Reconquista Cristã

Timeline created by mmbfgpma
In History
  • 1086

    Batalha de Zalaca

    Batalha de Zalaca
    Deu-se a derrotados cristãos e, com isso, o rei de Leão e Castela pediu apoio militar a cavaleiros franceses, como por exemplo, D. Raimundo e D.Henrique.
  • 1096

    Entrega do Condado Portucalense

    Entrega do Condado Portucalense
    Entrega do Condado Portucalense a D. Henrique que casou com D. Teresa filha ilegítima do rei D .Afonso VI.
  • 1112

    Morte do Conde D. Henrique

    Morte do Conde D. Henrique
    Com a sua morte, deixou um filho, D. Afonso Henriques, e o governo do condado nas mãos da sua mulher, D. Teresa.
  • 1128

    Batalha de S. Mamede

    Batalha de S. Mamede
    Deu-se a Batalha de S. Mamede, perto de Guimarães, entre D. Afonso Henriques e a sua mãe, D. Teresa. Esta acabou com a vitória de D. Afonso.
  • 1139

    Batalha de Ourique

    Batalha de Ourique
    D. Afonso Henriques passou a usar o título de rei, após esta batalha entre o exército de D. Afonso e os muçulmanos.
  • Oct 5, 1143

    Tratado de Zamora

    Tratado de Zamora
    No qual D. Afonso VII reconheceu a independência política de Portugal e D. Afonso Henriques como rei de Portugal.
  • 1179

    A independência do Reino de Portugal

    A independência do Reino de Portugal
    Mas era igualmente necessário o reconhecimento da independência pela Santa Sé. Para isso acontecer, D. Afonso Henriques comprometeu-se a prestar vassalagem ao papa, mas somente em 1179, cerca de quarenta anos depois, o papa Alexandre III viria a reconhecer, através da Bula Manifestis Probatum, a independência do Reino de Portugal.
  • 1297

    Tratado de Alcanises

    Tratado de Alcanises
    A definição das fronteiras de Portugal com Castela aconteceu apenas em 1297, com este tratado, no reinado de D. Dinis e D. Fernando IV de Castela
  • Period:
    1179
    to
    1249

    Alargamento de território

    D. Afonso Henriques recuperou cidades como Lisboa e Santarém com a ajuda dos guerreiros cristãos, os cruzados, e das ordens religiosas e militares. Os sucessores deste continuaram o alargamento das fronteiras até 1249, ano em que se conquistou definitivamente o Algarve.