As Origens

  • 101,000 BCE

    Big Bang

    Big Bang
    O universo surgiu após uma grande explosão cósmica, entre 10 e 20 bilhões de anos atrás. O termo explosão refere-se a uma grande liberação de energia, criando o espaço-tempo
  • 90,000 BCE

    Terra Primitiva

    Terra Primitiva
    A Terra Primitiva, que data de 3,5 bilhões de anos atrás, era bastante diferente. A atmosfera era rica em metano, hidrogênio, amônia e vapor de água. Havia muitas tempestades violentas por conta da alta presença de vapor de água. As atividades vulcânicas também eram intensas liberando lava que moldou bastante o solo, impossibilitando a vida.
  • Period: 44,000 BCE to 8000 BCE

    Pré História - Paleolítico

    Também chamado de "Idade da Pedra Lascada", que se inicia há aproximadamente 4,4 milhões de anos e se estende até 8000 a.C. A principal característica desse período, era o homem nômade, além do ato de representar os animais nas pinturas rupestres para aprisionar os animais,
  • 40,000 BCE

    Pinturas Rupestres

    Pinturas Rupestres
    Arte rupestre ou pintura rupestre são termos dados às mais antigas representações artísticas conhecidas, as mais antigas datadas do período Paleolítico, gravadas em abrigos ou cavernas, normalmente datando de épocas pré-históricas. Na vida do Homem pré-histórico, tinham lugar a arte e o espírito de conservação daquilo de que necessitava. Estudos demonstram que o Homem da Pré-História já conservava, além de cerâmicas, armas e utensílios trabalhados na pedra, nos ossos dos animais e no metal.
  • 35,000 BCE

    Sobrevivência Pré Histórica

    Sobrevivência Pré Histórica
    Os caçadores pré-históricos provavelmente acompanhavam a migração de manadas de animais, procurando cercá-las em desfiladeiros na hora do ataque. A caçada era realizada por grupos com arcos, flechas e lanças. Alguns estudos sugerem que há cerca de 40 mil anos, na Europa, já havia uma certa divisão de trabalho entre homens e mulheres. Enquanto eles se encarregavam da caçada, elas, acompanhadas das crianças, coletavam frutos silvestres, que completavam a alimentação diária.
  • 30,000 BCE

    Surgimento dos Números

    Surgimento dos Números
    O número surgiu a partir do momento em que existiu a necessidade de contar objetos e coisas e isso aconteceu há mais de 30.000 anos. Os homens dessa época viviam em cavernas e grutas e não existia a ideia de números, mas sim a necessidade de contar as suas caças.
    Com a evolução do homem, que deixou de ser nômade e ficou em apenas em um lugar, passou a praticar não somente a caça e a coleta de frutos, mas também o cultivo de plantas e a criação de animais.
  • Period: 8000 BCE to 5000 BCE

    Pré História - Neolítico

    Também chamado de "Idade da Pedra Polida", que vai de aproximadamente 8000 a.C. a 5000 a.C. As pinturas rupestres representavam rituais e cenas de pessoas com armas. O homem passou a ser sedentário, ou seja ficar fixo em um local, nas margens dos rios, para a domesticação dos animais e evoluir na agricultura.
  • Period: 5000 BCE to 4000 BCE

    Pré Histórico - Idade dos Metais

    Período que se estende de 5000 a.C. até o surgimento da escrita pelos sumérios, em 4000 a.C. Como o próprio nome diz, nesse período a metalurgia evoluí. O homem continua a ser sedentário e a viver nas margens dos rios. Esse período é subdividido em três: Idade do Cobre, Idade do Bronze e a Idade do Ferro.
  • 4000 BCE

    Invenção da escrita

    Invenção da escrita
    Na antiga Mesopotâmia a escrita foi elaborada e criada. Os sumérios desenvolveram a escrita cuneiforme utilizando placas de barro. Os egípcios também desenvolveram a escrita na mesma época que os sumérios. Existiam duas formas de escrita no Egito Antigo: a demótica (mais simplificada) e a hieroglífica (mais complexa e formada por desenhos e símbolos). As paredes internas das pirâmides eram repletas de textos que falavam sobre a vida dos faraós e mensagens para espantar possíveis saqueadores.
  • Period: 4000 BCE to 476

    Idade Antiga

    Idade Antiga ou Antiguidade é o período da história que é contado a partir do desenvolvimento da escrita, pelos sumérios até a queda do Império Romano do Ocidente
  • 776 BCE

    Jogos Olímpicos da Antiguidade

    Jogos Olímpicos da Antiguidade
    Os Jogos Olímpicos da Antiguidade eram um festival religioso e atlético da Grécia Antiga, que se realizava de quatro em quatro anos no santuário de Olímpia, em honra de Zeus. Os Jogos Olímpicos eram os mais importantes Jogos Pan-Helênicos, tendo sido proibidos pelo imperador cristão Teodósio I em 393, por serem uma manifestação de rituais do paganismo.
  • 700 BCE

    Mitologia

    Mitologia
    Com a necessidade de explicar fatos e fenômenos naturais, o homem cria os mitos, sem se importar com o fabuloso e as contradições.
  • 700 BCE

    Teatro Grego

    Teatro Grego
    O teatro é uma manifestação artística que faz parte da história da humanidade. Esta arte surgiu na Grécia Antiga, como resultado das festas dionisíacas que eram realizadas em homenagem ao deus Dionísio, deus do vinho, do teatro e da fertilidade. Na Grécia, o teatro era uma manifestação sagrada e era marcada pela Tragédia ou pela Comédia. O primeiro homem a ser considerado um verdadeiro ator foi Téspis, que fingiu ser o próprio deus Dionísio durante uma das festas gregas.
  • 600 BCE

    Filosofia

    Filosofia
    A filosofia surgiu para estudar as questões gerais e fundamentais relacionadas com natureza, das coisas e da existência humana. Ela é o amor pela sabedoria e estimula o pensamento lógico e crítico.
  • 599 BCE

    A Filosofia Pré Socrática

    A Filosofia Pré Socrática
    Os pré-socráticos são filósofos que viveram na Grécia Antiga e nas suas colônias. Assim são chamados pois são os que vieram antes de Sócrates, considerado um divisor de águas na filosofia.
    Eles tinham uma preocupação com a physis, ou seja, a natureza. Para eles tudo vinha da arché, um elemento que estava presente em tudo. Para Tales de Mileto tudo surgiu da água. Já para Pitágoras tudo é composto por números.
  • 444 BCE

    Sócrates e a Filosofia

    Sócrates e a Filosofia
    Sócrates, não chegou a produzir obra alguma, porém, foi o criador do primeiro método filosófico: o Método Maiêutico, Sócrates não dava as respostas, mas fazia os seus discípulos refletirem sobre suas próprias questões através de outras questões.
  • 427 BCE

    Édipo Rei

    Édipo Rei
    Édipo Rei é um personagem da mitologia grega e também uma tragédia escrita por volta de 427 a.C. pelo dramaturgo Sófocles. A história é determinada por uma profecia que Édipo irá matar o seu pai e casar com a sua mãe Trata-se de uma das tragédias gregas mais emblemáticas da história do teatro na Grécia. É baseada no mito de édipo e citada pelo filósofo grego Aristóteles em sua obra “Poética”, que afirmava que esta obra era o mais perfeito exemplo de tragédia.
  • 388 BCE

    Platão e a Teoria das Ideias

    Platão e a Teoria das Ideias
    Fundador da Academia de Atenas, Platão, aluno de Sócrates e professor de Aristóteles, é um dos filósofos gregos mais conhecidos até os dias atuais.
    Ele é o introdutor do método de diálogo em filosofia e com sua obra "A República" fundou a filosofia política ocidental.
    Na Teoria das Ideias, Platão afirma que as formas abstratas possuem o tipo mais elevado e fundamental de realidade. O mundo material que conhecemos através da sensação teria existência secundária e dependente das formas
  • 353 BCE

    Aristóteles e o conhecimento

    Aristóteles e o conhecimento
    Aristóteles escreveu várias obras, mas as principais para a filosofia é a "Política" e "Organum" e "Ética a Nicômaco". Ele dividiu o conhecimento em 6 níveis, e desenvolveu 3 princípios lógicos: identidade, não contradição e 3º excluído. Além de tudo criou o "Silogismo" (raciocínio dedutivo estruturado formalmente a partir de duas premissas, das quais se obtém por inferência uma conclusão)
  • 350 BCE

    Teoria dos Elementos

    Teoria dos Elementos
    Na tentativa de explicar qual a natureza da matéria, surgiram várias teorias, e uma das mais famosas, a Teoria dos Elementos foi produzida por Aristóteles.
    Segundo ele, tudo que existe no universo seria composto por quatro elementos principais: terra, fogo, ar e água. E cada elemento tinha o seu local. A terra estava no centro dos quatro elementos, em seguida vinha a água, acima vinha o ar e, por último, acima de todos, o fogo.
  • 340 BCE

    Filosofia Helenista

    Filosofia Helenista
    Após Alexandre, o Grande, que foi educado por Aristóteles, dominar a Grécia, a Filosofia Antiga passou por mudanças e a Pólis (Cidade-Estado) perdeu a importância, pois o eu era muito mais importante. A Filosofia Helenista teve muitas correntes e as principais são: Epicurismo, Estoicismo, Ceticismo e Cinismo.
  • 320 BCE

    Pirro de Élis e os "falsos opostos"

    Pirro de Élis e os "falsos opostos"
    Pirro de Élis fez muitas expedições com Alexandre, o Grande e como viveu em muitas sociedades diferentes chegou a uma conclusão. Não existe certo e errado, o que é bom e o que é ruim, o que é que justo ou o que é injusto, pois dependendo do lugar algo é considerado bom ou ruim.
  • 320 BCE

    Diógines de Sínope e a simplicidade

    Diógines de Sínope e a simplicidade
    Diógenes de Sínope pregava a vida da forma mais simples possível. Ele acreditava tanto nisso, que ele vivia em um barril lá em Atenas. E tudo que fosse natural, ele faria na frente de qualquer pessoa, desprezando todas as convenções sociais.
  • 306 BCE

    Epicuro e o prazer

    Epicuro e o prazer
    Epicuro foi um filósofo grego e tinha uma teoria que o fim natural do homem é o prazer. Mas não todos os prazeres e apenas os simples, como por exemplo, quando eu estiver com fome, comer algo que eu quero, ou poder ver um amigo quando quiser. Se o homem viver com os prazeres impostos pela sociedade como a fama, a riqueza, e a glória, ele não iria conseguir chegar na Ataraxia, que é a ausência de preocupações na mente.
  • 300 BCE

    Euclides de Alexandria

    Euclides de Alexandria
    Euclides foi um importante matemático da escola platônica e é conhecido até hoje como o “Pai da Geometria”. Embora parte das suas obras tenha tomado um rumo ignorado, algumas estão documentadas, como é o caso de Os Elementos, composta de 13 livros e sem dúvida sua maior e mais conhecida obra. Um dos maiores méritos de Euclides foi a preocupação em demonstrar os mais simples conceitos e prová-los. Ele seguia os princípios do método científico.
  • 298 BCE

    Zênon de Cítion e a ordem do Cosmos

    Zênon de Cítion e a ordem do Cosmos
    Zênon de Cítion foi um filósofo grego e a sua corrente vem para discordar dos epicuristas. Para os estoicos, o prazer deve ser dispersado, por mais simples e banal que seja. E ainda, o homem deveria viver indiferente aos problemas da vida e sim se preocupar com a sabedoria necessária para entender a ordem do Cosmos.
  • AD 1

    Nascimento de Cristo

    Nascimento de Cristo
    Os evangelhos canônicos de Lucas e Mateus contam que Jesus nasceu em Belém, de uma mãe ainda virgem. No relato do Evangelho de Lucas, José e Maria viajaram de Nazaré para Belém para comparecer a um censo e Jesus nasceu durante a viagem numa simples manjedoura. Anjos o proclamaram salvador de todas as pessoas. No relato de Mateus, astrônomos seguiram uma estrela até Belém para levar presentes a Jesus.
  • Period: 476 to 1453

    Idade Média

    A Idade Média vai de 476 com a queda do Império Romano do Ocidente até a tomada de Constantinopla, pelos turcos otomanos
  • Feb 14, 842

    Os Juramentos de Estrasburgo

    Os Juramentos de Estrasburgo
    Esses juramentos marcam o nascimento da língua francesa. Pronunciados entre dois netos de Carlos Magno, Carlos, o Calvo e Luís, o Germânico, contra o irmão deles, Lotário I, que se encontra a primeira atestação da existência de uma língua falada na França, claramente separada do latim.
    Os Juramentos de Estrasburgo foram pronunciados e escritos neste protofrancês e em teudisca lingua pelos dois monarcas na língua do irmão, e em seguida pelas tropas deles, a fim de que todos se compreendessem.
  • 1000

    Surgimento da Língua Inglesa

    Surgimento da Língua Inglesa
    Historicamente, o inglês originou-se da fusão de línguas e dialetos, agora coletivamente denominados inglês antigo, que foram trazidos para a costa leste da Grã-Bretanha por povos germânicos no século V. Um número significativo de palavras em inglês são construídos com base nas raízes do latim, visto que esse idioma foi, de alguma forma, a língua sa Igreja Cristã e da vida europeia. O inglês foi mais influenciado pela língua nórdica antiga, devido a invasões vikings nos séculos VIII e IX.
  • 1189

    Trovadorismo

    Trovadorismo
    Trovadorismo foi um movimento literário e poético que surgiu na Idade Média no século XI. Foi o primeiro movimento literário da língua portuguesa. As cantigas e as novelas de cavalaria são os principais registros da época. As cantigas eram tradicionalmente divididas em cantigas de amor, de amigo, e de escárnio e maldizer. E as novelas de cavalaria eram escritas em prosa e relatavam grandes aventuras e atos de coragem dos cavaleiros medievais
  • 1400

    Surgimento da Língua Espanhola

    Surgimento da Língua Espanhola
    O Espanhol originou-se do Latim vulgar falado por parte da população que constituía a Península Ibérica. Mais tarde recebeu o nome de castellano (castelhano), por ocasião da residência dos reis no reino medieval de Castilla (Castela). Nos dias de hoje, embora o nome ainda seja referência, após a constituição da Espanha como nação e a tentativa de uniformizar o idioma do país, a língua foi oficializada como “espanhol”.
  • Period: 1453 to

    Idade Moderna

    Tem início em 1453 com a tomada de Constantinopla e vai até o ano de 1789, data da Revolução Francesa
  • 1500

    Surgimento do alemão

    Surgimento do alemão
    Como língua escrita, o alemão surgiu no início do século XVI, embora sua forma atual não tenha se consolidado até meados do século XVIII. Em 1901, foi adotado um sistema uniforme de ortografia: a Rechtschreibung der Deustschen Sprache (Ortografia da língua alemã), da qual foram publicadas numerosas edições.
  • Apr 22, 1500

    Descobrimento do Brasil

    Descobrimento do Brasil
    Nesta data as caravelas da esquadra portuguesa, comandada por Pedro Álvares Cabral, chegou ao litoral sul do atual estado da Bahia. Era um local que havia um monte, que foi batizado de Monte Pascoal.
  • 1520

    A criação do Método Científico

    A criação do Método Científico
    O pensamento de René Descartes deu origem à metodologia científica que é normalmente é usado para estudar um fenômeno de maneira racional para que os enganos possam ser evitados. É preciso encontrar provas e evidências para conseguir chegar à conclusões e afirmações fundamentadas.
  • 1550

    Classicismo

    Classicismo
    Classicismo é uma estética literária do século XVI, de um movimento cultural denominado Renascimento. O classicismo, defende o antropocentrismo e o racionalismo recebe maior importância. Os sonetos camonianos possuem complexidade com rebuscados sonetos decassílabos e o desenvolvimento de temas como o desconcerto do mundo e a importância da vida. Outra característica muito importante é a personificação, onde elementos da natureza são personificados como deuses gregos.
  • 1572

    Os Lusíadas

    Os Lusíadas
    Os Lusíadas é uma epopeia do escritor português Luís Vaz de Camões A Narrativa é dividida em dez cantos que são organizados em 1.102 estrofes, cada uma com oito versos, todos decassílabos heroicos, e com rima ABABABCC. O poema conta histórias sobre as perigosas viagens marítimas e a descoberta de novas terras, povos e culturas, exaltando o heroísmo do homem, que, navegador, aventureiro e amante, é também destemido, e enfrenta mares desconhecidos em busca dos seus objetivos.
  • Surgimento da palava "Mandarim"

    Surgimento da palava "Mandarim"
    A palavra “mandarim” surgiu no século XVII, no contexto histórico dos contatos comerciais marítimos entre China e Portugal. Os mandarins eram funcionários públicos do governo chinês. Eram eles os encarregados de estabelecer os contatos comerciais entre a China e Portugal. A língua que eles falavam passou a ser chamada de "mandarim" pelos portugueses.
  • René Descartes e a razão

    René Descartes e a razão
    René Descartes foi um filosofo e matemático francês que encontrou todo o seu conhecimento nas escolas escolásticas. Ele acreditava que o indivíduo poderia ter conhecimento do mundo, porém esse conhecimento deveria apenas ter apenas uma base racional, porque segundo Descartes, os sentimentos nos enganam.
    Para contrariar o empirismo, Descartes cria a teoria sobre as ideias inatas em que na nossa mente as ideias já estão, em um modo de repouso e pelo decorrer da vida elas vão despertando.
  • Teoria do Flogístico

    Teoria do Flogístico
    A teoria do flogístico foi desenvolvida pelo químico e médico alemão Georg Ernst Stahl. Segundo ele, os corpos combustíveis possuiriam uma matéria chamada flogisto, liberada ao ar durante os processos de combustão. "Flogisto" vem do grego e significa "inflamável". A absorção dos flogistos do ar seria feita pelas plantas.
  • Experimento de Redi e a Teoria da biogênese

    Experimento de Redi e a Teoria da biogênese
    Francesco Redi investigou a suposta origem de vermes em corpos em decomposição. Ele observou que moscas são atraídas pelos corpos em decomposição e neles colocam seus ovos. Desse ovos surgem as larvas, que se transformam em moscas adultas. Redi concluiu, então, que essas larvas não surgem espontaneamente a partir da decomposição de cadáveres, mas são resultantes da eclosão dos ovos postos por moscas atraídas pelo corpo em decomposição.
  • John Locke e as sençações

    John Locke e as sençações
    John Locke é considerado o pai do empirismo. Para ele, temos os objetos, que conhecemos as suas qualidades (forma, cheiro, estado) através das sensações. Dessas qualidades, a mente gera ideias simples.
    Ele afirma que quando nascemos a nossa mente é uma tábula rasa, e que através das sensações podemos ter as ideias simples, que geram as ideias complexas e assim na vida vamos tendo as ideias.
  • Fósforo, o primeiro elemento descoberto

    Fósforo, o primeiro elemento descoberto
    Henning Brand descobriu o elemento químico fósforo ao destilar uma mistura de ureia e areia na procura da pedra filosofal. Ao vaporizar a ureia, obteve um material branco que brilhava no escuro e ardia com uma chama brilhante.
  • Fundação da Real Academia Española

    Fundação da Real Academia Española
    A Real Academia Española tem a finalidade de trazer para o castellano uma norma definitiva e evitar os maus usos e elementos que alterassem o idioma.
  • Experimento de Needham

    Experimento de Needham
    O cientista John T. Needham realizou vários experimentos em que submetia à fervura frascos contendo substancias nutritivas. Após a fervura, fechava os frascos e deixava-os em repouso por alguns dias. Depois ao examinar essas soluções, ele observavou a presença de microorganismos. A explicação que ele deu a seus resultados foi de que os microorganismos teriam surgido por geração espontânea. Ele dizia que a solução nutritiva continha uma “força vital” responsável pelo surgimento das forças vivas.
  • Immanuel Kant e o criticismo

    Immanuel Kant e o criticismo
    Immanuel Kant faz na filosofia assim como, Nicolau Copérnico faz na Astronomia, ao colocar o Sol no centro do universo. Kant coloca o homem no centro diferente do caminho que colocava o mundo no centro do pensamento. Ele considerava que, a sensibilidade nos dá objetos para chegarmos ao entendimento, assim relaciona o empirismo com o racionalismo e cria o criticismo.
  • Lei de Lavoisier

    Lei de Lavoisier
    A Lei de Lavoisier, postulada em 1785 pelo químico francês Antoine Laurent Lavoisier, corresponde a Lei da Conservação das Massas. Segundo ele: “Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”. Isso explica que as substâncias químicas quando reagem, não são perdidas, ou seja, se transformam em outras, de forma que esses elementos ainda permanecem, no entanto de forma diferente, pois seus átomos são rearranjados.
  • Traité Élémentaire de Chemie

    Traité Élémentaire de Chemie
    Traité Élémentaire de Chimie é um livro texto escrito por Antoine Lavoisier. e essa obra é considerada o primeiro livro texto de química devido ao uso sistemático de instrumentos de precisão, metodologia rigorosa nos experimentos e por negar a teoria do flogisto postulado pela alquimia.
  • Period: to

    Idade Contemporânea

    A Idade Contemporânea é estudada de 1789, época da Revolução Francesa, até os dias atuais
  • Lei de Proust

    Lei de Proust
    A Lei de Proust, Lei das Proporções Constantes ou Lei das Proporções Definidas, foi formulada no início do século XIX pelo químico francês Joseph Louis Proust a qual afirma que após as reações químicas, as substâncias (reagentes e produtos) envolvidas apresentavam a mesma massa proporcional, ou seja, eram constantes donde a combinação de elementos formavam substâncias proporcionais.
  • Criação do termo Sociologia

    Criação do termo Sociologia
    Auguste Comte cria o termo “sociologia” a partir da
    organização do curso de Filosofia Positiva.
  • Manisfesto do Partido Comunista

    Manisfesto do Partido Comunista
    O Manifesto do Partido Comunista, escrito por Karl Marx e Friedrich Engels, foi publicado em 1848. Este ano é crucial para compreender a história Europeia com a Revolução de 1848.
    O comunismo é compreendido como o resultado final da força da história, o sistema que substituiria o capitalismo. A frase de abertura deste panfleto demonstra o impacto que pretendia causar e que causa até hoje: “A história de toda sociedade até os nossos dias é a história da luta de classes”.
  • Descobrimento do Lago Vitória

    Descobrimento do Lago Vitória
    O lago Vitória é um dos Grandes Lagos Africanos, localizado num planalto elevado na parte ocidental do Grande Vale do Rift, na África oriental. É o maior lago do continente africano e o maior lago tropical no mundo e foi descoberto por John Hanning Speke
  • Dmitri Mendeleev e a tabela periódica

    Dmitri Mendeleev e a tabela periódica
    Mendeleev começou a colecionar todas as informações sobre os elementos conhecidos na época. Os dados eram anotados em cartões, conforme observava alguma semelhança, mudava a posição dos cartões. Em meio à sequência de cartões existiam espaços vazios, e Mendeleev compreendeu que tais lacunas eram destinadas à descoberta de novos elementos, no futuro. A organização dos elementos apresentada por Mendeleev deu origem ao que atualmente conhecemos como “Tabela Periódica”.
  • Geografia Determinista

    Geografia Determinista
    Segundo Friedrich Ratzel, o meio determinaria a sociedade, assim, a sociedade e o Estado são produtos da natureza em que eles vivem.
    A partir dessa concepção, elaborou-se o conceito de Espaço Vital, que seria as condições espaciais e naturais para a manutenção ou consolidação do poder do Estado sobre o seu território. Aquelas populações que dispusessem de melhor espaço vital estariam mais aptas a se desenvolver e a conquistar outros territórios.
  • Teoria dos Conjuntos

    Teoria dos Conjuntos
    A Teoria dos Conjuntos foi criada e desenvolvida pelo matemático russo Georg Cantor, e trata-se do estudo das propriedades dos conjuntos, relações entre conjuntos e relações entre os elementos e o próprio conjunto.
  • Geografia Possibilista

    Geografia Possibilista
    Em oposição ao determinismo geográfico alemão, surge na França a teoria Possibilista, feita por Paul Vidal de La Blache, que deixa claro a relação de reciprocidade do homem com a natureza e que a sociedade teria possibilidade de dominar o meio, o modicando.
  • Da Divisão do Trabalho

    Da Divisão do Trabalho
    Da divisão do trabalho social é um livro escrito pelo sociólogo Émile Durkheim que analisa as funções sociais do trabalho e procura mostrar como, na modernidade, tal divisão é a principal fonte de coesão social.
  • As Regras do Método Sociológico

    As Regras do Método Sociológico
    As Regras do Método Sociológico é um livro de Émile Durkheim. É reconhecido por ser resultado direto do projeto próprio de Durkheim de estabelecer a sociologia como uma nova ciência social.
  • Jogos Olímpicos de Verão de 1896

    Jogos Olímpicos de Verão de 1896
    Oficialmente conhecidos como Jogos da I Olimpíada, foram os primeiros Jogos Olímpicos da era moderna, realizados em Atenas, Grécia, berço dos Jogos da Antiguidade, entre os dias 6 e 15 de abril de 1896, com a participação de 241 atletas masculinos, representantes de catorze países. O evento realizou-se graças ao empenho do francês Pierre de Frédy, que foi o idealizador do renascimento dos jogos existentes na Grécia Antiga.
  • O Suicídio

    O Suicídio
    Escrito pelo sociólogo francês Émile Durkheim, foi um estudo de caso sobre o suicídio, em que diferenciou o suicídio em: egoísta (falta de razão para viver), altruísta (se sacrifica por uma sociedade, por exemplo no Oriente Médio) e anômico (quando o indivíduo perde seus objetivos, por exemplo em períodos de crise)
  • A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo

    A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo
    Em A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo, Max Weber discorre sobre a relevância da reforma protestante para a formação do capitalismo moderno, de modo que relaciona as doutrinas religiosas de crença protestante, para demonstrar o surgimento de um modus operandi (expressão para designar uma maneira de agir, operar ou executar uma atividade seguindo geralmente os mesmos procedimentos) de relações sociais, que favorece e caracteriza a produção de excedentes, gerando o acúmulo de capital.
  • Domingo Sangrento

    Domingo Sangrento
    Foi um massacre que aconteceu na cidade de São Petersburgo, no Império Russo, onde manifestantes pacíficos marcharam até ao Palácio de Inverno para apresentar uma petição ao czar, mas foram baleados pela Guarda Imperial. Os grupos envolvidos nesse conflito foram a população no geral, os partidos e os movimentos revolucionários tiveram também seu inicio após esse domingo sangrento.
  • Paz Armada (1871-1914)

    Paz Armada (1871-1914)
    Prevendo uma guerra, de 1870 ao começo da Primeira Guerra Mundial, diversos países se armaram fortemente, evoluíram tecnologicamente e começaram a fomentar um sentimento nacionalista na população como incentivo para que lutassem por seu país.
  • Assassinato de Francisco Ferdinando

    Assassinato de Francisco Ferdinando
    O assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando, herdeiro do Império Austro-Húngaro junto com o de sua esposa, a duquesa Sophie, é considerado o episódio decisivo para o início da Primeira Guerra Mundial. Eles foram executados em 28 de junho de 1914, em Sarajevo. O atentado foi obra de um ativista sérvio, Gavrilo Princip, membro do grupo "Mão Negra". Tinha um objetivo político, de causar o rompimento das províncias eslavas da Áustria-Hungria, para que pudessem ser reunidas em uma Grande Sérvia
  • Primeira Guerra Mundial (1914-1918)

    Primeira Guerra Mundial (1914-1918)
    A Primeira Guerra Mundial foi uma guerra global centrada na Europa que envolveu as potências de todo o mundo, que organizaram-se em duas alianças opostas: a Tríplice Aliança formada pela Alemanha, Império Austro-Húngaro e Itália e a Tríplice Entente que era formada pela Inglaterra, França e a Rússia. Mais de nove milhões de combatentes foram mortos, em grande parte por causa de avanços tecnológicos, como tanques e gases tóxicos. Depois disso os EUA viraram a potência de hegemonia mundial.
  • EUA entram na guerra

    EUA entram na guerra
    Submarinos alemães bombardearam embarcações estadunidenses, assim, os Estados Unidos resolvem entrar no confronto, para acabar de vez com a Alemanha. Os Estados Unidos tinham contingentes preparados, grande quantidade de armamento e não estava abatido.
  • Revolução Russa

    Revolução Russa
    A Revolução Russa foi um levante popular ocorrido na Rússia contra o regime czarista em plena Primeira Guerra Mundial. Os revolucionários aboliram a monarquia e tentaram implantar pela primeira vez na história, um regime de governo baseado em ideias socialistas, produzidas por Karl Marx, que acabaram sendo deturpadas.
  • Tratado de Versalhes

    Tratado de Versalhes
    O Tratado de Versalhes (1919) foi um tratado de paz assinado pelas potências europeias que encerrou oficialmente a Primeira Guerra Mundial. Após seis meses de negociações,28 o tratado foi assinado como uma continuação do armistício de Novembro de 1918, em Compiègne, que tinha posto um fim aos confrontos. O principal ponto do tratado determinava que a Alemanha aceitasse todas as responsabilidades por causar a guerra e fizesse reparações a um certo número de nações da Tríplice Entente.
  • Escola de Frankfurt

    Escola de Frankfurt
    Fundada na primeira metade do século XX, a Escola de Frankfurt baseou-se na união de um grupo de intelectuais e estudiosos que se reuniram para produzir um pensamento chamado de Teoria Crítica.  Essa Teoria é resultado da harmonização do histórico do marxismo materialista com as teorias psicanalíticas que já tinham sido desenvolvidas.
  • Crise de 1929

    Crise de 1929
    A Grande Depressão, também conhecida como Crise de 1929, foi uma grande depressão econômica que teve início em 1929, e que persistiu ao longo da década de 1930. A principal causa foi a superprodução, e afetou diversos países do mundo. Este período de depressão econômica causou altas taxas de desemprego, quedas drásticas do produto interno bruto de diversos países, bem como quedas drásticas na produção industrial e nos preços de ações.
  • New Deal

    New Deal
    Em 1933, Franklin Roosevelt, o presidente dos EUA, propõe o New Deal, que são medidas que aumentavam a vigilância do Estado sobre a economia. As principais medidas foram: Limitação da produção industrial, criação do salário mínimo, direcionamento de desempregados à construção de obras públicas e por fim, concessão de crédito e facilidade de investimentos às empresas particulares.
  • Guerra Civil Espanhola

    Guerra Civil Espanhola
    Em 1936, uma Frente Popular reunindo os setores democráticos e de esquerda elegeram um presidente para a Espanha.
    Pouco tempo após as eleições, o Exército se rebelou contra o governo. Começava a Guerra civil Espanhola.
    O conflito trazia de um lado os falangistas que tinham apoio da Itália fascista e da Alemanha nazista, que usaram a Espanha como centro de experimentação de suas novas e potentes armas.
    Do outro lado recebiam um pequeno apoio da União Soviética e das Brigadas Internacionais.
  • Segunda Guerra Mundial (1939-1945)

    Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
    A Segunda Guerra Mundial começou de fato quando o exército alemão invadiu a Polônia. De imediato, a França e a Inglaterra declararam guerra à Alemanha. De acordo com a política de alianças militares existentes na época, formaram-se dois grupos: Aliados (liderados por Inglaterra, URSS, França e Estados Unidos) e Eixo (Alemanha, Itália e Japão).
  • Invasão da Polônia

    Invasão da Polônia
    A justificativa alemã para a invasão foi um suposto ataque polonês contra a Alemanha na fronteira. Esse ataque foi encenado por tropas alemãs. Uma vez realizada a invasão, tanto Inglaterra como a França solicitaram satisfações da Alemanha. Uma vez iniciado o conflito, esperava-se que a resistência polonesa pudesse segurar o avanço alemão, o que acabou não acontecendo. Além disso, o prometido apoio britânico e francês para a Polônia, caso fosse atacada, nunca aconteceu.
  • Ataque a Pearl Harbor

    Ataque a Pearl Harbor
    O ataque japonês a Pearl Harbor, localizado no Havaí, marcou definitivamente a participação do Japão e dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundia. O ataque foi fundamental para que o Japão entrasse na guerra e ocasionou, na declaração de guerra aos Estados Unidos por parte da Alemanha e da Itália. Assim, o conflito até então localizado no continente europeu vira mundial.
  • Batalha de Stalingrado

    Batalha de Stalingrado
    A Batalha de Stalingrado durou do fim de julho de 1942 até 2 de fevereiro de 1943, talvez a batalha mais sangrenta da segunda guerra mundial com mais ou menos 1,5 milhões de mortos. Além disso esse foi um ponto decisivo para o término da Segunda Guerra Mundial.
    Essa batalha mudou os caminhos da Segunda Guerra Mundial e colocou os Alemães em uma posição defensiva. Após esse episódio, os soviéticos organizaram uma investida para Berlim afim de exterminar com Adolf Hitler.
  • Batalha da Normandia, o Dia D

    Batalha da Normandia, o Dia D
    A Batalha da Normandia foi de grande importância para as Forças Aliadas, marcando o início da vitória sobre os nazistas.
    Teve início com o desembarque dos Aliados nas praias da região da Normandia, na França, em 6 de junho de 1944, evento que ficou conhecido como “Dia D”. Nesse dia, mais de 1 milhão de soldados entraram no território francês ocupado pelos nazistas em um ataque que utilizava tanto bombardeios navais quanto aéreos, além de paraquedistas.
  • Little Boy (06/08/1945) e Fat Man (09/08/1945)

    Little Boy (06/08/1945) e Fat Man (09/08/1945)
    Little Boy e Fatman são os nomes dados as duas bombas atômicas que destruíram, respectivamente, Hiroshima e Nagasaki no ano de 1945.
    A cidade de Hiroshima era a principal por ser uma cidade de importância militar. Além disso, era uma das únicas cidades ainda intactas no Japão. Porém 85% da população local era civil.
    Nagasaki não era prioritária porque já havia sido bastante bombardeada durante a guerra, no entanto tinha boa visibilidade, diferente de Kokura, que tinha sido uma das opções.
  • Guerra Fria (1947-1991)

    Guerra Fria (1947-1991)
    Guerra Fria é o nome utilizado para falar do cenário político internacional no período após a Segunda Guerra Mundial, quando Estados Unidos, capitalista e URSS, socialista, polarizaram as relações internacionais. As duas potências não chegaram a se enfrentar diretamente em um conflito armado.
    Cada lado buscava provar para o mundo sua superioridade e do modelo econômico. A competição chegou a ultrapassar os limites do próprio planeta Terra no final da década de 1950 com a chamada Corrida Espacial
  • Criação do Estado de Israel

    Criação do Estado de Israel
    A criação de Israel se baseou numa resolução aprovada um ano antes na ONU e que previa a divisão do então território da Palestina em dois estados: um árabe e um judeu. Na época, a Palestina estava sob administração britânica e era habitada por uma maioria árabe. Por isso, ela foi aceita por líderes judeus, acabou sendo recusada pelos governantes dos países árabes vizinhos da Palestina. As discussões diplomáticas ainda aconteciam quando líderes judeus decretaram a Independência de Israel.
  • CONFEF

    CONFEF
    Marca o inicio da regularização do profissional de educação física, o Conselho Federal de Educação Física (CONFEF) é o serviço público federal que orienta, disciplina e fiscaliza o exercício do profissional de educação física, para que a sociedade seja atendida por profissionais eticamente comprometidos, com conhecimento científico, técnico e pedagógico. Foi criado pela Lei nº 9696/98 em 1998, com sede e foro na cidade Rio de Janeiro.
  • Hipótese Autotrófica

    Hipótese Autotrófica
    Ela é a hipótese mais aceita sobre a nutrição dos seres vivos. Como na Terra Primitiva, não haveria moléculas orgânicas suficientes para sustentar a multiplicação dos primeiros seres vivos.
    Assim, os primeiros seres vivos existentes na terra eram quimiolitoautótrofos, ou seja, seres que produziam suas próprias substâncias alimentares a partir da energia liberada por reações químicas entre componentes inorgânicos da crosta terrestre, ou seja eles eram retirados das rochas e vulcões.
  • Hipótese Heterotrófica

    Hipótese Heterotrófica
    Os seres heterotróficos são seres incapazes de produzir seu próprio alimento. Eles tem que obter alimento através das moléculas orgânicas. Algumas bactérias, alguns protozoários e todos os animais são seres heterotróficos
    Sua hipótese era que a partir dos seres vivos que se originou primeiro era capaz de produzir seu alimento e para outros.
  • Ataques de 11 de setembro de 2001

    Ataques de 11 de setembro de 2001
    Os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 foram uma série de ataques suicidas contra os Estados Unidos coordenados pela organização fundamentalista islâmica al-Qaeda. Na manhã desse dia, terroristas sequestraram aviões comerciais e colidiram intencionalmente dois dos aviões contra as Torres Gêmeas do complexo empresarial do World Trade Center, na cidade de Nova Iorque. O terceiro avião de passageiros colidiu contra o Pentágono, a sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos.