Bandeiras1

Brasil Colônia.

  • Jun 7, 1494

    Tratado de tordesilias

    Tratado de tordesilias
    Foi um acordo entre Espanha e Portugal que a 360 léguas de Tordesilhas dividia as terras tudo a Leste era de e Portugal. Tudo a Oeste era da Espanha.
  • Apr 22, 1500

    Conquista do Brasil

    Conquista do Brasil
    Chegada de Cabral ao Brasil para esplorar as terras ja recebidas.
  • Period: Apr 22, 1500 to

    Colonia.

    Pré colização
  • Period: Apr 22, 1500 to Apr 22, 1530

    Pré-colonizaçao

    Os portugueses trocavam armas pelo pau-brasil (tingia tintas).
  • Apr 22, 1530

    Colonização.

    Colonização.
    Portuguêses vieram colonizar o Brasil para colinizar para defender suas terras de outros países.
  • Jan 1, 1532

    Capitanias hereditarias

    Capitanias hereditarias
    Foi um modo de governar o Brasil facilmente.
  • Period: Jan 1, 1533 to

    Cana-de-açucar

    Se tornou o principal produto da colonia.
  • Mar 1, 1544

    Capitanias Heraditarias falharam

    Capitanias Heraditarias falharam
    Apenas as capitanias São Viecente e Salvador tiveram sucesso.
  • Jan 1, 1548

    Governo Geral

    Governo Geral
  • Period: to

    Ciclo do ouro

    Apos descobriem uma quantidade grande de ouro no Brasil. Portugal almentaram os impostos.
  • Revolta dos Alfaiates/conluração Baiana

    Revolta dos Alfaiates/conluração Baiana
    Essa revolta tinha a intensao de acabar com a escravidão.
  • A chegada da Família real.

    A chegada da Família real.
    Foi quando Portugal estava sendo invedida pela França e Espanha. Assim a família real veio a sua colonia para se proteger.
  • Brasil vira Reino Unido de Portugal

    Brasil vira Reino Unido de Portugal
    O Brasil virou Reino Unido e Algarves de Portugal porque a familia e a corte real estava morando no Brasil. A corte não achava certo ficar em uma colonia, então virou parte do pais de Portugal. A sede, agora, era localizada no Brasil.
  • Revolta pernanbucana

    Revolta pernanbucana
    essa revolta foi para reduzir os impostos.
  • Declaraçao da independencia

    Declaraçao da independencia
    Don João Primeiro estava quase sendo forçado a voltar a Portugal. Assim como queria continuar no poder declarou indenpendencia.
  • Period: to

    Imperio

    Época entre colonia e republica
  • Period: to

    Primeiro Reinado do Brasil

    Ouveram várias revoltas que queriam que o brasil se tornase uma republica. Uma dessas revoltas foi a confideraçao do Equador.
  • Constituinte de 1823

    Constituinte de 1823
    Esta constituiçao definia que o imperador seria o poder supremo.
  • Contituiçcao de 1824

    Contituiçcao de 1824
    Essa contituiçao dividiu a democracia em quatros poderes: Legislativo, Judiciário, Executivo, Moderador.
  • Confideracao do Equador

    Confideracao do Equador
    A Confederação do Equador foi um movimento revolucionário, de caráter emancipacionista (ou autonomista) e republicano ocorridono Nordeste do Brasil. Representou a principal reação contra a tendência absolutista e a política centralizadora do governo de D. Pedro I (1822-1831), esboçada na Carta Outorgada de 1824, a primeira Constituição do país. A revolução queria a formação de uma república baseada na constituição da Colômbia.
  • A Guerra da Cisplatina

    A Guerra da Cisplatina
    Essa guerra ocorreu quando os Argentinos e os Brasileiros estavam lutnado por um pedaço pequeno de terra. Teve varios mortos, isso causou muitas pessoas a estarem contra o governo do D. Pedro I. No futuro, essa terra virou a Republica Oriental do Uruguai.
  • Crise com a coroa portuguesa

    Crise com a coroa portuguesa
    Depois da morte de D. Joao VI, os irmãos, D.Pedro e Miguel esatvam disputando a coroa Portuguesa. D.Pedro ficou com o Brasil e D.Miguel com Portugal. Depois que o D. Pedro foi abidicado, ele virou o rei de Portugal.
  • falecia do banco do Brasil

    falecia do banco do Brasil
    A falencia do Banco Do Brasil causou uma grande crise economica no Brasil.
  • Assassinato de Líbero Badaró

    Assassinato de Líbero Badaró
  • Noite das Garrafadas

  • Period: to

    Período Regencial no Brasil

    Começou quando o Don Pedro 1 abdicou do trono brasileiro em favor de seu filho Pedro de Alcântara, que ainda era uma criança. Assim o Brasil foi governado por tres regentes eleitod pelo legislativo.
  • Fim do primeiro Reinado

    Fim do primeiro Reinado
    D. Pedro I abidicou seu imperio ao seu filho de menor de idade porcausa de varios motivos, como: A confederação do Equador ,crise e mais.
  • Restauradores ou Caramurus

    Restauradores ou Caramurus
    Objetivos: Defendiam a volta de Pedro I ao poder, o regime absolista e centralizador. Setores Sociais: Comerciantes portugueses ligadosao antigo cómercio colonial, militares conservadores de alta patente e altos funcionários públicos. Figuras de Destaques: José Bonifácio de Andrada e Silva. Jornal: O caramuru, Associações: Sociedade Conservadora da Constituição e Sociedade Militar.
  • Liberais Exaltados.

    Liberais Exaltados.
    Objetivos: Defandiam a centralização do poder, a autonomia administrativa das provincias, o sistem federalista e muitos eram republicanos. etores: Proficionais Liberais, Pequenos Comerciantes, funcionarios publicos modestos e militares de baixa patente. iguras de Destaque: Cipriano Barata, Borges de fonseca, Miguel Fria, Rangel de Vasconcelos e Augusto May. Jornais: A malagueta, A sentinela da Liberdade. Associação: Sociedade Federalista
  • Liberais Moderados.

    Liberais Moderados.
  • A Morte de D Pedro I

    A Morte de D Pedro I
    Morreu aos 36 anos de idade. Sua filha virou rainha de Portugal.
  • Period: to

    Cabanagem

    O objetivo principal era a conquista da independência da província do Grão-Pará.
  • Period: to

    Farroupilhas

    Foi uma revolta...
  • Period: to

    Regenca de Anjo Lima

  • Period: to

    Sabinada

    O objetivo era instituir o regime republicano na provincia enquanto o principe herdeiro ainda fosse melhor idade.
  • Period: to

    Balaiada

    Eles se revoltaram por causa da crise e tambem para ter melhroes condiçoes de vida.
  • Period: to

    Malês

    A revolta dos Malês pode ser compreendida como um conflito que deflagrou oposição contra duas práticas comuns herdadas do sistema colonial português: a escravidão e a intolerância religiosa.
  • Proclamação da República

    Proclamação da República
    No dia 15 de novembro de 1889, o Marechal Deodoro da Fonseca, com o apoio dos republicanos, demitiu o Conselho de Ministros e seu presidente. Na noite deste mesmo dia, o marechal assinou o manifesto proclamando a República no Brasil e instalando um governo provisório.
  • Period: to

    Politica do Café-com-leite

    Ficou conhecida como “política do café-com-leite” o arranjo político que vigorou no período da Primeira República (mais conhecida pelo nome de República Velha), envolvendo as oligarquias de São Paulo e Minas Gerais e o governo central no sentido de controlar o processo sucessório, para que somente políticos desses dois estados fossem eleitos à presidência de modo alternado. Assim, ora o chefe de estado sairia do meio político paulista, ora do mineiro.
  • Primeira revolta da armada

    Primeira revolta da armada
  • revolucao federalista

    revolucao federalista
  • segunda revolta da armada

    segunda revolta da armada
  • Revolta dos canudos

    Revolta dos canudos
  • Revolta da vacina

    Revolta da vacina
  • revolta da chibata

    revolta da chibata
  • Semana da arte Moderna

    Semana da arte Moderna
    A Semana de Arte Moderna ocorreu no Teatro Municipal de São Paulo, em 1922, tendo como objetivo mostrar as novas tendências artísticas que já vigoravam na Europa. Esta nova forma de expressão não foi compreendida pela elite paulista, que era influenciada pelas formas estéticas européias mais conservadoras. O idealizador deste evento artístico e cultural foi o pintor Di Cavalcanti.
  • Forte de Copacaba

    Revolta contra a Oligarquia. aconteceu em Rio de Janeiro.
  • Revolta de 1924

    Revolta que ocorreu em MInas Gerais e em São Paulo. Movimento Paulista (grupo tenentists) quase ocupou a capitão paulista inteira.
  • Period: to

    Coluna Prestes

    Percorrerao 12 estados brasileiros. mostrou como o governo era fraco.
  • Crise de 1929

    Bolsa de Valores de Nova York. Brasil produs 21 milloes de sacos de cafe. porem so vendem 14 milloes com uma queda de 50%.
  • movimento de 1930

    João Pessoa e assassinado. Julio Prestes sai vitorioso da campanha. Vargas entra no poder.
  • Period: to

    Governo Provisorio

  • Period: to

    Governo Constitucional

  • Period: to

    Estado Novo

  • Period: to

    Governo Dutra

  • Eleicao de Vargas

    Eleicao de Vargas
    Getulio foi lancado como candidato pelo PTBpara suceder Dutra. O PSD lancou o Cristiano Machado, e a UDN lancou Eduardo Gomes.Cristiano foi abandonado pelo seu partido, e o PSD apoio Getulio. Gomed nao apoiou o salrio minimo e os integrais, por isso perdeu a eleicao e Gentulio ganhou.
  • Period: to

    Governo e Suicidio de Vargas

  • Eleicao de Janio Quadros

    Eleicao de Janio Quadros
  • Suicidio de Vargas

    Suicidio de Vargas
    Se matou com um tiro no coração, em seu quarto, no Palácio do Catete, na cidade do Rio de Janeiro, então capital federal. Getúlio Vargas foi considerado o mais importante presidente da história do Brasil. Sua influência se estende até hoje. A sua herança política é invocada por pelo menos dois partidos políticos atuais: o Partido Democrático Trabalhista (PDT) e o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).
  • Construcao de Brasilia

    Construcao de Brasilia
    Foi o responsável pela construção de uma nova capital federal, Brasília, executando, assim, um antigo projeto, já previsto em três constituições brasileiras, da mudança da capital federal do Brasil para promover o desenvolvimento do interior do Brasil e a integração do país.
  • Eleicao de JK

    Eleicao de JK
    JK foi leito em 1955 com Jango como vice. A UDN nao queria que ele vencesse e por isso que ele tinha que vencer com 50% dos votos; tambem fizeram cartas forjadas para parecer que JK e corrupito.
  • Period: to

    Regime Militar

    Apesar das promessas iniciais de uma intervenção breve, a ditadura militar durou 21 anos. Além disso, o novo governo pôs em prática vários Atos Institucionais, culminando com o AI-5 de 1968, que vigorou até 1978. A Constituição de 1946 foi substituída pela Constituição de 1967 e, ao mesmo tempo, o Congresso Nacional foi dissolvido, liberdades civis foram suprimidas e foi criado um código de processo penal militar que permitia que o Exército brasileiro e a Polícia Militar do Brasil pudessem prend
  • AI-1

    AI-1
    AI-1 dava ao governo militar o poder de alterar a constituição, cassar mandatos legislativos, suspender direitos políticos por dez anos e demitir, colocar em disponibilidade ou aposentar compulsoriamente qualquer pessoa que tivesse atentado contra a segurança do país, o regime democrático e a probidade da administração pública.
  • Period: to

    Castelo Branco

    Atos Realizadas no seu Mandato:
    -cassações políticas
    - fim da eleição direta para presidente, criação do bipartidarismo
    - limitação de direitos constitucionais
    - suspensão da imunidade parlamentar
  • AI-2

    AI-2
    Reabriu o processo de punição aos adversários do regime, estabeleceu que o presidente poderia decretar estado de sítio por 180 dias sem consultar o Congresso, intervir nos estados, decretar o recesso no Congresso, demitir funcionários por incompatibilidade com o regime e baixar decretos-lei e atos complementares sobre assuntos de segurança nacional.
  • AI-3

    AI-3
    Estabelecia que os governadores e vices seriam eleitos indiretamente por um colégio eleitoral, formado pelos deputados estaduais. Também estabeleceu que os prefeitos das capitais seriam indicados pelos governadores, com aprovação das assembleias legislativas. Estabeleceu o calendário eleitoral, com a eleição presidencial em 3 de outubro e para o Congresso, em 15 de novembro.
  • AI-4

    AI-4
    Convocou ao Congresso Nacional o estabelecimento de uma nova carta constitucional, a Constituição de 1967, que revogaria definitivamente a Constituição de 1946.
  • Period: to

    Arthur da Costa e Silva

    Atos Realizadas:
    - Ato Institucional nº 5 (AI-5)
    - política econômica voltada para o combate da inflação e expansão do comércio exterior.
    - investimentos nos setores de transporte e comunicações
    - reforma administrativa
  • AI-5

    AI-5
    O AI-5 dava ao presidente o poder de cassar mandatos, intervir em estados e municípios e suspender direitos políticos de qualquer pessoa. Além disso, a tortura foi praticamente instituída. Também suspendia o Habeas Corpus para crimes políticos e proibia protestos por motivos políticos.
  • Period: to

    Milagre Economico

    O período da História do Brasil entre os anos de 1969 e 1973 foi marcado por forte crescimento da economia. Nesta época o Brasil era uma Ditadura Militar, governado pelo general Médici. O termo “milagre” está relacionado com este rápido e excepcional crescimento econômico pelo qual passou o Brasil neste período. Este crescimento foi alavancado pelo PAEG (Programa de Ação Econômica do Governo) implantado em 1964, durante o governo de Castelo Branco.
  • Period: to

    Junta Governativa provisória

    Atos Realizadas:
    - Aurélio de Lira Tavares, ministro do Exército;
    - Augusto Rademaker, ministro da Marinha, e
    - Márcio Melo, ministro da Aeronáutica.
  • Period: to

    Emílio Garrastazu Médici

    Atos Realizadas:
    - repressão política; "Anos de Chumbo" - exílios, tortura, prisões, desaparecimento de pessoas, combate aos movimentos sociais e censura.
    - "Milagre Econômico" - forte crescimento do PIB
    - propaganda patriótica
  • Period: to

    Ernesto Geisel

    Atos Realizados:
    - propôs a abertura política desde que fosse "lenta, gradual e segura"
    - aumentou o mandato de presidente de 5 para 6 anos
    - criação do senador biônico
    - alta da inflação e dívida externa
    - restauração do habeas corpus e fim do AI-5
  • Period: to

    João Baptista Figueiredo

    Atos Realizados:
    - início da transição para o sistema democrático
    - restabelecimento do pluripartidarismo
    - crise econômica, greves, protestos sociais
    - restabelecimento das eleições diretas para governadores dos estados