História da Educação

  • Mar 1, 1549

    Período Jesuítico

    A histórria da Educação se inicia com ac hegada dos Jesuitas; vieram a mando do rei Dom João III com a missão de doutrinar os indios,.
  • Mar 15, 1549

    Ratio Studiorum

    Documetno criado por Inácio Loyola, o Ratio Studiorum era um Conjunto de normas criado para regulamentar o ensino nos colégios jesuíticos.
  • Mar 18, 1549

    Nobrega e Ancheita

    Se cumpria pela catequese e pela instrução o processo de aculturação da população colonial. As Idéias pedagógicas postas em prática por Nobrega e Ancheita configuraram uma verdadeira pedagogia praticada sob medida para as condições encontradas pelos Jesuítas.
  • May 31, 1570

    Instrução Elementar

    De Salvador a obra jesuítica estendeu-se para o sul e, em 1570, já era composta por cinco escolas de instrução elementar (Porto Seguro, Ilhéus, São Vicente, Espírito Santo e São Paulo de Piratininga) e três colégios (Rio de Janeiro, Pernambuco e Bahia).
  • May 31, 1571

    Escolas Jesuítas

    As escolas jesuítas não se limitaram ao ensino das primeiras letras; além do curso elementar, mantinham cursos de Letras e Filosofia, considerados secundários, e o curso de Teologia e Ciências Sagradas, de nível superior, para formação de sacerdotes. No curso de Letras estudava-se Gramática Latina, Humanidades e Retórica; e no curso de Filosofia estudava-se Lógica, Metafísica, Moral, Matemática e Ciências Físicas e Naturais.
  • Expulsão dos Jesuítas

    Por meio do alvará de 28.06.1759 determinou o fechamento dos colégios Jesuitas .Foram os mentores da educação brasileira por 200 anos,
  • Fase Pombalina

    As reformas pombálinas tinha como principais ideais modernizar Portugal e colocá-lo no nível do Século das Luzes. Isso significava sintonizalo com o desenvolvimento da sociedade burguesa, em especial Inglaterra.
  • Aulas Régias

    Por isso as aulas régias, uma medida de remodelar a instrução pública. (Regias por que agora pertencem ao Rei - Estado.). Disciplinas isoladas.
  • Subsídeo Literário

    Portugal logo percebeu que a educação no Brasil estava estagnada e era preciso oferecer uma solução. Para isso, instituiu-se o “subsídio literário” para manutenção dos ensinos primário e médio. Dessa forma os professores eram selecionados e pagos pelo estado (funcionários públicos).
  • Estudos Maiores

    Restruturou a Universidade de Coimbra. (era conhecida pela visão mais avançada) na reformulação do ensino de filosofia e letras (e não o latim) pelas matemáticas e ciências da natureza, e a atualização dos estudos jurídicos.
  • Estudos Menores

    Pombal Começou estruturando os chamados Estudos menores: que correspondiam ao ensino fundamental e médio (primeira letras e ensino das humanidades)
  • FIm fase Pombalina

    O resultado da decisão de Pombal foi que, no princípio do século XIX, a educação brasileira estava reduzida a praticamente nada. O sistema jesuítico foi desmantelado e nada que pudesse chegar próximo deles foi organizado para continuar o trabalho de educação.
  • Bloqueio Continental

    Conflitos entre França e Inglaterra levaram a napoleão a impor o Bloqueio Continental, que impedia a Inglaterra de comercializar nas costas européias, o que obrigava portugal a tomar uma decisão em que lado ficar.
  • Vinda da família Real ao brasil

    Enquanto napoleão invadia Lisboa, a corte embarcava para o Brasil. A corte chegou no ano de 1808 após longa viagem ao brasil.
  • Dom João VI proclama o Brasil reino Unido de Portugal

    A vinda da família real causou grande impacto na Educação. A fim de acomodar a família real, foram criados academias militares, escolas de direito e medicina, biblioteca real, Jardim botanico, imprensa régia.
  • Independencia D. pedro I

    Dom Pedro I, deixado aqui por seu pai para controlar o territorio portugues, declara Independencia.
  • Metodo Lancaster

    Com a falta de profesores, foi criado o metodo do ensino mútuo, Os melhores alunos, chamados decuriões, ensinavam um outro pequeno grupo.
  • Graus Instrução

    O decreto imperial institui 4 graus de instrução: Pedagogias, Liceus, Ginásios e Academias
  • Guarda Nacional

    Origem do fenomeno politico do "coronelismo" marca distintiva da República Velha.
  • Escolas Normais

    Com o Ato adicional de 34, dispoe que as provincias iriam ser responsáveis pela administração de ensino primário e secundário. Graças a este ato surge a primeira escola normal (tinha objetivo de formar professores para atuarem no magistério.)
  • Ato Adicional

    Em 1834 o Ato Adicional à Constituição dispõe que as províncias passariam a ser responsáveis pela administração do ensino primário e secundário. Graças a isso, em 1835, surge a primeira Escola Normal do país, em Niterói.
  • Colégio Pedro II

    Queria se tornar modelo pedagogico, o imperio exige que seja enviado um soldado para aprender o metodo lancaster, e retornar a sua provincia de origem para discemina-lo em sua região.
  • Reforma Couto Ferraz

    Baixou o Decreto n. 1.331-A de 17/02/1854, que aprovou o Regulamento que trata da inspeção dos estabelecimentos publicos e particulares de Instrução primária e secundaria da corte.
  • Reforma Couto Ferraz

    A ele coube a tarefa de baixar o decreto de 1854, que trata da inspeção dos estabelecimentos publicos e particulares de Instrução primária e secundária e das faltas dos professores e diretores de estabelecimentos publicos e particulares.
  • Estrada de Ferro

    Com a expansão Cafeeira, começa a construção de várias ferrovias; permitindo o escoamento mais rápido e a custos bem menores do café, na época o principal produto d eexportação.
  • Reforma de Leoncio de Carvalho

    Em continuidade com a Reforma Couto Ferraz, a Reforma Leoncio de Carvalho mantema a obrigatoriedade do ensino dos 7 aos 14 anose inova em relação a reforma anterior, a nova reforma prevê a criação de jardins de infancia para as crianças de 3 a 7 anos entre outros conforme Decrero n. 7.247 de 19 de abril de 1879
  • Proclamação da republica

    Não houve grandes contribuições para educaçaõ Brasileira,
  • Primeira República

    A República proclamada adotou o modelo político estadunidense baseado no sistema presidencialista.
  • Código Epitácio Pessoa

    Inclui a lógica entre as matérias e retira a biologia, a sociologia e a moral, acentuando, assim, a parte literária em detrimento da científica.
  • Reforma Rivadávia Correa

    Queria que o curso secundário se tornasse formador do cidadão e não como simples promotor a um nível seguinte, prega a liberdade de ensino. Abolia o diploma substituindo por certificado de assistência e aproveitamento. Os resultados desta Reforma foram dessa reforma foram desastrosos para a Educaçaõ brasileira
  • Reforma Carlos maximiliano

    Surge em função de se concluir que a Reforma de Rivadávia Correa não poderia continuar. Esta reforma reoficializa o ensino no Brasil.
  • Acontecimentos históricos

    É fundado o Partido Comunista Brasileiro, filiado à III Internacional.
    · Em São Paulo é realizada a Semana de Arte Moderna com a participação de escritores, poetas, músicos e artistas do renome de Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Graça Aranha, Manuel Bandeira, Anita Malfati, Di Cavalcanti, Tarsila do Amaral, Vítor Brecheret, Villa·Lobos, entre outros.
    · A líder sufragista americana Carrie Chapman Catt vem ao Brasil e fala para as líderes feministas do país.
  • Acontecimentos Históricos

    Tem início o movimento tenentista com a Revolta dos Dezoito do Forte, liderados pelo tenente Siqueira Campos e com a adesão do civil Otávio Correia.
    · O capitão Luiz Carlos Prestes inicia a marcha da chamada Coluna Prestes.
    · O Presidente Epitácio Pessoa manda fechar o Clube Militar.
    · O mineiro Artur Bernardes é eleito Presidente da República e governa sob Estado de Sítio.
    · Os aviadores Gago Coutinho e Sacadura Cabral realizam a primeira viagem de avião Lisboa - Rio de Janeiro.
  • Reforma João Luiz Alves

    introduz a cadeira de Moral e Cívica com a intenção de tentar combater os protestos estudantis contra o governo do presidente Arthur Bernardes.
  • Lourenço Filho

    Foi uma figura-chave no processo de desenvolvimento e divulgação das ideias pedagogicas da Escola Nova no Brasil; (reorienta formação de professores para a prática em sala de aula e para o domínio das competências profissionais)
  • Associação Brasileira de Educação · ABE,

    É criada a Associação Brasileira de Educação · ABE, · Contando com o apoio da Força Pública Estadual, eclode em São Paulo a Revolução Paulista que conspirava contra o governo de Artur Bernardes.
  • Reforma Francisco Campos 1

    Cria um conjunto de decretos: renovação de todo o ensino primário e Normal do estado, criação da Escola de Aperfeiçoamento, destinada a formar e reciclar educadores.
    Contrata-se professores na Suíça, França e Bélgica e mestras mineiras estagiam nos Estados Unidos como bolsas do governo estadual .
  • Reforma Francisco Campos 2

    Com essas medidas (decretos) resultou evidente a orientação do novo governo de tratar a educação como questão nacional, convertendo-se, portanto, em objeto de regulamentação, nos seus diversos niveis e modalidades, por parte do governo
  • Reforma de Azevedo

    A educação deveria ser um serviço essencialmente publico entre outras caracteristicas, leiga, integral, igual para todos, organizada em regime de vida e trabalho em comum, propria para desenvoler a consciencia economica do trabalho produtivo, tendo a obrigatoriedade até 18 anos.
  • Revolução de 1930

    A Revolução de 30 foi o marco referencial para a entrada do Brasil no mundo capitalista de produção. A acumulação de capital, do período anterior, permitiu com que o Brasil pudesse investir no mercado interno e na produção industrial, pela necessidade de mão de obra qualificada, ocorre a necessidade de criar escolas federais de formação tecnica,
  • Revolução Constitucionalista

    O Governo Provisório foi marcado por uma série de instabilidades, principalmente para exigir uma nova Constituição para o país. Em 1932 eclode a Revolução Constitucionalista de São Paulo.
  • Manifesto de 1932

    Os pioneiros eram a favor de uma educação pública, gratuita, mista, laica e obrigatória. Isto quer dizer que o Estado deveria se responsabilizar pelo dever de educar o povo, responsabilidade esta que era, a princípio, atribuída à família.
  • Educação Direito de todos

    Em 1934 a nova Constituição (a segunda da República) dispõe, pela primeira vez, que a educação é direito de todos, devendo ser ministrada pela família e pelos Poderes Públicos.
  • Universidade de SP

    Por iniciativa do governador Armando Salles Oliveira, foi criada a Universidade de São Paulo. A primeira a ser criada e organizada segundo as normas do Estatuto das Universidades Brasileiras de 1931
  • Atentado a Getúlio vargas

    Liderados por Plinio Salgado, os integralistas tentam matar o Presidente Getúlio Vargas, tomando de assalto o Palácio Guanabara. A guarda do Palácio, juntamente com o Presidente e sua família reagiram, frustrando a Revolta Integralista.
  • Leis Organicas

    O Decreto-lei 4.048, de 22 de janeiro, cria o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI.
    - O Decreto-lei 4.073, de 30 de janeiro, regulamenta o ensino industrial.
    - O Decreto-lei 4.244, de 9 de abril, regulamenta o ensino secundário.
    - O Decreto-lei 4.481, de 16 de julho, dispõe sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos industriais empregarem um total de 8% correspondente ao número de operários e matriculá-los nas escolas do SENAI.
  • Leis organicas

  • CLT

    · Passa a vigorar a Consolidação das Leis do Trabalho - CLT.
  • Revista Brasileira de Estudos Pedagogicos

    É criada pelo INEP a Revista Brasileira de Estudos Pedagogicos
  • Queda de Getulio Vargas

    O Presidente Getúlio Vargas é deposto por um movimento militar, vindo a assumir a Presidência da República em caráter interino, o ministro do Supremo Tribunal José Linhares.
  • Gaspar Dutra

    O marechal Eurico Gaspar Dutra é eleito o novo Presidente da República, pelo Partido Social Democrático - PSD, concorrendo contra o brigadeiro Eduardo Gomes, da União Democrática Nacional -UDN e contra Iedo Fiuza do Partido Comunista Brasileiro -PCB.
  • Ensino Primário

    O Decreto-lei 8.529, de 2 de janeiro, regulamenta o ensino primário.
  • Ensino Normal

    O Decreto-lei 8.530, de 2 de janeiro, regulamenta o ensino normal.
  • SENAI

    regulamentando o ensino comercial (observação: o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC
  • Constituição Federal 1946

    Fixa o ideal federativo repúblicano, determinando como competência da união elaborar Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), cabendo aos estados a legislação supletiva complementar.
  • PCB

    · O Partido Comunista Brasileiro é colocado na ilegalidade e seus Parlamentares perdem seus mandatos. O escritor Jorge Amado e o jornalista Barão de Itararé são alguns dos cassados.
  • Paulo Freire

    Nasceu em pernambuco e faleceu em SP, advogado formado, nunca exerceu,em 1947 assumiu o cargo de diretor do setor de educação e cultura do SESI
  • Capanema

    para ele a proposta da LDB não tinha intenções pedagogógicas por ver no projeto a expressão de posiçãop política anti-getúlista. Arquivou o preojeto por 2 anos e volta ao plenário 6 anos mais tarde.
  • escola-classe e escola-parque.

    Anísio Teixeira inaugura o Centro Popular de Educação (Centro Educacional Carneiro Ribeiro), dando início a sua idéia de escola-classe e escola-parque.
  • MEC

    A educação passa a ser administrada por um ministério.
  • Criado Instituto Superior de Estudos Brasileiros.

    Criado Instituto Superior de Estudos Brasileiros.
  • JK

    Toma posse na Presidência da República Juscelino Kubitschek.
  • Janio Quadros

    O ex-Governador de São Paulo, Jânio Quadros, é eleito Presidente da República, após 6 meses renuncia após denuncia de suposto golpe de estado.
  • Lei 4.024

    Depois de 13 anos de acirradas discussões foi promulgada a Lei 4.024, nossa primeira LDB, entrou em vigor em 1962
  • CFE

    na vigencia da lei 4.024, a primeira providencia tomada foi a instalação do COnselho Federal de educação.
  • Campanhas ministeriais

    Os politicos precisavam obetr exito no processo eleitoral, com o direito do voto, a população necessitava ser alfabetizada e para isso o governo investiu fortemente nas Campanhas de Educação
  • Lei 4.440

    institui o salário-educação, provenientes de recursos das empresas
  • Decreto-lei-252

    É promulgado o Decreto-lei 252, objetivando a reforma universitária e criando a estrutura de departamentos.
  • Ato Institucional nº5 (13/12/1968

    Entre as resoluções do AI-5, suspendia-se os direitos políticos, e proibia-se atividades e manifestações sobre assuntos dessa natureza, condicionando a infração a severas penalidades, desde a liberdade vigiada, domicílio determinado até prisões.
  • Expansão do ensino superior

    O Decreto 63.341, de 1o de outubro, fixa critérios para a expansão do ensino superior
  • Pedagogia tecnicista

    Ordem e Progresso o lema posistivista que giou-se nesse periodo revolucionário era o desenvolvimento e segurança; diante disso, houve baixo indice de atendimento a população em idade escolar e nos altos indices de evasão e repetência.
  • Expansão Universidade

    Neste período deu-se a grande expansão das universidades no Brasil. E, para acabar com os "excedentes" (aqueles que tiravam notas suficientes para serem aprovados, mas não conseguiam vaga para estudar), foi criado o vestibular classificatório
  • Lwi 5.692

    É no período mais cruel da ditadura militar, onde qualquer expressão popular contrária aos interesses do governo era abafada, muitas vezes pela violência física, que é instituída a Lei 5.692, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, em 1971. A característica mais marcante desta Lei era tentar dar a formação educacional um cunho profissionalizante.
  • Parece 853

    O Parecer 853 do Conselho Federal de Educação define a doutrina de currículo, indica os conteúdos de núcleo comum, apresenta o conceito de matéria, orienta suas formas de tratamento e integração, indica os objetivos das áreas de estudo e os do processo educativo, remetendo-os ao objetivo geral do ensino de 1o e 2o graus e aos fins da educação brasileira.
  • Curriculo Mínimo

    · O Parecer no 45 do Conselho Federal de Educação fixa o currículo mínimo a ser exigido em cada habilitação profissional ou conjunto de habilitações afins, no ensino de 2o grau.
  • A Reforma de Benjamin Constant

    Esta reforma tinha princípios orientadores a liberdade e laicidade do ensino, como também a gratuidade da escola primária. principios estes que estava estipulado na Constituição brasileira.
    Uma das intenções desta Reforma era transformar o ensino em formador de alunos para os cursos superiores e não apenas preparador. Outra intenção era substituir a predominância literária pela científica.
  • 21 anos de ditadura

    Depois de vinte e um anos de ditadura militar, deixando de herança uma nova Constituição, 17 Atos Institucionais, 130 Atos Complementares, 11 Decretos Secretos e 2260 Decretos-Leis, é eleito, ainda sem o voto popular, um presidente civil, o Deputado Federal pelo estado de Minas Gerais Tancredo Neves
  • FIm do regime militar

    A ditadura militar se desfez por si só. Tamanha era a pressão popular, de vários setores da sociedade, que o processo de abertura política tornou-se inevitável. Mesmo assim, os militares deixaram o governo através de uma eleição indireta, mesmo que concorressem somente dois civis (Paulo Maluf e Tancredo Neves).