Aztlán);
    Capital: Tenochtitlán (atual Cidade do México).
    Economia: Agricultura: Milho; Feijão; Algodão; Cacau.
    Chinampas = canteiros flutuantes feitos com junco trançado; Comércio;
    Terras = propriedade do Estado.
    Sociedade: Estamental (sem mobilidade).
    Política: Teocracia militarista.
    Religião e Cultura:
    Politeísmo (forças da natureza);
    Sacrifícios humanos;
    Arquitetura (pirâmides, palácios e sistemas de irrigação);
    Esculturas;Astronomia (Calendário).
  • 1533

    Império Inca

    Império Inca
    Região Andina;
    Economia: Agricultura, milho e batata;
    Mita: trabalho compulsório das camadas populares nas minas e nas obras públicas;
    Comércio;
    Terras = propriedade do Estado.
    Sociedade Estamental;
    Política = Teocracia militarista.
    Religião Politeísmo;
    Sacrifícios humanos e de animais (lhamas);
    Astronomia;
    Estradas;
  • 1534

    Anglicanismo (Q1 - 2018)(Q1-2015)

    Anglicanismo (Q1 - 2018)(Q1-2015)
    Ato da Supremacia de 1534: * Rompimento de Henrique VIII com a Igreja Católica; * Rei = chefe supremo da Igreja Anglicana; * Confisco dos bens da Igreja Católica na Inglaterra.
    Doutrina:
    * Salvação pela predestinação;
    * Fim do celibato;
    * Uso da língua inglesa;
    * Manutenção da hierarquia eclesiástica;
    * Preservação da liturgia católica;
    * 7 sacramentos católicos.
  • 1534

    Capitanias Hereditárias (Q2-2017)

    Capitanias Hereditárias (Q2-2017)
    Fatores: Garantir a posse da terra contra a ameaça de invasores; Falta de recursos da Coroa; Experiência de sucesso nas Ilhas Atlânticas. Descentralização administrativa e $$ próprio. Sesmarias (desde que cultive), donatário (senhor de uma capitania), Carta de doação e Foral. Fracasso:Ausência de centralização; Falta de $$; Distância para metrópole; Hostilidade indígena;
  • 1535

    Início do Ciclo do Açúcar (Q2-2017)

    Início do Ciclo do Açúcar (Q2-2017)
    Locais: litoral do Nordeste e do Sudeste; Experiência portuguesa nas Ilhas Atlânticas; Sociedade estratificada;
    Brasil: solo (de massapé) e clima (tropical) favoráveis;
    Associação com capitais holandeses: Financiamento; Refinação; Transporte; Comercialização na Europa;
    Açúcar era um artigo caro na Europa.
    Pacto Colonial: Exclusividade no comércio entre metrópole e colônia.
    Forma de cultivo para "Plantation": Monocultura; Latifúndio; Escravidão: Indígena; Negra; ↑ Lucros com o tráfico negreiro.
  • 1536

    Calvinismo (Q1 - 2018)(Q1-2015)

    Calvinismo (Q1 - 2018)(Q1-2015)
    Fundador: João Calvino (Francês)
    Expansão importante:
    * França = huguenotes;
    * Inglaterra = puritanos;
    * Escócia = presbiterianos;
    * Holanda = reformados.
    Doutrina:
    * Salvação = predestinação;
    * Culto simples (apenas comentários bíblicos);
    * Uso das línguas nacionais;
    * 2 Sacramentos: batismo e eucaristia;
    * Livre interpretação da Bíblia;
    * Supressão do culto aos santos e imagens;
    * Legitimação dos valores burgueses:
  • 1539

    Situação do Escravo Brasileiro (Q4-2017)

    Situação do Escravo Brasileiro (Q4-2017)
    • precariedade nas condições de saúde
    • principal mão de obra em fazendas e núcleos urbanos
    • situação jurídica subordinada ao poder de seu proprietário
    • ausência de cidadania de acordo com a Constituição de 1824
    • alimentação, vestimentas e habitação custeadas e controladas por seus proprietários
    • mão de obra para diversos ofícios, tanto em atividades domésticas
  • 1543

    Revolução Científica (Q3-2016)

    Revolução Científica (Q3-2016)
    • críticas ao geocentrismo • defesa do heliocentrismo • estabelecimento dos fundamentos da mecânica clássica newtoniana • uniformização da linguagem matemática e sua aplicação nos raciocínios e métodos científicos • valorização da racionalidade humana e do pensamento científico para a explicação dos fenômenos naturais • defesa e aplicação do experimentalismo baseado na observação dos fenômenos da natureza (método científico)
  • 1545

    Contra Reforma (Q1 - 2018)(Q1-2015)

    Contra Reforma (Q1 - 2018)(Q1-2015)
    Criação do Index (Lista de Livros proibidos);
    Tribunal do Santo Ofício: Perseguição aos protestantes;
    Criação da Companhia de Jesus (1534): Inácio de Loyola; Expansão da fé católica nas Américas; Realização do Concílio de Trento (Reforma Católica);
  • 1549

    Governo Geral e Câmaras Municipais (Q2-2017)

    Governo Geral e Câmaras Municipais (Q2-2017)
    Objetivo: centralização político-administrativa;
    Hierarquia: Rei; Governador geral: nomeado pelo rei;Ouvidor mor: justiça;Provedor mor: finanças;Capitão mor: defesa.
    Governo Tomé de Sousa (1549-1553) - Salvador;
    Governo Duarte da Costa (1553-1558) - Revolta dos índios na BA; França Antártica;
    Governo Mem de Sá (1558-1572) - Fundação de São Sebastião do RJ;
    Câmaras Municipais: Poder político local; Domínio dos homens bons (latifundiários);
  • 1550

    Tráfico Negreiro (Q4 - 2017)

    Tráfico Negreiro (Q4 - 2017)
    Ciclo da Guiné (século XVI)
    Ciclo de Angola (século XVII): traficou congos, ambundos, benguelas e ovambos.
    Ciclo da Costa da Mina, hoje chamado Ciclo de Benim e Daomé (século XVIII - 1815)
    Tráfico ilegal, reprimido pela Inglaterra (1815-1851): nesse período, os traficantes de escravos, para fugir à fiscalização dos navios ingleses, passaram a buscar rotas alternativas ao tráfico tradicional do litoral ocidental africano: entre elas, a captura de escravos em Moçambique.
  • Aug 24, 1572

    O massacre de São Bartolomeu (Q1 - 2019)

    O massacre de São Bartolomeu (Q1 - 2019)
    Características: • Polarização política entre facções da nobreza em função da divisão entre católicos e protestantes. • Disputas religiosas como questão de Estado • Ocorrência de guerra civil entre súditos protestantes e súditos católicos. Uma das implicações: • Aumento de perseguições contra protestantes, ocasionando a emigração para outras cidades e reinos, como Genebra. • Maior instabilidade social e econômica europeia em função das guerras de religião.
  • Papel do Índio no Período Colonial (Q1-2017)

    Papel do Índio no Período Colonial (Q1-2017)
    Objetivos da utilização do índio "domesticado" pelo colonizador:
    • controle de terras
    • exploração da mão de obra
    Uma das formas de resistência do índio "bravo":
    • guerras
    • canibalismo
    • boicote ao trabalho
    • rejeição da catequese
    • fugas e deslocamento das tribos
    • aliança com outros colonizadores europeus, como os franceses
  • Invasão Holandesa (Q2-2016)

    Invasão Holandesa (Q2-2016)
    Principal objetivo econômico: ocupação / controle das regiões produtoras de açúcar no litoral nordeste do Brasil.
    Realizações: • incentivo à presença de pintores • controle do comércio de escravos africanos • conquista de entrepostos de escravos em Angola • embelezamento arquitetônico de Recife e de Olinda • consolidação de alianças com proprietários de engenho locais • tolerância religiosa com relação a católicos, protestantes e judeus • ampliação do domínio territorial
  • Colonização Amazônica (Q2-2015)

    Colonização Amazônica (Q2-2015)
    Expedição de Pedro Teixeira:
    • construção de fortes destinados à defesa de terras conquistadas
    • utilização da numerosa população indígena local como mão de obra
    • realização de expedições de exploração e reconhecimento do território
    • controle e uso da navegação de rios para assegurar a posse do território
    • estímulo à presença de missões religiosas dedicadas à catequese dos indígenas
    • exploração dos recursos naturais da floresta (coleta e extração das drogas do sertão, como canela e cacau
  • Mapa de João Teixeira Albernaz (Q2-2017)

    Mapa de João Teixeira Albernaz (Q2-2017)
    Ele está dividido em dezesseis (16) seções, nas quais aparecem vários mapas, mostrando toda a costa do Brasil. Desde a foz do rio Amazonas até o rio da Prata. Além disso, o Atlas descreve missões jesuíticas, aldeias e províncias indígenas, fazendas, engenhos, fortalezas e fortes.
  • Outras Atividades Econômicas (Q2-2017)

    Outras Atividades Econômicas (Q2-2017)
    Lavoura de Subsistência: Pequenas e médias propriedades;Mão de obra livre;Fornece Alimento;
    Pecuária (Expansão para o interior):
    * Sertão do Nordeste, vale do rio São Francisco e sul de Minas Gerais: Mão de obra livre; Pecuária extensiva;
    * Sul: mão de obra escrava;
    Drogas do Sertão (Amazônia):
    * Origens: crise do comércio de especiarias do Oriente.
    * Utilização da mão de obra indígena;
    * Expansão territorial com a ocupação da Região Norte;
  • Pol. de Estado (EUA - Bruxaria) (Q8 - 2019)

    Pol. de Estado (EUA - Bruxaria) (Q8 - 2019)
    Dois dos aspectos: • prisões arbitrárias • estímulo às delações • clima de perseguição • propagação da intolerância • demonstrações de fanatismo • execuções de pessoas inocentes • exposição vexatória dos acusados • estigmatização de pessoas e grupos como ameaças à sociedade
  • Império Maia

    Império Maia
    Localização
    Sul do México (Península de Iucatã);
    Guatemala;
    Honduras;
    El Salvador;
    Belize.
    Economia: Agricultura (destaque para o cultivo de milho);
    Comércio;
    Terras = propriedade do Estado.
    Sociedade: Estamental (sem mobilidade).
    Política: Teocracia hereditária;
    Cidades-estado: Tikal, Copan, Palenque e Chichén.
    Religião e Cultura: Politeísmo (deuses = forças da natureza);
    Arquitetura (pirâmides com escadarias);
    Esculturas em terracota;
    Astronomia (Calendário);
    Matemática (zero).
  • Ocupação do Espaço Brasileiro (Q2 - 2018)

    Ocupação do Espaço Brasileiro (Q2 - 2018)
    Um dos fatores: • conversão de indígenas ao catolicismo • controle de áreas interiores na bacia fluvial platina • criação de reduções indígenas na forma de cidades • atuação dos indígenas convertidos como aliados dos colonizadores na defesa do território
    Uma das consequências: • conversão religiosa dos indígenas • realização de alianças com os colonizadores europeus • incorporação de hábitos culturais por meio da cristianização • decréscimo demográfico em função de epidemias e guerras
  • Iluminismo - Início (Q2 - 2019)

    Iluminismo - Início (Q2 - 2019)
    Dois dos ideais: • primazia da razão • defesa do secularismo • condenação da escravidão • reprovação da discriminação • defesa do princípio da igualdade
  • Crise do Açúcar (Q6-2018)

    Crise do Açúcar (Q6-2018)
    Crise do Açúcar: Fatores
    Crise econômica europeia = ↓ consumo de açúcar;
    Concorrência com o açúcar antilhano (produzido pelos holandeses).
  • Despostismo Esclarecido (Q4-2016)

    Despostismo Esclarecido (Q4-2016)
    Forma de governo em que os reis adotam algumas medidas propostas pelos filósofos iluministas, sem abrir mão do regime absolutista.
    • modernização e racionalização da administração
    • valorização das ciências, das artes e da literatura
    • crescimento econômico e ampliação da arrecadação
    • aumento do controle, da centralização e da fiscalização
    • promoção de reformas políticas, urbanas, educacionais e jurídicas
    • tolerância religiosa
  • Construção do Forte Real Príncipe da Beira (Q2-2015)

    Construção do Forte Real Príncipe da Beira (Q2-2015)
    Características da Região Amazônica, que dificultavam a colonização:
    • extensa floresta equatorial • grandes vazios demográficos • bacias hidrográficas navegáveis • dispersão dos recursos naturais pela floresta • existência de numerosa e diversificada população indígena
  • Independência dos Estados Unidos (Q3-2019/Q5-2017)

    Independência dos Estados Unidos (Q3-2019/Q5-2017)
    Aspectos:
    • defesa do direito à liberdade dos povos
    • utilização de uma declaração como estratégia de luta política
    • defesa do direito ao estabelecimento de governos autônomos
    • repúdio às políticas alfandegárias e tributárias associadas à dominação metropolitana.
    Movimentos de consequências:
    • Defesa do Liberalismo;
    • Revoltas coloniais;
    • Inconfidência Mineira, no Brasil;
    • Crítica ao absolutismo Real;
    • Disseminação de ideais federalistas;
    • Emancipação política com a manutenção escravidão
  • Inconfidência Mineira (Q3-2015)

    Inconfidência Mineira (Q3-2015)
    Fatores:
    Influências: Iluminismo;
    ↑ Derrama: Metas; Características:
    Independência das MG; Elitista; Republicano;
    Escravidão;
    Líderes: José Joaquim da Maia (estudante), Cláudio Manuel da Costa (poeta), Alvarenga Peixoto (poeta), Tomás Antônio Gonzaga (poeta), Carlos de Toledo (médico) e Joaquim José da Silva Xavier (Tiradentes).
    Tiradentes nesse movimento? Vingança por uma promoção prometida a Tiradentes, mas não foi concedida;
    Pena da maioria foi o exílio na África, exceto Tiradentes;
  • Assembleia dos Estados Gerais (Q4-2015)

    Assembleia dos Estados Gerais (Q4-2015)
    Motivos: • crise financeira • proposta de equidade fiscal • endividamento do Estado francês • encaminhamento de uma reforma tributária por parte do Estado
  • Revolução Haitiana (Q3 - 2018)

    Revolução Haitiana (Q3 - 2018)
    Um dos aspectos: • Levou à criação da primeira República Negra das Américas. • O processo de independência foi iniciado por violentas rebeliões escravas. • A emancipação política acarretou também o fim da escravidão.
    Duas das repercussões: • difusão das ideias liberais • ampliação das críticas à legalidade da escravidão • crescimento da oposição britânica à continuidade do tráfico de escravos • difusão do medo em relação à violência de revoltas escravas
  • Conjuração Baiana (Q3-2015)

    Conjuração Baiana (Q3-2015)
    Fatores:
    Influências: Iluminismo + Revolução Francesa (Fase Popular);
    ↑ Miséria em Salvador (crise da economia açucareira). Características: Popular; Republicano; Abolicionista; Influência da Maçonaria; Líderes: Cipriano Barata, Padre Agostinho Gomes, Luis Gonzaga Das Virgens (soldado) e João de Deus (alfaiate).
  • Fim da Revolução Francesa (Q4-2015)

    Fim da Revolução Francesa (Q4-2015)
    Consequências:
    • divisão do poder político
    • defesa da ideia de liberdade
    • crise do absolutismo monárquico
    • defesa da ideia de igualdade jurídica
    • substituição da ideia de súdito pela ideia de cidadão
    • fim da sociedade estamental
    • estabelecimento da Declaração Universal dos Direitos do Homem e do Cidadão
  • Ciclo do Café - Início (Q6-2018)

    Ciclo do Café - Início (Q6-2018)
    Economia - Expansão Cafeeira
    Fatores: Aumento do mercado consumidor na Europa e nos EUA com a Revolução Industrial;

    Brasil: solo e clima favoráveis;
    Disponibilidade de terras; Características:
    Vale do Paraíba (Primeira Metade do século XIX)
    Solo de massapé
    Ocorre erosão com tempo
    Mão de obra escrava negra
    Oeste Paulista (Segunda Metade do Século XIX)
    Usando Imigrantes
    Terra Roxa
  • Era Napoleônica - Império (Q4 - 2018)

    Era Napoleônica - Império (Q4 - 2018)
    Reinício das Guerras Externas: Fim da Paz de Amiens (1803).
    Ideologia Nacionalista.
    Governo despótico: Fechamento das Assembleias; Censura;
    Fim das liberdades individuais e políticas;
    Efeitos na América: • criação das Juntas Governativas • estímulo aos movimentos de emancipação política • não reconhecimento da autoridade de José Bonaparte no trono espanhol • transferência da sede do Império Português de Lisboa para o Rio de Janeiro
  • Política Indigenista - CF 1823 (Q5 - 2019)

    Política Indigenista - CF 1823 (Q5 - 2019)
    • perseguição aos índios bravos • índios bravos considerados como bárbaros • aculturação dos indígenas por meio da conversão religiosa • subalternização das populações indígenas perante o poder de Estado • índios catequizados entendidos como integrantes da civilização, podendo ser usados como mão de obra.
  • Rugendas - Viagem Pitoresca ao Brasil (Q5-2018)

    Rugendas - Viagem Pitoresca ao Brasil (Q5-2018)
    Um dos aspectos: • variedade étnica dos africanos • diversidade de fisionomias dos africanos • percepção de hábitos culturais expressos nas marcas, pinturas e tatuagens Uma das características: • dispersão das populações • predominância de sociedades tribais • existência exclusiva de populações negras • diversidade da composição das populações negras • compreensão da África a partir dos efeitos do tráfico intercontinental de escravo
  • Transporte ferroviário nos E.U.A (Q5-2016)

    Transporte ferroviário nos E.U.A (Q5-2016)
    Financiadores: Investidores privados internos com a consolidação do capitalismo.
    Transformações:
    • ocupação do Oeste
    • consolidação do capitalismo
    • integração de diferentes regiões
    • aumento do mercado consumidor
    • facilitação da circulação de pessoas
    • ampliação do transporte de mercadorias
    • facilitação da exportação de produtos primários e manufaturados
  • Unificação Italiana (Q6-2017)

    Unificação Italiana (Q6-2017)
    Antecedentes:
    *Fragmentação política;
    *Hegemonia do Império Austríaco;
    Lideranças: Piemonte-Sardenha; Conde de Cavour; Republicanos: Giuseppe Mazzini e Garibaldi;
    Fatores:
    *↑ Capitalismo(Burguesia querendo expandir seus comércios); Livre circulação na Península;
    Consequências:
    *Questão Romana (1870-1929): Conflito entre o Papado (Pio IX) e o Reino da Itália - Resolvido por Mussolini (Tratado de Latrão);
    *↑ diferença econômica (Sul agrário - Norte Industrial);
    *Atraso na corrida colonial;
  • Guerra do Paraguai (Q6-2015)

    Guerra do Paraguai (Q6-2015)
    Fatores: Projeto expansionista do ditador paraguaio Solano Lopez (saída para o Atlântico);
    Intervenções do Brasil na política interna do Uruguai;
    Invasão do Paraguai ao Mato Grosso, Argentina, RS e Uruguai.
    Participação de negros alforriados pelo Brasil.
    Consequências:
    Brasil = Fortalecimento e modernização do Exército que busca participação política. ↑ Dívida externa. ↑ Abolicionismo;
    Paraguai = Destruição econômica; Perda de territórios;
  • Exposição Internacional da Filadélfia (Q5-2017)

    Exposição Internacional da Filadélfia (Q5-2017)
    Características:
    • exibição de máquinas e equipamentos industriais
    • valorização dos progressos tecnológicos e científicos
    • afirmação internacional da projeção comercial e econômica norte-americana
    • modernização capitalista e do progresso material associados à grandeza nacional
  • Transporte ferroviário no Brasil (Q5-2016)

    Transporte ferroviário no Brasil (Q5-2016)
    Financiamento: • setor financeiro estrangeiro (banqueiros britânicos) • capitais privados do setor cafeeiro nacional (cafeicultores)
    Uma das transformações no Brasil:
    • integração de diferentes regiões
    • facilitação da circulação de pessoas
    • ampliação do transporte de mercadorias
    • agilização do escoamento da produção cafeeira
    • facilitação da exportação de produtos primários
  • Conferência de Berlim (Q9-2017)

    Conferência de Berlim (Q9-2017)
    Idealizador = Bismarck (chanceler alemão)
    * Reunida sob o pretexto de legitimar a dominação belga (rei Leopoldo II) sobre o Congo;
    * Estabeleceu que, para reivindicar um território, um país europeu tinha de ocupá-lo;
    * Divisão que não respeitou a história e as relações étnicas dos povos do continente;
    * Expropriação das terras dos nativos;
    * Construção de ferrovias p/ auxiliar na exploração;
    * Primeira Guerra Mundial como consequência;
  • Fim do Escravismo (Q6-2016)

    Fim do Escravismo (Q6-2016)
    Pressão da Inglaterra: Necessidade de alcançar um maior mercado consumidor.
    Grupos abolicionistas:
    Irmandades religiosas, militares críticos, republicanos, reformistas, escravos libertos, letrados intelectuais (Joaquim Nabuco, José do Patrocínio, Machado de Assis).
    Grupos contrários: Proprietários de escravos e terras. Cafeicultores.
    1) Libertação dos escravos sem indenização para os ex proprietários
    2) Marginalização socioeconômica do negro liberto
  • Reforma de Pereira Passos (Q7-2015)

    Reforma de Pereira Passos (Q7-2015)
    • construir grandes avenidas, símbolos de modernidade
    • resolver problemas de insalubridade das áreas urbanas
    • sanar deficiências de infraestrutura tendo em vista o aumento da população
    • derrubar os cortiços
    • remodelar ruas e prédios identificados com o cenário colonial do Rio de Janeiro
    Efeitos:
    • facilitação da mobilidade urbana
    • favelização
    • controle da população mais pobre, considerada perigosa
    • escoamento das importações/exportações
    • deslocamento das moradias populares p/ periferia
  • 1º Imigração para os EUA (Q7-2018)

    1º Imigração para os EUA (Q7-2018)
    Características:
    • conjuntura de expansão econômica
    • atração das oportunidades de trabalho nos E.U.A
    • criação de dispositivo de recepção e de controle de entrada na ilha de Ellis
    • apoio e estímulo governamental para a vinda de imigrantes, especialmente europeus
    Impactos:
    • oferta de mão de obra
    • ampliação do mercado consumidor
    • expansão da urbanização e da industrialização (em especial, Nova York)
    • incorporação de números expressivos de imigrantes à cidadania norte-americana
  • Fim do Império Russo (Q8-2018)

    Fim do Império Russo (Q8-2018)
    Czarismo (absolutismo)
    * governo autocrático do Czar Nicolau II (Dinastia Romanov - 1613); Atraso social
    * Sociedade rural;
    * Predomínio da aristocracia rural;
    * Burguesia fraca;
    * Camponeses e operários = miséria. Atraso Econômico
    * Economia agrária;
    * ↓ industrialização (↑ capital estrangeiro);
    * ↑ concentração de terras;
    * Déficit na balança comercial + ↑ inflação devido à participação na Primeira Guerra Mundial.
  • Revolução Mexicana (Q7-2017)

    Revolução Mexicana (Q7-2017)
    Antecedentes:
    *Ditadura de Porfírio Díaz(país agrário-latifúndios-↑ Capital estrangeiro-título de posses-↑ Repressão);
    Processo:
    *1910: Madero foge para os EUA; Díaz se reelege; Apoio à Madero por Sancho Villa (norte) e Zapata (sul); Queda de Díaz;
    Francisco Madero (1911-1913) - Rompimento de Zapata:
    Plano de Ayala:
    *Reforma agrária
    *Banco de crédito agrário
    Convenção Revolucionária:Reforma agrária, educacional e política
    Carranza (17-20): opressão ao movimento revolucionário;
  • Representation of the People (Q6 - 2019)

    Representation of the People (Q6 - 2019)
    Justificativas pela mulher não poder votar:
    • Falta de autonomia para o voto pela subordinação ao poder do pai e do marido. • Predominância do patriarcalismo em diversas sociedades ocidentais.
  • Início da Revolução Russa (Q8-2018)

    Início da Revolução Russa (Q8-2018)
    Mencheviques (minoria): Evolucionários; Democracia; Aliança com burguesia; Líder: Mártov. Bolcheviques (maioria): Revolucionários; Camponeses+Operários; Líder: Lenin. Fator: Insatisfação de camponeses, operários e soldados com a participação na Primeira Guerra Mundial. Primeira fase da Revolução - Fevereiro de 1917 (Burguês e Liberal) : Sovietes (conselhos de operários, camponeses e soldados) Segunda fase da Revolução - Outubro de 1917 (Operária e Camponesa): Retorno de Lenin do exílio
  • Direitos da Mulher (Q10-2016)

    Direitos da Mulher (Q10-2016)
    Mudanças: • autonomia feminina • capacidade de iniciativa • condução do próprio destino • valorização do amor fraternal • relativização do maniqueísmo • questionamento da necessidade do casamento para a realização feminina • crítica ao amor idealizado (“felizes para sempre” e “amor à primeira vista”) • preocupação com a carreira e o trabalho, e não apenas com a família e afazeres domésticos
    Direitos: • lei do divórcio • direito de voto • lei Maria da Penha • licença-maternidade
  • Consequências da Revolução Russa no Brasil (Q8-2018)

    Consequências da Revolução Russa no Brasil (Q8-2018)
    • fundação do PCB • Levante Comunista de 1935 • criação de partidos comunistas • luta armada contra a Ditadura Militar
  • Totalitarismo (Q7 - 2019)

    Totalitarismo (Q7 - 2019)
    Associação do super homem aos regimes totalitários.
    Uma das denominações: • Fascismo • Nazismo • Nazifascismo Dois dos regimes ou movimentos: • Itália Fascista • Alemanha Nazista • Integralismo, no Brasil • Salazarismo, em Portugal • Ditadura franquista, na Espanha • partidos políticos ou movimentos fascistas na Europa • partidos políticos ou movimento nazista na Alemanha • movimentos neofascistas ou neonazistas contemporâneos
  • Entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial (Q8-2017)

    Entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial (Q8-2017)
    • bombardeamento de navios brasileiros por submarinos alemães nas águas atlânticas;
    • caráter estratégico do litoral nordeste brasileiro na dinâmica da guerra no norte da África;
    • fornecimento de matérias-primas estratégicas, como a borracha, para os esforços de guerra;
    • financiamento de capitais norte-americanos na construção da Siderúrgica Nacional em Volta Redonda;
    • pressões da diplomacia norte-americana para evitar o alinhamento do governo do Estado Novo às potências do Eixo;
  • Brasil após Segunda Guerra Mundial (Q8-2017)

    Brasil após Segunda Guerra Mundial (Q8-2017)
    • crise do governo do Estado Novo
    • aumento de pressões pela democratização
    • democratização e promulgação de nova constituição em 1946
    • maior participação de integrantes das Forças Armadas na vida política
    • rompimento diplomático com a U.R.S.S. no contexto do início da Guerra Fria
    • alinhamento do governo brasileiro aos Estados Unidos no contexto do início da Guerra Fria
    • Vitória de Eurico Gaspar Dutra (PTB-PSD) com apoio de GV
  • União Democrática Nacional - UDN (Q7-2016)

    União Democrática Nacional - UDN (Q7-2016)
    Características: antigetulista; retórica do moralismo; defesa do golpe militar; oposição ao trabalhismo; princípios liberais; posicionamento antidemocrático; questionar resultados eleitorais; elegeu Jânio Quadros;
    Crises envolvidas: suicídio de Vargas; Oposição ao estado novo; deposição de João Goulart; reformas de base; apoio à deposição de Vargas; apoio ao Golpe de 1964; campanha do Petróleo é nosso; tentativa de impedir a posse de Juscelino Kubitschek;
  • Fim do Nazismo - Holocausto (Q9-2015)

    Fim do Nazismo - Holocausto (Q9-2015)
    Repercussões: • criminalização internacional do nazismo • apoio à criação do Estado de Israel na Palestina • criminalização de ações discriminatórias de raças, povos e etnias • denúncia e condenação internacional, no contexto do Tribunal de Nuremberg, dos crimes contra a humanidade cometidos pelo Estado Nazista;
  • Política de Estado (EUA - Comunismo) (Q8 - 2019)

    Política de Estado (EUA - Comunismo) (Q8 - 2019)
    Dois dos aspectos: • prisões arbitrárias • estímulo às delações • clima de perseguição • propagação da intolerância • demonstrações de fanatismo • execuções de pessoas inocentes • exposição vexatória dos acusados • estigmatização de pessoas e grupos como ameaças à sociedade Objetivo: combate ao comunismo, em especial, e perseguição às correntes de esquerda de modo geral.
  • Gandhi (Índia) (Q10 - 2019)

    Gandhi (Índia) (Q10 - 2019)
    Líder: Mahatma Gandhi (Partido do Congresso);
    ↑ Nacionalismo indiano;
    Desobediência civil:
    Marcha do sal;
    Boicote aos produtos importados.
    Não violência;
    Resistência passiva;
    Incapacidade da Inglaterra de manter a dominação colonial:
    Inglaterra: enfraquecimento econômico e militar no pós-guerra.
    1947 = Independência da Índia.
  • Conferência dos Povos Africanos (Q9-2017)(Q9-2016)

    Conferência dos Povos Africanos (Q9-2017)(Q9-2016)
    • condenação das heranças do colonialismo
    • defesa da soberania dos povos e nações africanas
    • defesa da união entre povos e sociedades africanas
    • rejeição das interferências de governos estrangeiros nas sociedades africanas
    • defesa do reconhecimento internacional da autonomia e independência de povos e nações africana
  • Luther King (EUA) (Q10 - 2019)

    Luther King (EUA) (Q10 - 2019)
    Lutava contra o Racismo no EUA.
    Pastor batista
    Desobediência civil
    Resistência pacifista
    Marcha de Washington (1963): discurso “I have a dream...”
  • Deposição de João Goulart (Q8-2016)

    Deposição de João Goulart (Q8-2016)
    Posição dos EUA: apoia a deposição do presidente João Goulart e a entende como movimento de defesa da constituição e da democracia.
    Países do 3 Mundo: entende como um golpe do grande capital internacional nos países.
    Aspectos: • bipolaridade da Guerra Fria • rivalidades entre os E.U.A. e Cuba • interesses de investidores e capitais norte-americanos nos países latino-americanos • política de não alinhamento defendida pelo governo de João Goulart
  • Efeito Jornalístico ao Golpe Militar (Q10-2017)

    Efeito Jornalístico ao Golpe Militar (Q10-2017)
    Efeitos dos Jornais terem abordado o Golpe como "Revolução":
    • conferir legitimidade ao golpe;
    • estimular a intervenção militar;
    • radicalizar o ambiente político;
    • tentar legitimar o afastamento do presidente Goulart em um contexto de Guerra Fria;
  • Movimento Estudantil (Q8-2015)

    Movimento Estudantil (Q8-2015)
    Dois dos elementos: • restruturação do movimento estudantil • ampliação da oposição à ditadura militar • morte do estudante secundarista Edson Luís • ampliação dos protestos contra a violência da repressão política • cerceamento das liberdades políticas a partir do Golpe Militar de 1964 Em outros países:
    * Primavera de Praga (Checoslováquia - liberdade de expressão);
    * Contra a Guerra do Vietnã (EUA);
    * apropriação das ideias da Rev Culturual Chinesa;
    * burocracia do sistema universitário;
  • Êxodo Nordestino no Brasil (Q9-2018)

    Êxodo Nordestino no Brasil (Q9-2018)
    Fatores:
    • crescimento industrial no Sudeste
    • “Milagre Econômico” (1969-1974)
    • aumento das desigualdades sociais
    • crescimento da concentração de renda
    • agravamento da pobreza nos sertões nordestinos
    • crescimento do setor de serviços em cidades como Rio de Janeiro e São Paulo
    Características:
    • predominância de baixos salários
    • situação de insegurança alimentar
    • precariedade das formas de contratação
    • precariedade das condições de habitação
  • Manifestação LGBT (Q10-2018)

    Manifestação LGBT (Q10-2018)
    Significados da bandeira:
    • tolerância à diferença
    • respeito à diversidade
    • direitos às minorias sexuais
    • expressão de orgulho na luta contra o preconceito Direitos: • adoção do nome social • possibilidade de adoção de crianças • reconhecimento do direito de herança • conversão da união estável em casamento • reconhecimento dos casais do mesmo sexo como família • equiparação, no serviço público e nas empresas, aos direitos dos casais heterossexuais
  • Mudança do Posicionamento Jornalístico sob a Ditadura (Q10-2017)

    Mudança do Posicionamento Jornalístico sob a Ditadura (Q10-2017)
    • processo de redemocratização do país;
    • valorização dos princípios democráticos;
    • obtenção de credibilidade em meio aos questionamentos sofridos;
    • tentativa de transmitir isenção e imparcialidade por parte da editoria do jornal;
  • Direito dos Animais (Japão) (Q9 - 2019)

    Direito dos Animais (Japão) (Q9 - 2019)
    Um dos princípios: • direito à vida selvagem • crítica à dominação humana sobre a natureza e o meio ambiente • condenação dos maus-tratos e da exploração sem limites dos animais Argumentos favoráveis: • risco de extinção de determinadas espécies • reconhecimento dos sofrimentos causados aos animais Argumentos contrários: • interesses comerciais e hábitos culturais, como no caso da caça à baleia no Japão • defesa do progresso da ciência e da necessidade de utilizar animais como cobaias
  • Política Indigenista - CF 1988 (Q5 - 2019)

    Política Indigenista - CF 1988 (Q5 - 2019)
    Características: • reconhecimento de direitos indígenas • reconhecimento da cidadania dos índios • defesa da demarcação de terras indígenas • combate ao preconceito contra os indígenas • valorização das identidades culturais indígenas. Um dos fatores: • democratização da ordem política • ampliação dos direitos de cidadania • mobilização política das populações indígenas
  • Fim da Política do Apartheid (Q10 - 2019)

    Fim da Política do Apartheid (Q10 - 2019)
    População negra não tinha direitos políticos (existia partidos políticos clandestinos)
    Não tinha direito a propriedade
    Bantustões: bairros negros de confinamento
    Mandela se manteve preso por 27 anos durante o regime
    A segregação foi constitucionalizada
    Indicação no início dos anos 90 por Jaques Le Klerk de Mandela como próximo presidente do país
    Necessidade de unificar o país para por fim a segregação institucionalizada
    Criação da Comissão Nacional da Verdade
  • ONU Mulheres (Q6 - 2019)

    ONU Mulheres (Q6 - 2019)
    Dois dos direitos: • igualdade de remuneração • descriminalização do aborto • institucionalização do feminicídio • igualdade de condições de trabalho • ampliação de direitos relativos à maternidade • criminalização do assédio e da violência sexual
  • Estado Islâmico - Jihadismo (Q10-2015)

    Estado Islâmico - Jihadismo (Q10-2015)
    • defesa do fundamentalismo religioso de forma extremista
    • crítica ostensiva ao Estado laico e aos princípios democráticos ocidentais
    • terrorismo
    • defesa do militarismo para expansão do islamismo fundamentalista Oposição dos EUA:
    • interesse na exploração e comércio do petróleo da região
    • aliança com o Estado de Israel no contexto dos conflitos com os países árabes
    • defesa da democracia e dos direitos humanos
    • combate à Al-Qaeda e ao fundamentalismo islâmico