Matemáticos em Geometria

  • 800 BCE

    Baudhayan

    Baudhayan
    Em sua obra, utilizava valores de π com certo grau de precisão para diferentes construções circulares e, também, apresentou algo próximo do que conhecemos como teorema de pitágoras.
  • Period: 800 BCE to 474

    IDADE ANTIGA

  • 750 BCE

    Manava

    Sua obra continha construções aproximadas de círculos de retângulos e quadrados de círculos, que apresentavam o valor aproximado para π.
  • 624 BCE

    Tales de Mileto

    Tales de Mileto
    Foi atribuído a Tales a descoberta do Teorema de Tales quando o matemático teve a ideia de calcular a altura de uma pirâmide por meio de sua sombra. Além disso, descobriu que os ângulos da base de um triângulos isóceles são iguais, que um diâmetro divide um círculo em partes iguais e entre outros.
  • 569 BCE

    Pitágoras de Samos

    Pitágoras de Samos
    Atribui-se a ele o Teorema de Pitágoras que se refere a um triângulo retângulo em que o quadrado da hipotenusa é igual à soma dos quadrados dos catetos. Além disso, notou que a soma dos ângulos de um triângulo é igual a dois ângulos retos e pesquisou sobre os cincos sólidos regulares e álgebra geométrica.
  • 499 BCE

    Anaxagora de Clazômena

    Anaxagora de Clazômena
    Enquanto estava preso por defender ideias sobre o sol não ser um deus, Anaxagora estudou o problema da quadratura do círculo, construindo com régua e compasso um quadrado com área igual a de um determinado círculo.
  • 480 BCE

    Eudoxus de Cnidus

    Eudoxus de Cnidus
    Utilizou de propriedades da esfera para responder questões astronômicas, explicando o movimento dos planetas a partir de esferas cocêntricas.
  • 470 BCE

    Hipócrates de Quios

    Hipócrates de Quios
    Trabalhou nos problemas de quadratura do círculo e duplicação do cubo. Em suas obras, também incluiu soluções geométricas para equações quadráticas.
  • 460 BCE

    Hípias de Elis

    Hípias de Elis
    Descobriu a curva conhecida como quadratriz, que seria uma curva que ele pode ter usado para fazer a quadratura do círculo e fazer a trisseção dos ângulos.
  • 460 BCE

    Demócrito de Abdera

    Demócrito de Abdera
    Foi o primeiro a afirmar que o volume de um cone é um terço do de um cilindro com a mesma base e altura igual, e que o volume de uma pirâmide é um terço do de um prisma com a mesma base e altura igual. Sua obra é chamada de On numbers, On geometry, On tangencies, On mappings, On irrationals (data desconhecida).
  • 450 BCE

    Bryson de Heracleia

    Bryson de Heracleia
    Segundo documentos, Bryson afirmou que o círculo era maior do que todos os polígonos inscritos e menor do que todos os polígonos circunscritos, entretanto, não se tem argumentos para a continuação deste problema.
  • 420 BCE

    Arquitas de Tarento

    Arquitas de Tarento
    Arquitas foi um dos primeiros estudiosos a usar a forma tridimensional do quadrado e as Curvas de Arquitas. Ele usou a média harmônica na intenção de resolver o problema da duplicação do cubo que se refere a encontrar o volume de um cubo duas vezes maior do cubo dado. Isso mais tarde foi reconhecido como importante na geometria projetiva.
  • 325 BCE

    Euclides de Alexandria

    Euclides de Alexandria
    Euclides, também conhecido como o pai da Geometria, ele define, em sua obra, o espaço como geométrico, simétrico e imutável e, a partir disso, apresenta um pequeno conjunto de axiomas que, consequentemente, veio a se tornar a Geometria Euclidiana. Sua obra ficou conhecida como os Elementos (aproximadamente 300 A.C.). Acesso a obra: https://bityli.com/Nuvzg
  • 310 BCE

    Aristarco de Samos

    Aristarco de Samos
    Estudou a distância entre o sol, a lua e a terra e seus ângulos a partir da ideia de um triângulo. Sua obra ficou conhecida como Aristarchi De magnitudinbus (data desconhecida). Versão traduzida e comentada: https://bit.ly/34jCp5W
  • 287 BCE

    Arquimedes de Siracusa

    Arquimedes de Siracusa
    Arquimedes estudou a relação entre uma esfera e um cilindro circunscrito de mesma altura e diâmetro. Além disso, também trabalhou com a quadratura de uma parábola. Sua obra se chama Archimēdous Panta sōzomena (data desconhecida). Versão traduzida e comentada: https://bit.ly/2TjJxcc
  • 280 BCE

    Nicomedes

    Famoso por seu tratado sobre linhas concóides, que contém sua descoberta da curva concóide que ele usou para resolver vários problemas matemáticos, incluindo a trissecção de ângulos.
  • 280 BCE

    Filo de Bizâncio

    Filo de Bizâncio
    Philo era engenheiro e escritor de mecânica. Apresentou uma construção geométrica que pode ser usada na duplicação do cubo com a finalidade de usar em catapultas. Sua obra ficou conhecida como Isagoge (εἰσαγωγή) - Uma introdução à matemática (data desconhecida).
  • 276 BCE

    Eratostenes de Cirene

    Eratostenes de Cirene
    Em sua obra, estudou conceitos básicos de geometria e aritmética e aplicou em tentativas de duplicação do cubo. Sua obra ficou conhecida como Platonicus (Data desconhecida).
  • 262 BCE

    Apolônio de Perga

    Apolônio de Perga
    Apolônio ficou conhecido como o Grande Geômetra e contribuiu na área da Geometria Analítica. Sua obra fala sobre as cônicas no geral, seus desenhos, diâmetros e tangentes. Ele também utilizou da geometria para a explicar fenômenos da astronomia, conhecida como astronomia matemática grega. Sua obra se chama Conics (data desconhecida).
  • 250 BCE

    Dionysodorus

    Em seu trabalho On the Tore (data desconhecida), calcula o volume de um toro e mostra que ele é igual ao produto da área do círculo gerador com o comprimento do círculo traçado por seu centro girando em torno do eixo de revolução.
  • 240 BCE

    Diocles de Carystus

    Diocles de Carystus
    Trabalhou com a curva da cissoide como parte de uma tentativa de duplicar o cubo. Além disso, estudou o problema de Arquimedes para cortar uma esfera por um plano de forma que os volumes dos segmentos tenham uma determinada proporção. Seu trabalho se chama On the sphere and the cylinder (data desconhecida) e pode ser acessado no link: https://bit.ly/3o95316
  • 200 BCE

    Zenodorus

    Zenodorus mostrou que entre polígonos com perímetro igual e igual número de lados, o polígono regular tem a maior área e que um círculo é maior do que qualquer polígono regular do mesmo perímetro.
  • 190 BCE

    Hypsicles de Alexandria

    Ele é o autor do que foi chamado Livro XIV dos Elementos (150 A.C.) de Euclides, uma obra que trata da inscrição de sólidos regulares em uma esfera.
  • 190 BCE

    Hiparco de Rodes

    Hiparco de Rodes
    Compilou um exemplo inicial de tabelas trigonométricas e deu métodos para resolver triângulos esféricos.
  • 160 BCE

    Teodósio de Bitínia

    Trabalhava com geometria da esfera e sua obra tinha a intenção de dar base matemática para estudar astronomia e dá teoremas que generalizam os dados fornecidos por Euclides em os Elementos. Sua obra é conhecida como Sphaerics (Séc. 2 A.C.) e a cópia encontra-se disponível para compra a versão bilingue (Árabe e Latim) pela editora Franz Steiner Verlag Wiesbaden GmbH.
  • 135 BCE

    Posidonius de Rodes

    Posidonius de Rodes
    Usou geometria para calcular o tamanho e da distância até a lua, e o tamanho e da distância até o sol. Suas medidas da lua são imprecisas em parte porque ele assume uma sombra cilíndrica em vez de cônica.
  • 10 BCE

    Heron de Alexandria

    Heron de Alexandria
    Seu trabalho matemático mais conhecido é a fórmula para a área de um triângulo em termos do comprimento de seus lados. Suas obras maisMetrica (data desconhecida), Definitiones (data desconhecida) e Stereometrica (data desconhecida).
  • 70

    Menelaus de Alexandria

    Menelaus de Alexandria
    Aplicou geometria esférica na astronomia. ele estabeleceu a base para tratar triângulos esféricos como triângulos planos tratados com Euclides . Ele usou arcos de grandes círculos em vez de arcos de círculos paralelos na esfera. Sua obra ficou conhecida como Sphaerica (data desconhecida) e a cópia está disponível para compra pela editora Gale Ecco, Print Editions.
  • 240

    Esporo de Nicéia

    Trabalhou nos problemas clássicos de quadratura do círculo e duplicação do cubo. Além disso, faz críticas a trabalhos sobre quadratura de matemáticos anteriores.
  • 290

    Pappus de Alexandria

    Pappus de Alexandria
    Responsável pelo Teorema de Pappus. Também estudou sobre como cada um dos cinco poliedros regulares podem ser inscritos em uma esféra. Além disso, em sua obra, estuda 13 sólidos semiregulares apresentado por Arquimedes. Sua obra é conhecida como Mathematicae collectiones (1609) e pode ser acessada pelo link: https://bit.ly/35mpP5b
  • 300

    Serenus

    Seus tratados trabalham com a geometria espacial, onde ele estuda o problema de obter uma elipse a partir de cortes em um cone e um cilindro. Além disso, escreveu comentários sobre Conics, de Apolônio. Sua obra se chama La Section du cylindre. La Section du cône (data desconhecida) e a cópia de fragmento da obra está disponível para compra na versão traduzida e comentada pela editora Albert Blanchard.
  • 429

    Zu Chongzhi

    Zu Chongzhi
    Ele introduziu a aproximação 355/113 para π, que é correta com 6 casas decimais.
  • 474

    Antêmio de Tralles

    Descreveu a construção de uma elipse com uma corda fixa nos dois focos e as propriedades focais da parábola. Sua obra é conhecida como On Burning Mirrors (data desconhecida).
  • 476

    Aryabhata the Elder

    Aryabhata the Elder
    Fornece fórmulas para as áreas de um triângulo e círculo e produziu tabelas senoidais. Sua obra é conhecida como Aryabhatiya (499) e sua versão traduzida e comentada por Bhaskara e Somesvara: https://bit.ly/2HYd894
  • Period: 476 to 1464

    IDADE MÉDIA

  • 505

    Varahamihira

    Varahamihira
    Descobriu certas fórmulas trigonométricas e melhorou tabelas senoidais produzidas por Aryabhatha I, fornecendo valores mais precisos. Não teve obras de geometria publicadas.
  • 600

    Bhaskara I

    Apresentou uma aproximação à função seno trigonométrica por meio de uma fração racional e fez comentários na obra de Aryabhata I.
  • 720

    Lalla

    Em seu segundo volume do seu tratado, ele aborda tópicos como representação gráfica, esfera celeste, problemas e assuntos geográficos. Apresentou também uma aproximação para pi.
    Sua obra é conhecida como on the sphere (data desconhecida)
  • 800

    al-Abbas ibn Said Al-Jawhari

    Escreveu comentários sobre algumas proposições postas por Euclides em os Elementos. Suas obras em geometria são Kitāb al-ashkāl allatī zādahā fī al-maqālah al-ūlá min Uqlīdis (data desconhecida) Ziyādāt fī al-maqālah al-khāmisah min Kitāb Uqlīdis (data desconhecida).
  • 800

    Jafar Muhammad Banu Musa

    Trabalhou com cônicas e contribuiu para textos de geometria. Em sua obra, fez uma revisão crítica sobre Conics, de Apolônio. Sua obra se chama Premises of the book of conics (data desconhecida).
  • 800

    Mahavira

    Apresentou processos para calcular o volume de uma esfera e para calcular a raiz do cubo de um número e sua obra se chama Ganita Sara Sangraha (850) e sua versão com comentários em inglês pode ser acessado por este link: https://bit.ly/2TkygIE
  • 800

    Govindasvami

    Descobriu outras regras relacionadas ao cálculo das diferenças senoidais no intervalo de 60 a 90 graus e não teve obras de geometria publicadas.
  • 801

    Abu Yusuf Yaqub ibn Ishaq al-Sabbah Al-Kindi

    Abu Yusuf Yaqub ibn Ishaq al-Sabbah Al-Kindi
    Trabalhou com a teoria das retas paralelas, onde investigou a possibilidade de exibir pares de linhas no plano que são simultaneamente não paralelas e não se cruzam. Sua obra é conhecida como Kitāb al-muʿṭayāt (data desconhecida) e Risālah fī al-kuriyyāt (data desconhecida).
  • 810

    Al-Hasan Banu Musa

    Pouco se sabe sobre a vida de Banu Musa, apenas que escreveu uma obra sobre elipses e sua obra se chama The elongated circular figure (data desconhecida).
  • 820

    Abu Abd Allah Muhammad ibn Isa Al-Mahani

    Trabalhou resoluções de alguns problemas de Arquimedes em cortar esferas. Seus trabalhos são conhecidos como Kitāb fī sittah wa-ʿishrīn shakl min al-maqālah al-ūlá min Uqlīdis allati lā yuḥtāju fī shayʾ minhā ilá al-khulf (data desconhecida) e Tafsīr al-maqālah al-ʿāshirah min kitāb Uqlīdis (data desconhecida).
  • 835

    Ahmed ibn Yusuf al-Misri

    Prova que arcos semelhantes de círculos podem ser iguais e não iguais.
  • 836

    Al-Sabi Thabit ibn Qurra al-Harrani

    Estudou a generalização do teorema de pitágoras não só em triângulos retângulos. Suas obras em geometria intitulam-se Taḥrīr Kitāb al-mafrūḍāt (data desconhecida),
    Kitāb al-mafrūḍāt (thābit ibn qurrah) (data desconhecida) e Kitāb arshimīdis fī al-dawāʾīr al-mutamāssah (data desconhecida). E a obra Taḥrīr Kitāb al-mafrūḍāt pode ser acessado nesse link: https://ismi.mpiwg-berlin.mpg.de/digitalization/281160
  • 850

    Abu Kamil Shuja ibn Aslam ibn Muhammad ibn Shuja

    Trabalhou com problemas geométricos. Escreveu um livro sobre o cálculo da área, perímetro e diagonais de figuras como quadrados, retângulos e vários tipos diferentes de triângulo. Sua obra se chama Misāḥat al-mukhammas wa-al-muʿashshar (data desconhecida)
  • 875

    Abu'l Abbas al-Fadl ibn Hatim Al-Nayrizi

    Fez comentários no livro Os Elementos, de Euclides e suas obras são conhecidas como Risālah fī bayān al-muṣādarah al-mashhūrah li-uqlīdis (data desconhecida)
    e Sharḥ kitāb al-uṣūl li-uqlīdis (nayrīzī) (data desconhecida).
  • 880

    Abu Said Sinan ibn Thabit ibn Qurra

    Escreveu textos sobre a obra de Arquimedes e Euclides referentes a triângulos e geometria, respectivamente. Suas obras são chamadas de Iṣlāḥ kitāb Aqāṭūn fī al-uṣūl al-handasiyyah (data desconhecida) e Maqālah anfadhahā ilá al-malik ʿAḍud al-Dawlah fī al-ashkāl dhawāt al-khuṭūṭ al-mustaqīmah allatī taqaʿu fī al-dāʾirah wa-ʿalayhā (data desconhecida).
  • 900

    Abu Jafar Muhammad ibn al-Hasan Al-Khazin

    Apresentou proposições que mostram que o triângulo equilátero tem uma área maior que qualquer triângulo isóceles ou escaleno de mesmo perímetro e sua obra se chamaTafsīr ṣadr al-maqālah al-ʿāshirah min kitāb uqlīdis (data desconhecida).
  • 908

    Ibrahim ibn Sinan ibn Thabit ibn Qurra

    Estudou, particulamente, tangentes da circunferência. Suas contribuições originais incluem provas do teorema de Pitágoras, uma prova do teorema de Menelau e provas do quinto postulado de Euclides. Seus trabalhos se chamam Kitāb fī al-dawāʾir al-mutamāssah (data desconhecida), Kitāb fī misāḥat al-qaṭʿ al-mukāfī (data desconhecida) e Maqalah fī rasm al-quṭūʿ al-thalāthah (data desconhecida).
  • 920

    Aryabhata II

    Construiu tabelas de seno com até 5 dígitos de precisão.
  • 940

    Abu Sahl Waijan ibn Rustam al-Quhi

    Estudou problemas que se tratavam de equações quadráticas e cúbicas. Suas obras mais conhecidas são Fī al-birkār al-tāmm wa-al-ʿamal bihi (data desconhecida), Fī isṭikhrāj misāḥat al-mujassam al-mukāfīʾ(data desconhecida), Ikhrāj al-khaṭṭayn min nuqṭah ʿalá zāwiyah maʿlūmah (data desconhecida), Fī nisbah mā yaqaʿu bayna thalāthah khuṭūṭ min khaṭṭ wāḥid (data desconhecida) e Ikhrāj al-khaṭṭayn min nuqṭah ʿalá zāwiyah maʿlūmah (data desconhecida).
  • 940

    Vijayanandi

    Fez contribuições para a trigonometria e usou tabelas do seno para precisões na astronomia.
  • 940

    Mohammad Abu'l-Wafa Al-Buzjani

    Escreveu o livro sobre construções geométricas necessárias para artesãos. O livro apresenta construções de ângulos retos, trissecções de ângulos aproximados, parábolas, polígonos regulares e entre outros. Sua obra é conhecida por Oeuvre mathématique d'al-Sijzi (data desconhecida) e tem cópias disponíveis na versão traduzida e comentada disponível para compra pela editora Peeters n.v. Uitgeverij/ Boekhandel.
  • 950

    Abu'l-Hasan Ali ibn Abd al-Rahman ibn Yunus

    Estudou sobre a trigonometria esférica e apresentou tabelas com alta precisão relacionando as horas do dia de acordo com ângulo do sol.
  • 953

    Abu Bekr ibn Muhammad ibn al-Husayn Al-Karaji

    Apresentou um artigo onde define pontos, linhas, superfícies, sólidos e ângulos. Além disso, regras para medir figuras planas e sólidos e métodos para pesar diferentes substâncias.
  • 965

    Abu Ali al-Hasan ibn al-Haytham

    Trabalhou a aplicação da geometria na astronomia, onde considerou as áreas da lua como dois círculos que se interceptam. Além disso, estudou sobre a quadratura do círculo. As suas obras Maqālah mustaqsāt fī al-ashkāl al-hilāliyyah (24A – 43B) e Maqālah fī anna al-kurah awsaʿ al-ashkāl al-mujassamah allatī iḥāṭatuhā mutasāwiyyah wa-anna al-dāʾirah awsaʿ al-ashkāl al-musaṭṭaḥah allatī iḥāṭatuhā mutasāwiyyah (74B – 83) podem ser acessadas por: https://ismi.mpiwg-berlin.mpg.de/digitalization/283709
  • 970

    Abu Nasr Mansur ibn Ali ibn Iraq

    Pioneiro em estudos sobre a lei senoidal, no qual apresentou no seu trabalho sobre trigonometria. Além disso, fez comentários sobre as esféricas de Menelau. Suas obras são intituladas Daʿāwī uqlīdis (data desconhecida), Iṣlāḥ kitāb mānālāʾūs fī al-kuriyyāt (data desconhecida), Majmūʿah rasāʾil mutawassiṭāt wa-daʿawī uqlīdis (data desconhecida).
  • 973

    Abu Arrayhan Muhammad ibn Ahmad al-Biruni

    Estudou trigonometria, teorema do seno no plano e resolução de triângulos esféricos, secções cônicas e trissecção do ângulo. Sua obra de geometria se chama Sanskit translation of Euclid's Elements (data desconhecida)
  • 980

    Abu Mansur ibn Tahir Al-Baghdadi

    Escreveu um livro sobre medição de comprimentos, áreas e volumes.
  • 980

    Abu Ali al-Husain ibn Abdallah ibn Sina (Avicenna)

    Produziu um trabalho de geometria baseado em Os Elementos de Euclides, entretanto, ele não adotou o rigor de do mesmo já que Avicenna não considerava a geometria como um sistema dedutivo de axiomas. O nome de suas obras são desconhecidos.
  • 989

    Abu Abd Allah Muhammad ibn Muadh Al-Jayyani

    Sua obra contém fórmulas para triângulos destros, a lei geral dos senos e a solução de um trângulo esférico por meio de um triângulo polar. Ela se intitula The book of unknown arcs of a sphere (data desconhecida).
  • 1031

    Shen Kua

    Usou geometria esférica e trigonometria para converter coordenadas dadas na forma equatorial para forma elíptca. O nome da sua obra é desconhecido.
  • 1048

    Omar Khayyam

    Descobriu um método geométrico de resolver equações cúbicas cruzando uma parábola com um círculo. Além disso, fez contribuições a geometria não-euclidiada ao fazer comentários ao livro Os Elementos, de Euclides. Sua obra se chama Sharḥ mā ashkala min muṣādarāt kitāb Uqlīdis (data desconhecida).
  • 1060

    Brahmadeva

    Escreveu um trabalho que contém contribuições a trigonometria motivadas pela aplicação na astronomia.
  • 1114

    Bhaskara II

    A segunda parte da sua obra refere-se a estudos da geometria como estudo da esfera, trigonometria esférica, cálculos de elipse e entre outros. Sua obra se intitula Lilavati (data desconhecida).
  • 1130

    Ibn Yahya al-Maghribi Al-Samawal

    Forneceu soluções geométricas para a teoria das soluções quadráticas. O nome de sua obra é desconhecido.
  • 1170

    Leonardo Pisano Fibonacci

    Leonardo Pisano Fibonacci
    Escreveu um livro contendo uma grande coleção de problemas matemáticos com teoremas baseados no trabalho de Euclides. Sua obra é conhecida como Practica geometriae (1219) e a cópia da obra é vendida pela editora Springer-Verlag New York.
  • 1201

    Nasir al-Din al-Tusi

    Nasir al-Din al-Tusi
    Foi o primeiro a considerar a trigonometria como um ramo da matemática pura e não como ferramenta para a astronomia. Em seu trabalho, apresentou a fórmula para senoidal para triângulos planos. Uma de suas obras se chama "Taḥrīr kitāb al-ashkāl al-kuriyyah li-Mānālāʾus (Ṭūsī) e Taḥrīr Kitāb al-mafrūḍāt (data desconhecida) e pode ser acessada pelo link: https://ismi.mpiwg-berlin.mpg.de/digitalization/281160
  • 1214

    Roger Bacon

    Roger Bacon trabalhou com a geometria aplicada na ótica. Sua obra se intitula Opus majus (1267) e pode ser acessada pelo link: https://bit.ly/3Acp8tS
  • 1220

    Muhyi l'din al-Maghribi

    Escreveu um livro sobre o teorema de Menelau e Tratado sobre o cálculo dos senos, usando a interpolação para calcular um valor aproximado para o seno de um grau. Além disso, estudou o problema de duplicação do cubo. Algumas de suas obras em geometria são: Maqālah fī shakl al-qaṭṭāʿ (data desconhecida)
    Risālah fī al-nisbah al-muʾallafah (ibn abī al-shukr), (data desconhecida) e tahdhīb makhrūṭāt abulūniyūs (data desconhecida)
  • 1288

    Levi ben Gerson

    Produziu um trabalho focado na geometria, provando o teorema do seno para triângulos planos e, além disso, apresentou 5 tabelas senoidais. O nome de sua obra é desconhecido.
  • 1295

    Thomas Bradwardine

    Foi um estudioso da geometria especulativa e o primeiro a trabalhar com os "polígonos estelares".
  • 1323

    Nicole d'Oresme

    Foi pioneiro em um tipo de geometria das coordenadas, muito antes de Descartes. Sua obra se chama Tractatus de latitudinibus formarum (1486) e pode ser acessada pelo link: https://bit.ly/3hdfy12
  • 1340

    Narayana Pandit

    Estudou trigonometria e estabeleceu uma regra para encontrar triângulos integrais cujos lados diferem em uma unidade de comprimento e que contêm um par de triângulos retângulos com lados integrais com uma altura integral comum.
  • 1350

    Madhava de Sangamagramma

    Encontrou expanções para as funções trigonometricas e apresentou tabelas com valores quase precisos de seno para 24 arcos. E hoje é conhecido por suas contribuições na série de Madhava-Leibnitz. Sua obra é conhecida como Mahajyānayana prakāra (data desconhecida)
  • 1364

    Qadi Zada al-Rumi

    Produziu tabelas de calendários astronômicos que continham cálculos trigonométricos. Sua obra se intitula Tuḥfat al-Raʾīs Sharḥ ashkāl al-tasīs (1413) e pode ser acessada pelo link: https://ismi.mpiwg-berlin.mpg.de/digitalization/285613
  • 1380

    Ghiyath al-Din Jamshid Mas'ud al-Kashi

    Em seu trabalho com astronomia, apresentou tabelas trigonométricas que dão valores da função seno a quatro dígitos sexagesimais.
  • 1393

    Ulugh Beg

    No seu trabalho junto com matemáticos como Al-Kashi e Qadi Zada, apresentou tabelas com resultados trigonométricos como tabelas de seno e tangente dados intervalos de 1°.
  • 1401

    Nicolau de Cusa

    Escreveu muitos livros que abordam geometria e estudou o círculo como o limite de polígonos regulares.
  • 1432

    Georg Peurbach

    Escreveu um livro sobre cálculo trionométrico e usa geometria em aplicações na astronomia. Sua obra se chama Theoricae nouae planetarum (1544) e pode ser acessada pelo link: https://bit.ly/2ITAg8L
  • 1444

    Nilakantha Somayaji

    Obteu uma expressão aproximada para um arco da circunferência de um círculo derivando uma expansão de série e depois considerando o limite. Sua obra intitula-se Tantrasamgraha(1501) e sua cópia é vendida pela editora Book on Demand Ltd.
  • 1445

    Luca Pacioli

    Foi professor de geometria, entre outras áreas, e uma das suas obras mais famosas, ele trabalha a parte de geometria de Os Elementos de Euclides. Sua obra se chama: Summa de arithmetica, geometria, proportioni et proportionalita (1523) e pode ser acessada pelo link: https://bit.ly/2HqsoKY
  • 1452

    Leonardo da Vinci

    Leonardo da Vinci
    Descobriu vários métodos de quadratura do círculo para aplicação na mecânica. E, além disso, nota-se uma forte presença da geometria em suas artes.
  • 1465

    Scipione del Ferro

    Ferro estudou quais problemas geométricos poderiam ser resolvidos com uma bússola colocada em uma posição fixa.
  • Period: 1465 to

    IDADE MODERNA

  • 1468

    Johann Werner

    Trabalhou com geometria esférica e secções cônicas. Seu trabalho sobre só foi publicado 400 anos depois do seu falecimento. Sua obra de chama De triangulis sphaericis libri quatuor; De meteoroscopiis libri sex (1907) e pode ser acessada pelo link: https://archive.org/details/ioannisvernerid00rhgoog
  • 1471

    Albrecht Dürer

    Apresentou o Tratado de Dürer que abordava proporções humanas usando geometria descritiva.
  • 1480

    Juan de Ortega

    Escreveu um livro sobre aritmética e geometria, onde a parte de geometria apresenta um método de extrair raízes quadradas com muita precisão usando a equação de Pell. Sua obra se intitula Tratado subtilissimus de Aritmetica y de Geometria (1512) e a obra original encontrada na Biblioteca europea di informazione e cultura.
  • 1494

    Francesco Maurolico

    Publicou trabalhos sobre trigonometria e geometria sólida.
  • 1494

    Oronce Fine

    Em seu trabalho, aborda a geometria com bases axiomáticas e medição de comprimento, altura, área de superfície e volumes. Além disso, encontrou uma aproximação para o valor de pi. Sua obra se chama La esfera del mundo (1549).
  • 1502

    Pedro Nunes Salaciense

    Trabalhou com geometria e trigonometria esférica. Estudou os problemas clássicos de quadratura do círculo, trissecção de um ângulo arbitrário e duplicação do cubo. Sua obra se chama Libro de algebra en arithmetica y geometria (1567) e pode ser acessada pelo link: https://bit.ly/37wvCHV
  • 1503

    Cosimo Bartoli

    Em sua obra, trabalha com modos de medir distâncias, superfícies e volumes. Além disso, também estudou demonstrações geométricas da obra de Euclides. Sua obra se chama Measurement and Perspective. Del Modo di Misurare (1654) e a cópia é vendida pela editora Alan Wofsy Fine Arts.
  • 1508

    Regnier Gemma Frisius

    Usou aplicações trigonométricas para resolver problemas astronômicos. Sua obra se chama Usus annuli astronomici (1548) e pode ser acessada pelo link: https://bit.ly/3obZyPn
  • 1514

    Georg Joachim von Lauchen Rheticus

    Em seu trabalho sobre trigonometria que apresenta suas próprias tabelas de senos e cosseno. Inclusive, foi a primeira tabela de cosseno publicada. Sua obra intitula-se Copernicus's De Revolutionibus (1541)
  • 1527

    John Dee

    John Dee
    Escreveu uma obra que fornece métodos trigonométricos que foram aplicados para encontrar a distância de uma estrela. Sua obra se chama Parallacticae Commentationis Praxosque (1573)
  • 1530

    Giovanni Battista Benedetti

    Produziu um trabalho onde, em uma seção sobre geometria, ele trata triângulos esféricos, círculos e seções cônicas. Sua obra se chama Resolutio omnium Euclidis problematum (1553) e pode ser acessada pelo link: https://bit.ly/2TrcgMl
  • 1538

    Christopher Clavius

    Produziu cinco livros onde o primeiro fala sobre os trabalhos de Euclides e "Spheric" de Teodósio. Já o segundo volume é contém seus trabalhos em geometria e em álgebra. Sua obra se chama Christophori Clavii e Scoietate Jesu opera mathematica, quinque tomis distributa (data desconhecida) e pode ser acessada pelo link: https://bit.ly/3olg3sD
  • 1540

    Ludolph Van Ceulen

    Ludolph Van Ceulen
    Conhecido por apresentar a aproximação de π com 35 casas decimais. Esse reconhecimento só veio na publicação de um de seus livros, após a sua morte. Sua obra de geometria publicada foi De circulo et adscriptis liber & Surdorum quadraticorum arithmetica (1619) e pode ser acessada pelo link https://bit.ly/2Te29u2
  • 1540

    François Viète

    François Viète
    Viète interessou-se na geometria pura por causa das teorias planetárias de Copérnico e Ptolomeu. Publicou um livro sobre trigonometria e geometria, onde deu soluções geométricas para dobrar o cubo e dividir um ângulo. Sua obra de geometria publicada foi In Artem analyticam Isagoge (1591) e pode ser acessada pelo link https://bit.ly/34hr2LG
  • 1545

    Guidobaldo Marchese del Monte

    Guidobaldo Marchese del Monte
    Apresentou um tratado que diz que qualquer conjunto de linhas paralelas, não paralelas ao plano da imagem, convergem para um ponto de fuga. Esse tratado é considerado muito importante para a geometria da perspectiva e a geometria projetiva.
  • 1548

    Thomas Digges

    Usou aplicações trigonométricas para encontrar estrelas e resolver problemas astronômicos.
  • 1548

    Pietro Antonio Cataldi

    Pietro Antonio Cataldi
    Usou geometrias não-euclidianas para resolver o Quinto Postulado de Euclides. Sua obra de geometria publicada foi "Due lettioni di Pietro Antonio Cataldi date nella academia erigenda (1613)" e pode ser acessada pelo link https://bit.ly/2HotNC0
  • 1548

    Simon Stevin

    Simon Stevin
    Stevin apresentou um trabalho trabalho de construções relacionadas a polígonos e poliedros, usando o conceito de similaridade, e um estudo de poliedros regulares e semi-regulares.
  • 1549

    Sir Henry Savile

    Sir Henry Savile
    Deu treze palestras preparatórias sobre os livros originais de Euclides que posteriormente viraram obras publicadas. Sua obra de geometria publicada foi "Praelectiones tresdecim in principium elementorum Euclidis (1621)".
  • 1550

    John Napier

    John Napier
    Conhecido pela "Analogia de Napier", usada na solução de triângulos esféricos. O mesmo também encontrou expressões exponenciais para funções trigonométricas.
  • 1552

    Luca Valerio

    Aplicou métodos de Arquimedes para encontrar volumes e centros de gravidade de corpos sólidos. Sua obra de geometria publicada foi "De centro gravitatis solidorum libri tres (1661)" e pode ser acessada pelo link https://bit.ly/34ms0qd
  • 1560

    Thomas Harriot

    Thomas Harriot
    Ele exibiu a espiral logarítmica como a projeção estereográfica de um loxodromo em uma esfera, uma projeção que ele provou ser conforme.
  • 1561

    Thomas Fincke

    Thomas Fincke
    Apresenta a teroria elementar do círculo, a trigonometria plana e trigonometria esférica. Sua obra de geometria publicada foi "Geometria Rotundi (1583)" e pode ser acessada pelo link https://bit.ly/37tFlPg
  • 1561

    Bartholomeo Pitiscus

    Bartholomeo Pitiscus
    Em sua produção, Pitiscus introduz definições da trigonometria plana, define as seis funções trigonometricas e técnicas para construir tabelas das funções. Sua obra de geometria publicada foi "Trigonometriae Sive De dimensione Triangulos rum libri quinque: problematum variorum (1600)" e pode ser acessada pelo link https://bit.ly/3khaxF6
  • 1561

    Adriaan van Roomen

    Adriaan van Roomen
    Trabalhou com a expansão decimal de pi.
  • 1561

    Henry Briggs

    Escreveu trabalhos que nunca foram publicados sobre geometria de Ramus e o tratado de Longomontanus sobre quadratura do círculo. Não tem trabalhos publicados de geometria
  • 1571

    Johannes Kepler

    Johannes Kepler
    Descobriu dois polígonos regulares, elaborou um método de encontrar os volumes de sólidos de revolução e deu o primeiro tratamento matemático de empacotamento próximo de esferas iguais. Sua obra de geometria publicada foi "The Harmony of the World (1997)" e pode ser acessada pelo link https://bit.ly/3dJVGjU
  • 1574

    William Oughtred

    Um dos primeiros trabalhos sobre trigonometria a usar simbolismo conciso em "The Solution of All Spherical Triangles by the Planisphere ", que apresenta resolução de triângulos esféricos pelo planisfério. Suas obras de geometria publicadas são "The Circles of Proportion and the Horizontal lnstrument (1639)" e "Trigonometria: Hoc Est, Modus Computandi Triangulorum Latera & Angulos, Ex Canone Mathematico Traditus & Demonstratus (1657)". https://bit.ly/31qJtLW e https://bit.ly/31uJDC5
  • 1577

    Paul Guldin

    Paul Guldin
    Trabalhou com volume dos sólidos a partir do estudo de figuras obtidas girando outras figuras, por exemplo a esfera obtida girando um semicírculo em torno de seu diâmetro. Sua obra de geometria publicada foi "De Centro gravitatis trium specierum quantitatis continuae (1640)" e pode ser acessada pelo link https://bit.ly/31tbGBP
  • 1581

    Edmund Gunter

    Publicou sete tabelas de figura de logaritmos de senos e tangentes e foi o primeiro a usar as palavras cosseno e cotangente. Em sua obra, estuda da trigonometria em áreas como astronomia e navegação. Sua obra de geometria publicada foi "The Description and Vse of the Sector, Crossestaffe & Other Instruments: With a Canon a Artificiall Sines and Tangents to a Radius of 10000,0000 Parts and the Vse Thereof in Astronomie, Navigation, Dialling, and Fortification, &c (1636)" https://bit.ly/31tmCjc
  • Pierre Vernier

    Em sua obra, Vernier apresenta uma tabela de senos e um método para derivar os ângulos de um triângulo se seus lados forem conhecidos. Ele também descreve sua invenção mais famosa, a do compasso de calibre vernier, um instrumento para medir o comprimento com precisão. Sua obra publicada de geometria foi "La Construction, l'usage, et les propriétés du quadrant nouveau de mathématiques (1631)" e a cópia está disponível para compra pela editora Kessinger Publishing.
  • Gregorius Saint-Vincent

    Gregorius Saint-Vincent
    O seu trabalho, apresenta um estudo de círculos, triângulos, séries geométricas, elipses, parábolas e hipérboles. Seu livro também contém seu método de quadratura, que está relacionado ao de Cavalieri, mas que ele descobriu independentemente. Sua obra de geometria publicada foi "Opus geometricum quadraturae circuli sectionum coni (1647)" e pode ser acessada pelo link https://bit.ly/2ISkr25
  • Claude Mydorge

    Trabalhou com mais de 1000 problemas geométricos e suas soluções, como o método para transformar quadrados em polígonos regulares de área igual e número arbitrário de lados. Alguns matemáticos posteriores apontam erros em partes da obra. Cópia comentada disponível para compra pela editora Wentworth Press: "Examen dv livre des Recreations mathematiqves, & de ses problemes en geometrie mechanique, optique & catoptrique [du J. Leurechon] Où sont aussi ... (1630)"
  • Benjamin Bramer

    Em 1630, construiu um pantógrafo que lhe permitiu desenhar uma perspectica geométrica precisa trabalhada em sua obra de perspecticas trigonométicas. Sua obra publicada foi "Trigonometrica planorum mechanica oder Unterricht und Beschreibung eines neuen und sehr bequemen geometrischen Instrumentes zu allerhand Abmessung (1617)" e pode ser acessada pelo link https://bit.ly/37rVSmF
  • Thomas Hobbes

    Thomas Hobbes
    Desenvolveu sua filosofia social baseando-se em príncipios da geometria e das ciências naturais.
  • Bonaventura Francesco Cavalieri

    Bonaventura Francesco Cavalieri
    Cavalieri escreveu um tratado sobre uma nova abordagem geométrica para comparar áreas de duas figuras planas, ou volumes de duas sólidas, chamada de o método dos indivisíveis. Sua obra de geometria publicada é "Geometria indivisibilibus continuorum nova (1635)" e pode ser acessada pelo link https://bit.ly/35z4UwH
  • Girard Desargues

    Em seu trabalho, Desargues trabalha um novo tipo de geometria, a projetiva ou moderna, onde considera a involução de seus pontos e distências infinitas seguindo para tratar de cônicas. Sua obra de geometria publica foi "Brouillon project d'une atteinte aux evenemens des rencontres du Cone avec um Plan (1639)" e a cópia está disponível para compra pela editora HACHETTE LIVRE-BNF.
  • Albert Girard

    Albert Girard
    Em sua obra, apresentou fórmulas para a área de um triângulo esférico. Além disso, foi o primeiro a usar abreviações para seno, cosseno e tangente. Sua obra publica foi "Tables Des Sinus, Tangentes & Secantes, Selon Le Raid de 100000 Parties. Avec Un Traicté Succinct de la Trigonometrie Tant Des Triangles Plans, Que Spheriques..." e a cópia disponível para compra pela editora Wentworth Press.
  • René Descartes

    René Descartes
    Utilizou o plano cartesiano no intuito de representar planos, retas, curvas e círculos através de equações matemáticas, iniciando assim os primeiros estudos da Geometria Analítica. Sua obra de geometria publica foi "La géométrie (1637)" e pode ser acessada pelo link http://www.gutenberg.org/ebooks/26400
  • Henry Gellibrand

    Fez contribuições na navegação, determinando métodos para calcular, em graus, a localização de um lugar na terra, mais conhecido como longitude. Sua obra de geometria publicada foi "An Epitome of the art of Navigation. Containing the Doctrine of Plain and Spherical Triangles, With Tables of the sun and Stars And the Logarithm ... Corrected and Enlarged With Many Additions (Séc. 18)" e a cópia está disponível para compra pela editoria Gale ECCO, Print Editions.
  • Jean Charles de La Faille

    Jean Charles de La Faille
    La Faille provou que os centros de gravidade de um setor de um círculo, de uma figura regular nele inscrita, de um segmento de um círculo ou de uma elipse se encontram no diâmetro da figura. Sua obra de geometria publicada foi "Theoremata de centro gravitatis partium circulis et ellipsis (1632)" e a cópia está disponível na Biblioteca Europeia de Informação e Cultura.
  • Pierre de Fermat

    Ajudou na criação do que é a Geometria Analítica hoje. Em seus trabalhos, estudou equações gerais da reta, circunferência, e equações mais simples para parábolas, elipses e hipérboles. Sua obra publica é "Writings on Geometrical Loci (1988)"
  • Florimond de Beaune

    Traduziu a obra para o latim e produziu a primeira introdução conhecida da obra La géométrie, de Descartes, e provou as equações que representam a hipérbole, parábola e elipse. Sua obra de geometria publica é "Notes brièves (1649)", A tradução La géométrie em latim pode ser acessada pelo link https://bit.ly/39oEheS
  • Gilles Personne de Roberval

    Gilles Personne de Roberval
    Roberval trabalhou na quadratura das superfícies e da cubagem de sólidos, mais conhecido como método dos indivisíveis. E, além disso, também estudou métodos gerais sobre desenhos tangentes. Sua obra de geometria publica é "Eléments de géométrie (1996)" e pode ser acessada pelo link https://bit.ly/39rEPkh
  • Juan Caramuel y Lobkowitz

    Juan Caramuel y Lobkowitz
    Mesmo com maiores contribuições em teoria dos números, Juan propôs um novo método de trissecção do ângulo.
  • Honoré Fabri

    Honoré Fabri
    Estudou aplicações geométricas na física e trabalhou com a quadratura do ciclódie. Sua obra de geometria publicada é "Synopsis geometrica (1669)" e pode ser acessada pelo link https://bit.ly/3qvupaj
  • Barnabé Brisson

    Fez aplicações de geometria descritiva para a construção de canais de navios e problemas de geometria, em particular em sistemas de roteamento de canais. Sua obra em geometria intitula-se Mémoire sur l'art de tracer les canaux à point de partage (1801).
  • Daniel Friedrich Hecht

    Hetch ficou bastante conhecido pelos seus textos didáticos voltados para os próprios alunos do ensino médio. A cópia da sua obra está disponível para a compra pela editora Wien, Deuticke e intitula-se Lehrbuch der Arithmetik und Geometrie (1812).
  • Johann Carl Friedrich Gauss

    Johann Carl Friedrich Gauss
    Teve muitas publicações voltadas para a geometria. Fez estudos sobre geometria diferencial, seções cônicas, órbitas elíptcas e geometria não euclidiana. Trabalhou na construção de um regular de 17 lados por régua e compasso. Suas obras com os links intitulam-se Disquisitiones Arithmeticae (https://s.si.edu/3uAfr4e), Theoria motus corporum coelestium in sectionibus conicis Solem ambientium (https://bit.ly/3wFPhOT) e Disquisitiones generales circa superficies curva (https://bit.ly/3oYyELT)
  • Louis Poinsot

    Louis Poinsot
    Poinsot foi um dos pioneiros a pesquisar sobre a geometria geométrica. Além disso, publicou um trabalho sobre poliedros, onde descobriu quatro novos poliedros regulares. Esse trabalho é conhecido como Polygons and polyhedra (1809).
  • Benjamin Gompertz

    Foi um estudioso sobre instrumentos científicos e estudos físicos que fazem a aplicação da geometria como o uso de um sextante diferencial ou o método do pêndulo convertido. Suas obras são conhecidas como A new instrument called the differential sextant (1825) e On the converted pendulum (1829).
  • Charles Julien Brianchon

    Brianchon fes estudos relacioandos a geometria projetiva.. Em um de seus trabalhos, ele prova que em qualquer hexágono formado por seis tangentes a uma cônica , as três diagonais se encontram em um ponto. Além disso, em outro trabalho, prova o teorema do círculo de nove pontos. Suas obras são intituladas Mémoire sur les surface courbes du second degré (1806) e Recherches sur la détermination d'une hyperbole équilatère, au moyen de quatres conditions donnée (https://bit.ly/3fYYlrw)
  • Pierre Charles François Dupin

    Estudou e fez contribuições na área de geometria diferencial das superfícies e introduziu estudos do que é conhecido hoje por indicatriz de Dupin, que dá uma indicação do comportamento local de uma superfície até os termos do grau dois. Sua obra é intitulada Développments de géométrie (1813) e pode ser acessada pelo link encurtador.com.br/ijnx4.
  • William George Horner

    William George Horner
    Horner publicou uma série de artigos que embora fossem sobre equações algébricas, apresentaram a solução para o conhecido hoje como problema da borboleta. Sua obra é um diário que continham suas anotações de geometria e é intitulado The Gentleman's Diary (1815).
  • Jacques Philippe Marie Binet

    Foi nomeado examinador de Geometria na escola de engenharias na qual dava aula, em 1814. Seus estudos envolviam geometria projetiva e artes gráficas. Suas obras de geometria são intituladas Sur l'expression analytique de l'élasticité et de la raideur des courbes à double courbure (1814) e Proposition de géométrie (data desconhecida)
  • Jean Victor Poncelet

    Poncelet trabalhou com os principios fundamentais da geometria projetiva moderna, sendo um dos pioneiros nessa área. Suas obras contém algumas propriedades gerais das linhas retas, círculos e seções cônicas, além de sistema de seções cônicas, ângulos, polígonos, e entre outros assuntos. Suas obras e os links onde podem ser acessadas são: Applications d'analyse et de géométrie (https://cutt.ly/KnzOlIc) e Traité des propriétés projectives des Figures (https://cutt.ly/2nzOU1y)
  • Period: to

    IDADE CONTEMPORÂNEA

  • August Ferdinand Möbius

    August Ferdinand Möbius
    Fez estudos na área de geometria projetiva e foi lembrado como um dos pioneiros na de topologia. Na obra apresentada aqui, dá um tratamento geométrico a estática. Em um livro de memórias, ele introduziu a ideia de superfícies unilaterais e a fita de Möbius. Seu livro intitula-se Lehrbuch der Statik (1837) e pode ser acessado pelo link: https://cutt.ly/rnzNFKt
  • Nikolai Ivanovich Lobachevsky

    Nikolai Ivanovich Lobachevsky
    Trabalhou com geometria não-euclidianada, considerando a geometria de Euclides como uma das geometria, visto que ninguém conseguiu procar o quinto postulado. Suas obras intitulam-se Geometriya (1823) e Géométrie imaginaire (1837).
  • Théodore Olivier

    Foi um francês que produziu livros didáticos e fez contribuições na geometria com o resultado de modelos matemáticos que auxiliam no seu ensino. Um exemplo são os modelos de superfícies reguladas para a compreender como são geradas.
  • Michel Chasles

    Chasles fez contribuições nas área de álgebra geométrica e geometria projetiva. Estudou as aplicações do princípio da dualidade na geometria, além de produzir textos sobre a geometria sintética e seções cônicas. Suas obras (com os respectivos links) são: Aperçu historique sur l'origine et le développement des méthodes en géométrie (https://bit.ly/3wjNIq5) e Traité des Section Coniques (https://bit.ly/3gnG1bC)
  • Germinal Dandelin

    Dandelin produziu um livro onde resolve problemas de matemática elementar. Além disso, também estudou sobre projeção estereográfica de uma esfera em um plano. Suas obras (com os respectivos links de acesso0 são: Correspondance sur l'École Polytechnique (https://bit.ly/3xDm4ov), Sur quelque parties de la géométrie (https://bit.ly/2U8ddwn) e Mémoire sur quelques propriétés remarquables de la focale parabolique( https://bit.ly/3vBKptb)
  • Franz Adolph Taurinus

    Inicialmente, Franz tentou provar que a geometria euclidiana era a única geometria, porém, aceitou que em outras geometrias, havia a falta de contradição. Em Geometriae prima elementa (1826), ele escreveu sobre uma geometria chamda de logarítmica-esférica onde a soma dos ângulos internos de um triângulo dá menor que 180º. Suas obras sobre geometria são Theorie der Parallellinien (1825) e Geometriae prima elementa (1826).
  • Gabriel Lamé

    Gabriel Lamé
    Fez estudos sobre geometria diferencial. Em um de seus trabalhos, mostrou um método para calcular ângulos entre as faces dos cristais.
  • Jakob Steiner

    Jakob Steiner
    Steiner contribuiu para a área de geometria projetiva, onde descreveu a "superfícia de Steiner", que tem uma infinidade dupla de seções cônicas. Além disso, mostra que apenas um dado círculo e uma linha reta são necessários para as construções euclidianas. O nome de suas sobras e onde podem ser acessadas são Einige geometrische Betrachtungen (https://bit.ly/3gDhh0C) e Die geometrischen Konstructionen ausgefuhrt mittelst der geraden Linie e eines festen Kreises (https://bit.ly/3iU5Jra)
  • Nikolai Dmetrievich Brashman

    Nikolai Dmetrievich Brashman
    Foi professor de matemática aplicada na Universidade de Moscou. Mesmo com muitos trabalhos em mecânica, ele também fez uma publicação sobre geometria analítica. Sua obra intitula-se Course in Analytical Geometry (1838).
  • Karl Georg Christian von Staudt

    Karl Georg Christian von Staudt
    Suas obras são acerca da geometria projetiva. Nelas, Staudt discute sobre a base da geometria projetiva e pontos imaginários. Suas obras com os respectivos links são: Geometrie der Lage (https://bit.ly/3gEY0vv) e Beiträge zur Geometrie der Lage (https://bit.ly/35F97i2)
  • Étienne E Bobillier

    Seus estudos foram sobre seções cônicas, curvas polares e superfícies algébricas. Sua obra intitula-se Cours de géométrie à l'usage des élèves de l'école royale d'arts et métiers d'Angers (1832) e está localizada em uma instituição de ensino superior da França conhecida como Arts et Métiers ParisTech.
  • Julius Plücker

    Julius fez estudos e contribuições na área da geometria analítica. Em suas obras, aborda demonstrações de teoremas e conceitos de plana reta, círculo e seções cônicas, curvas cúbicas planas, coordenadas no ponto, e entre outras coisas. Suas obras e os links para acessá-las são Analytisch-geometrische Entwickelungen (https://bityli.com/rPFcvJ) e System der analytischen Geometrie, auf neue Betrachtungsweisen gegrundet, und insbesondere eine ausführliche...(https://bit.ly/3BLDWzT)
  • János Bolyai

    Bolyai começou a estudar geometria não-euclidiana após começar o estudo de tentar substituir o axioma do paralelo de Euclides por outro que pudesse ser deduzido dos demais.
  • Jacques Charles François Sturm

    Sturm estudou e fez contribuições nas subáreas de geometria projetiva de curvas e superfícies, geometria infinitesimal, ótica geométrica e geometria projetiva. Algumas de suas obras em geometria são Géométrie élémentaire. Théorèmes sur les polygones réguliers (1824) ,Géométrie analytique e Mémoire sur les lignes du second ordre (1826). O seguinte link dá acesso a todos os artigos de Sturm públicados em uma única revista. A maioria são sobre geometria: https://bityli.com/qfdREP
  • Giusto Bellavitis

    Giusto Bellavitis
    Bellavitis fez muitos estudos na parte de geometria algébrica, pois acreditava que a álgebra tinha que ser baseada na geometria e que seus conceitos só podiam ser mostrados geometricamente. Além disso, fez estudos sobre equipolência. Sua obra é conhecida como Elementi di geometria, trigonometria e geometria analitica esposti in via facile e spedita per servire d'introduzione alla geometria descritiva (1862) e pode ser acessado pelo link: https://bityli.com/Xt6vyw
  • Viktor Yakovlevich Bunyakovsky

    Viktor Yakovlevich Bunyakovsky
    Estudou o quinto postulado de Euclides e fez uma análise crítica das formas anteriores de tentarem prová-lo. Dessa forma, tentou prová-lo por meio da geometria não-euclidiana.