Antero Tarquínio de Quental

Timeline created by hugopereira
  • Nasceu

    Nasceu
    Antero Tarquínio de Quental nasceu a 18 de Abril de 1842 na ilha de S. Miguel, nos Açores na cidade de Ponta Delgada.
  • Ida para Coimbra

    Ida para Coimbra
    Antero de Quental mudou-se para a cidade de Coimbra aos 16 anos e ai iniciou os seus estudos em direito e manifestou as primeiras ideias socialistas.
  • Publicação dos primeiros sonetos

    Publicação dos primeiros sonetos
    Em 1861 Antero publicou os seus primeiros sonetos e quatro anos depois publicou as Odes Modernas influênciadas pelo socialismo experimental.
  • Sonetos de Antero

    Em 1861 Antero de Quental publicou a obra "Sonetos de Antero"
  • Beatrice e Fiat Lux

    Em 1863 publicou a obra "Beatrice e Fiat Lux"
  • Odes modernas

    Em 1865 publicou a obra "Odes Modernas"
  • Bom Senso e Bom Gosto

    Em 1865 publicou "Bom Senso e Bom Gosto".
  • A Dignidade das Letras e as Literaturas Oficiais

    Em 1865 publicou também "A Dignidade das Letras e as Literaturas Oficiais."
  • Defesa da Carta Encíclica de Sua Santidade Pio IX

    Em 1865 conclui o ano com a publicação da obra " Defesa da Carta Encíclica de Sua Santidade Pio IX".
  • Ida para Lisboa

    Ida para Lisboa
    Em 1866, Antero de Quental foi viver para Lisboa, onde experimentou a vida de operário, trabalhando como tipógrafo,
  • Ida a Paris

    Ida a Paris
    Antero de Quental teve uma curta passagem por Paris ficando só de janeiro a fevereiro de 1867 onde trabalhou, tal como em Lisboa, como tipoógrafo.
  • Regresso a Lisboa

    Regresso a Lisboa
    Em 1868 Antero regressou a Lisboa, onde formou o Cenáculo, de quem fizeram parte Eça de Queiroz, Abilio de Guerra Junqueiro e Ramalho Ortigão.
  • Fundação do jornal "A República"

    Fundação do jornal "A República"
    Em 1869, fundou o jornal "A República", com Oliveira Martins.
  • Primaveras Românticas

    Em 1872 publicou a obra "Primaveras Rmânticas."
  • Editou a revista O Pensamento Social

    Juntamente com José Fontana, Antero de Quental passou a editar a revista O Pensamento Social.
  • Herança

    Herança
    Em 1873, herdou uma quantia considerável de dinheiro, o que lhe permitiu viver dos rendimentos dessa fortuna.
  • Tuberculose

    Em 1874, Antero de Quental descobriu que tinha tuberculose e descançou por um ano.
  • Reedição das Odes Modernas

    Reedição das Odes Modernas
    Em 1875 Antero de Quental fez a reedição das Odes Modernas.
  • Ida para o Porto

    Ida para o Porto
    Em 1879 Antero de Quental muda-se para o Porto.
  • Adoção de duas meninas

    Em 1880 Antero de Quental adotou duas filhas do seu amigo Germano Meireles, que faleceu em 1877.
  • Ida Vila do Conde

    Ida Vila do Conde
    Em Setembro de 1881 foi, por razões de saúde, e a conselho médico viver para Vila do Conde considerado por este o melhor período da sua vida: "Aqui as praias são amplas e belas, e por elas me passeio ou me estendo ao sol com a voluptuosidade que só conhecem os poetas e os lagartos adoradores da luz."
  • Publicação de Sonetos Completos

    Publicação de Sonetos Completos
    Em 1886 Antero de Quental publicou aquela que é considerada pelos criticos como a sua melhor obra poéticas.
  • Presidiu à Liga Patriótica do Norte

    Em 1890, devido à reação nacional contra o ultimato inglês de 11 de janeiro, aceitou presidir à Liga Patriótica do Norte.
  • Tendências Gerais da Filosofia na Segunda Metade do Século XIX

    Em 1890 publicou a obra "Tendências Gerais da Filosofia na Segunda Metade do Século XIX".
  • Regresso a Lisboa

    Regresso a Lisboa
    Antero de Quental, em maio de 1891 regressou a Lisboa, instalando-se em casa da irmã, Ana de Quental.
  • Regresso a Ponta Delgada

    Regresso a Ponta Delgada
    Após um mês , em junho de 1891, regressou a Ponta Delgada.
  • Suicídio

    Suicídio
    A 11 de setembro de 1891, Antero de Quental suicidou-se com um tiro no ouvido, disparados num banco de jardim de um convento, no Campo de São Francisco Xavier.