Politicas Públicas de Educação e Tecnologia

  • Infomática na educação

    Infomática na educação
    Foi na Universidade Federal Rio de Janeiro que aconteceu os primeiros estudos sobre informática na educação.
  • Inserção das TICs na Educação

    Inserção das TICs na Educação
    Foi a partir das discurssões ocorridas no I seminário sobre o uso dos computadores no ensino de Física, promovido pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) em parceria com a University of Dartmouth.
  • Universidade estadual de Campinas

     Universidade estadual de Campinas
    Foi a segunda universidade a ter estudos sobre informática e a educação.
  • Visita de Seymour Papert e Marvin Minsky

    Visita de Seymour Papert e Marvin Minsky
    É com a ida de pesquisadores brasileiros a Massachusetts Institute Tecnology (MIT) os estudos e pesquisas aumentaram ainda mais.
  • Adoção da linguagem LOGO

    Adoção da linguagem LOGO
    Foi o início dos primeiros estudos e projetos utilizando computador na educação com a adoção da linguagem LOGO.
  • ComunidadeTécnico-científica

    ComunidadeTécnico-científica
    O MEC iníciou consultas à comuniade técnico-científica brasileira, com a intenção de ampliar um Programa Nacional de Informática na educação.
  • Seminário Nacional de Informática na Educação

    Seminário Nacional de Informática na Educação
    O I Seminário foi realizado na Universidade de Brasília (UNB)
    É o II Seminário foi realizado na Universidade Federal da Bahia
    (UFBA)
  • Projeto EDUCOM

    Projeto EDUCOM
    O Projeto EDUCOM começou a ser estruturado com uma comissão especial,vinculada a SEI, com o ojjetivo era mobilizar as universidades brasileiras para a descrição de centro-pilotos, nas cinco regiões geograficas do país.
  • O Projeto EDUCOM desenvolvido

    O Projeto EDUCOM desenvolvido
    A partir da redemocratização do país, houve mudanças na estrutura administrativa do MEC, o que ocasionou ao Programa algumas alterações, mais conseguiu ser desenvolvido até 1985.
  • Projeto Formar I

    Projeto Formar I
    Onde é instituida a capacitação docente a nível Lato Sensu sobre Tecnologias e Educação, com o objetivo de realizar cursos de especialização em informatica educativa, destinados a professores e técnicos das secretarias de educação e escolas federais de ensino técnicos.
  • Projeto Formar II

    Projeto Formar II
    Com o objetivo de ampliar o número de multiplicadores nas diversas regiões do país.
  • PRONINFE

    PRONINFE
    Foi estruturado em três vertentes: Ensino Fundamental, Ensino Técnico e Superior, com o objetivo de distacamos a idéia de que atraves de ações integradas ao currículo da educação geral, como também os que direcionam a preparação do jovem para o trabalho.
  • MEC

    MEC
    Conforme as diretrizes do MEC na primeira etapa do programa cerca de 6 mil escolas seriam beneficiadas, que correspondia a cerca de 44,8 mil escolas públicas brasileiras com mais de cento e cinquenta alunos.
  • Programa Nacional de Informática

    Programa Nacional de Informática
    É Criado o Programa Nacional de Informática na Educação PROINFO, em substituição ao PRONINFE que durante grande parte dos anos 90, determinou as diretrizes para a informática na Educação.
  • E-PROINFO

    E-PROINFO
    Criado o E – PROINFO, baseado em educação a distância, a partir da utilização do Ambiente Colaborativo de Aprendizagem (ECA). Este programa de Mídias na educação, visava propiciar a formação continuada de professores para uso pedagógico de diversas TIC, como rádio, TV e Vídio, Informática e Impressos.
  • PROINFO INTEGRADO

    PROINFO INTEGRADO
    Criado o PROINFO INTEGRADO, quando o PROINFO é alterado no governo do presidente Luís Inácio da Silva (Lula) e passa a possibilitar a inserção das tecnologias na educação e a capacitação dos professores e gestores para utilizarem-se das mesmas.
  • Projeto UCA

    Projeto UCA
    O Projeto UCA, Um Computador por Aluno, inicia suas atividades a partir de cinco escolas brasileiras. Pretendendo massificar a utilização das TIC no espaço escolar, aumenta o número de escolas para 300 unidades passando a capacitar os professores e gestores para a utilização de laptops em práticas educativas.