as origens

  • 40,000 BCE

    Período paleolitico

    Período paleolitico
    período da pré-história, quando os antepassados do Homem começaram a produzir os primeiros artefatos em pedra lascada, destacando-se de todos os outros
  • 40,000 BCE

    Pré-história

    Pré-história
    corresponde ao período da história que antecede a invenção da escrita, desde o começo dos tempos históricos registrados.
  • 38,000 BCE

    Arte rupestre

    Arte rupestre
    O homem pré-histórico era capaz de se expressar artisticamente através dos desenhos que fazia nas paredes de suas cavernas. Suas pinturas mostravam os animais e pessoas do período em que vivia, além de cenas de seu cotidiano (caça, rituais, danças, alimentação, etc.).
  • 10,000 BCE

    Período neolítico

    Período neolítico
    Nesta época o homem atingiu um importante grau de desenvolvimento e estabilidade. Com a sedentarização, a criação de animais e a agricultura em pleno desenvolvimento, as comunidades puderam trilhar novos caminhos.
  • 3200 BCE

    Arte Egípcia

    Arte Egípcia
    A arte, no período era padronizada, pois seguia critérios religiosos; assim, não se fazia uso da criatividade ou da imaginação. As pinturas eram anônimas e não registravam o estilo do artista, mas o faraó. A primeira regra a ser seguida era: A lei da frontalidade: era obrigatória e consistia na representação de pessoas com o tronco de frente, os pés, a cabeça e as pernas ficavam de perfil.
  • 2000 BCE

    Origem do japonês

    Origem do japonês
  • 2000 BCE

    Sistema de numeração romana

    Sistema de numeração romana
    A numeração romana é um sistema de numeração que usa letras maiúsculas, as quais são atribuídos valores.
  • 1701 BCE

    Criação dos mitos

    Criação dos mitos
    Homero
    Hesíodo
    São narrativas utilizadas pelos povos gregos antigos para explicar fatos da realidade e fenômenos da natureza, as origens do mundo e do homem, que não eram compreendidos por eles.
  • 1500 BCE

    Arte mesopotâmica

    Arte mesopotâmica
    Reflete a história, a política, a religião, as forças da natureza e as diversas conquistas dos povos que habitaram o local.
    Os principais materiais utilizados para a produção da arte mesopotâmica eram a argila, o adobe, a terracota, a cerâmica, o cobre, o bronze, o basalto, o ouro, a prata, o estanho, o alabastro, o junco, o marfim e diversas pedras preciosas.
  • 1408 BCE

    Teoria dos quatro elementos

    Teoria dos quatro elementos
    foi criada por um filósofo grego, Empédocles. Segundo ele, tudo que existe no universo seria composto por quatro elementos principais: terra, fogo, ar e água.
  • 1300 BCE

    Arte Grega

    Arte Grega
    A arte grega foi considerada livre, pois valorizava o homem, como sendo o ser mais importante do universo. O dia a dia, a natureza e as manifestações dos gregos eram retratadas na arte. Eles procuravam o equilíbrio, o ritmo, a harmonia, pois estavam em busca da perfeição.
  • 900 BCE

    Surgimento da filosofia

    Surgimento da filosofia
    Pré-socraticos
    Regiao da turquia
  • 709 BCE

    Idade clássica

    Idade clássica
    O termo Antiguidade Clássica refere-se a um longo período da História da Europa, com o surgimento da poesia grega de Homero. No eixo condutor desta época, que a diferencia de outras anteriores ou posteriores, estão os fatores culturais das suas civilizações mais marcantes, a Grécia e a Roma antigas.
  • Period: 624 BCE to 548 BCE

    Tales de mileto

    Arché- agua fundamental pra vida
  • Period: 610 BCE to 546 BCE

    Anaximandro

    Arché- principio das coisas indeterminado
  • Period: 588 BCE to 524 BCE

    Anaxímenes

    Arché- ar
  • Period: 530 BCE to 460 BCE

    Paramedes de eléia

    Razão x opinião
    A constastação de mobilidade do ser estaria fundada na opinião, já que a razão o relevaria. Uno, eterno, imutável e ilimitado.
  • Period: 490 BCE to 430 BCE

    Empédoeles de agrigento

    Arché-4 elementos
  • 469 BCE

    Sócrates

    Sócrates
    Pai da filosofia
    Questiona
    Mito da caverna (enxergar o mundo real)
    Filosofia- verdadeiro conhecimento
  • Period: 460 BCE to 370 BCE

    Democrito de abdera

    Realidade é formada por particulas indivisiveis e invisiveis, que se moveriam novácuo
  • 427 BCE

    Platão

    Platão
    Divide em 2 mundos: sensível- crença/opinião, mundo físico, sentidos.
    Intelígivel- mundo das ideias, pensamento, lógos, razão, conhecimento verdadeiro, ideias são inatas.
  • 401 BCE

    Origem do chinês

    Origem do chinês
  • 400 BCE

    Abiogênese

    Abiogênese
    Explica a origem da vida a partir da matéria bruta, ou seja, de uma matéria sem vida.
  • 383 BCE

    Aristóteles

    Aristóteles
    Não divide em dois mundos.
    Graus de conhecimento-sensação, percepção, imaginação, memória, raciocínio, intuição, sendo sensação o ato e intuição a potência.
  • 330 BCE

    Euclides De Alexandria

    Euclides De Alexandria
    Euclides foi um importante matemático da escola platônica e é conhecido até hoje como o Pai da Geometria.
    realizou seus estudos em Atenas. Ele é até hoje, na história da Matemática, considerado como um dos mais significativos estudiosos deste campo. Um dos maiores méritos de Euclides foi a preocupação em demonstrar os mais simples conceitos e prova-los.
  • 323 BCE

    Helenismo

    Helenismo
    O período conhecido como helenístico foi um marco entre o domínio da cultura grega e o advento da civilização romana. Os sopros inspiradores da Grécia se disseminaram, nesta época, por toda uma região exterior conquistada por Alexandre Magno, rei da Macedônia.
    Cinismo - Diogenes
    Citicismo - Pino de Élis
    Epicurismo
    Estoicismo
  • Period: 535 to 475

    Heráclito de efeso

    O mundo é um fluxo constante regido pelos logos que se mantem inalterado- devir
    mobilismo= mudança
  • Period: 571 to 500

    Pitágoras

    Arché- números
  • Apr 19, 622

    Surgimento do islamismo

    Surgimento do islamismo
  • May 17, 753

    Arte Romana

    Arte Romana
    A arte romana teria sido influenciada pela cultura etrusca, arte popular que retratava o cotidiano; e pela cultura greco-helenística, expressando o ideal de beleza, em diferentes regiões da Itália. Os pintores romanos usaram, ao mesmo tempo que o realismo, a imaginação, dando origem à obras que ocupavam grandes espaços, enriquecendo mais a arquitetura.
  • Apr 17, 1001

    Chines médio

    Chines médio
  • Period: Apr 4, 1184 to Apr 5, 1418

    Trovadorismo

    Foi a primeira manifestação literária da língua portuguesa.Na lírica medieval, os trovadores eram os artistas de origem nobre, que compunham e cantavam, com o acompanhamento de instrumentos musicais, as cantigas
  • Period: Apr 17, 1201 to Apr 18, 1301

    Alquimia

    A química da Idade Média, que procurava descobrir a panaceia universal, ou remédio contra todos os males físicos e morais, e a pedra filosofal, que deveria transformar os metais em ouro; espagiria, espagírica.
  • Apr 17, 1400

    Origem do alemão

    Origem do alemão
  • Apr 19, 1401

    Surgimento dos mapas

    Surgimento dos mapas
    Os mapas antigos traziam informações visuais importantes para explicar o espaço habitado pelo homem.
  • Period: Jan 24, 1418 to

    Classicismo

    Pensamento humanista
    Antropocentrismo
    Racionalismo
    Cultura clássica (Gregos)
  • Apr 26, 1453

    Idade média

    Idade média
    Conhecido como idade das trevas, a Idade Média caracteriza-se pela economia ruralizada, enfraquecimento comercial, supremacia da Igreja Católica, sistema de produção feudal e sociedade hierarquizada.
  • Jan 1, 1501

    Grandes navegações

    Grandes navegações
    período de expansão maritma e territorial dos paises europeus
  • 1520

    Renascimento

    Renascimento
    Nasceu na Itália;
    Racionalidade;
    antropocentrismo;
    Rigor Científico;
    Ideal Humanista;
    Reutilização das artes greco-romana.
  • 1572

    Os lusíadas

    Os lusíadas
    Os Lusíadas é uma obra poética do escritor Luís Vaz de Camões, considerada a epopeia portuguesa por excelência.
    A obra é composta de dez cantos, 1.102 estrofes e 8.816 versos que são oitavas decassílabas, sujeitas ao esquema rímico fixo AB AB AB CC – oitava rima camoniana.
  • Escola alemã

    Escola alemã
    Determinismo: concepção segundo a qual o meio ambiente define ou influencia fortemente a fisiologia e a psicologia humana.
    Povos em função das relações de causa e efeito que se estabeleceriam na interação natureza/homem.
  • Antoine Laurent de Lavoisier

    Antoine Laurent de Lavoisier
    É reconhecido por ter enunciado o princípio da conservação da matéria.
    Identificou e batizou o oxigênio, refutou a teoria flogística e participou na reforma da nomenclatura química.
  • Comte

    Comte
    Criador do positivismo
    3 estágios:
    teológico,metafísico, positivo
    Na democracia não existe ordem e assim não existe o progresso. Ela levava ao caos.

    Á partir da odem se chega ao estado positivo que seria a plenitude intelectual com a admissão dos limites do entendimento.
    Sociedade saudável é o que tem ordem.
  • Escola francesa

    Escola francesa
    Possibilismo: o ambiente natural (muitas vezes referido como Natureza) como um mero fornecedor de possibilidades para a modificação humana, não determinando a evolução das sociedades, sendo o homem o principal agente geográfico.
  • Biogênese

    Biogênese
    Seres vivos provém apenas de outros seres vivos, através da reprodução
  • Period: to

    Geografia moderna

    Relação entre fenomenos da natureza e o homem
    Positivismo -> sociedade apenas componente do espaço
    Determinismo -> natureza determina a sociedade
  • Mandarim origem

    Mandarim origem
  • Period: to

    Espanhol contemporâneo

  • Karl Marx

    Karl Marx
    Criador da teoria comunista, onde ele critica o sistema capitalista em sua obra O capital. Ele critica os burgueses e diz que o proletário é explorado.
  • Teoria Oparim e Haldane

    Teoria Oparim e Haldane
    Os seres vivos surgiram a partir de moléculas orgânicas presentes na atmosfera primitiva.
  • Durkheim

    Durkheim
    Estuda a sociedade a partir do fato social;
    Soliedariedade - mecânica: seriam aquelas sociedades nas quais existiriam poucas identidades sociais; Orgânica: segmentação de várias esferas dentro da sociedade.
    Sociedade simples: coletivo se sobrepõe ao individual
    Sociedade complexa: o rompimento de uma regra não afeta o coletivo, mas sim o individual.
    Anomia na sociedade: ausência de normas, regras, individualismo exagerado sobrepõe ao coletivo.
    Fato social: coercitivo, exterior, geral.
  • Marx Weber

    Marx Weber
    Um estudioso precisa se orientar pelas ações sociais;
    Analisar as relações sociais de forma racional;
    racionalidade vem com a economia
    as descobertas científicas são muito importantes para a consolidação do capitalismo;
    Ética protestante contribui para a mentalidade capitalista;
    para produzir algo tem que ter uma prática racional;
  • Weber- Ação social

    Ação social racional com relação a fins, na qual a ação é estritamente racional. Toma-se um fim e este é, então, racionalmente buscado. Há a escolha dos melhores meios para se realizar um fim;
    Ação social racional com relação a valores, na qual não é o fim que orienta a ação, mas o valor, seja este ético, religioso, político ou estético;
    Ação social afetiva, em que a conduta é movida por sentimentos;
    Ação social tradicional, que tem como fonte motivadora os costumes ou hábitos arraigados.
  • Period: to

    Geografia crítica

    É uma corrente que propõe romper com a ideia de neutralidade científica para fazer da geografia uma ciência apta a elaborar uma crítica radical à sociedade capitalista pelo estudo do espaço e das formas de apropriação da natureza.