Evolução da Contabilidade no Brasil

  • Evolução da Contabilidade no Brasil

    Evolução da Contabilidade no Brasil
    O ensino de Contabilidade tinha sido criado pelo mesmo monarca, por iniciativa do ministro Sebastião José de Carvalho e Mello, o Marquês de Pombal, em ato de 19 de maio de 1759, que instituíra a Aula do Comércio em Lisboa com a finalidade de formar indivíduos competentes para a organização de negócios.
    fonte: http://www.campoecidade.com.br/edicao-77-antigo-guarda-livros-ituanos/contabilidade-na-colonia-e-no-imperio/
  • Evolução da Contabilidade no Brasil

    Evolução da Contabilidade no Brasil
    Em 1770 surgiria a primeira regulamentação da profissão contábil em terras brasileiras, quando Dom José I, rei de Portugal, expediu uma carta de lei para vigorar nos domínios lusitanos a obrigatoriedade de registro da matrícula de todos os guarda-livros na junta comercial.
    fonte: http://www.campoecidade.com.br/edicao-77-antigo-guarda-livros-ituanos/contabilidade-na-colonia-e-no-imperio/
  • Evolução da Contabilidade no Brasil

    Evolução da Contabilidade no Brasil
    Em 1808 a Família Real trouxe ao Brasil o aparato da Corte e o consequente aumento dos gastos públicos, promoveu a abertura dos portos e o surgimento de novos negócios, incrementou a atividade colonial e exigiu um melhor aparato fiscal.
    fonte: http://www.campoecidade.com.br/edicao-77-antigo-guarda-livros-ituanos/contabilidade-na-colonia-e-no-imperio/
  • Evolução da Contabilidade no Brasil

    Evolução da Contabilidade no Brasil
    Outro fato significativo para a formação profissional veio em 1850 com o Código comercial brasileiro, que obrigou a manutenção e escrituração das transações em livros próprios por comerciantes.
    fonte:http://www.campoecidade.com.br/edicao-77-antigo-guarda-livros-ituanos/contabilidade-na-colonia-e-no-imperio/
  • Evolução da Contabilidade no Brasil

    Evolução da Contabilidade no Brasil
    Um Alvará do príncipe regente D. João ordenava: “para que o método de escrituração e fórmulas de Contabilidade de minha Real Fazenda não fique arbitrário à maneira de pensar de cada um dos contadores gerais, que sou servido criar para o referido Erário, ordeno que a escrituração seja mercantil por partidas dobradas, por ser a única seguida por nações civilizadas, assim pela sua brevidade para o manejo de grandes somas, como por ser mais clara e a que menos lugar dá a erros e subterfúgios.
  • Evolução da Contabilidade no Brasil

    Evolução da Contabilidade no Brasil
    Em 1870 o Decreto Imperial nº 4475 promoveu a primeira regulamentação brasileira da profissão contábil, considerada a primeira profissão liberal regulamentada no Brasil, e reconheceu oficialmente a Associação dos Guarda-Livros da Corte.
    fonte:http://www.campoecidade.com.br/edicao-77-antigo-guarda-livros-ituanos/contabilidade-na-colonia-e-no-imperio/
  • Evolução da Contabilidade no Brasil

    Evolução da Contabilidade no Brasil
    Em 1902, o então presidente Rodrigues Alves declara de utilidade pública, com caráter oficial, os diplomas conferidos pela Academia de Comércio do Rio de Janeiro, Escola Prática de Comércio de São Paulo, Instituto Comercial do Distrito Federal e Academia de Comércio de Juiz de Fora.
  • Evolução da Contabilidade no Brasil

    Foi fundada a Associação dos Diplomados em Ciências Comerciais do Rio de Janeiro.
    fonte: http://www.crcrs.org.br/memorial/brasil_entidades.htm
  • Evolução da Contabilidade no Brasil

    A primeira convenção nacional dos contabilistas aconteceu entre os dias 10 e 13 de outubro de 1945, sendo palco de inúmeras discussões sobre a profissão, seu desenvolvimento e a criação do Conselho Federal de Contabilidade (CFC).
    fonte: Evolução da Contabilidade no Brasil
  • Evolução da Contabilidade no Brasil

    Em 27 de maio de 1946 foi assinado o Decreto nº 9.295, que criou o CFC e permitiu a criação dos conselhos regionais, como o de São Paulo, instalado em dezembro daquele mesmo ano.
    fonte:http://www.campoecidade.com.br/edicao-77-antigo-guarda-livros-ituanos/a-chegada-ao-seculo-20/
  • Evolução da Contabilidade no Brasil

    E finalmente em 1958 a Lei nº 3.384 permitiu que os guarda-livros passassem a integrar a categoria de técnico em Contabilidade.
    fonte: http://www.campoecidade.com.br/edicao-77-antigo-guarda-livros-ituanos/a-chegada-ao-seculo-20/
  • Evolução da Contabilidade no Brasil

    Lei 6385/76 Determina a regulamentação e fiscalizaçõa das companhias abertas.
    fonte:http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L6385original.htm
  • Evolução da Contabilidade no Brasil

    Evolução da Contabilidade no Brasil
    Em 1976 foi criada a lei n° 6404 que regulamentava os princípios contábeis.
    fonte: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l6404consol.htm
  • Evolução da Contabilidade no Brasil

    Resolução CFC n° 560/83, de 28 de outubro de 1983, em consonância com os Princípios Fundamentais de Contabilidade.
    fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Normas_Brasileiras_de_Contabilidade
  • Evolução da Contabilidade no Brasil lei 11638/2007

    Evolução da Contabilidade no Brasil lei 11638/2007
    Altera e revoga dispositivos da Lei no 6.404, de 15 de dezembro de 1976, e da Lei no 6.385, de 7 de dezembro de 1976, e estende às sociedades de grande porte disposições relativas à elaboração e divulgação de demonstrações financeiras.
    fonte: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/lei/l11638.htm
  • Evolução da Contabilidade no Brasil Lei 11941/09

    Evolução da Contabilidade no Brasil Lei 11941/09
    Altera a legislação tributária federal relativa ao parcelamento ordinário de débitos tributários.
    fonte: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/lei/l11941.htm
  • Evolução da Contabilidade no Brasil

    Evolução da Contabilidade no Brasil
    Este link mostra a evolução da contabilidade no Brasil, analisando esta evolução podemos projetar o futuro da profissão.