Invenções do homem por conta da guerra

Timeline created by Júlia Castro M. Dubeux
In History
  • 1480

    Ambulância

    Durante o fim do século 15, o exército espanhol contava com um serviço que demonstrava preocupação com a integridade física de seus soldados e que, hoje, se tornou indispensável para nós: a ambulância. Apesar disso, o primeiro registro de uso desse tipo de veículo se deu em 1487, pela rainha espanhola Isabella I.
  • Comida enlatada

    Surgiu em 1795,pois o imperador francês Napoleão Bonaparte queria que sua tropa tivesse uma boa alimentação durante as guerras/batalhas. Embora, naquele tempo Nicolas Appert não tivesse mais de 15 anos, foi esse jovem chef que desenvolveu o método de aquecimento, fervura e selagem da comida em frascos de vidro hermeticamente fechados e ganhou o prêmio. E esse método é utilizado até hoje.
  • Bancos de sangue

    Durante a Primeira Guerra Mundial, o campo da hematologia precisou ter uma ação mais rápida e atuante para salvar a vida dos soldados,assim,criaram os bancos de sangue
  • Absorventes íntimos

    Na verdade, os absorventes íntimos são uma das invenções de guerra mais geniais da história. Eles foram desenvolvidos para os curativos dos soldados nos campos de batalha, já que se tratavam de uma solução, prática, barata e higiênica. Mas, por volta de 1920, as pessoas começaram a perceber o grande potencial que esses curativos tinham para o universo feminino e, então, eles passaram a ser vendidos como absorventes higiênicos descartáveis.
  • GPS

    A implementação do GPS é baseada, parcialmente, em sistemas de navegação via rádio, como o LORAN ou o Decca Navigator, que foi usado na Segunda Guerra Mundial.Antes restrito aos militares, o GPS está agora disponível no bolso de muitos civis. O GPS era utilizado em guerras para os militares se situarem no espaço.
  • Antibióticos

    Foi descoberta por Sir Alexander Fleming, mas foi apenas durante a Segunda Guerra Mundial, em 1941, que os médicos começaram a utilizar a penicilina para tratar as feridas dos soldados. Foi a partir daí que foram realizados experimentos para descobrir os limites e vantagens dos antibióticos.
  • M&Ms

    Os incríveis chocolatinhos confeitados surgiram na década de 30, durante a Guerra Civil Espanhola. Na época, o empresário americano Forrest Mars criou os confeitos para impedir que o chocolate derretesse e os soldados pudessem consumi-lo nos campos de batalha para repor as energias. Em 1941, durante a Segunda Guerra Mundial, os M&Ms voltaram a fazer sucesso entre os soldados e foram inclusos na ração diária dos homem no campo de guerra.
  • Fita adesiva

    Foi criada em 1943, por uma mulher chamada Vesta Stoudt. Ela trabalhava em uma fábrica, durante a Segunda Guerra Mundial, inspecionando o acondicionamento de munições.
    Ela notou o quanto as caixas de munições eram trabalhosas para serem abertas devido à vedação e o quanto isso poderia colocar os soldados em risco, nos campos de batalha. Por isso ela criou a fita adesiva, que vedava as caixas ao mesmo tempo que se soltavam com mais facilidade, quando necessário.
  • Computador

    O primeiro computador eletrônico do mundo, conhecido como ENIAC, começou a ser desenvolvido durante a Segunda Guerra Mundial, nos Estados Unidos, mas só ficou pronto em 1946, durante a Guerra Fria. Utilizado basicamente para cálculos balísticos, esse “cérebro gigante” — como a imprensa da época se referia a ele — foi peça fundamental no desenvolvimento da bomba de hidrogênio, testada pelo país em 1952.
  • Internet

    Ainda durante a Guerra Fria, os Estados Unidos buscavam um meio de comunicação e de armazenamento de dados que fosse descentralizado, isto é, que continuasse funcionando mesmo que parte dele tivesse sido bombardeada. Assim, a ARPA, agência militar especialmente desenvolvida para a criação desse projeto, financiou estudos e pesquisas acadêmicas que pudesse levar à criação da ARPANET, como era chamada a nossa querida internet naquela época.