Progresso da Informática Educativa no Brasil

  • 1º Experiência Educacional com Informática, na UFRJ - área de Física

    1º Experiência Educacional com Informática, na UFRJ - área de Física
  • Period: to

    História da Informática Educativa no Brasil

  • Durante esta década as Universidades Federais em parceria com o MEC começaram a estudar o uso do computador na Educação.

    Durante esta década as Universidades Federais em parceria com o MEC começaram a estudar o uso do computador na Educação.
  • Uso do computador passou a ser objeto de estudo educacional no Brasil

    Uso do computador passou a ser objeto de estudo educacional no Brasil
    O Brasil iniciou a busca de um caminho para informatizar a educação, quando pela primeira vez se discutiu o uso de computadores no ensino de Física (USP/São Carlos).
  • Começa o desenvolvimento de experiências usando computadores nas universidades.

    Começa o desenvolvimento de experiências usando computadores nas universidades.
    Algumas experiências começaram a ser desenvolvido em outras universidades, usando computadores de grande porte como recurso auxiliar do professor para ensino e avaliação em Química (Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ) e desenvolvimento de software educativo na Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS como também experiências do Laboratório de Estudos Cognitivos do Instituto de Psicologia - LEC, tendo como base as teorias de Piaget e Papert, esses trabalhos foram desenvolvidos
  • Cria-se um grupo interciplinar na UNICAMP

    Cria-se um grupo interciplinar na UNICAMP
    Iniciou cooperação técnica com o Media Lab LAB do Massachussets Institute of Technology - MIT, criando um grupo interdisciplinar envolvendo especialistas das áreas de computação, lingüística e psicologia educacional, dando origem às primeiras investigações sobre o uso de computadores na educação, utilizando a linguagem Logo na educação de crianças.
  • Criação da Secretaria Especial de Informática (SEI)

    Criação da Secretaria Especial de Informática (SEI)
    Um dos primeiros órgãos que atuou no setor, a SEI tinha incumbências estratégicas, dentre as quais, pesquisar os aspectos teóricos e a aplicabilidade dos computadores em todos os níveis de ensino (Lucena, 1994). A SEI foi um órgão complementar do Conselho de Segurança Nacional e assumiu as funções acumuladas pela Comissão de Coordenação das atividades de Processamento Eletrônico (CAPRE).
  • Aprovação do Documento: Subsídios para Implantação do Programa de Informática na Educação

    Aprovação do Documento: Subsídios para Implantação do Programa de Informática na Educação
  • I Seminário Nacional de Informática na Educação, na Universidade de Brasília

    I Seminário Nacional de Informática na Educação, na Universidade de Brasília
    Em agosto de 1981 foi realizado o I Seminário Nacional, patrocinado em conjunto, pela SEI, MEC e CNPq, abordando temas ligados às implicações sociais, econômicas e políticas da utilização do computador no processo educacional em países em desenvolvimento; integração do computador no processo ensino-aprendizagem, vantagens, limitações e viabilidade do uso do computador no processo educacional dentro do contexto da educação brasileira.
  • II Seminário Nacional de Informática na Educação

    II Seminário Nacional de Informática na Educação
    Organizado na universidade Federal da Bahia, também patrocinado pelo MEC SEI e CNPq. O tema central foi: “O impacto do computador no processo educacional brasileiro à nível de 2o grau” e foram definidos grupos de trabalho compostos por profissionais das áreas de Educação, sociologia, Informática e psicologia, que produziram um documento ressaltando a necessidade de preparação de equipes de treinamento, objetivando nivelar conhecimentos e adquirir vocabulário comum.
  • Criação da Comissão Especial nº 11/83 que elaborou o Projeto EDUCON

    Criação da Comissão Especial nº 11/83 que elaborou o Projeto EDUCON
    Em março/abril de 1983, a Secretaria Executiva desta comissão elaborou o primeiro projeto oficial de Informática na educação, o projeto EDUCOM.
  • Aprovação do Projeto EDUCOM

    Aprovação do Projeto EDUCOM
    O projeto EDUCOM, pioneiro no Brasil, se propunha a associar a informática com a Educação e é considerado o grande marco do desenvolvimento da Informática na Educação. Ele colaborou para a conscientização dos que lidavam com a questão do ensino, no sentido de passarem a considerar uma aplicação pedagógica do computador, sem prejuízos dos objetivos mais gerais da Educação.
  • Aprovação do Plano Setorial: Educação e Informática

    Aprovação do Plano Setorial: Educação e Informática
  • Aprovação do Programa de Ação imediata de Informática na Educação; - Centro Piloto Educon; -1º Concurso Nacional de Software Educacional

    Aprovação do Programa de Ação imediata de Informática na Educação; - Centro Piloto Educon; -1º Concurso Nacional de Software Educacional
  • Projeto FOMARI (Unicamp); - 2º Concurso Nacional de Software Educacional

    Projeto FOMARI (Unicamp); - 2º Concurso Nacional de Software Educacional
  • 3º Concurso Nacional de Software Educacional

    3º Concurso Nacional de Software Educacional
  • Criação do Programa Nacional de Informática Educativa – PRONINFE

    Criação do Programa Nacional de Informática Educativa – PRONINFE
    Esse programa visava “desenvolver a informática educativa no Brasil, através de projetos e atividades, articulados e convergentes, apoiados em fundamentação pedagógica sólida e atualizada, de modo a assegurar a unidade política, técnica e científica imprescindível ao êxito dos esforços e investimentos envolvidos”
  • Criados dezessete CIED's

    Criados dezessete CIED's
    Neste período, dezessete CIED's (Centros de informática Educativa) foram implantados em diferentes Estados do Brasil.
  • Criação do Simpósio Brasileiro de Informática na Educação - SBIE

    Criação do Simpósio Brasileiro de Informática na Educação - SBIE
    A partir de 1990, um passo muito importante foi dado pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC) ao criar um grupo de interesse específico na área de Informática e Educação, tendo iniciado um ciclo de encontros anuais, o Simpósio Brasileiro de Informática na Educação-SBIE,
  • Orçamento da União contempla a Informática Educativa

    Orçamento da União contempla a Informática Educativa
  • Lançamento do PROINFO pela SEED e até hoje através do Departamento DITEC (no âmbito da SEED) continua desenvolvendo os programas de Inf. na Educação.

    Lançamento do PROINFO pela SEED e até hoje através do Departamento DITEC (no âmbito da SEED) continua desenvolvendo os programas de Inf. na Educação.
    No final da década de 90, o Programa Nacional de Informática na Educação (PROINFO) foi lançado, tendo sido uma iniciativa da secretaria de Educação a Distância (SEED/MEC) para introduzir a tecnologia de informática na rede pública de ensino. O PROINFO contemplava o ensino fundamental e médio e tinha como base, em cada unidade da federação, os Núcleos de Tecnologia Educacional (NTE).
  • XVIII SBIE, na cidade de São Paulo.

    XVIII SBIE, na cidade de São Paulo.
  • XIX Simpósio Brasileiro de Informática na Educação – SBIE

    XIX Simpósio Brasileiro de Informática na Educação – SBIE
    XIX Simpósio Brasileiro de Informática na Educação – SBIE com tema: Tecnologia e Educação para todos, realizado no período de 12 a 14 de novembro de 2008, na Universidade Federal do Ceará – Fortaleza – CE, promovido anualmente pela Comissão Especial de Informática na Educação da Sociedade Brasileira de Computação (SBC).
  • XXI Simpósio Brasileiro de Informática na Educação em João Pessoa - PB

    XXI Simpósio Brasileiro de Informática na Educação em João Pessoa - PB
    XXI Simpósio Brasileiro de Informática na Educação em João Pessoa - PB de 23 a 26 de Novembro de 2010.