Joao manuel ribeiro

João Manuel Ribeiro

  • Nasce João Manuel Ribeiro

    Nasce João Manuel Ribeiro
    Nascido a 19 de Abril, uma sexta-feira do ano de 1968, em S. Martinho da Gândara, Oliveira de Azeméis.
  • Mestre em Teologia

    Mestre em Teologia
    Mestre em Teologia pela Universidade Católica do Porto, com dissertação sobre «A evolução espiritual de Antero de Quental – Um itinerário da modernidade em Portugal (1996)». Anteriormente tinha-se licenciado em Teologia pela mesma Universidade.
  • Regras do mel e da flor

    Regras do mel e da flor
    Livro de poesia dirigido à população adulta.
  • Amores quase perfeitos e outras arritmias

    Amores quase perfeitos e outras arritmias
    Livro de poesia dirigido à população adulta.
  • Livro de Explicações

    Livro de Explicações
    Livro de poesia dirigido à população adulta.
  • Estrela e Príncipe da Paz

    Estrela e Príncipe da Paz
    Primeiro livro do autor dirigido aos mais novos, Narrativa natalícia com ilustrações de Anabela Dias...
  • A circulação precoce dos relâmpagos

    A circulação precoce dos relâmpagos
    Livro de poesia dirigido à população adulta
  • O Encanta Pardais Voador

    O Encanta Pardais Voador
    Narrativa acerca da natureza, dirigida aos mais novos com ilustrações de Ana Pinto (Gaudium-projectos pela alegria do mundo)
  • O Natal do Ratinho Daniel e Outros Versos

    O Natal do Ratinho Daniel e Outros Versos
    Livro de poesia, de temática natalícia, com ilustrações feitas por crianças.
  • Rondel de Rimas para Meninos e Meninas

    Rondel de Rimas para Meninos e Meninas
    Escrito com Anabela Dias, é colectânea de vinte e três pequenos poemas ilustrados, esta publicação revela influências claras da poesia tradicional, tanto ao nível dos temas tratados como das estruturas formais que os suportam.
    Valorizando a componente sonora dos textos, assim como a rítmica e melódica, verifica-se uma aposta do autor na dimensão lúdica dos textos e da própria linguagem.
  • A Menina das Rosas

    A Menina das Rosas
    A Menina das Rosas é a recriação do episódio lendário do milagre das Rosas, envolvendo o Rei D. Dinis e a Rainha Santa Isabel, aqui designada de Rainha Menina. A propósito do milagre são revisitados alguns factos da história de Portugal e alguns lugares bem conhecidos, como o Convento de Santa Clara, em Coimbra, o pinhal de Leiria e a cidade de Santarém.
  • Poemas Para Brincalhar

    Poemas Para Brincalhar
    De temática diversificada, percorre os textos um mesmo desafio às possibilidades da linguagem e das suas múltiplas combinações fónicas, melódicas e rítmicas, lexicais e semânticas. Resultando muitas vezes em efeitos cómicos, pelos resultados encontrados, os poemas tiram partido da plasticidade que caracteriza a linguagem, tornando a poesia acessível a todos, incluindo a leitores (e escritores) mais pequenos, capazes de se reverem nos textos e nos processos de escrita que eles encerram.
  • Poemas da Bicharada

    Poemas da Bicharada
    Este livro reúne mais de duas dezenas de poemas sobre animais, revisitando a herança das rimas infantis, dos trava-línguas e das lengalengas. Com humor, e jogando com as palavras, os sons, as grafias e os seus sentidos, os poemas tratam das espécies animais caras às crianças, promovendo a identificação fácil.
  • (Im)provérbios

    (Im)provérbios
    Esta edição reinventa e recria uma série de provérbios da tradição, propondo uma leitura paródica e alternativa de textos muito conhecidos. Explorando uma outra forma de ver a realidade – diferente da forma estereotipada e, às vezes, preconceituosa, deste tipo de textos –, o autor cria novas leituras e promove a reflexão sobre questões tidas como verdades inquestionáveis…
  • Um Dois Três - Um Mês de Cada Vez

    Um Dois Três - Um Mês de Cada Vez
    Este projeto procura ser simultaneamente um livro e uma agenda. Um livro especial e uma agenda original. Com 13 poemas da autoria de João Manuel Ribeiro, ilustrações de Anabela Dias e oportunidade para registar os acontecimentos de cada dia.
  • Viagem às Viagens

    Viagem às Viagens
    Esta Viagem às Viagens fez-se no âmbito do projeto «Voar a Ler», com o objetivo primordial de estimular o gosto pela leitura e pela escrita na Língua Materna. Selecionados doze temas da Viagem Medieval (um dos mais emblemáticos eventos nacionais), e depois de uma empenhada tarefa de investigação e colaboração com alunos do grupo Escola Global.
  • Master em libros y literatura infantil y juvenil

    Master em libros y literatura infantil y juvenil
    Master em libros y literatura infantil y juvenil, pela Universitat Autònoma de Barcelona, com a monografia sobre «A Poesia para a infância e juventude de Vergílio Alberto Vieira: entre tradição e modernidade».
  • A Casa Grande

    A Casa Grande
    Em A Casa Grande, João Manuel Ribeiro apresenta-nos um Manifesto de Cidadania. Aborda temas plurissignificativos como as diferentes línguas, latitudes, culturas, cores e crenças religiosas. O escritor apela aos pequenos leitores e «(ainda) […] meninos de verdade» à prática e partilha de sentimentos como o amor, a verdade e o perdão. Convida-os a participar neste desafio que é o combate pela conquista de uma linguagem universal, nova e comum a todos aqueles que respeitam a diferença.
  • Trajectória inconsútil do desejo

    Trajectória inconsútil do desejo
    Tenha, ou não, consciência disso, dir-se-á que é na procura da desconstrução desta poiesis que João Manuel Ribeiro, na entrega intitulada Trajectória Inconsútil do Desejo, decide conciliar um "gozo estético" do corpo com uma ética configurada no quadro de um ofício que lhe confere excepcional relevância como sujeito do sonho criador, efeito de ressonância de um movimento de idealização interiorizada...
  • Gémeos

    Gémeos
    Em Gémeos, a narrativa desenrola-se em torno dos sentimentos, personificados em dois pares de gémeos, onde o Ódio e o Medo formam um par e a Paz e o Amor formam outro. Cada par de gémeos tem no outro um inimigo de estimação e é através das suas interações e lutas constantes que se descobre o melhor caminho, aprendendo a lidar com estes sentimentos.
  • Romanceiro de Natal

    Romanceiro de Natal
    Este "Romanceiro de Natal" revisita o Natal e as suas personagens e tradições em 20 poemas escritos pelos poetas João Manuel Ribeiro e Vergílio Alberto Vieira e ilustrados por Joana Bragança.
  • O Anjo acocorado

    O Anjo acocorado
    Livro de poesia dirigido à população adulta
  • Mestre em Supervisão Pedagógica e Formação de Formadores

    Mestre em Supervisão Pedagógica e Formação de Formadores
    Mestre em Supervisão Pedagógica e Formação de Formadores, pela FPCEUC, com dissertação sobre A Poesia no 1.º Ciclo do Ensino Básico – Das Orientações Curriculares às decisões docentes.
  • Eu Fui o Menino Jesus

    Eu Fui o Menino Jesus
    Eu Fui o Menino Jesus é uma compilação de contos unidos por um mesmo mote que, como regista uma pequena nota no final da publicação, «já viveram em outras páginas, repartidos por vários Natais, com excepção do último» que empresta o nome ao livro e que foi escrito especialmente para esta edição. Assim, a propósito do Natal, e nomeadamente a partir de um poema e quatro breves contos, podemos ler sobre o presépio na voz de um ratinho chamado Daniel...
  • Sopa de letras

    Sopa de letras
    As vogais e as consoantes são como as pessoas: cantam, gaguejam, namoram letras vindas de fora, metem-se onde não são chamadas, brincam com o poeta, rimam e fazem uma deliciosa sopa de letras. Alimentados por ela, os mais pequenos divertem-se, contactando com as letras do alfabeto de forma melodiosa, com espaço para a interpretação cognitiva, dramática e lúdica.
  • Soletra a Letra

    Soletra a Letra
    Recuperando o trava-línguas do universo literário tradicional, João Manuel Ribeiro explora as potencialidades humorísticas e lúdicas do alfabeto. O autor tira partido do cómico que resulta de muitos dos jogos sonoros rítmicos e fonéticos, a que não é alheio o nonsense. A pronúncia e articulação, por vezes difíceis, apresentam-se como um desafio divertido que prende a atenção do leitor.
  • A Rainha da Misericórdia

    A Rainha da Misericórdia
    Resultou de uma colaboração com a Santa Casa da Misericórdia de Vila do Conde no âmbito das Comemorações dos seus 500 anos. O texto com um certo caracter histórico remete-nos para a Rainha D. Leonor, a sua passagem por Vila do Conde e a criação das Misericórdias.
  • A Casa dos Feitiços

    A Casa dos Feitiços
    Esta casa dos Feitiços quer convocar a infancia do leitor e torna-lo feiticeiro de memorias e sonhos.
  • Algazarra de Versos

    Algazarra de Versos
    João Manuel Ribeiro, em Algazarra de Versos, colectânea de mais de vinte poemas, revela claras influências da literatura oral tradicional, apoiando-se na herança das rimas infantis, enfatizando a plasticidade que caracteriza a linguagem enquanto brinca com a métrica, com os sons e com a grafia das palavras.
  • O Rapaz da Bicicleta de Ventoe outras andanças

    O Rapaz da Bicicleta de Ventoe outras andanças
    O Rapaz da Bicicleta de Vento e Outras Andanças reúne pequenos contos. (…) Um conto enaltece o sonho e a imaginação, outro ensina o valor das segundas oportunidades, outro apresenta um menino apaixonado por pés de vento, um apela à compreensão e aceitação das diferenças e um último oferece o milagre do contador de histórias. (…).
  • Cantilenas Loucas, Orelhas Roucas

    Cantilenas Loucas, Orelhas Roucas
    Estes poemas exploram a dimensão lúdica da literatura, brincando com as palavras, os seus sons e a grafia, desafiando o leitor a descobrir um outro lado da linguagem que usa todos os dias. Os textos poéticos são acompanhados por ilustrações a preto e branco que procuram cristalizar os seus motivos centrais, reforçando também a vertente lúdica da edição.
  • Raras Aves Raras

    Raras Aves Raras
    A divulgação das espécies protegidas – e em perigo de extinção – existentes no Parque Ornitológico de Lourosa tem evidentes implicações formativas. Os autores conseguem ainda acrescentar ao livro uma importante funcionalidade lúdica, tanto ao nível dos textos, como das ilustrações...
  • Verso a Verso - Antologia Poética

    Verso a Verso - Antologia Poética
    Antologia poética com textos de Amadeu Baptista, Francisco Duarte Mangas, João Manuel Ribeiro, Luísa Ducla Soares, Nuno Higino, José António Franco, Vergílio Alberto Vieira; Ilustrações de João Concha
  • Amo-te - Poemas para Gritar ao Coração

    Amo-te - Poemas para Gritar ao Coração
    Uma colectânea onde se encontram reunidos 25 poemas arrebatadores para dar largas ao amor e despertar para a poesia.
    Ideal para adolescentes apaixonados.
  • Encrava-Linguas

    Encrava-Linguas
    Em álbum de reduzido formato, esta edição apresenta um conjunto de 23 trava-línguas em que a aliteração e os jogos fonéticos difíceis (como é próprio deste tipo de texto) propõem uma leitura paródica, divertindo e provocando embaraços, risos e caçoadas, sem descurar a apresentação de outra visão da realidade. As ilustrações, com uma tonalidade pictórica peculiar, recriam, de forma cúmplice e expressiva, as ideias centrais dos textos.
  • Alfabeto de Adivinhas

    Alfabeto de Adivinhas
    Com as adivinhas agiliza-se a mente e o coração e... pode-se aprender o alfabeto. A solução das adivinhas deste livro começa com cada uma das letras do abecedário. Assim, pela palavra e pela imagem - texto e ilustração - podes descobrir o á-bê-cê da língua portuguesa. Esta é a aventura que te propõe este "Alfabeto de Adivinhas".
  • Meu Avô, Rei de Coisa Pouca

    Meu Avô, Rei de Coisa Pouca
    A obra Meu Avô, Rei de Coisa Pouca, como o título faz prever, centra-se numa figura cujo retrato começa a desenhar-se, directa e indirectamente, logo na abertura da narrativa ou no incipit: «A casa da eira era o palácio do avô. Nela tinha o seu trono, guardava a sua coroa e retinha os seus tesouros. Na verdade, era apenas um espigueiro antigo de granito. Mas não era o palácio que o tornava rei, era a sua condição...
  • Animalices

    Animalices
    Os animais povoam a escrita dos poetas e os desenhos dos ilustradores e habitam o imaginário de meninos e meninas como tu. Com este livro, que oferece o título à colecção, dá-se início a um conjunto de cinco em que os animais serão reis e senhores, manifestando-se de diversas maneiras: em versos (como este), em contos (tradicionais e outros), em teatro e em narrativas breves.
  • Reis & Reinetes, Damas & Valetes

    Reis & Reinetes, Damas & Valetes
    Um livro para a infância que os graúdos também vão querer ler!
  • Quem do Alto Olhar

    Quem do Alto Olhar
    "Quem do alto olhar" resulta de um processo de escrita colaborativa entre doze turmas do 1º e 2º Ciclos do Agrupamento de Escolas José Belchior Viegas (em S. Brás de Alportel) e João Manuel Ribeiro. São dezoito poemas carregados de paisagens, cheiros e cores que a ilustradora Sara Cunha soube captar com criatividade.
  • Vergilio Alberto Vieira - Entre Tradição e Modernidade

    Vergilio Alberto Vieira - Entre Tradição e Modernidade
    este livro reúne os textos correspondentes às intervenções no encontro "Vozes e Rostos da Literatura Infanto-Juvenil Portuguesa: Simpósio sobre Vergílio Alberto Vieira", realizado no dia 20 de Maio de 2011, no Instituto de Educação da Universidade do Minho). Tratou-se de uma iniciativa promovida no âmbito da Unidade Curricular de Literatura para a Infância e Juventude (IE-UM), da responsabilidade de Sara Reis da Silva, e nas actividades da associação Tropelias & Companhia - Associação Cultural.
  • Senhor Ato, o Camaleão

    Senhor Ato, o Camaleão
    O Senhor Ato tem bichos-carpinteiros. Irrequieto, ata-se a esta, àquela e a outra consoante e assim, a cada uma, muda o seu fazer e ser. O Senhor Ato é um camaleão. Eis uma deliciosa brincadeira com letras.
  • Desmatematicar

    Desmatematicar
    Depois de escrever sobre letras (em «Sopa de Letras» e «Soletra a Letra»), João Manuel Ribeiro escreve agora sobre números e outras questões matemáticas, mostrando-nos que desmatematicar é bom e que a matemática não é um bicho de sete cabeças.
  • O Rapaz sem orelhas de burro

    O Rapaz sem orelhas de burro
    Em certo país todas as pessoas nasciam com orelhas de burro. Era assim por vontade do príncipe que governava o país: o príncipe com orelhas de burro. Aconteceu que, em certo rapaz, as orelhas de burro decresciam à medida que ele crescia.
  • Versos de Não Sei Quê

    Versos de Não Sei Quê
    Antologia com textos de Pedro Teixeira Neves, João Pedro Mésseder, Maria da Conceição Vicente, Violeta Figueiredo, Álvaro Magalhães e Maria Helena Pires; lustrações de Gabriela Sotto Mayor
  • Luísa Ducla Soares: Uma escrita lúdica, livre e crítica

    Luísa Ducla Soares: Uma escrita lúdica, livre e crítica
    Livro organizado em conjunto com Sara Reis da Silva em que reune diversos contributos para uma melhor compreenção desta autora.
  • A casa do João

    A casa do João
    A Casa do João inspira-se na lengalenga com o mesmo título e nas várias personagens que a habitam: a família do João, «tão diferente nos seus modos»; a bruxa Malfalda e o«velho e fiel cão bravo, o Migalha; o rato, ratinho ratão e o gato, gatinho, gatão; o cão perdigueiro; o gato malhado da Marta «que vinha gatarrar a Casa do João»; o gato em água fria escaldado, vendido por lebre; o poeta a ladrar à lua; a arca do banzé; a menina Mariana; o gato de meia leca, e tantos outros parentes.
  • O Senhor Péssimo é o Máximo

    O Senhor Péssimo é o Máximo
    O que devia ser apenas uma semana de férias numa das praias da Galiza acabou por se tornar a aventura de uma família, «caçada» por uma maré negra e, pouco a pouco, transformada por um pai, de nome Péssimo, que compreendeu e ajudou a descobrir a importância das opções e atitudes de cada um para a sustentabilidade do planeta e para uma vida mais saudável.
  • 365 Adivinhas sem Espinhas

    365 Adivinhas sem Espinhas
    Estas adivinhas, uma para cada dia do ano, não tem espinhas. Foram pensadas e escritas para descobrires de que falam e o que mostram e também para te divertires à brava com os jogos e palavras, as rimas e outros enigmas. Funcionam como um jogo em que o autor te pergunta «o que é, o que é?», e, depois de teres dito a solução de cada uma, te responde «claro que é, claro que é». Adivinha, adivinhão...
  • O Anjo do Pintor

    O Anjo do Pintor
    No Convento de Santo António de Ferreirim, em Lamego, há um conjunto de oito quadros pintados durante o ano de 1534 pelo pintor Cristóvão de Figueiredo e seus companheiros, Garcia Fernandes e Gregório Lopes. E há também um anjo, ou melhor, um esquisso de anjo, que guiou e orientou o trabalho dos pintores, os designados «Mestres de Ferreirim», e que agora, ao verem-se as pinturas e/ou ao ler-se este livro, conduz também os olhos do leitor para a interpretação possível dos acontecimentos...
  • Patati Patatá

    Patati Patatá
    Neste livro, João Manuel Ribeiro e Sónia Cântara brindam os mais pequenos dos pequenos com treze poemas para ver, contar, cantar, adivinhar, corar, chorar e ir embora, torcer o pepino, fazer maldades, mandar a Dona Constipação para o chilindró, dizer às vezes sim e às vezes não, aprender as cores, conhecer a fala de alguns animais, saltar na cama alta da Ana e escrever com lápis e giz: PATATI, PATATÁ.
  • Movimentos aleatórios – uma antologia

    Movimentos aleatórios – uma antologia
    Livro de poesia dirigido a adultos.
  • Doutor em Ciências da Educação

    Doutor em Ciências da Educação
    Doutor em Ciências da Educação, pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, com dissertação sobre «A Poesia na Escola – Resposta ao texto poético e organização do ensino».
  • Série «Os tesouropatas» - Mistério do sótão

    Série «Os tesouropatas» - Mistério do sótão
    Primeiro livro de uma nova coleção escrita com Gisela Silva. Os irmãos Rafael, Beatriz e Gustavo, mais conhecidos por Rafa, Bia e Guga, a avó Matilde, o avô Bernardo e o Trengo, o cão da família, são Os Tesouropatas, que o mesmo é dizer, são maluquinhos de todo por tesouros, mistérios e aventuras que acontecem na Casa do Beiral. Neste livro, a aventura passa-se no sótão da casa, lugar onde sucedem coisas estranhas que é preciso enfrentar primeiro e desvendar depois, com coragem e esperteza.