História de Cerro Azul

  • Primeira Ocupação Europeia

    Primeira Ocupação Europeia
    Piratas espanhóis criam um pequeno entreposto na costa brasileira, na altura do paralelo 22S, para negociar com os ferozes índios Goitacazes. Como não se estabeleceram, a data não é usada como fundação da cidade. Porém, são esses espanhóis que batizam o acidente geográfico que daria nome à cidade: Cerro Azul (na verdade um conjunto de formações graníticas cujo ponto mais alto, hoje chamado de Pico Azul, se eleva a 369m do nível do mar).
  • Construção da Fortaleza de São Cornélio

    Fazendo aliança com outras tribos, os Portugueses conseguem derrotar os índios Goytacazes. Para prevenir novas incursões de piratas, no dia 16 de setembro de 1649 é inaugurada a Fortaleza de São Cornélio, no local onde antes era o ancoradouro dos piratas. Com o tempo, as famílias dos soldados passam a viver nos arredores, onde hoje é o centro de Cerro Azul
  • Fundação da Vila de São Bartolomeu do Cerro Azul

    Com a fundação da Paróquia de São Bartolomeu, o povoamento é oficializado no dia 24 de agosto e passa a ser conhecido como Vila de São Bartolomeu do Cerro Azul. Contava então com 105 famílias (aprox. 600 pessoas) e 400 escravos.
  • Invasão de piratas

    Invasão de piratas
    Sob o comando do português Vasco de Almeida Cruz, a Vila de São Bartolomeu do Cerro Azul resiste a um ataque da esquadra do pirata espanhol Don Francisco de las Rosas. Os combates se arrastaram por 3 meses e reduziu à população do povoado à quase a metade. A maior parte dos escravos fugiu (fundando um quilombo nas matas aos pés do Cerro Azul) Por sua bravura na defesa do território da Coroa Portuguesa, o Rei Dom João V concedeu à Almeida Cruz o título de Barão de São Bartolomeu.
  • Primeira Expedição contra o Quilombo Lua Cheia

    O bandeirante Thomás Teixeira é enviado à região para destruir o Quilombo Lua Cheia. Sua expedição é dizimada. Os poucos sobreviventes dizem que os quilombolas usavam magia negra para manter os inimigos afastados.
  • Segunda Expedição contra o Quilombo Lua Cheia

    Segunda expedição para tentar acabar com o Quilombo Lua Cheia, comandada pelo bandeirante português Gilberto de Mendonça Loures. Novamente fracassa. Somente um sobrevivente chegou à vila, para morrer alguns dias depois. Abomalê, suposto líder dos Quilombos, aterroriza as pessoas de São Bartolomeu do Cerro Azul. Muitas famílias fogem.
  • Terceira expedição contra o Quilombo Lua Cheia

    Terceira expedição contra o Quilombo Lua Cheia
    Terceira expedição contra o Quilombo, comandada dessa vez pelo bandeirante Baltazar Leitão. Após 6 meses de escaramuça, é considerado vencedor ao capturar Abomalê. Ele é decapitado e sua cabeça é exposta nas senzalas da região. Como recompensa, Baltazar Leitão recebe terras próximas à vila e passa a competir com o Barão de São Bartolomeu na produção de Cana de Açúcar.
  • Desenvolvimento da Vila

    A vila de São Bartolomeu do Cerro Azul se destaca como uma das maiores produtoras de açúcar da colônia. A população é de quase 40 mil pessoas (e o mesmo número em escravos).
  • Cerro Azul elevada à categoria de cidade

    A vila de São Bartolomeu do Cerro Azul é elevada à condição de cidade. Porém, graças a uma manobra de bastidores de Francisco Leitão – neto de Baltazar Leitão e homem mais rico da região – o nome da cidade passa a ser somente Cerro Azul, o que deixa enfurecido João Luiz de Almeida Cruz, quarto Barão de São Bartolomeu.
  • Inauguração do Theatro Municipal de Cerro Azul

    Inauguração do Theatro Municipal de Cerro Azul
    É inaugurado o Theatro Municipal de Cerro Azul, considerado um dos mais modernos da colônia, com capacidade para 700 pessoas.
    O Theatro Municipal é um prédio inspirado nas grandes óperas europeias, mas com fachada colonial
  • Passagem da Família Real por Cerro Azul

    A família real passa uma semana em Cerro Azul, à caminho do Rio de Janeiro. Eles se hospedam no palacete do Barão de São Bartolomeu.
  • Independência do Brasil

    Dom Pedro I declara a independência do Brasil. Em Cerro Azul, a notícia é comemorada pelos partidários de João Carlos Mendes Leitão, que acreditavam que isso colocaria fim no poder dos Almeida Cruz.
  • Fundação da Brittish Spirits Company

    O empresário inglês James Lewis funda a Brittish Spirits Company, primeira fábrica a produzir aguardente de cana industrialmente no Brasil. O nome da empresa deu origem a expressão “Birita”.
  • Cerro Azul passa a ser a capital da Província do Rio de Janeiro

    Cerro Azul passa a ser a capital da Província do Rio de Janeiro, com o Ato Adicional à Constituição de 1824, que fazia do município do Rio de Janeiro capital do Império e território neutro. Cerro Azul foi escolhida por estar no meio do caminho entre Salvador (a antiga capital) e o Rio de Janeiro.
  • Titulação do Visconde de Leitão

    José Maria Leitão compra o título nobiliário de Visconde, sendo chamado então de Visconde de Leitão.
  • Titulação do Conde de São Bartolomeu

    Luiz Alves de Almeida Cruz compra o título nobiliário de Conde, se tornando Conde de São Bartolomeu.
  • Coroação de Dom Pedro II

    Dom Pedro II assume o trono do Império do Brasil, aos 15 anos.
  • Chegada dos Pires de Alcântara a Cerro Azul

    Vindo da província da Bahia, Bernardo Pires de Alcântara compra terras ao norte do Rio Paraíba do Sul. Ao contrário dos fazendeiros da margem sul, Pires de Alcântara não se dedica à produção de cana de açúcar, mas sim à produção de gado de corte.
  • Ataques de Lobisomens

    Relatos de ataques de lobisomens na região da Cidade Baixa. Ao longo de 5 meses, 12 pessoas são assassinadas. O medo afeta a vida da cidade.
  • Nasce Saldanha da Gama

    Nasce Saldanha da Gama
    Nasce na fazenda Aurora, próxima à Praia de São Thomé, Luís Filipe Saldanha da Gama (1846-1895), posteriormente Almirante Saldanha da Gama. Vive na região até os 4 anos de idade, quando se muda para a capital do império.
  • Fundação da Folha de Cerro Azul

    Martin Baleeiro funda a Folha de Cerro Azul, primeiro jornal da região.
  • Desenvolvimento da cidade

    A cidade de Cerro Azul conta com aproximadamente 97 mil habitantes, e 60 mil escravos.
  • Fundado o Clube Abolicionista de Cerro Azul

    É fundado o Clube Abolicionista de Cerro Azul, presidido por Martin Baleeiro.
  • Assassinato de Martin Baleeiro

    Martin Baleeiro é assassinado. O jornal passa a ser administrado por seus herdeiros (os filhos João Paulo e Luiz Carlos). Suspeitas recaem sobre os grandes escravistas da região.
  • Fundação do jornal O Conservador

    Camilo Fernandes Costa funda O Conservador, segundo jornal da região, financiado pelo Conde de São Bartolomeu.
  • Início da Construção da Catedral de São Bartolomeu

    Em comemoração ao Bicentenário, iniciam-se as obras da Catedral de São Bartolomeu. O projeto da Catedral foi encomendado ao arquiteto alemão Klaus Thurow , que se inspirou na Catedral de sua cidade natal, Frankfurt, dedicada ao mesmo santo.
  • Envio de tropas para a Guerra do Paraguai

    Cerro Azul envia o primeiro destacamento de voluntários para a Guerra do Paraguai, pelo Vapor Ceres. Os 100 soldados são – em sua maioria – escravos do Conde de São Bartolomeu e do Visconde de Leitão, seduzidos pela promessa de alforria. Gilberto Pires de Alcântara – filho de Bernardo Pires de Alcântara – vai à guerra como oficial.
  • Trem Rio-Cerro Azul

    É inaugurada a primeira linha férrea ligando Cerro Azul ao Rio de Janeiro.
  • Fundação da Santa Casa de Misericórdia de Cerro Azul

    É fundada a Santa Casa de Misericórdia de Cerro Azul. O médico português Joaquim Maria de Sodenha se torna o diretor clínico da instituição.
  • Retorno do Coronel Pires de Alcântara

    Gilberto Pires de Alcântara volta da Guerra do Paraguai com a patente de Coronel.
  • Casamento entre famílias importantes

    Dr. Sodenha se casa com Luzia de Almeida Cruz – filha mais nova do Conde de São Bartolomeu.
  • Inauguração da Catedral de São Bartolomeu.

    Inauguração da Catedral de São Bartolomeu.
  • Construção do Curtume

    Construído um curtume na fazenda do Coronel Gilberto Pires de Alcântara.
  • Clube Abolicionista é rebatizado

    O Clube Abolicionista é rebatizado, se tornando o Clube Abolicionista e Republicano de Cerro Azul. Entre seus membros está o Dr. Sodenha.
  • Inauguração do Farol de São Thomé

    Inauguração do Farol de São Thomé
    Localizado na praia homônima, ao sul da Fortaleza de São Cornélio, é uma obra do ano de 1882, projetada pelo engenheiro francês Gustave Eiffel, o mesmo engenheiro que participou da construção da Estátua da Liberdade e da Torre Eiffel. Desde a década de 1850 os comerciantes locais pediam a instalação de um farol no local, devido a existência de baixios que se estendem a até 10 milhas náuticas da costa.
  • Fundada a primeira faculdade de Cerro Azul

    É fundada a Escola de Leis de Cerro Azul. O primeiro reitor é o jurista português Crispin Velloso.
  • Migração Italiana

    Mil e duzentos trabalhadores italianos chegam Cerro Azul para substituir a mão de obra escrava nas fazendas do Visconde de Leitão.
  • Fundada a segunda faculdade de Cerro Azul.

    É fundada a Academia de Cirurgiões de Cerro Azul. Dr. Sodenha é nomeado o primeiro reitor.
  • Abolição da escravatura

    A princesa Isabel assina a Lei Áurea, abolindo a escravatura no Brasil. Apesar disso, por mais 10 anos eram encontrados escravos na região de Cerro Azul, sobretudo nas fazendas do Conde de São Bartolomeu. A maior parte da população negra vai viver nas regiões alagadas do sul da cidade, que passa a ser conhecida como o distrito de Brejo Preto.
  • Proclamação da República

    O Marechal Deodoro da Fonseca proclama a República. Ele mesmo assume o cargo de primeiro presidente da República
  • Primeira Usina Hidrelétrica de Cerro Azul

    Entra em funcionamento a primeira usina hidrelétrica da região de Cerro Azul. Ela é construída pelo industrial Arsénne Lambert, que monta também a Companhia Têxtil Lambert.
  • Ataques de Lobisomem

    Relatos de ataques de lobisomens na região do Brejo Preto. Ao longo de sete meses, 13 pessoas são encontradas assassinadas. Os crimes param do mesmo jeito que começaram, sem explicação. Por causa da origem pobre das vítimas, os assassinatos têm pouca repercussão.
  • Desenvolvimento da Cidade

    A população de Cerro Azul atinge 200 mil habitantes. A cidade se destaca no setor agrícola e industrial.
  • Primeiro Automóvel

    João Victor Baleeiro Lewis compra o primeiro automóvel de Cerro Azul
  • Iluminação pública

    O centro de Cerro Azul passa a contar com iluminação pública.
  • Primeiro prefeito

    Primeiro prefeito
    Carlos Augusto de Almeida Cruz Sodenha é eleito o primeiro prefeito de Cerro Azul.
  • Bondes em Cerro Azul

    Finalizadas as obras, toda a região central da cidade é ligada por 7 linhas de bonde.
  • Greve

    Greve
    Uma greve geral afeta a cidade. Várias fábricas param com operários pedindo melhores salários e melhores condições de trabalho.
  • Assassinato de Luigi Franco

    Assassinato de Luigi Franco
    O líder sindical Luigi Franco é assassinado. Sua morte enfraquece o movimento grevista. A polícia não consegue descobrir a identidade do assassino.
  • Novo prefeito

    Novo prefeito
    José Paulo Leitão é eleito prefeito de Cerro Azul.
  • Começa a Grande Guerra

    Começa a Primeira Guerra Mundial. O Brasil se declara neutro.
  • Novo prefeito

    Novo prefeito
    Praxedes Soares – professor da Escola de Leis de Cerro Azul – é eleito prefeito.
  • Casamento entre famílias importantes

    Cláudio de Almeida Cruz se casa com Letícia Leitão, selando a paz entre as duas famílias
  • Fundado o Club Olympique Cerro Azul,

     Fundado o Club Olympique Cerro Azul,
    Fundado o Club Olympique Cerro Azul, com patrocínio da Companhia Têxtil Lambert. As equipes esportivas usam as cores Azul Claro e Branco.
  • Mudança de nome do jornal O Conservador

    O jornal O Conservador muda de nome para O Guardião.
  • Brasil entra na Grande Guerra

    O Brasil declara guerra à Aliança Germânica após o afundamento de vários navios brasileiros na costa europeia.
  • Fundado o Club Operário de Desportos

    Fundado o Club Operário de Desportos
    Imigrantes italianos fundam o Club Operário de Desportos. O time de futebol usa as cores Vermelho e Amarelo.
  • Novo Prefeito

    Novo Prefeito
    João Victor Baleeiro Lewis é eleito prefeito de Cerro Azul.
  • Fim da Grande Guerra

    Assinado o Acordo de Paz que pôs fim na Primeira Guerra Mundial
  • Criado o Coleirito

    Criado o Coleirito
    Facundo Saldaña, o Cacu – cartunista argentino radicado em Cerro Azul – cria o personagem Coleirito, publicado no jornal O Guardião e que faz enorme sucesso entre as crianças
  • Imigração síria

    Vinte e três famílias sírias chegam a Cerro Azul, tentando a vida na América após a dissolução do Império Otomano. Eles se dedicam ao comércio e se instalam sobretudo na Cidade Baixa.
  • Fundada a Universidade de Cerro Azul

    A Escola de Leis de Cerro Azul se funde com a Academia de Cirurgiões de Cerro Azul e passa a ser chamada de Universidade de Cerro Azul.
  • Fundado o Museu Histórico da Universidade de Cerro Azul.

    Fundado o Museu Histórico da Universidade de Cerro Azul.
    O antigo Palacete do Barão de São Bartolomeu, onde a família real passou alguns dias em sua breve estada no município foi doado em 1920 para a Universidade de Cerro Azu. O prédio, construído em estilo colonial brasileiro, é onde funciona o Museu Histórico da Universidade de Cerro Azul. Em seu acervo, artefatos das tribos indígenas que habitaram a região, armas e barcos usados para derrotar os piratas, a espada com a qual Baltazar Leitão decapitou Abomalê, fardas dos Voluntários da Pátria , etc
  • Novo prefeito

    Novo prefeito
    José Paulo Leitão se elege prefeito de Cerro Azul pela segunda vez.
  • Movimento sufragista

    A Liga das Senhoras Cerro-azulenses – lideradas por Letícia Leitão Almeida Cruz – realizam manifestações pelo direito ao voto.
  • Prefeito eleito é assassinado

    Prefeito eleito é assassinado
    José Maria Lambert é eleito prefeito de Cerro Azul, mas é assassinado antes da posse. A autoria do crime nunca foi solucionada.
  • Novo prefeito

    Novo prefeito
    Novas eleições foram convocadas, e Cláudio de Almeida Cruz assumiu a prefeitura.
  • Comunista se elege deputado

    Comunista se elege deputado
    José Franco – filho mais novo de Luigi Franco – é eleito deputado federal pelo PCB (se tornando – juntamente com Azevedo Lima – os primeiros deputados do partido ).
  • Partido Comunista Brasileiro é declarado ilegal

    O PCB volta a ser declarado ilegal, e seus parlamentares eleitos perdem o mandato. José Franco foge para o Uruguai.
  • Primeira rádio de Cerro Azul

    Martin Baleeiro Lewis funda a Rádio Folha de Cerro Azul.
  • Espiritismo em Cerro Azul

    O médico Jacques DuValle funda o primeiro grupo de estudos kardecistas de Cerro Azul, em sua casa, no Barão.
  • Crash da bolsa

    Quebra da Bolsa estadunidense. As exportações de açúcar são severamente afetadas.
  • Desenvolvimento da Cidade

    Desenvolvimento da Cidade
    1-Cidade Baixa
    2-Cidade Nova
    3-Barão
    4-Bairro dos Ingleses
    5-Engenho Leitão
    6-Jardim Marselha
    7-Abolição
    8-São Bartolomeu
    9-São Baltazar
    10-Brejo Preto
    11-São Salvador dos Campos dos Goytacazes
    12-Farol de São Thomé
  • Novo Prefeito

    Novo Prefeito
    Júlio César Viveiros – ex-delegado de polícia – é eleito prefeito de Cerro Azul.
  • Revolução de 30

    Getúlio Vargas dá um golpe de Estado e assume a presidência do país.
  • Coleirito em revista

    Coleirito ganha uma revista própria, publicada mensalmente.
  • Revolta Constitucionalista

    Paulistas se revoltam contra o governo federal. Vários Cerro-azulenses se unem às forças federalistas.
  • Movimento Integralista

    Movimento Integralista
    Cláudio de Almeida Cruz funda o Movimento Integralista Cerro-azulense.
  • Governo italiano lança pedra fundamental de consulado em Cerro Azul

    O representante do Fascio - Conde Enrico Pedruzzi - esteve em Cerro Azul para dar início à construção da Domus Italica de Cerro Azul. O edifício foi projetado pelo arquiteto mineiro Pantaleoni Arcuri e ficará na Rua Marechal Floriano Peixoto, 78, no Jardim Marselha.
  • Promulgada nova Constituição

    Nova constituição institui o voto secreto e o voto feminino.
  • Neutralidade na Segunda Guerra Mundial

    No Rio de Janeiro, o Governo brasileiro declara sua neutralidade em relação ao conflito.
  • Desenvolvimento da Cidade

    Desenvolvimento da Cidade
    1-Cidade Baixa
    2-Cidade Nova
    3-Barão
    4-Bairro dos Ingleses
    5-Engenho Leitão
    6-Jardim Marselha
    7-Abolição
    8-São Bartolomeu
    9-São Baltazar
    10-Brejo Preto
    11-São Salvador dos Campos dos Goytacazes
    12-Farol de São Thomé
    13-Doutor Sodenha
  • Início das operações de guerra em águas brasileiras

    Catalinas do Esquadrão VP-52, suportados pelos tênders USS Greene (AVD-13) e USS Thrush (AVP-3), começam as patrulhas anti-submarino no Atlântico Sul, desde Natal (RN), inaugurando assim as operações em águas brasileiras.
  • Rompimento de relações diplomáticas

    O Governo Brasileiro atende a resolução nº 15 da Segunda Reunião de Consulta dos Chanceleres das Repúblicas Americanas e rompe relações diplomáticas com os países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão)
  • Confisco de bens

    O presidente Getúlio Vargas decreta o confisco de bens de imigrantes alemães e italianos no país.
    Em Cerro Azul, o Club Social Italiano muda de nome para Clube Social Goytacaz.
  • Espionagem

    São descobertas no Rio de Janeiro as centrais de rádio da espionagem nazista. Elas estavam equipadas com modernos equipamentos alemães, e tinham a função de reportar o que estava acontecendo, bem como as posições dos navios em rota de abastecimento para o Norte da África.
  • Naufrágio na Costa de Cerro Azul

    Naufrágio na Costa de Cerro Azul
    Às 23:55, o NAux Vital de Oliveira foi posto a pique, atingido por um torpedo do submarino alemão U-861, a 25 milhas ao sul do Farol de São Tomé, na costa fluminense.
    Ele havia partido do porto de Natal trazendo militares para o Rio de Janeiro, e havia feito escalas em Cabedelo, Recife, Salvador e Vitória, de onde saíra escoltado pelo caça submarino Javari. Morreram no naufrágio 99 pessoas dos 270 tripulantes e passageiros.
  • Desenvolvimento da Cidade

    Desenvolvimento da Cidade
    1-Cidade Baixa
    2-Cidade Nova
    3-Barão
    4-Bairro dos Ingleses
    5-Engenho Leitão
    6-Jardim Marselha
    7-Abolição
    8-São Bartolomeu
    9-São Baltazar
    10-Brejo Preto
    11-São Salvador dos Campos dos Goytacazes
    12-Farol de São Thomé
    13-Doutor Sodenha
    14-Praia do Sono
  • Inauguração do Aeroporto

    Inauguração do Aeroporto
    Inauguração do Aeroporto Internacional José Maria Lambert, com a presença do Presidente Getúlio Vargas. No local também passa a funcionar a Base Aérea José Maria Lambert.
  • Desenvolvimento da Cidade

    Desenvolvimento da Cidade
    1-Cidade Baixa
    2-Cidade Nova
    3-Barão
    4-Bairro dos Ingleses
    5-Engenho Leitão
    6-Jardim Marselha
    7-Abolição
    8-São Bartolomeu
    9-São Baltazar
    10-Brejo Preto
    11-São Salvador dos Campos dos Goytacazes
    12-Farol de São Thomé
    13-Doutor Sodenha
    14-Praia do Sono
    15-Bairro Industrial
    16-Ponte Azul
    17-Vila Militar
    18-Quartel do 56o Batalhão de Infantaria
    19-Base Aérea e Aeroporto Internacional José Maria Lambert
  • Descoberta de Petróleo

    A Petrobrás descobre a existência de petróleo no litoral norte fluminense. A reserva é batizada de Bacia de Cerro Azul, e a estatal monta escritórios para explorar o recurso em Cerro Azul e Macaé.
  • Desenvolvimento da cidade

    Desenvolvimento da cidade
    1-Cidade Baixa
    2-Cidade Nova
    3-Barão
    4-Bairro dos Ingleses
    5-Engenho Leitão
    6-Jardim Marselha
    7-Abolição
    8-São Bartolomeu
    9-São Baltazar
    10-Brejo Preto
    11-São Salvador dos Campos dos Goytacazes
    12-Farol de São Thomé
    13-Doutor Sodenha
    14-Praia do Sono
    15-Bairro Industrial
    16-Ponte Azul
    17-Vila Militar
    18-Quartel do 56o Batalhão de Infantaria
    19-Base Aérea e Aeroporto Internacional José Maria Lambert
    20-Bairro Usina
    21-Favela Guaiamuns
    22-Costa Dourada
    23-Favela Bóia Fria
  • Exploração de Petróleo

    Exploração de Petróleo
    Começa a extração de Petróleo na Bacia de Cerro Azul com a inauguração da Plataforma de Viola. Viola é uma plataforma fixa que perfura a 240 metros de profundidade.
  • Desenvolvimento da Cidade

    Desenvolvimento da Cidade
    1-Cidade Baixa
    2-Cidade Nova
    3-Barão
    4-B. dos Ingleses
    5-Engenho Leitão
    6-Jd Marselha
    7-Abolição
    8-S Bartolomeu
    9-S Baltazar
    10-Brejo Preto
    11-S Salvador dos Campos dos Goytacazes
    12-F de São Thomé
    13-Dr Sodenha
    14-Pr do Sono
    15-B Industrial
    16-Ponte Azul
    17-Vila Militar
    18-Quartel do 56o BI
    19-BA e AI José Maria Lambert
    20-B Usina
    21-Favela Guaiamuns
    22-Costa Dourada
    23-Favela Bóia Fria
    24-Estaleiro Goytacaz
    25-Favela da Estiva
    26-Bairro Industrial II
    27-Cavalo de Aço
    28-Favela do Vidão