Revolução Francesa

  • Reunião dos Três Estados em Versalhes

    Reunião dos Três Estados em Versalhes
    Nesta data os representantes dos três estados se reuniram no Palácio de Versalhes para tentar mudar a situação do país. O Terceiro Estado (Burguesia) queria que o Primeiro (clero)e o Segundo (Nobreza) pagassem impostos para ajudar na crise econômica. Surgiu um “conflito” sobre o sistema de votação. O clero e nobreza queriam o voto por estado, que assim lhe assegurariam a vitória. O Terceiro Estado, em minoria, preferia o voto por “cabeça”, mas não conseguiu.
  • Início da Revolução Francesa

    Início da Revolução Francesa
    Revolução Francesa é o nome dado ao conjunto de acontecimentos que, entre 5 de maio de 1789 e 9 de novembro de 1799, alteraram o quadro social econômico, político e cultural da França.
  • Assembléia Nacional Constituinte

    Assembléia Nacional Constituinte
    Teve origem da Assembléia Nacional e foi criada em 9 de Julho de 1789, nas primeiras fases da Revolução francesa e foi dissolvida em 30 de Setembro de 1791. Era composta por baixas camadas que representavam o Terceiro Estado. Esta assembléia limitava os poderes do Rei Absolutista e acabava com os privilégios da nobreza e do clero.
  • Queda da Bastilha

    Queda da Bastilha
    Esse evento violento teve dois motivos: busca de armamentos e questionamento do poder do Rei.
    Por que a Bastilha? A Bastilha era o símbolo de opressão e da monarquia absolutista. Também era uma prisão onde ficavam os opositores a essa política típica do regime monárquico.
  • O Grande Medo

    O Grande Medo
  • Abolição dos Impostos e dos Direitos Feudais

    A Assembléia aboliu a obrigação de pagar impostos e o fim dos direitos feudais. A partir desse momento, os nobres e o clero passariam a pagar impostos, enquanto os camponeses não seriam mais obrigados a pagar o dízimo (imposto) ao clero e prestar trabalho grátis para a nobreza (corvéia). Além disso, outras leis proibiram a venda de cargos públicos.
  • Constituição Civil do Clero

    Nesta, a Igreja passou a ser administrada pelo Estado, teve suas propriedades confiscadas, tornando seus padres funcionários públicos assalariados.
  • Primeira Constituição Francesa - 1791

    Medidas tomadas: Direitos civis completos aos cidadãos, fim dos privilégios da nobreza e abolição dos direitos feudais. Também foi aprovado o “Sufrágio Censitário”, em que somente os cidadãos ativos, que pagavam impostos e possuíam dinheiro ou propriedades, participavam da vida política. Os passivos eram os não-votantes, como mulheres, trabalhadores desempregados e outros.
  • Monarquia Constitucional

    Monarquia Constitucional
    Com essa o Rei perde ainda mais seus poderes absolutistas, separou os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário. Esse tipo de monarquia era semelhante a monarquia parlamentarista, adotada atualmente na Inglaterra.
  • Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão

    Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão
    Criada em 1789, mas recusada pelo rei Luís XVI nesta data. Ele acabou autorizando em 2/10/1791, por estar pressionado pela ameaça de violência popular e pelos deputados. Esta era inspirada na Revolução Americana e nas ideias iluministas.
  • Convenção

    Convenção
    O Rei, por ser acusado de traição, foi deposto em uma manifestação popular. Acabou sendo guilhotinado em praça pública em 21/01/1793. Foi criado outra assembléia constituinte chamada de Convenção, dominada pelos girondinos.
  • Republica Jacobina

    Republica Jacobina
    Ajudados pelo povo, os girondinos foram expulsos da convenção. Quem tomou o poder foram os jacobinos, criando a convenção jacobina ou convenção montanhosa, liderados por Marat, Hébert, Danton e Robespierre. Foi estabelecido o sufrágio universal masculino, o direito a greve e direito a subsistência.
  • Regime do Terror

    Regime do Terror
    Robespierre estabelece o governo revolucionário, e para não perder o posto de líder exterminava seus inimigos. O povo percebia, durante esse tempo, que a promessa de que ele seria a "salvação pública" não aconteceria.
  • Reação Termidoriana

    Reação Termidoriana
    Muitos girondinos sobreviventes ao Terror se aliaram aos deputados da Planície e criando uma nova convenção, articularam um golpe. Robespierre foi deposto e guilhotinado, levando a alta burguesia ao poder novamente.
  • Diretório

    Diretório
    A partir do da reação Termidoriana, criou-se o governo do Diretório, uma aliança entre a alta burguesia e o exército francês, para garantir que não houvesse a volta da república jacobina nem do absolutismo. O poder estava no Diretório, um conselho de cinco membros eleitos pelo Parlamento para um mandato de cinco anos.
  • 18 de Brumario, Consulado e Fim da Revolução Francesa

    18 de Brumario, Consulado e Fim da Revolução Francesa
    Preocupados com as atuais revoltas populares, para se manter no poder, a Burguesia derruba o Diretório, com a ajuda de Napoleão Bonaparte, e entrega o poder ao Consulado, com três cônsules, dentre eles Napoleão. Assim terminava o período de revolução e começava uma nova época... A Era Napoleônica.