LINHA DO TEMPO - INFORMÁTICA EDUCATIVA NO BRASIL (por Antônio Marcos e Rhubens Levy)

  • 1ª EXPERIÊNCIA DA INFORMÁTICA EDUCATIVA NO BRASIL

    1ª EXPERIÊNCIA DA INFORMÁTICA EDUCATIVA NO BRASIL
    Promovida pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), com a exposição do documento Introdução de Computadores nas Escolas de 2º Grau - o que remete ao início da inserção dessa tecnologia a partir do ensino superior -, trabalho este financiado pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) em parceria com o Banco Mundial para Reconstrução e o Desenvolvimento (BIRD).
  • SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE INFORMÁTICA EDUCATIVA

    SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE INFORMÁTICA EDUCATIVA
    Quando a política pública governamental brasileira passa a se atentar a inserção da informática na educação, graças à visão internacional do computador, agora, como ferramenta educativa, auxiliadora no ensino e aprendizagem.
  • EDUCOM

    EDUCOM
    O projeto Computadores na Educação (EDUCOM), implementado por meio da iniciativa de inserção brasileira pelo MEC, incentivados pela cultura emergente da Informática Educativa. Visava nos estudos referentes ao desenvolvimento da informática na educação.
  • PROJETO "FORMAR"

    PROJETO "FORMAR"
    Implantação também sob incentivo do MEC, visava a preocupação com a disponibilização de recursos humanos para a abordagem pedagógica da informática na educação.
  • PRONINFE

    PRONINFE
    A Institucionalização do Programa Nacional de Informática Educativa, marcado por promover os Centros de Informática na Educação de 1º e 2º graus (CIED), preocupados em aumentar os índices de empregabilidade nas escolas pública do país.
  • PROINFO

    PROINFO
    Substituto do PRONINFE, responsável pela disponibilização de Laboratórios de Informática Educativa (LIEs) na rede pública de escolas do país, enfatizando a inevitabilidade da inserção das tecnologias digitais no cotidiano dos brasileiros. Para tanto, 100 Núcleos de Tecnologia Educacional (NTE) foram criados a fim de oferecer suporte a implantação dos LIEs, responsabilizando-se em 27 unidades da federação, numa tentativa de descentralizar a informatização das escolas públicas no Brasil.
  • FUST

    FUST
    O Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações, auxiliar na possibilitação de recursos para o implante de equipamento das escolas públicas, com um computador para cada 25 alunos.
  • NTE E O CEARÁ

    NTE E O CEARÁ
    Sediado no Centro de Referência do Professor (CRP), dá-se início a informatização das escolas públicas municipais de Fortaleza, com sua implantação.
  • SOFTWARE LIVRE PREFERENCIAL

    SOFTWARE LIVRE PREFERENCIAL
    Medida tomada pelo Governo Federal, numa preocupação referente aos problemas não só na adoção do hardware, numa tentativa de redução de custos através dos cortes com pagamento de royalties e taxas de licensa de uso de programas de computador.
  • FORTALEZA ADERE AO SOFTWARE LIVRE

    FORTALEZA ADERE AO SOFTWARE LIVRE
    Seguindo a proposta de adoção de softwares livres, a Prefeitura Municipal de Fortaleza os adotam em suas secretarias e órgãos, e em seus LIEs.
  • PROUCA (PRÉ-PILOTO)

    PROUCA (PRÉ-PILOTO)
    Resultante do incentivo do projeto One Laptop per Child (OLPC) apresentado na Suíça durante o Fórum Econômico Mundial em Davos, o Programa Um Computador por Aluno foi implantado em 5 escolas pública no Brasil, coordenado pela Secretaria de Educação a Distância (SEED) do MEC.
  • 2ª FASE DO PROUCA

    2ª FASE DO PROUCA
    Estentido agora para aproximadamente 300 escolas públicas pelas 27 unidades da federação, selecionadas a partir da sua capacidade de suporte pela infraestrutura e do compromisso com a formação de gestóres e professores.
  • EDITAL PARA COMPRA DE TABLETS

    EDITAL PARA COMPRA DE TABLETS
    Através do MEC, o Governo Federal promove um edital que beneficia aproximadamente 58.000 escolas com a compra de quase 600.000 tablets.
  • REAVALIAÇÃO NA DISTRIBUIÇÃO DOS TABLETS

    Antes disponibilizados, em tese, para alunos e professores, agora passariam apenas à docência, sob o preceito de os professores precisarem ser os primeiros a se familiarizarem com esses recursos para sua prática pedagógica.