Girl in red

  • Nascimento:

    Nascimento:
    A cantora e compositora Marie Ulven Ringheim, conhecida por "Girl in red" nasceu em 16 de Fevereiro de 1999 em Horten na Noruega. Ela afirmou em uma entrevista com Triple j que era um lugar "quieto e meio chato". Cresceu na mesma cidade que nasceu com sua irmã e com seus pais divorciados, sua mãe trabalhava com tecnologia e seu pai como policial.
  • Conhecimento da música:

    Conhecimento da música:
    Marie ganhou seu primeiro violão como presente de natal de seu avô. Que segundo ela foi quem despertou seu interesse pela música.
  • Lançamento do primeiro single:

    Lançamento do primeiro single:
    Ganhou seu primeiro microfone profissional de seu pai e começou a escrever músicas norueguesas para publicar no SoundCloud com a identidade secreta de "Lydia X". Ano que começou a frequentar aulas de violão, porém 6 meses depois desistiu pois seu professor se recusou a reconhecer seu talento. Finalmente mudou seu apelido para "Girl in red" e publicou seu primeiro single: " I wanna be your girlfrind". Musica que faz referência a um amor não correspondido.
  • Sucesso:

    Sucesso:
    Seu primeiro single alcançou 5 mil streams, e apresentou a música em um site norueguês.
  • Novos singles:

    Novos singles:
    Lançamento de novos singles, "summer depression", "girls", "say anything", "forget her", "4am", "Talia" e " we fell in love in october" Ano que seu primeiro single foi nomeado das 68 melhores músicas de 2018 pelo "New York Times". Lançamento de dois EPs e acumulou mais de 3 milhões de streams mensais no Spotify. Lançamento de " i wanna be your girlfrind" na Apple Music em Março, que atualmente tem muito mais de 30 milhões de streams no Spotify.
  • Auge da carreira:

    Auge da carreira:
    Foi premiada a melhor iniciante norueguesa. E fez sua primeira turnê Norte- América e na Europa, conhecida por "World in red". Ano do lançamento do seu segundo EP em Novembro. Lançamento de músicas novas: " I´ll die anyway", "Dead girl in the pool", "I need to be alone", "Maybe", " Watch you sleep", "Bad idea" e Rushed lovers" e representou a revista "Gay Times" como ícone " queer". A música " I wanna be your girlfrind" chegou a marca de 150 milhões de streams. Nomeada, a maior e melhor artista
  • Eventos importantes:

    Eventos importantes:
    Lançamento de novas músicas: "MIdnight love", "rue", "two queens in a king sized bed". Fez a trilha sorora do fime "the turning" com a música "Kate's not here". Participou do protesto de Black lives metter em Oslo. Nomeada como um fenômeno "queer" pela New York Times, além de ser considerada uma das cantoras mais empolgantes. Ano que finalmente se formou em produção musical.
  • Atualmente:

    Atualmente:
    Ano de lançamento de um álbum novo: "if in could make it go quiet", música nova em 03 de Março: Serotonin". Indicada pelo Spotify como artista Radar. Até hoje suas composições melancólicas indie pop rock vem conquistando público pelo mundo inteiro. Atualmente Marie se encontra em Oslo na Noruega e está com 22 anos. Toca guitarra, violão, violino, piano e vocal e ainda é uma ótima fotografa. É abertamente lésbica, apesar de preferir os termos 'gay' ou "queer".