Forum marketing

Grupo 31- resumo semana 3 STCD

  • MARIANE

    MARIANE
    Por mais que saibamos muito de um determinado assunto, nunca vamos saber de tudo, ainda mais no mundo de hoje em que artefatos se tornam obsoletos em frações de segundos. Aprendo todos os dias com meus alunos em campo de estágio e não vejo problema algum quando eles sabem mais do que eu. Pelo contrário, reforço esse conhecimento e estimulo esse aluno a compartilhar seu conhecimento com os outros.
  • PATRICIA

    PATRICIA
    ...sabemos que nem o conteudista e nem o tutor são os detentores exclusivos do conhecimento e que de acordo com os pressupostos pedagógicos, ambos, dentro das suas especificidades, tem a função de mediar a interação do aluno com o conteúdo didático para que ele possa ser gestor do próprio conhecimento e, tornar-se, em função da sua criticidade e competência leitora, o principal avaliador do processo educativo.
  • SÉRGIO

    SÉRGIO
    Se não tratarmos um conflito virtual como algo real que nos afetará, iremos cair numa espiral estressante e até mesmo adoecer. Mal entendidos envolvendo os interesses dos alunos ou dos mediadores são fontes poderosas desses conflitos. Devemos atuar para resolvê-los o quanto antes, até marcando encontros presenciais nos pólos, se necessário, e buscando, também, outras alternativas dentro da regras vingentes na instituição, para a solução desse conflito.
  • MARIA DO CARMO

    MARIA DO CARMO
    ... nem sempre o silêncio é negativo, cabe ao tutor saber respeitar o tempo individual de cada um e intervir no momento certo incentivado a participação de todos. Acredito que há aprendizado em um aluno observador, pois ao ler os posts dos colegas ele esta se interando do assunto. Já avaliação não seria fácil mas acho que através da tarefa individual daria para ter uma noção de como seria sua participação no fórum.
  • ROSELI

    ROSELI
    No verdadeiro processo educativo, o professor/tutor ensina mas também aprende com os alunos, por isso não faço o julgamento de quem sabe mais aluno ou professor/tutor. mas sim o que ambos estão aprendendo e ensinando, pois há saberes, saberes diferentes, saberes que se complementam e fortalecem o vínculo educacional.Quando no processo educativo o aluno nos propõe algo que não sabemos, somos instigados a alçar novos horizontes, ampliando os nossos conhecimentos.
  • ANÁDIA

    ANÁDIA
    O ensino na modalidade à distância, exige conhecimentos e habilidades diferenciadas , pois são usados muitos recursos tecnológicos e que muitas vezes nem sempre são de uso tão simples assim . É necessário que o tutor tenha domínio das ferramentas que serão usadas no decorrer do curso , pois em caso de problemas técnicos , saiba como orientar o aluno para que este não desanime ao não conseguir acessar o material didático devido alguma situação técnica.
  • MARIA APARECIDA

    MARIA APARECIDA
    Em cursos em que fóruns são constantes, o aluno é estimulado a participar com sua opinião, podendo concordar ou não com as idéias do colega. Afinal, esse é o princípio norteador do fórum, debater idéias e construir o conhecimento aos poucos e em conjunto. Mas lembremos sempre da netiqueta! Discordar não é sinônimo de ser rude, desrespeitoso e até mesmo ser cruel ao se referir ao outro ou à sua contribuição. É preciso respeitar diferenças, ser cordial e compreensivo.
  • PAULA VIVIANE

    PAULA VIVIANE
    ...o professor pode expressar sua opinião de maneira cordial, pois sabemos que nem o conteudista e nem o tutor são os detentores exclusivos do conhecimento e que de acordo com os pressupostos pedagógicos, ambos, dentro das suas especificidades, tem a função de mediar a interação do aluno com o conteúdo didático para que ele possa ser gestor do próprio conhecimento e, tornar-se, em função da sua criticidade e competência leitora, o principal avaliador do processo educativo.
  • ROBERTA

    ROBERTA
    Muitos ainda acham que o curso na modalidade a distância é mais fácil e que é apenas copiar e colar do google ( ontem mesmo escutei este comentário). Porém, plágio é CRIME e parece que isso ainda não ficou muito claro para alguns estudantes, por isso considero que cabe ao tutor pesquisar se os trabalhos elaborados são realmente inéditos ou mais um "copia cola", como dizem por aí...
  • ADELAIDE

    ADELAIDE
    ...para ser tutor, há necessidade de investir no desenvolvimento de competências educativa, comunicativa e tecnológica... . Trabalhar com EAD é pensar em novas formas de educação de ressignificação da educação em face da necessidade do mundo global, afirma Neder (1999). ... há de se ter domínio tecnológico sim, pois na condição de orientador, ele precisa se apropriar cada vez mais deste tipo de conhecimento para ter condições de mediar o processo, esclarecendo suas dúvidas e amenizando as an
  • ROSEMEIRY

    ROSEMEIRY
    Em EAD sabemos que o tutor é o mediador entre o professor conteudista, o material didático e o aluno. Com os alunos o tutor os auxilia a desenvolverem seu aprendizado e durante esta interação, identifica suas dúvidas e dificuldades. Este feedback que o tutor obtém dos alunos torna-se elemento essencial na sua interação com o professor conteudista
  • ADRIANO

    ADRIANO
    ... conflitos existem e muitas das vezes por falta de comunicação ou pela comunicação errada. Este problema gera um desconforto em todos os que estão envolvidos no processo, e se torna mais agravante quando os princípios éticos da comunicação online são quebrados e ambas as partes esquecem de seguir a cartilha da netiqueta.
  • MARTHA

    MARTHA
    Penso que para mostrar que um tutor é afetuoso não é necessário demonstrar uma intimidade que não é muito conveniente. Abraços, saudações,etc. estaria mais de acordo, pois assim o tutor não ficaria inibido com nenhum dos aprendizes e todos se sentiriam inclusos.
  • OSNI

    OSNI
    Acredito que pelo próprio papel de educador cabe a nós professores darmos o exemplo em situações como esta. Assim, precisamos ter presente em nossas mentes que não há verdade absoluta, nem apenas uma observação certa sobre seja qual for o assunto. Quando as opiniões divergem entre profissionais responsáveis pela condução de um curso (ou instituição, ou disciplina, etc) a responsabilidade de termos uma postura ética para tratar tal divergência fica maior.
  • PAOLA

    PAOLA
    Penso no "Silêncio Virtual" como um dos itens que merece muita atenção, pois o silêncio pode denotar várias coisas: incompreensão do conteúdo por parte do aluno, inadequação dos textos e tema ao que foi solicitado, problemas pessoais por parte do aluno etc.
  • PAULA PHERNANDA

    PAULA PHERNANDA
    O professor deve estar consciente de que estará sempre em constante aprendizado, visto que o processo educacional é uma troca, nós ensinamos, nos reciclamos constantemente à medida que pesquisamos um conteúdo ao preparar uma aula e principalmente aprendemos com os nossos alunos, pois sempre em qualquer ambiente de aprendizagem haverá um aluno que pode saber mais sobre determinado assunto que o professor.
  • ROSANA

    ROSANA
    A falta de comunicação dentro dos AVA´s é bastante preocupante. Quando o aluno não interage e não “aparece” fica difícil para o tutor avaliar se este está conseguindo aprender alguma coisa ou se existe algum tipo de dúvida. Esta falta de comunicação atrapalha principalmente o andamento das aulas, pois cada estudante contribui com os demais com suas colocações e opiniões nos fóruns e chats. Cabe ao tutor buscar este aluno silencioso de uma maneira delicada, pois na maioria dos casos de falta de c
  • PAULO

    PAULO
    ...conflitos são conflitos onde quer que estejam e cabe a nós a gestão desses intempéries, objetivando sempre uma solução o mais cordial possível
  • ALINE

    ALINE
    Fico muito contente e feliz quanto consigo ingressar em um novo curso, mas esta tem sido uma grande preocupação. Tenho procurado enfrentar realmente estas situações, me dedicando mais, estudando mais, me esforçando muito mais.
    Aprendemos a cada dia, se nos colocamos abertos ao conhecimento.
  • VANESSA

    VANESSA
    ...sei que erros acontecem e EaD é uma equipe, seja tutor, formador/conteudista, coordenador etc. e como tal, todos devem "trabalhar juntos". O que passa despercebido por um, pode ser visto e revisado por outro.