Israel-Palestina

  • Partilha da Palestina

    Partilha da Palestina
    Em 1947, por meio da Resolução 181, a ONU cria o Estado de Israel e o Estado da Palestina, dividindo as terras da região.
    A divisão foi feita desse modo: 56,6% para os judeus e 42,9% para os mulçumanos.
  • Independência de Israel

    Independência de Israel
    Em 14 de maio de 1948, um dia antes do mandato britânico sobre a Palestina expirar, o líder israelense declara a independência de Israel.
  • Al Nakba (1947-1949)

    Al Nakba (1947-1949)
    Guerra entre judeus e árabes, mais da metade da população dos palestinos que viviam na região foram expulsos. Al Nakba (catástrofe).
  • Organização para a libertação da Palestina

    Organização para a libertação da Palestina
    Os diversos grupos que lutavam pelos direitos dos palestinos se unem em 1964 e criam, na Jordânia, a OLP.
  • Guerra dos seis dias

    Guerra dos seis dias
    A guerra, como o nome diz, durou 6 dias e tem duas versões. Para Israel, ela foi um ataque preventivo, pois o Egito já vinha dando mostras de que um ataque a Israel era iminente.
    Os países árabes, alegam que o ataque foi covarde e injustificado.
  • Tentativa de assumir o controle da Jordânia

    Tentativa de assumir o controle da Jordânia
    A OLP em 1970 tenta assumir o controle da Jordânia.
  • Massacre de Munique

    Massacre de Munique
    Em 1972, uma ala radical da OLP, conhecida como Setembro Negro, vai às Olimpíadas de Munique e toma como reféns 11 atletas israelenses. Sequestradores e reféns acabam mortos.
  • Guerra do Yom Kippur

    Guerra do Yom Kippur
    Egito e Síria atacam Israel durante o Yom Kippur, sem declaração de guerra. Israel perde a Península do Sinai e as Colinas de Golã.
    Mesmo sem ter conseguido tomar de volta nenhum território perdido na Guerra dos Seis Dias, os árabes se dão por satisfeitos, porque sentiram-se vingados.
  • Unificação dos Palestinos e reconhecimento da OLP

    Unificação dos Palestinos e reconhecimento da OLP
    Declaração da liga Árabe de que a OLP era a única representante legítima do povo palestino;
    Reconhecimento da Assembleia Geral da ONU que a OLP seria a entidade competente em qualquer assunto que diga respeito à Palestina.
  • Acordo de Camp David

    Acordo de Camp David
    Acordo de Camp David, mediados pelos Estados Unidos, Israel e Egito se comprometem em estabelecer a paz.
  • Primeira Intifada

    Primeira Intifada
    A Primeira Intifada foi a rebelião popular palestina na Faixa de Gaza e na Cisjordânia contra as forças de ocupação israelenses. Foi um rancor acumulado em mais de 40 anos de conflitos.
  • Acordo de Oslo

    Acordo de Oslo
    Acordo de paz, foi assinado entre Yasser Arafat e Yitzak Rabin
  • Autoridade Nacional Palestina

    Autoridade Nacional Palestina
    A OLP passou a ser chamada de Autoridade Nacional Palestina. Israel e a Autoridade Nacional Palestina passam se comprometem a negociar a criação dos dois estados.
    A Autoridade Nacional Palestina ganha autonomia na Faixa de Gaza e em Jerusalém Ocidental. A Cisjordânia é dividida em 3 áreas.
  • Segunda Intifada

    Segunda Intifada
    Na segunda Intifada o exército israelense mata ainda mais palestinos do que na primeira. A segunda Intifada acaba quando o primeiro-ministro israelense, determina a retirada das suas tropas da Faixa de Gaza.
  • Muro da Cisjordânia

    Muro da Cisjordânia
    É um projeto do governo israelense que começou a ser executado no ano de 2002. Sua intenção é dividir o território do país com o da Cisjordânia, pertencente à Palestina.
    O motivo para a construção do muro, segundo os seus idealizadores, é servir como meio de defesa contra os ataques terroristas palestinos.
  • Terceira intifada

    Terceira intifada
  • Israel transfere a embaixada para Jerusalém

    Israel transfere a embaixada para Jerusalém