Balanca

LINHA DO TEMPO DE LIBRAS NO BRASIL

  • Apr 22, 1500

    CHEGADA PORTUGUESES AO BRASIL

    CHEGADA PORTUGUESES AO BRASIL
    ENSINO INFORMAL DE PORTUGUÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA.
  • Jan 1, 1549

    EDUCAÇÃO FORMAL NO BRASIL

    EDUCAÇÃO FORMAL NO BRASIL
    OS JESUITAS INICIAM O PERÍODO DE EDUCAÇÃO AOS INDIOS.
  • Jan 25, 1554

    FUNDAÇÃO PRIMEIRA ESCOLA NO BRASIL

    FUNDAÇÃO PRIMEIRA ESCOLA NO BRASIL
    OS JESUITAS DA CIA DE JESUS EM PIRATININGA - SÃO PAULO INAUGURAM A PRIMEIRA ESCOLA . NA ÉPOCA CONSTRUIDA DE PAU-A-PIQUE. A FOTO ATUAL INDICA O LUGAR ORIGINAL DA ESCOLA.
  • Jan 1, 1568

    LÍNGUAS AFRICANAS

    LÍNGUAS AFRICANAS
    COM A CHEGADA DOS ESCRAVOS AFRICANOS, A LÍNGUA PORTUGUESA, SOBRE INFLUÊNCIAS.
  • PRIMEIRAS PUBLICAÇÕES

    PRIMEIRAS PUBLICAÇÕES
    PUBLICAÇÕES DE GRAMÁTICAS E DICIONÁRIOS.
  • AS PRIMEIRAS PROIBIÇÕES

    AS PRIMEIRAS PROIBIÇÕES
    PORTUGAL PROIBIU A LÍNGUA TUPI. FORTALECENDO A LÍNGUA PORTUGUESA.
  • CHEGADA FAMÍLIA REAL NO CAIS DE BELEM

    CHEGADA FAMÍLIA REAL NO CAIS DE BELEM
    ENSINO DA LÍNGUA FRANCESA NA CORTE IMPERIAL
  • PERÍODO REGENCIAL DO BRASIL

    PERÍODO REGENCIAL DO BRASIL
    O CONSELHEIRO CORNELIO FERREIRA FRANÇA, DEPUTADO DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA, SUGERE QUE AS PROVÍNCIAS DEVERIAM DISPOR DE UM PROFESSOR DE PRIMEIRAS LETRAS PARA SURDOS E CEGOS.A PROPOSTA VEIO A EFETIVAR-SE SÓ A PARTIR DA DECADA DE 1850.
  • PRIMEIRA ESCOLA NORMAL DO BRASIL

    PRIMEIRA ESCOLA NORMAL DO BRASIL
    ATRAVÉS DO ATO ADICIONAL DE 06 DE AGOSTO DE 1834 (DESCENTRALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO) ,SURGIU A PRIMEIRA ESCOLA NORMAL DO BRASIL, EM NITEROI. FORMANDO EDUCADORES PARA O MAGISTÉRIO DA INSTRUÇÃO PRIMARIA. IMAGEM DA BANDEIRA DO BRASIL IMPERIO.
  • ESCOLA DO EXÉRCITO

    ESCOLA DO EXÉRCITO
    POR INICIATIVA DE BERNARDO DE SÄ NOGUEIRA DE FIGUEIREDO - O MARQUES DE SÄ DA BANDEIRA. CRIANDO A ESCOLA DO EXÉRCITO NO BRASIL.
  • COLÉGIO D. PEDRO II

    COLÉGIO D. PEDRO II
    NO RIO DE JANEIRO ONDE FUNCIONAVA O SEMINARIO SÃO JOAQUIM. EM 1837,O MINISTRO DA JUSTIÇA E INTERIN'O BERNARDO PEREIRA DE VASCONCELLOS, CRIA POR DECRETO O COLÉGIO D. PEDRO II. PRIMEIRO COLÉGIO DE INSTRUÇÃO SECUNDÁRIA OFICIAL DO BRASIL.
  • RENÉ ERNEST HUET SURDO CONGÊNITO CHEGA AO BRASIL

     RENÉ ERNEST HUET SURDO CONGÊNITO CHEGA AO BRASIL
    A CONVITE D. PEDRO II
  • FUNDAÇÃO ESCOLA PARA SURDOS

    FUNDAÇÃO ESCOLA PARA SURDOS
    COM APOIO D. PEDRO II HUET FUNDA IMPERIAL INSTITUTO DOS SURDOS-MUDOS. ATRAVÉS DA LEI 939 ( OU 839). SEGUNDO RELATADO NO DIARIO DA PRINCESA ISABEL, SEGUNDA FILHA DE D.PEDRO II, SEU MARIDO O PRINCIPE GASTÃO DE ORLEANS, O CONDE `EU ERA SURDO.
  • INSTITUTO IMPERIAL DE SURDOS - MUDOS

    INSTITUTO IMPERIAL DE SURDOS - MUDOS
    O GOVERNO BRASILEIRO DETERMINA QUE O IMPERIAL INSTITUO DE SURDOS - MUDOS, PASSARIA A SER UM ASILO, PARA SURDOS. ASSUMINDO A DIREÇÃO O SR. TOBIAS LEITE.
  • PRIMEIRO DICIONÁRIO DE LÍNGUA DE SINAIS NO BRASIL

    PRIMEIRO DICIONÁRIO DE LÍNGUA DE SINAIS NO BRASIL
    FLAUSINO JOSE DA GAMA PUBLICA "ICONOGRAFIA DOS SIGNAES DOS SURDOS-MUDOS. PRIMEIRO DICIONÁRIO DE LÍNGUA DE SINAIS DO BRASIL. FLAUSINO EX-AKUNO DA PRIMEIRA ESCOLA DE SURDOS DO BRASIL - RIO DE JANEIRO.FUNDADA EM 26/09/1857 (ATUAL INES)
  • CONGRESSO DE MILÃO - HISTÓRIA DOS SURDOS

    CONGRESSO DE MILÃO - HISTÓRIA DOS SURDOS
    PROIBIÇÃO DA LÍNGUA GESTUAL NAS ESCOLAS. UM MARCO OBSCURO NA HISTÓRIA, REPRIMINDO SUA CULTURA E LÍNGUA MATERNA, EM DETRIMENTO DA EDUCAÇÃO ORALISTA. TODOS OS PAÍSES ADOTARAM O MÉTODO ORAL, COM EXCEÇÃO DOS ESTADOS UNIDOS.
  • PROIBIÇÃO DO USO DA LÍNGUA DE SINAIS

    PROIBIÇÃO DO USO DA LÍNGUA DE SINAIS
    APÓS CONGRESSO DE MILÃO DE 188O. PASSA A VIGORAR A FILOSOFIA DO ORALISMO.
  • PRIMEIRO CONGRESSO DE INSTRUÇÃO PÚBLICA.

    PRIMEIRO CONGRESSO DE INSTRUÇÃO PÚBLICA.
    EM DEZEMBRO DE 1882 - CONVOCADO PELO IMPERADOR D.PEDRO II. O CONGRESSO DISCUTIU A TEMÁTICA; EDUCAÇÃO DE PORTADORES DE DEFICIÊNCIA". DENTRE AS PROPOSTAS HOUVE A SUGESTÃO DE CURRICULO E FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA CEGOS E SURDOS.
  • PROFESSOR A.J.DE MOURA AVALIA ORALISMO

    PROFESSOR A.J.DE MOURA AVALIA ORALISMO
    IMPLANTAÇÃO MÉTODO ORALISMO NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS. A LÍNGUA DE SINAIS ERA PROIBIDA.NO ENTANTO,A PEDIDO DO GOVERNO BRASILEIRO, PROFESSOR MOURA VISITA O INSTITUTO FRANCES DE SURDOS. CONCLUINDO QUE ORALISMO NÃO ERA ADEQUADO A TODOS OS SURDOS.
  • FUNDAÇÃO DA ABSM

    FUNDAÇÃO DA ABSM
    JOÃO BRASIL SILVADO Jr. FUNDA A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE SURDOS-MUDOS.
  • 1923 A 1929 FUNDAÇÃO PRIMEIRA ASSOCIAÇÃO SURDOS

    1923 A 1929 FUNDAÇÃO PRIMEIRA ASSOCIAÇÃO SURDOS
    NO PERÍODO 1923 A 1929 CRIADO NO BRASIL PRIMEIRA ASSOCIAÇÃO DE SURDOS. MARCO IMPORTANTE NA LUTA PELOS DIREITOS DA COMUNIDADE.
  • FUNDAÇÃO INSTITUTO SANTA TEREZINHA

    FUNDAÇÃO INSTITUTO SANTA TEREZINHA
    EM CAMPINAS SÃO PAULO INTERNATO PARA MENINAS SURDAS
  • EX-ALUNOS DO INES

    EX-ALUNOS DO INES
    UM GRUPO DE EX-ALUNOS DO INES FUNDA A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRAS DE SURDOS-MUDOS NO RIO DE JANEIRO.
  • INSTITUTO NACIONAL DOS SURDOS-MUDOS (1904 - 1957)

    INSTITUTO NACIONAL DOS SURDOS-MUDOS (1904 - 1957)
    CRIADO EXTERNATO FEMININO COM OFICINAS DE BORDADO E COSTURA.
  • PRIMEIRA FACULDADE DE LETRAS NO BRASIL

    PRIMEIRA FACULDADE DE LETRAS NO BRASIL
    APÓS A REFORMA FRANCISCO CAMPOS, FOI IMPLANTADA A FACULDADE DE LETRAS EM SÃO PAULO. CONSIDERADA DE SUMA IMPORTÂNCIA NA HISTÓRIA DO ENSINO DAS LÍNGUAS VIVAS NO BRASIL. DECRETO 19.851, DE 11 DE ABRIL DE 1931.
  • ANTONIO PITANGA ESCULTOR SURDO NASCIDO EM PERNAMBUCO

    ANTONIO PITANGA ESCULTOR SURDO NASCIDO EM PERNAMBUCO
    FORMADO NA ESCOLA DE BELAS ARTES RECEBE OS PREMIOS: MEDALHA DE PRATA (ESCULTURA MENINO SORRINDO); MEDALHA DE OURO (ESCULTURA ICARO) E VIAGEM A EUROPA (ESCULTURA PARAGUASSU)
  • GOVRNO DUTRA NA EDUCAÇÃO SURDOS

    GOVRNO DUTRA NA EDUCAÇÃO SURDOS
    ADOÇÃO DA METODOLOGIA DE ENSINO DOS ESTADOS UNIDOS (EUA) NA EDUCAÇÃO SURDOS (ORALISMO).
  • ALFABETIZAÇÃO DOS SURDOS-MUDOS

    ALFABETIZAÇÃO DOS SURDOS-MUDOS
    ATRAVÉS DO DECRETO NÚMERO 26.974 DE 28/07/1949. FOMENTA A ALFABETIZAÇÃO DOS SURDOS-MUDOS EM TODO O TERRITORIO NACIONAL.
  • DECRETO NÚMERO 26.974'

    DECRETO NÚMERO 26.974'
    PROMULGADO PELO PRESIDENTE DA REPÚBLICA EURICO GASPAR DUTRA. REGULAMENTAÇÃO DO CURSO NORMAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA SURDOS-MUDOS.
  • PROFESSORES DE LIBRAS

    PROFESSORES DE LIBRAS
    PRIMEIRO CURSO NORMAL PARA PROFESSORES DE SURDOS NO BRASIL CRIADO PELO INSTITUTO NACIONAL DOS SURDOS-MUDOS.O MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (MEC) PROMOVEU A INSTALAÇÃO DE CURSOS ESPECIALIZADOS PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES.
  • INSTITUTO NACIONAL DOS SURDOS-MUDOS

    INSTITUTO NACIONAL DOS SURDOS-MUDOS
    CRIAÇÃO DO PRIMEIRO CURSO NORMAL PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES ESPECIALIZADOS NOS CASOS DE SURDEZ.
  • FEDERAÇÃO MUNDIAL DE SURDOS

    FEDERAÇÃO MUNDIAL DE SURDOS
    COM SEDE NA FINLÂNDIA A WORLD FEDERATION OF THE DEAF TEVE GRANDE INFLUÊNCIA NAS NAÇÕES UNIDAS ,NA CONQUISTA DE DIREITOS, PARA A COMUNIDADE SURDA.
  • VICENTE DE PAULO PUNIDO BURNIER UM PADRE

    VICENTE DE PAULO PUNIDO BURNIER UM PADRE
    O PRIMEIRO PADRE SURDO DO BRASIL. APÓS TRES ANOS DE ESPERA, VICENTE Ë ORDENADO. APÓS LIBERAÇÃO DO PAPA DA LEI DIREITO CANÔNICO. ANTES ERA PROIBIDO A UM SURDO EXERCER TAL FUNÇÃO ECLESIÁSTICA.
  • JARDIM DE INFÂNCIA

    JARDIM DE INFÂNCIA
    FUNDAÇÃO DO PRIMEIRO JARDIM DE INFÂNCIA PARA CRIANÇAS SURDAS NO (INES).
  • ARTES PLÁSTICAS

    ARTES PLÁSTICAS
    CRIAÇÃO DO CURSO DE ARTES PLÁSTICAS PARA SURDOS
  • IMPERIAL INSTITUTO DOS SURDOS-MUDOS

    IMPERIAL INSTITUTO DOS SURDOS-MUDOS
    MUDANÇA DE NOMENCLATURA - APÓS DECRETO LEI NÚMERO 3.198, O IMPERIAL INSTIRUTO PASSA A CHAMAR-SE : INES - INSTITUTO NACIONAL DE EDUCAÇÃO DOS SURDOS.
  • WILLIAN C. STOKOE JR. (1919 - 2000)

    WILLIAN C. STOKOE JR. (1919 - 2000)
    STOKOE PUBLICOU LINGUAGE STRUCTURE; NA OUTLINE OF THE VISUAL COMMUNICATION SYSTEM OF THE AMERICAM DEAF. AFIRMOU QUE ASL TEM TODAS AS CARACTERÍSTICAS DA LÍNGUA ORAL.
  • JORGE SERGIO L. GUIMARÃES ESCRITOR SURDO.

    JORGE SERGIO L. GUIMARÃES ESCRITOR SURDO.
    NO RIO DE JANEIRO Ë PUBLICADO SEU LIVRO: ATË ONDE VAI O SURDO.
  • LDB DE 1961

    LDB DE 1961
    PUBLICAÇÃO DAS LEIS E DIRETRIZES BÁSICAS DA EDUCAÇÃO
  • CHEGADA AO BRASIL NOVA METODOLOGIA DE ENSINO

    CHEGADA AO BRASIL NOVA METODOLOGIA DE ENSINO
    A FILOSOFIA DA COMUNICAÇÃO TOTAL
  • LEI 5692/71

    LEI 5692/71
    NOVA LDB PROMULGADA.
  • FENEIDA

    FENEIDA
    CRIADA A FENEIDA - FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS DEFICIENTES AUDITIVOS.
  • EMENDA CONSTITUCIONAL

    EMENDA CONSTITUCIONAL
    EMENDA CONSTITUCIONAL NÚMERO 12 DE 18 DE OUTUBRO DE 1978 - EM SEU ARTIGO ÚNICO : ASSEGURA AOS DEFICIENTES A MELHORIA DE SUA CONDIÇÃO SOCIAL E ECONÔMICA.
  • COMUNIDADE SURDA EM LUTA

    COMUNIDADE SURDA EM LUTA
    CRIADA A COMISSÃO DE LUTA PELOS DIREITOS DOS SURDOS
  • RECONHECIMENTO DAS LÍNGUAS DE SINAIS

    RECONHECIMENTO DAS LÍNGUAS DE SINAIS
    A FEDERAÇÃO MUNDIAL DE SURDOS - WFD TEVE GRANDE INFLUÊNCIA NA DECISÃO DA UNESCO, EM 1984, NO RECONHECIMENTO DA LÍNGUA DE SINAIS COMO LÍNGUA NATURAL DOS SURDOS.
  • CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DESPORTOS DE SURDOS

    CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DESPORTOS DE SURDOS
    FUNDAÇÃO DA CBDS EM SÃO PAULO.
  • MESTRADO EM LINGUÍSTICA APLICADA

    MESTRADO EM LINGUÍSTICA APLICADA
    DIVULGAÇÃO DOS ESTUDOS DA LÍNGUA AMERICANA DE SINAIS (ASL) PELA GALLAUDET UNIVERSITY.
  • FENEIS

    FENEIS
    FUNDAÇÃO DA FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS
  • LEI DA ACESSIBILIDADE - LEI 8.160 DE 08 JANEIRO 1991

    LEI DA ACESSIBILIDADE - LEI 8.160 DE 08 JANEIRO 1991
    ACESSIBILIDADE PARA SURDOS
  • INICIO DA LUTA PELA LEGALIZAÇÃO E REGULAMENTAÇÃO DA LIBRAS.

    INICIO DA LUTA PELA LEGALIZAÇÃO E REGULAMENTAÇÃO DA LIBRAS.
    ATRAVÉS DE UM PROJETO DE LEI DA SENADORA BENEDITA DA SILVA, DEU-SE INICIO A CONQUISTA DA LEGALIZAÇÃO E REGULAMENTAÇÃO DA LIBRAS, EM ÂMBITO FEDERAL.
  • FENEIS

    FENEIS
    NO RIO DE JANEIRO FENEIS INAUGURA SUA SEDE PRÓPRIA.
  • REUNIÃO NA FENEIS (LIBRAS)

    REUNIÃO NA FENEIS (LIBRAS)
    SURDOS DE TODO O PAÍS REUNIRAM-SE NA FENEIS E VOTARAM PARA ELEGER O NOME DA LÍNGUA DE SINAIS DOS SURDOS DO BRASIL - LIBRAS (LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS).
  • NOVA LDB

    NOVA LDB
    PUBLICAÇÃO DA LEI DE DIRETRIZES E BASES NÚMERO 9394 EM VIGOR.
  • CLOSED CAPTION

    CLOSED CAPTION
    REDE GLOBO NO JORNAL NACIONAL - LANÇA A EXIBIÇÃO DE LEGENDAS NA TELEVISÃO.
  • REVISTA DA FENEIS

    REVISTA DA FENEIS
    PUBLICADA A PRIMEIRA REVISTA DA FENEIS.
  • BILINGUISMO

    BILINGUISMO
    CONGRESSO LATINO AMERICANO DE EDUCAÇÃO BILINGÜE PARA SURDOS
  • PROFESSORES SURDOS EM BRASILIA DF.

    PROFESSORES SURDOS EM BRASILIA DF.
    TREINAMENTO INÉDITO PARA PROFESSORES SURDOS EM BRASILIA. ALI 76 TIVERAM TREINAMENTO PARA EXERCEREM SEU OFÍCIO NA REDE OFICIAL DE ENSINO DO
    DF. EXPERIÊNCIA DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (MEC).
  • DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO ILUSTRADO TRILINGÜE

    DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO  ILUSTRADO TRILINGÜE
    PROFESSOR FERNANDO CESAR CAPOVILLA LANÇA O PRIMEIRO DICIONÁRIO DE LIBRAS. ELEBORADO A PARTIR DOS INFORMANTES SURDOS DA FENEIS.
  • LEI 10.436

    LEI 10.436
    OFICIALIZAÇÃO DA LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS - LIBRAS
  • LIBRAS NA FORMAÇÃO PROFESSORES

    LIBRAS NA FORMAÇÃO PROFESSORES
    LIBRAS COMO DISCIPLINAR CURRICULAR NOS CIURSOS DE LICENCIATURA
  • DECRETO 5.626 DE 22 DE DEZEMBRO DE 2005

    DECRETO 5.626 DE 22 DE DEZEMBRO DE 2005
    INCLUSÃO DE LIBRAS COMO DISCIPLINA CURRICULAR - FORMAÇÃO DE PROFESSORES E INSTRUTORES DE LIBRAS -ACESSO DE PESSOAS SURDAS À EDUCAÇÃO.
  • LIBRAS COMO DISCIPLINA CURRICULAR NA FORMAÇÃO PROFESSORES

    LIBRAS COMO DISCIPLINA CURRICULAR NA FORMAÇÃO PROFESSORES
    PRIMEIRO SEMINARIO PARA DISCUTIR O DECRETO 5626/2005, FOI REALIZADO NAS FACULDADES INTEGRADAS DO RIO BRANCO EM SÃO PAULO. A FENEIS TEVE PARTICIPAÇÃO.
  • PRIMEIRO VESTIBULAR CURSO GRADUAÇÃO LETRAS/LIBRAS

     PRIMEIRO VESTIBULAR CURSO GRADUAÇÃO LETRAS/LIBRAS
    PRIMEIRO VESTIBULAR PARA LICENCIATURA EM LETRAS-LIBRAS. ATRAVÉS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC. COM A PARTICIPAÇÃO DE NOVE POLOS EM DIFERENTES ESTADOS BRASILEIROS.
  • SEGUNDO VESTIBULAR LETRAS/LIBRAS

    SEGUNDO VESTIBULAR LETRAS/LIBRAS
    UNIVERSIDADE FEDERAL SANTA CATARINA - UFSC REALIZA VESTUBULAR PARA: LICENCIATURA EM LETRAS/LIBRAS E BACHARELADO EM LETRAS/LIBRAS. COM 15 POLOS.
  • LEI 12.319 de 01 DE SETEMBRO DE 2010

    LEI 12.319 de 01 DE SETEMBRO DE 2010
    REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO DE TRADUTOR E INTÉRPRETE DE LÍNGUA DE SINAIS - LIBRAS.
  • SURDOS NO PLANALTO - MANIFESTAÇÃO DA FENEIS NO DF.

    SURDOS NO PLANALTO - MANIFESTAÇÃO DA FENEIS NO DF.
    MOVIMENTO CONTRA FECHAMENTOS DAS ESCOLAS ESPECIAIS: INSTITUTO BENJAMIM CONSTANT - IBC (PARA CEGOS) E COLÉGIO DE APLICAÇÃO DO INES (PARA SURDOS) COM APOIO DAS APAES. REALIZADO EM BRASILIA.
  • MARCHA PARA BRASILIA

    MARCHA PARA BRASILIA
    MOVIMENTO SURDO A FAVOR DA EDUCAÇÃO E DA CULTURA SURDA - DEFENDENDO A IMPLANTAÇÃO DAS ESCOLAS BILINGÜES.
  • DIA NACIONAL DO TRADUTOR/INTÉRPRETE DE LÍNGUA SINAIS

    DIA NACIONAL DO TRADUTOR/INTÉRPRETE DE LÍNGUA SINAIS
    DIREITO ALCANÇADO PELA COMUNIDADE SURDA NO BRASIL DE TEREM INTÉRPRETES NAS ESCOLAS PÚBLICAS, PRIVADAS E OUTROS ESPAÇOS. GARANTIDOS PELO DECRETO 5.526/2005 E A LEI 12.319/2010.
  • MOVIMENTO SETEMBRO AZUL ( INCLUSÃO )

    MOVIMENTO SETEMBRO AZUL ( INCLUSÃO )
    O MOVIMENTO SURDO EM FAVOR DA EUCAÇÃO E CULTURA SURDA. DEFENDENDO A LIBERDADE DE EXPRESSÃO E SEU DIREITO DE ESCOLHA, TENDO COMO BASE, OS DIREITOS HUMANOS, LINGUÍSTICOS E CULTURAIS DA COMUNIDADE SURDA. OCORREU ATIVIDADES EM TODOS ESTADOS DO BRASIL.
  • DIA NACIONAL DO SURDO

    DIA NACIONAL DO SURDO
    ANUALMENTE A COMUNIDADE SURDA COMEMORA A CONQUISTA DE SEUS DIREITOS.