Informática na Educação

By pcscaio
  • [UFRJ] Criação do Departamento de Cálculo Científico

    Universidade Federal do Rio de Janeiro.
    Que deu origem ao Núcleo de Computação Eletrônica - NCE
  • [NUTES/CLATES] Uso da informática como tecnologia educacional

    voltada para a avaliação formativa e somativa de alunos da disciplina de química, utilizando-a para o desenvolvimento de simulações
  • Primeiras Iniciativas na UFRGS

    Suportadas por diferentes bases teóricas e linhas de ação. Segundo o documento anteriormente citado, o primeiro estudo utilizava terminais de teletipo e display num experimento simulado de física para alunos do curso de graduação. Destacava-se também o software SISCAI, desenvolvido pelo Centro de Processamento de Dados - CPD
  • [UNICAMP] Introdução de Computadores nas Escolas de 2º Grau

    um grupo de pesquisadores, coordenado pelo Prof. Ubiratan D'Ambrósio, do Instituto de Matemática, Estatística e Ciências da Computação, escreveu o documento financiado pelo Acordo MEC-BIRD, mediante convênio com o Programa de Reformulação do Ensino (PREMEN/MEC), atualmente extinto
  • [UNICAMP] visita ao MEDIA-Lab do MIT/USA

    cujo retorno permitiu a criação de um grupo interdisciplinar envolvendo especialistas das áreas de computação, lingüística e psicologia educacional, dando origem às primeiras investigações sobre o uso de computadores na educação, utilizando a linguagem Logo
  • Instituído o NIED/UNICAMP

    Núcleo Interdisciplinar de Informática Aplicada à Educação - NIED/UNICAMP, já com apoio do MEC, tendo o Projeto Logo como o referencial maior de sua pesquisa, durante vários anos.
  • [UnB] - I Seminário Nacional de Informática na Educação

    que contou com a participação de especialistas nacionais e internacionais, constituindo-se no primeiro fórum a estabelecer posição, destacando a importância de se pesquisar o uso do computador como ferramenta auxiliar do processo de ensino-aprendizagem
  • Aprovação do documento: Subsídios para a implantação do programa de Informática na Educação

    MEC/SEI/CNPq/FINEP
  • [UFBA] - II Seminário Nacional de Informática na Educação

    MEC, a SEI e o CNPq promoveram o evento visando coletar novos subsídios para a criação dos projetos-piloto, a partir de reflexões dos especialistas das áreas de educação, psicologia, informática e sociologia.
  • criado o CENIFOR

    Centro de Informática do MEC, subordinado à Fundação Centro Brasileiro de TV Educativa - FUNTEVÊ, hoje Fundação Roquette Pinto, cujas atribuições regimentais foram posteriormente reformuladas em março/84, para melhor cumprimento dos requisitos indispensáveis ao desenvolvimento e à coordenação das atividades na área, tendo em vista o interesse da Secretaria Geral do MEC em assumir a coordenação do projeto
  • [SEI] - criada a Comissão Especial nº 11/83

    Essa Comissão tinha por finalidade, dentre outros aspectos, propor a orientação básica da política de utilização das tecnologias da informação no processo de ensino-aprendizagem, observando os objetivos e as diretrizes do Plano Setorial de Educação, Cultura e Desporto, da Política Nacional de Informática e do Plano Básico de Desenvolvimento Científico e Tecnológico do país, além de apoiar a implantação de centros-piloto, funções estas intrinsecamente afetas ao setor educacional.
  • Publicação do documento: Diretrizes para o estabelecimento da Política de Informática no Setor de Educação, Cultura e Desporto

  • Publicação do Comunicado SEI

    solicitando a apresentação de projetos para a implantação de centros-piloto junto as universidades
  • Aprovação do Regimento Interno do Centro de Informática Educativa CENIFOR/FUNTEVÊ

    Portaria nº 27, de 29/03/84
  • Projeto EDUCOM

    Coube ao CENIFOR a responsabilidade pela implementação, coordenação e supervisão técnica do Projeto, cujo suporte financeiro e delegação de competência foram definidos em Protocolo de Intenções assinado entre MEC, SEI, CNPq, FINEP e FUNTEVÊ, em julho de 1984.
  • Assinatura do Protocolo de Intenções MEC/SEI/CNPq/FINEP/ FUNTEVÊ

    para a implantação dos centros-piloto e delegação de competência ao CENIFOR.
  • Aprovação do novo Regimento Interno do CENIFOR

    Portaria FUNTEVÊ_ nº246, de 14/08/85.
  • Aprovação Plano Setorial: Educação e Informática

    pelo CONIN/PR.
  • 1º Concurso nacional de Software Educacional

  • Criação do Comitê Assessor de Informática na Educação de 1º e 2º graus

    CAIE/SEPS.
  • Programa de Ação Imediata em Informática na Educação de 1º e 2º graus

    objetivando a criação de uma infra-estrutura de suporte junto às secretarias estaduais de educação, a capacitação de professores, o incentivo à produção descentralizada de software educativo, bem como a integração de pesquisas que vinham sendo desenvolvidas pelas diversas universidades brasileiras
  • Extinção do CAIE/SEPS e criação do CAIE/MEC

  • Instituição do I Concurso Nacional de "Software" Educacional

  • Instituição da Comissão de Avaliação do Projeto EDUCOM

  • Projeto FORMAR I

    Curso de especialização em Informática na Educação -UNICAMP.
  • Implementação do Projeto FORMAR I

    Curso de Especialização em Informática na Educação, realizado na UNICAMP
  • Lançamento do II Concurso Nacional de Software Educacional

  • Início da Implantação dos CIEd

  • Realização do III Concurso Nacional de Software Educacional

  • Realização do II Curso de Especialização em Informática na Educação

    FORMAR II
  • Jornada de Trabalho Luso Latino-Americana de Informática na Educação

    promovida pela OEA e INEP/MEC, PUC/Petrópolis/RJ.
  • PRONINFE

    Programa Nacional de Informática Educativa - PRONINFE, o que foi efetivado em outubro de 1989, através da Portaria Ministerial nº 549/GM. O PRONINFE tinha por finalidade: "Desenvolver a informática educativa no Brasil, através de projetos e atividades, articulados e convergentes, apoiados em fundamentação pedagógica sólida e atualizada, de modo a assegurar a unidade política, técnica e científica imprescindível ao êxito dos esforços e investimentos envolvidos."
  • PLANINFE

    o Ministério da Educação aprovou o 1º Plano de Ação Integrada -PLANINFE, para o período de 1991 a 1993, com objetivos, metas e atividades para o setor, associados a um horizonte temporal de maior alcance. O PLANINFE, assim como o PRONINFE, destacava, como não poderia deixar de ser, a necessidade de um forte programa de formação de professores, acreditando que as mudanças só ocorrem se estiverem amparadas, em profundidade, por um intensivo e competente programa de capacitação de recursos humanos,
  • Aprovação do Plano Trienal de Ação Integrada - 1990/1993

  • Integração de Metas e objetivos do PRONINFE/MEC no PLANIN/MCT

  • Criação de rubrica específica para ações de informática educativa no orçamento da União

  • Lançamento do PROINFO

    Lançamento do Programa Nacional de Informática PROINFO