europa de 1880 há 2000

Timeline created by facebooker_614815299023177
In History
  • crise comercial europeia1880

    crise comercial europeia1880
    Apesar da revolução dos transportes e dos progressos na agricultura e na indústria, a Regeneração assentou o fomento económico sobre bases instáveis:
    Livre-cambismo – abriu caminho à entrada de produtos industriais a baixo preço. Portugal não tinha condições de competitividade, dado que a sua industrialização teve início cerca de meio século mais tarde que os países desenvolvidos da Europa.
  • o fortalecimento das alianças e as crises 1890

    o fortalecimento das alianças e as crises 1890
    As tensões aumentam na Europa a partir de 1890, principalmente pelo acirramento das disputas por colônias em África e Ásia e, também, pela demissão de Otto von Bismarck da diplomacia alemã, por Wilhelm II. Bismarck, de uma certa forma, equilibrava o sistema no período através de uma série de alianças, acordos bilaterais e até mesmo acordos secretos com uma ou outra potência.
    Holstein, novo embaixador alemão recusou-se a renovar o acordo de contra segurança com os russos conseguido por Bismarck.
  • captura de navio alemão

    captura de navio alemão
    No ano de 1900 Ficou marcado Por causa que ocorreu uma captura de um navio alemão que estava sendo suspeito de estar contrabandeando mantimentos. que no caso essa captura gerou grande tensão entre os países Europeus podendo gerar algum conflito entre eles Mais no entanto não houve nenhum conflito
  • a implantação da república portuguesa1910

    a implantação da república portuguesa1910
    A Implantação da República Portuguesa foi o resultado de uma revolução organizada pelo Partido Republicano Português, iniciada no dia 2 de outubro e vitoriosa na madrugada do dia 5 de outubro de 1910, que destituiu a monarquia constitucional e implantou um regime republicano em Portugal.
    A subjugação do país aos interesses coloniais britânicos,[1] os gastos da família real.
  • fim da primeira guerra mundial

    fim da primeira guerra mundial
    O final da primeira guerra mundial esta relacionada com o início da segunda, em vista que os interesses territoriais dos alemães não foram concretizados, pelo contrário, ainda tiveram que devolver a região de Alsacia e Lorena para a França.O tratado de Versalhes,foi assinado em 28 de junho de 1919, foi um acordo de paz assinado pelos países europeus que colocou um ponto final na primeira guerra mundial.
  • o crescimento do fascismo de hitler na alemanha

    o crescimento do fascismo de hitler na alemanha
    No inicio dos anos 1930, a Alemanha não estava longe de uma guerra civil. Tropas paramilitares, que pertenciam a diversos partidos, intimidavam os eleitores e semeavam violência e ódio entre
    o povo, que sofria com o imenso desemprego e a pobreza Enquanto isso os elitistas em posições de influência assustados com o aumento de grupos anti governamentais, lutavam entre si e exploravam a autoridade de emergência, que constava da Constituição de Weimar para governar de maneira não democrática.
  • invasores da segunda guerra mundial

    invasores da segunda guerra mundial
    Após a invasão da Polônia em 1 de setembro de 1939, entre o outono de 39 e a primavera de 1940 os Aliados não atacaram a Alemanha diretamente, mas se engajaram em operações, no que ficou conhecido como guerra falsa. Isso permitiu que a Alemanha completasse a mobilização de suas forças.
    Em abril de 1940, a Alemanha invadiu a Dinamarca e a Noruega. No mês seguinte foi a vez da Bélgica, Países Baixos e França serem atacados. Em seis semanas a França se rendeu.
  • uma europa pacífica o início da coperação

    uma europa pacífica o início da coperação
    A União Europeia é criada com o objetivo de pôr termo às frequentes guerras sangrentas entre países vizinhos, que culminaram na Segunda Guerra Mundial. A partir de 1950, a Comunidade Europeia do Carvão e do Aço começa a unir económica e politicamente os países europeus, tendo em vista assegurar uma paz duradoura. Os seis países fundadores são a Alemanha, a Bélgica, a França, a Itália, o Luxemburgo e os Países Baixos.
  • período de crecimento econômico europeu 1960

    período de crecimento econômico europeu 1960
    Um período de crescimento económico
    A década de sessenta é um bom período para a economia, favorecida pelo facto de os países da União Europeia terem deixado de cobrar direitos aduaneiros sobre as trocas comerciais realizadas entre si. Estes países decidem também gerir em conjunto a produção alimentar, de forma a assegurar alimentos suficientes para todos. Rapidamente, passam a existir excedentes de produtos agrícolas.
  • Uma Comunidade em expansão - O primeiro alargamento1973

    Uma Comunidade em expansão - O primeiro alargamento1973
    A Dinamarca, a Irlanda e o Reino Unido aderem à União Europeia em 1 de Janeiro de 1973, elevando assim o número dos Estados-Membros para nove. Na sequência do breve, mas violento, conflito israelo-árabe em outubro de 1973, a Europa debate-se com uma crise energética e problemas económicos. A queda do regime de Salazar em Portugal, em 1974, e a morte do General Franco em Espanha, em 1975, põem fim às últimas ditaduras de direita na Europa.
  • Uma Europa em mutação

    Uma Europa em mutação
    O sindicato polaco Solidarność e o seu dirigente Lech Walesa tornam-se num símbolo por todos conhecido não só na Europa como no mundo inteiro na sequência do movimento grevista dos trabalhadores do estaleiro de Gdansk durante o Verão de 1980. Em 1981, a Grécia torna-se o décimo Estado-Membro da UE, seguindo-se-lhe a Espanha e Portugal cinco anos mais tarde.
  • uma europa sem fronteiras

    uma europa sem fronteiras
    Uma Europa sem fronteiras
    Com o desmoronamento do comunismo na Europa Central e Oriental, assiste-se a um estreitamento das relações entre os europeus. Em 1993, é concluído o Mercado Único com as «quatro liberdades»: livre circulação de mercadorias, de serviços, de pessoas e de capitais. A década de noventa é também marcada por dois Tratados: o Tratado da União Europeia ou Tratado de Maastricht, de 1993,
  • a economia da europa em 2000

    a economia da europa em 2000
    Na economia, após os anos 1990 terem sido marcados pelas privatizações e redução do papel do estado, na década de 2000 tem início o enfraquecimento do neoliberalismo, com a retomada dos investimentos públicos nos setores estratégicos de infraestrutura, o que sempre ocorreu na China, sendo um dos motores de seu crescimento. Ocorre também na Rússia e na Argentina (recém-saídos graves crises econômicas), no Brasil e em alguns países da Europa.