Whatsapp image 2021 03 15 at 12.26.20

Paixão e futebol: torcedores do Figueirense evocam sentimentos pelo clube centenário

  • Primeira vez na mídia

    Em 10 de dezembro, por uma publicação em jornal, é possível analisar a intenção da criação de um clube no bairro da Figueira, hoje conhecido como Centro, chamado Figueirense Futebol Clube. Entretanto, a ideia não saiu do papel.
  • DÉCADA 20 - Nasce o Figueirense

    DÉCADA 20 - Nasce o Figueirense
    Primeira notícia da fundação: No dia 11 de junho de 1921, o Jornal “O Estado” publicou a notícia da fundação do Figueirense. Um dia depois, no dia 12, em um domingo de outono, uma reunião deu início à fundação do FIGUEIRENSE FOOT BALL CLUB. O primeiro presidente do Clube foi João dos Passos Jorge. Numa tarde de domingo o Figueirense entrou em campo pela primeira vez.No dia 14 de agosto, em Coqueiros, o Furacão do Estreito perdeu de 3 a 2 para o Rio Branco.
  • DÉCADA 20

    DÉCADA 20
    O Figueirense foi o clube a conquistar o primeiro título de competição considerada oficial pela Liga (hoje Federação Catarinense de Futebol). Foi campeão do Torneio Início de Florianópolis em 1924.
  • DÉCADA 30 - Época Gloriosa

    DÉCADA 30 - Época Gloriosa
    O clube de calções negros, como era conhecido na época, conquistou na década de 30 o maior número de títulos em dez anos. Além disso, se consagrou Tri Campeão Catarinense.
  • DÉCADA 30

    DÉCADA 30
  • DÉCADA 30

    DÉCADA 30
  • DÉCADA 40 - Esquadrão de Aço

    DÉCADA 40 - Esquadrão de Aço
    Após conquistar o Tricampeonato do Torneio Início em 1949, o Figueirense ficou conhecido como o “Esquadrão de Aço”. Entre 1944 e 1945, Orlando Scarpelli, torcedor fiel do Figueirense, presidiu o clube. Além de doar o terreno do estádio, que hoje leva seu nome, o presidente buscou apoio e arrecadações financeiras para a construção do novo estádio, que começou a ser construído em 1948.
  • DÉCADA 40

    DÉCADA 40
  • DÉCADA 40

    DÉCADA 40
  • DÉCADA 50 - Furacão do Estreito

    DÉCADA 50 - Furacão do Estreito
    Em 1951, o Estádio Adolfo Konder inaugurou o seu sistema de iluminação com o maior clássico da cidade, onde o Figueirense venceu o Avaí, seu maior rival. O apelido Furacão surgiu após a disputa do Torneio de Paranaguá.
  • DÉCADA 50

    DÉCADA 50
  • DÉCADA 50

    DÉCADA 50
  • DÉCADA 60 - Juvenil ganha força

    DÉCADA 60 - Juvenil ganha força
    O Estádio Orlando Scarpelli foi parcialmente inaugurado no dia em que o clube completou 30 anos, em 12 de junho de 1960. O futebol de base começou a ser presente no cenário estadual, o elenco juvenil se tornou campeão municipal e conquistaram o Tricampeonato Juvenil de Futebol. Os primeiros álbuns de figurinhas com clubes e atletas catarinenses foram lançados nessa época.
  • DÉCADA 60

    DÉCADA 60
  • DÉCADA 60

    DÉCADA 60
  • DÉCADA 60

    DÉCADA 60
  • DÉCADA 70 - O mais querido

    DÉCADA 70 - O mais querido
    O Figueirense se tornou o primeiro Clube catarinense a representar o Estado em âmbito nacional ao conquistar uma vaga para o Campeonato Nacional de Clubes, em 1973. “O Mais Querido”: a torcida alvinegra foi eleita a maior torcida de Santa Catarina no concurso realizado pela revista Placar. Na década de 70, o clube recebeu destaque pela presença do público feminino no Estádio Orlando Scarpelli.
  • DÉCADA 70

    DÉCADA 70
  • DÉCADA 70

    DÉCADA 70
  • DÉCADA 70

    DÉCADA 70
  • DÉCADA 70

    DÉCADA 70
  • DÉCADA 70

    DÉCADA 70
  • DÉCADA 70

    DÉCADA 70
  • DÉCADA DE 80 - Tempos difíceis

    DÉCADA DE 80 - Tempos difíceis
    Foram 10 anos difíceis para o Furacão do Estreito, entretanto, o clube viu as categorias de base atingirem destaque nacional. Em 1983 o clube levantou a taça Mané Garrincha e em 1985 a Taça José Leal de Meirelles.
  • DÉCADA DE 80

    DÉCADA DE 80
  • DÉCADA DE 80

    DÉCADA DE 80
  • DÉCADA DE 80

    DÉCADA DE 80
  • DÉCADA 90 - Fim do jejum

    DÉCADA 90 - Fim do jejum
    Em 1994, o Figueirense encerrou o jejum de 20 anos sem conquistar o Campeonato Catarinense. Faltando 13 minutos para o fim da partida, a torcida invadiu o campo e levou as redes e as traves, obrigando o árbitro a finalizar o jogo e levar a decisão para os tribunais. Além disso, o clube conquistou o primeiro título internacional na Copa MERCOSUL.
  • DÉCADA 90

    DÉCADA 90
  • DÉCADA 90

    DÉCADA 90
  • DÉCADA 90

    DÉCADA 90
  • 00 - Gol histórico

    00 - Gol histórico
    A década de 2000 foi marcada pelo segundo Tricampeonato Catarinense (2002, 2003 e 2004). Com um gol histórico de Abimael, o Figueirense foi vice-campeão da Série B pela primeira vez em 2001. Cinco anos depois, ficou na 7ª posição na série A do Brasileirão e obteve a sua melhor performance na competição, conquistando uma vaga para a Copa Sul-Americana, no ano seguinte. O time de juniores de 2008 venceu a 39ª Copa São Paulo de Juniores – categoria sub-19.
  • Anos 2000

    Anos 2000
  • 10 - O Furacão voltou!

    10 - O Furacão voltou!
    Em 2010, o Clube além de conseguir o acesso à série A, se consagrou Vice-Campeão da série B, pela segunda vez. Em 2011, toda a campanha para o acesso à série A foi registrada no filme: O Furacão Voltou. O vídeo é um marco para a história do Clube e remonta o acesso à série A.
  • 10 - O Furacão voltou!

    10 - O Furacão voltou!
  • 10 - O Furacão voltou!

    10 - O Furacão voltou!
  • 10 - O Furacão voltou!

    10 - O Furacão voltou!
  • 10 - O Furacão voltou!

    10 - O Furacão voltou!
  • 10 - O Furacão voltou!

    10 - O Furacão voltou!
  • 20 - Crise e Centenário

    20 - Crise e Centenário
    Em 2020 o Figueirense passou por um dos momentos mais difíceis da história. Com muitas dificuldades financeiras após uma parceria com a Elephant, o clube foi rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro. Em 2021 o Furacão do Estreito comemora o ano do seu centenário.
  • 20 - Crise e Centenário

    20 - Crise e Centenário
  • 20 - Crise e Centenário

    20 - Crise e Centenário
  • 20 - Crise e Centenário

    20 - Crise e Centenário
  • 20 - Crise e Centenário

    20 - Crise e Centenário
  • 20 - Crise e Centenário

    20 - Crise e Centenário