HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA -Fernanda Machado - Artes Visuais- EAD-Polo: Itapemirim-Disciplina: Fotografia- Professora: Larissa Zanin.

  • Jan 1, 1000

    384-322 a.C. A primeira delas foi a câmara escura, em que a sua descoberta é atribuída ao filósofo Aristóteles .

    384-322 a.C. A primeira delas foi a câmara escura, em que a sua descoberta é atribuída ao filósofo Aristóteles .
    384-332 a.C. Ela permitia visualizar eclipses solares sem prejudicar os olhos, através de um pequeno furo na câmara.
    O furo permitia a passagem de luz e a formação de imagens dentro dela, sendo que a nitidez da imagem formada dependia do tamanho do furo: quanto menor o furo, mais nítida era a imagem. O efeito colateral era o escurecimento da imagem formada, pois um furo menor permite passar menos luz.
  • Mar 18, 1515

    Século XVI Leonardo da Vince foi o percussor das câmeras fotograficas.

     Século XVI Leonardo da Vince foi o percussor das câmeras fotograficas.
    1515 – O italiano Leonardo da Vinci descreve cientificamente a câmera escura. Percursor das câmeras fotográficas atuais consiste em uma sala totalmente escura, com um pequeno orifício em uma das paredes através do qual a luz passa, projetando imagens invertidas dos objetos externos na parede oposta á abertura. No final do século XVI, colocam-se lentes no orifício para melhorar a projeção das imagens. Nesse período, a câmera escura era usada pelos pintores para copiar imagens da natureza.
  • O professor alemão Johann Heinrich Schulze constata que a luz provoca o escurecimento de sais de prata. Século XVIII

    O professor alemão Johann Heinrich Schulze constata que a luz provoca o escurecimento de sais de prata. Século XVIII
    1727- O professor alemão Johann Heinrich Schulze constata que a luz provoca o escurecimento de sais de prata. Essa descoberta, em conjunto com a câmera escura, fornece a tecnologia básica para o posterior desenvolvimento da fotografia.
  • A primeira imagem fotográfica conhecida, Século XIX

     A primeira imagem fotográfica conhecida, Século XIX
    1826 – O físico francês Joseph Nicéphore Niépce consegue fixar a primeira imagem fotográfica conhecida, uma paisagem campestre vista da janela da sua casa. Ele coloca uma placa sensibilizada quimicamente dentro de uma câmera escura com orifício para exposição á luz, processo que demora na época, oito horas.
  • Louis Daguerre

    Louis Daguerre
    1835 – O pintor francês Louis Daguerre descobre que a placa de cobre coberta com sais de prata consegue captar imagens, que podem se tornar visíveis ao seres expostas ao vapor de mercúrio.
  • Daguerreótipo.

    Daguerreótipo.
    Em Janeiro de 1839, Daguerre anuncia suas descobertas na Academia Frncesa de Ciências e ganha todos os créditos pela invenção da fotografia. Ele denomina a sua inveção de Daguerreótipo.
  • William Henry Fox Talbot

    William Henry Fox Talbot
    1839 – 1840 – O físico britânico William Henry Fox Talbot cria uma base de papel emulsionada com sais de prata que registra uma matriz em negativo a partir da qual é possível fazer copias positiva.
  • 1º daguerreóipo tirado na América do Sul por Louis Compte, Rio de Janeiro 1840.

    1º daguerreóipo tirado na América do Sul por Louis Compte, Rio de Janeiro 1840.
    O abade Louis Compte em 16 de janeiro de 1840 quando aportou no Rio de Janeiro fez uma demonstração a Dom Pedro II do daguerrotipo. D. Pedro II, possivelmente tenha se tornado o primeiro fotógrafo com menos de 15 anos do Brasil, quando no mesmo ano de 1840 adquiriu um daguerreótipo, em Paris.
  • O calótipo ou talbótipo foi um processo fotográfico pioneiro, antecessor da atual fotografia empregando negativo/positivo.

    O calótipo ou talbótipo foi um processo fotográfico pioneiro, antecessor da atual fotografia empregando negativo/positivo.
    O processo, chamado de calótipo e patenteado em 1841, é mais barato do que o de Daguerre, tornando a fotografia mais acessível e mais presente na vida das pessoas.
  • rimeiro livro ilustrado com fotografia.

    rimeiro livro ilustrado com fotografia.
    Entre 1844 e 1846 Talbot publica “The pencil of nature” o primeiro livro ilustrado com fotografia.
  • Frederick Scott Archer

    Frederick Scott Archer
    1851 – O escultor britânico Frederick Scott Archer desenvolve o processo, chamado colódio úmido, negativo feito sobre placas de vidro sensibilizadas com uma solução de nitrocelulose com álcool e éter. O fotografo tem de sensibilizar a placa imediatamente antes da exposição e revelar a imagem logo depois. Esse processo é 20 vezes mais rápido que os anteriores e os negativos apresentam uma riqueza de detalhes semelhantes á do daguerreotipo, com a vantagem de permitir a produção de várias copias.
  • Movimento pictorialismo.

    1854 – 1910 – Nesse período desenvolve-se o movimento denominado pictorialismo, que se caracteriza por uma tentativa de aproximação da fotografia com a pintura. Para isso, os fotógrafos retocam a pintam as fotos, riscam os negativos ou embaçam as imagens. Também empregam em suas composições e assuntos característicos da pintura. Seus temas são em geral paisagem, natureza-morta e retrato .
  • Roger Fenton

    Roger Fenton
    1855 – O britânico Roger Fenton fotografa durante quatro meses a Guerra da Criméia (1853-1856), Para fazer seu trabalho, transforma uma carruagem puxada por cavalos em quarto escuro, onde revela as chapas. Ao todo, produz 360 fotografias. Realiza assim a primeira grande documentação de uma guerra e início ao fotojornalismo.
  • A Sutton Panoramic

    A Sutton Panoramic
    A Sutton Panoramic foi a primeira câmera a fazer fotos panorâmicas através de uma lente grande angular, que era preenchida com água.
  • Fotografia da cobertura da Guerra Civil

    Fotografia  da cobertura da Guerra Civil
    1861 – 1865 – O norte- americano Mathew Brady faz a cobertura da Guerra Civil Americana e torna-se um dos primeiros fotojornalistas do mundo.
  • Richard Maddox

    1871 – O médico britânico Richard Maddox cria chapas secas de gelatina com sais de prata, em substituição ao colódio úmido.
  • Edward Muybridge, Fotografia o movimento de um cavalo galopando.

     Edward Muybridge, Fotografia o movimento de um cavalo galopando.
    1878 – Edward Muybridge, fotografo inglês (9 de abril de 1930 -8 de maio de 1904) reproduz em fotografia o movimento de um cavalo galopando. Conhecido por seus experimentos com o uso de múltiplas câmeras para captar o movimento, além de inventor do zoopraxiscópio- dispositivo para projetar os retratos de movimento que seria percursor da película de celulóide (filme) e do cinema.
  • Aphonse Bertillon

    1882 – O francês Aphonse Bertillon inventa o sistema de identificação de criminosos através da ampliação fotográfica das impressões digitais.
  • A primeira câmera portátil, a Kodak.

    A primeira câmera portátil, a Kodak.
    1888 – O norte-americano George Eastman desenvolve a primeira câmera portátil, a Kodak, vendia com um filme de rolo de papel suficiente para tirar 100 fotografias. Terminado o rolo, o cliente manda a câmera inteira para e empresa Eastman, que revela o filme e faz as copias, devolvendo o aparelho com um novo rolo de filme. O lema da Eastman é “ você aperta o botão, nos fazemos o resto”. A simplicidade da câmera Kodak é responsável pela popularização da fotografia amadora.
  • Kodak nº 1

    Kodak nº 1
    Kodak nº 1 foi a primeira câmera a utilizar filme de rolo, destinada ao fotógrafo amador.
  • Folding Pocket Kodak

    Folding Pocket Kodak
    Folding Pocket Kodak foi a primeira câmera de fole dobrável, que proporcionou uma maior mobilidade das câmeras profissionais.
  • Movimento de fotossecessão.

    1902 – O norte americano Alfred Stieglitz funda o movimento de fotossecessão, no qual a foto passa a ser valorizada com expressão artística própria, diferente das demais artes. Os fotossencessionistas defendem a fotografia sem retoques ou manipulação dos negativos e nas copias, em relação ao pictorialismo. A fotografia se aproxima do abstracionismo, com ênfase na forma e não no objeto em si.
  • Dr Miethe's Dreifarben

    Dr Miethe's Dreifarben
    Dr Miethe's Dreifarben foi uma câmera de três cores projetada pelo Dr. Adolf Miethe.
  • August e Louis Lumiére

    August e Louis Lumiére
    1907 – Os franceses August e Louis Lumiére introduzem o autocrome, o primeiro processo fotográfico colorido. Consiste em uma placa de vidro coberta com grãos de amido tingido( que agem como filtros para cores primarias) e de poeira preta( que bloqueiam a luz não filtrada pelo amido). Sobre essa placa preparada é colocada uma fina camada de emulsão pancromática( sensível a todas as cores), obtendo-se uma transparência colorida positiva.
  • Debrie Sept

    Debrie Sept
    Debrie Sept foi uma câmera que podia ser usada tanto para o registro de imagens fixas, como para sequências cinematográficas.
  • Ur-Leica

    Ur-Leica
    Ur-Leica foi um protótipo de câmera 35 milímetros, projetada por Oskar Barnack.
  • A presença de fotos na imprensa.

    1915 – Com o aperfeiçoamento dos processos de impressão, os jornais diários começam a utilizar a fotografia com mais frequência para ilustrar as reportagens, em substituição ao desenho.
  • a fotografia liga-se ao movimento artístico de vanguarda.

    1919- 1938 – Ao final da I Guerra Mundial, a fotografia liga-se ao movimento artístico de vanguarda , como o cubismo e o surrealismo. Fotógrafos como o norte americano Man Rey e o húngaro László Moholy- Nagy trabalham em estreita ligação com os pintores e outros artistas. As técnicas de fotomontagem( manipulação de negativos) e fotograma(imagem direta sobre o papel fotográfico, sem uso do negativo e da câmera) são amplamente usadas.
  • Edward Weston

    Edward Weston
    1923 – O norte americano Edward Weston introduz a fotografia pura sem retoques ou manipulações. Ele adota o uso mais realista e direto da câmera, com ênfase na forma abstrata, porem sem impedir a identificação do objeto fotografado.
  • Ermanox

    Ermanox
    Ermanox foi uma criada pelo alemão Heinrich Ernemann e muito utilizada para o fotojornalismo.
  • Albert Renger-Patzsch.

    Albert Renger-Patzsch.
    1925 – Na Alemanha surge um estilo realista conhecido como Nova objetividade, que propõe uma fotografia puramente objetiva, em oposição ao pictorialismo. Seu maior representante é Albert Renger-Patzsch, autor de fotografias que se caracterizam por linhas fortes, documentação factual e grande realismo. Outro expoente do movimento é August Sander.
  • Fotojornalismo

    1928- 1929 – O fotojornalismo desenvolve-se na Alemanha nas revistas Berliner Ilustrierte e Munchener Ilustrierte Presse. Os principais nomes dessa época são o alemão Erich Salomon e o britânico Felix Man.
  • Fotografia na publicidade.

    1929 – As fotografias começam a ocupar grande espaço na publicidade, considerada um dos principais processos de criação artístico nesse período. Vários profissionais importantes na época, como Cecil Beaton, Man Rey, Moholy- Nagy e Edward Steichen, fazem fotografias publicitarias paralelamente ao seu trabalho artístico pessoal.
  • Henri Cartier- Bresson.

    Henri Cartier- Bresson.
    1932 – O francês Henri Cartier- Bresson começa sua carreira como fotojornalista, desenvolvendo um estilo definitivo por ele como a busca pelo “momento decisivo”, isto é, pelo instante fugaz em que uma imagem se forma por completamente em frente a câmera. Por isso, não realiza nenhum tipo de retoque ou manipulação das imagens. Cartier –Bresson torna-se o mais influente fotojornalista de sua época.
  • Contax I

    Contax I
    Contax I foi uma câmera 35mm, criada para competir com a Leica e que apresentou vários avanços tecnológicos.
  • Flash eletrônico, luz relâmpago

    Flash eletrônico, luz relâmpago
    1933 – O norte americano Harold Edgerton desenvolve o flash eletrônico, luz relâmpago.
  • Exakta

    Exakta
  • Kwanon

    Kwanon
    Kwanon foi a primeira câmera 35mm (protótipo) do Japão, precedente da Canon como conhecemos hoje.
  • filme Kodacrome

    filme Kodacrome
    1935 – Os norte- americanos Leopold Godowsk Jr. E Leopold Mannes inventam o filme Kodacrome, que permite a obtenção de transparência (slides) coloridas com grande riqueza de detalhes e tons, próprias para reprodução ou projeção.
  • Hansa Canon

    Hansa Canon
    Hansa Canon foi a primeira câmera 35mm fabricada em série do Japão.
  • Lentes zoom

    Lentes zoom
    1945 – A empresa austríaca Voigtlander desenvolve lentes zoom, que permite fotografar objetos situados a grande distancia da câmera.
  • A Polaroid Model 95

    A Polaroid Model 95
    A Polaroid Model 95 foi a primeira câmera com filme instantânea da história, projetada por Edwin Land.
  • Nikon I

    Nikon I
    Nikon I foi a primeira câmera da Nikon.
  • Kapsa "Pinta Vermelha"

    Kapsa "Pinta Vermelha"
    Kapsa "Pinta Vermelha" foi uma câmera de fabricação brasileira.
  • Década de 50.

    Década de 50 – Após a II Guerra Mundial, uma corrente da fotografia volta a passar por uma fase abstracionista e deixa de ter compromisso de registrar a realidade. Adota-se o uso expressivo e emocional das imagens. Nessa linha destaca-se o trabalho do norte americano Minor White. Para ele, a fotografia deve se transformada para que o espectador perceba a mensagem interior da imagem, não visível na superfície.
  • Sputnik

    Sputnik
    Sputnik é um modelo de câmera estéreo de médio formato fabricada na Russia.
  • Kodak Brownie Flash II, III e IV

    Kodak Brownie Flash II, III e IV
    Kodak Brownie Flash II, III e IV foi uma série de câmeras muito popular
  • Leica MP2

    Leica MP2
    Leica MP2 foi a primeira câmera com um motor elétrico acoplado.
  • Canonflex

    Canonflex
    Canonflex foi a primeira SLR da Canon.
  • Diana

    Diana
    Diana foi uma câmera de baixo custo muito popular durante a década de 1960, utilizada para fazer fotografias impressionistas
  • Década de 60

    Década de 60 – Nesse período desenvolve-se um grande intercambio entre o trabalho de fotógrafo e artistas plásticos. Muitos fotógrafos usam técnicas manuais de manipulação de imagens, como retoque e pintura de negativos e cópias. Os pintores, por sua vez, imitam a visão fotográfica ( figurativa) e introduzem fotos em suas obras, por meio de colagem ou reprodução em silkscreen, como ocorre na pop art.
  • fotografia em três dimensões

    fotografia em três dimensões
    1962 – Os norte-americanos Emmett Leith e Juris Upatnieks e o soviético Yuri Denisyuk desenvolvem simultaneamente a holografia, fotografia em três dimensões obtida por meio da exposição de um filme á luz de raio laser refletida em um objeto.
  • Rollei 35

    Rollei 35
    Rollei 35 .A menor câmera 35mm fabricada em sua época, teve cerca de 2 milhões de unidades produzidas
  • Olympus Trip 35

    	Olympus Trip 35
    Olympus Trip 35 foi a câmera compacta mais popular da década de 1970.
  • Década de 70

    Década de 70 – As fotografias ganham maior importância como as obras de artes. Começam a ser produzidas com mais frequência em formato de livro, são exibidas em galerias e museus e compradas por colecionadores. A fotografia passa também a ser objeto de estudo acadêmico, como arte que deve ser compreendida e estudada, a exemplo das demais manifestações artísticas (pintura, música, literatura, entre outras).
  • Polaroid SX-70

    Polaroid SX-70
    Polaroid SX-70 foi a primeira SLR a usar filme instantâneo.
  • A Kodak Sasson

    A Kodak Sasson
    A Kodak Sasson foi o protótipo da primeira câmera fotográfica sem filme da história.
  • A Pentax K1000

    A Pentax K1000
    A Pentax K1000 foi uma popular câmera SLR fabricada por mais de 20 anos e muito utilizada por estudantes de fotografia.
  • Konica C35 AF

    Konica C35 AF
    Konica C35 AF foi a primeira câmera compacta com autofoco.
  • Década de 80

    Década de 80 – Nesse período, é reforçado a visão da fotografia como obra capaz de transmitir informação e prazer, mais também como meio de comunicar mensagens politicas e sociais. Cresce a importância da imagem fotográfica como instrumento da publicidade.
  • Polaroid 600

    Polaroid 600
    Polaroid 600 é uma série de câmeras de filmes instantâneos muito populares e relativamente baratas.
  • Sebastião Salgado

    Sebastião Salgado
    1981- O brasileiro Sebastião Salgado torna-se mundialmente conhecido ao ser o único fotografo a registrar a tentativa de assassinato do presidente norte-americano norte- americano Ronald Reagan
  • A Sony Mavica

    A Sony Mavica
    A Sony Mavica foi a primeira câmera eletrônica da história.
  • A Holga

    A Holga
    A Holga é uma câmera de médio formato, de baixo custo, projetada por TM Lee, que tornou-se sucessora da Diana.
  • Canon T50

    Canon  T50
    Canon T50 foi a primeira câmera SLR automática.
  • Zenit 122

    Zenit 122
    Zenit 122 foi uma câmera SLR muito popular durante a década de 1990 devido a seu baixo custo.
  • Década de 90

    Década de 90 – Intensifica-se o uso das câmeras digitais, principalmente no fotojornalismo e na publicidade. Nessas câmeras, o filme é substituído por um disco ou cartão de memoria no qual as imagens são armazenadas digitalmente
  • Kodak DCS 100

    Kodak DCS 100
    Kodak DCS 100 foi a primeira câmera SLR digital.
  • Fotografia mais cara do mundo.

    Fotografia mais cara do mundo.
    1993 – Glass Tears, de Man Rey, torna-se a fotografia mais cara do mundo, ao ser vendida por U$$ 65mil.
  • Modelos avançados de câmeras digitais.

    2000 – Aparecimento de diversos modelos avançados de câmeras digitais: SinarScitex – PhaseOne – Dicomed – Kodak/ Nikon, Canon, Epson, etc.2002 – Canon lança a primeira câmera full frame, EOS- 1Ds.
  • Kodak pede concordata

    2011 – Em dezembro de 2011, as ações da Kodak na Bolsa de Nova York caem para o patamar de US$ 0,40. O valor mínimo de cada ação para o pregão é de US$ 1,00. Em janeiro de 2012, a Kodak pede concordata com rumores que deverá quebrar até meados de 2012. O império de seu fundador George Eastman, apesar de ter inventado a primeira câmera digital em 1957, não acreditou que a corrida pela fotografia digital seria rápida e que dizimaria aqueles que não estivessem tecnologicamente atualizados.
  • Astalift,

    Astalift,
    2012 A Fuifilm aposta na diversificação e entra no mercado de beleza, com o lançamento de produtos antienvelhecimento. Batizada de Astalift, a linha promete melhorar o tônus da pele e protege contra a ação de raios ultravioletas. A justificativa é a longa experiência com colágeno e substâncias antioxidantes usadas para garantir que as imagens tiradas com câmeras fotográficas tenha boa fixação e não se percam com o tempo.
  • Até hoje.

    Ate hoje – Novos sensores, processadores e novas pesquisas para imagens em 3D.