Fórum temático 2 - Grupo 29

  • Thais Stella

    Competência Técnica e prontidão. São dois elementos que, se não existirem, podem desanimar os alunos e levar ao fracasso do trabalho.
  • Carolina

    Dentre as competências citadas no texto indicado para leitura, destaca a importância de "organizar e digirir situações de aprendizagem". Isso porque cabe ao tutor conhecer o conteúdo que está sendo disponibilizado para conseguir propor e mediar o encadeamento das discussões com os alunos.
  • Marcos Rogério

    Acredito que entre as qualidades citadas no texto a aceitação é essencial para um bom trabalho do mediador, já que se não for aceito por sua turma, a formação do conhecimento em seus alunos não ocorrerá e todo o trabalho poderá ser em vão. Outra caracteristica importante é empatia, que também é correlata à própria aceitação, já que avendo empatia o trabalho ocorrerá em clima de parceria entre o mediador e os alunos, fato que produzirá maiores frutos no processo de aprendizagem.
  • Admilson

    Acredito que tanto as deficiências nas competências tecnológicas quanto nas pedagógicas podem conduzir o professor online ao fracasso do seu trabalho como mediador.
  • Carolina

    No ambiente da sala de aula virtual o principal problema encontrado para que haja a aceitação e a empatia, penso ser a distância física entre os envolvidos diretamente no processo ensino-aprendizagem. O aluno pode se sentir isolado do contexto, tendo apenas o computador à sua frente. A procura da interatividade e do aprendizado colaborativo deve ser uma constante para ajudar o aluno a vencer os seus obstáculos.
  • Thais Stella

    Marcos, concordo com você com relação à aceitação e empatia serem características muito importantes para o trabaho de um tutor.
  • Marcos Rogerio

    Caso o tutor não tenha a empatia de seus alunos estesserão desistimulados no processo de formação e não terão o tutor como um facilitador, a aceitação segue o mesmo caminho pois se não houver a empatia a aceitação também será prejudicada e os alunos não reconhecerão o tutor como facilitador,
  • Andrea

    Acredito que o mediador em Ead deva ter duas características muito importantes: o exercício do diálogo e a postura critica e reflexiva.
  • Gemima

    Escolho a cordialidade, porque os alunos precisam se sentir confortáveis e respeitados em um ambiente de aprendizagem. A honradez é uma qualidade essencial nos relacionamentos humanos, sem ela qualquer relacionamento tende a fracassar.
  • Francisco

    Dentre as qualidades citadas escolhi a cordialidade, por acredita que ela é de grande importância para transmitir segurança aos alunos, para recebê-los de forma agradável, permitindo uma interação fácil e confiável, sem a cordialidade não é possível sentir-se parte do grupo. E a honradez que permite ser autêntico, verdadeiro, para que o aluno também seja.
  • Francisco

    O estado de empatia, ou de entendimento empático, consiste em perceber corretamente o marco de referência interno do outro com os significados e componentes emocionais que contém, como se fosse a outra pessoa, em outras palavras, colocar-se no lugar do outro, porém sem perder nunca essa condição de “como se”.
  • Admilson

    acredito que naturalmente a tutoria seguirá o caminho da cordialidade, aceitação e empatia nas suas ações, o que consequentemente culminará com um ambiente virtual humanizado e mais propício a construção de conhecimentos.
  • Francisco

    O tutor deve ter habilidades e competências para atuar neste senário de ensino e aprendizagem, mediando o conhecimento, formando cidadãos curiosos e conhecedores do universo que o circunda.
  • Cristiane

    Dentre as qualidades apresentadas no texto escolho a cordialidade (confortabilidade para os alunos) e a empatia (envolver-se com os sentimentos dos alunos) como primordiais para o sucesso do mediador. Acredito que de maneira concisa elas representam o príncípio sugerido por Valente (2009), o "estar junto virtual".
  • Cristiane

    Como grande parte da comunicação é realizada por intermédio da escrita, o tutor deve utilizá-la de maneira a atrair os alunos sendo claro, objetivo, porém não menos afetivo. A escrita deve estar a favor da fortificação dos vínculos e não do afastamento dos alunos.
  • Marcelo

    • Cordialidade Ser cordial com as pessoas é o mínimo que se pode esperar de qualquer um e se sua profissão exige o contato ou atendimento ao público, mesmo que virtual, tem-se nesse caso um pré-requisito, até para que seu público o veja com respeito e quebrando possíveis barreiras que impediria o bom andamento das atividades sua e de seu aluno.
  • Marcelo

    Aceitação
    Penso que a cordialidade do tutor dará segurança ao aluno para que ele se sinta a vontade para participar ativamente do processo, por outro lado, conhecer o aluno, mesmo que de modo superficial, ajuda o tutor no processo de orientação.
  • Marcelo

    O tutor no seu papel de mediador precisa de algumas qualidades para o bom andamento de seu trabalho, destaco aqui duas das quais vejo sua tarefa comprometida, caso não haja um domínio razoável da sua parte, são elas:
    Domínio do conteúdo a ser trabalhado: o aluno em qualquer modalidade de ensino perde a confiança em seu professor (no caso tutor) caso ele perceba a insegurança do mesmo.Conhecimento didático/pedagógico: é necessário que o tutor diversifique sua experiência.
  • Márcio

    O tutor no seu papel de mediador precisa de algumas qualidades para o bom andamento de seu trabalho, destaco aqui duas das quais vejo sua tarefa comprometida, caso não haja um domínio razoável da sua parte, são elas:
    Acredito que a Honradez e a empatia são qualidades importantes que garantem o sucesso do tutor em Ead.
  • Angela

    Destaco: 1 - a cordialidade como caminho que todo mediador deve buscar onde se estimule a construção de uma relação afetiva, para fazer com que os alunos se sintam acolhidos e se estabeleça um clima favorável para esclarecimentos de dúvidas e posicionamentos;
  • Angela

    2 - a empatia que caminha junto com a cordialidade, aproximando ainda mais as relações, criando um clima de confiança, aproximação, conhecimento, favorecendo a autonomia dos alunos.
  • Dimitra

    Em relação a proposta apresentada, acredito que a cordialidade e a horandez são qualidades muito pertinentes, não deixando de considerar as outras, pois formam um conjunto no processo do ensino e da aprendizagem em EAD.
  • Juliana

    As qualidades que considero mais importantes para o sucesso de um mediador são cordialidade e aceitação, pois ao lidar com diferentes tipos de opiniões é muito importante saber lidar com as diferentes experiências e vivências de cada um, sabendo articular e conduzir as discussões da melhor maneira.
  • Maria das Graças

    Empatia, porque além do tutor complementar e facilitar a mediação pedagógica, deve estabelecer também uma comunicação empática com os alunos, pois o tutor é caracterizado como alguém que tem produção própria, pois assim motiva o aluno a produzir também.
  • Maria das Graças

    Capacidade de desenvolver uma escuta/leitura inteligente, porque o tutor deve procurar escutar/ler o que se diz/escreve intencionalmente, ou inconscientemente, pois com tudo isso, espera-se animar o aluno a expressar seus sentimentos e preocupações sem constrangimento.
  • Alessandra

    O papel do tutor mediador apresenta-se de forma desafiadora e complexa. Enfatizo dentre as quatro qualidades do mediador à empatia com os alunos, que gerará habilidade para mediar às questões de conflitos. A cordialidade com os alunos também é o fator que contribuirá para a proximidade entre mediador e aluno. Acredito que a falta destas qualidades no mediador acarretará no fracasso do papel que este deve exercer.
  • Gilvanete

    Acredito que uma das principais características de um tutor para mediar um grupo é a empatia,a aceitação do grupo, quando o tutor demonstra afetividade o aluno se sente mais acolhido.Já tive uma tutora que não apresentava afetividade e foi a única disciplina que apresentei baixo rendimento.
  • Francisco

    Para desenvolvermos essa capacidade é preciso ser receptivo com os outros e simultaneamente com a nossa totalidade interior. Estar disposto a conhecer tanto os outros como a si mesmo. A empatia nos ajuda a nos libertar dos nossos padrões rígidos e repetitivos.
  • Admilson

    Penso que, quando consideramos os aspectos do EaD na perspectiva daqueles que irão trabalhar como gestor tenderemos a ter uma visão. Mas é essencial imaginar a experiência dos alunos do EAD a partir da perspectiva deles, ou seja, pensar como um aluno e, em seguida, agir como um professor.
  • Gabriela

    Cordialidade é essencial em todo o processo e em qualquer ocasião e em se tratando de EaD mais ainda, já que nos comunicamos muito mais pelas ferramentas assíncronas, um bom acolhimento, o primeiro contato pode sim fazer a diferença, já passei pela experiência de ter um tutor que não foi tão cordial durante a disciplina e confesso que isto me desestimulou bastante durante a mesma.
  • Gabriela

    Aceitação outra qualidade que julgo importante neste processo de EaD pelo fato de estarmos distantes fisicamente do professor-tutor e se este não conseguir compreender a realidade do aluno e através de suas postagens demonstrar que ele é importante para o aprendizado de todo o grupo, ou seja, fazer o aluno entender que sua bagagem é importante e que o compartilhamento dela mais ainda, já que temos colegas de diversas áreas, isto pode sim prejudicar a aprendizagem deste aluno.
  • Angela

    É importante que o tutor seja capacitado a estimular a aprendizagem colaborativa nos cursos de EaD, despertando no aluno a autonomia para a busca, pesquisa e a responsabilidade para com a sua aprendizagem, construindo conhecimentos pautados na interatividade entre aluno/aluno - aluno /tutor.
  • Márcio

    [...] papel do tutor é fundamental para o entrosamento tendo aceitação, cordialidade, empatia, honradez, comprometimento, persistência, demonstrar ter propriedade sobre o conteúdo ou tema estudado e ser justo nos critérios de correção e avaliação.
  • Carolina

    Laços de respeito implica também em respeito a opnião do próximo, situação tão comum em uma realidade de ambiente com pessoas tão diferentes em termos de formação e pensamento.
  • Maria das Graças

    Acredito o que levaria ao fracasso desse trabalho do tutor seria a linguagem de dificil compreensão seguida de desmotivação, pois uma puxa a outra, quando as propostas passada pelo o tutor não tiver uma linguagem clara, com certeza esse aluno se desmotivará em realizar a mesma, pois situações claras não podem ser resolvidas.
  • Juliana

    Eu acho que a afetividade pode ser demonstrada no ambiente virtual de várias maneiras, entre elas: cordialidade nos posts, atenção aos comentários dos colegas, elogios, críticas bem fundamentadas e sempre em relação ao tema/assunto discutido, nunca em relação à pessoa que postou
  • Angelica

    [..]escolho cordialidade e empatia. Cordialidade porque acredito que a mesma seja uma competência necessária para tornar o ambiente online mais humano. A empatia é importante, pois facilita ao mediador, mesmo estando a distância, entender melhor os alunos e, consequentemente, agir de forma a facilitar sua aprendizagem e sua participação nos cursos online.
  • Angelica

    O trabalho do mediador pode fracassar se ele não estimular a participação e interação dos alunos e se não tiver conhecimento sobre os conteúdos discutidos, pois sem tal conhecimento, não poderia mediar as discussões e interações de forma eficaz.