Relogio

A EVOLUÇÃO DA CONTABILIDADE E DA PERÍCIA CONTÁBIL

  • 8000 BCE

    PRIMEIROS REGISTROS NA CONTABILIDADE MUNDO ANTIGO

    PRIMEIROS REGISTROS NA CONTABILIDADE MUNDO ANTIGO
    Se utilizava simples fichas de barro de vários formatos para
    controle de estoque e do fluxo de produtos agrícolas e serviços. Os registos combinavam o figurativo com o numérico. Gravava-se a cara do animal cuja existência se queria controlar e o numero correspondente às cabeças existentes.
  • Period: 8000 BCE to 1202 BCE

    CONTABILIDADE EMPÍRICA

    Praticada pelo homem primitivo, já tinha como objeto, o Patrimônio, representado pelos rebanhos e outros bens nos seus aspectos quantitativos.
  • Period: 8000 BCE to 1202 BCE

    AS PRIMEIRAS ESCRITAS CONTÁBEIS

    As primeiras escritas contábeis datam do término da Era da Pedra Polida, quando o homem conseguiu fazer os seus primeiros desenhos e gravações.
  • Period: 8000 BCE to 1202 BCE

    CONTABILIDADE NO MUNDO ANTIGO

    As "Partidas de Diário" assemelhavam-se ao processo moderno: o registro iniciava-se com a data e o nome da conta, seguindo-se quantitativos unitários e totais, transporte, se ocorresse, sempre em ordem cronológica de entradas e saídas. Pode-se citar, entre outras contas: "Conta de Pagamento de Escravos", "Conta de Vendas Diárias", "Conta Sintética Mensal dos Tributos Diversos", etc.
  • 5000 BCE

    DESCOBERTA DE IMPORTANTES DOCUMENTOS CONTÁBEIS

    DESCOBERTA DE IMPORTANTES DOCUMENTOS CONTÁBEIS
    Na cidade de Ur, na Caldéia, onde viveu Abraão, personagem bíblico citado no livro Gênesis, encontram-se, em escavações, importantes documentos contábeis: tabela de escrita cuneiforme, onde estão registradas contas referentes á mão-de-obra e materiais, ou seja, Custos Diretos. Isto significa que, há 5.000 anos antes de Cristo, o homem já considerava fundamental apurar os seus custos.
  • 4000 BCE

    PERÍCIA NA ANTIGA CIVILIZAÇÃO DO EGITO

    PERÍCIA NA  ANTIGA CIVILIZAÇÃO DO EGITO
    A perícia tem seus primeiros vestígios, constatado na antiga civilização do Egito e “na Grécia antiga com o início da sistematização dos conhecimentos jurídicos, observando-se, à época, a utilização de especialistas em determinados campos para proceder à verificação e ao exame de determinadas matérias”
  • 2600 BCE

    LOGOTIPO DA CONTABILIDADE CADUCEU DE MERCÚRIO

    LOGOTIPO DA CONTABILIDADE CADUCEU DE MERCÚRIO
    Bastão: expressa o poder;
    As duas serpentes: a sabedoria;
    As asas: A diligência;
    O elmo: proteção contra pensamentos baixos, ruins ou desonestos.
  • 2000 BCE

    ESCRITURAÇÃO NA CONTABILIDADE MUNDO ANTIGO

    ESCRITURAÇÃO NA CONTABILIDADE MUNDO ANTIGO
    Os gregos, baseando-se em modelos egípcios, 2.000 anos antes de Cristo, já escrituravam Contas de Custos e Receitas, procedendo, anualmente, a uma confrontação entre elas, para apuração do saldo. Os gregos aperfeiçoaram o modelo egípcio, estendendo a escrituração contábil às várias atividades, como administração pública, privada e bancária.
  • 800 BCE

    SIMBOLO DA CONTABILIDADE ESTÁTUA DO DEUS MERCÚRIO

    SIMBOLO DA CONTABILIDADE ESTÁTUA DO DEUS MERCÚRIO
    Dono do caduceu, objeto mágico capaz de transformar em ouro aquilo que tocasse, o deus Mercúrio foi escolhido como um dos símbolos da Contabilidade, ciência que garante a gestão eficiente dos negócios. Cultuado como o deus propiciador da fortuna, Mercúrio representa o papel exercido pelos Profissionais da Contabilidade nas empresas.
  • Jan 1, 1202

    CONTABILIDADE MUNDO MEDIEVAL

    CONTABILIDADE MUNDO MEDIEVAL
    Em Itália, em 1202, foi publicado o livro Liber Abaci , de Leonardo Pisano. Estudavam-se, na época, técnicas matemáticas, pesos e medidas, câmbio, etc., tornando o homem mais evoluído em conhecimentos comerciais e financeiros.Foi um período importante na história do mundo, especialmente na história da Contabilidade, denominado a "Era Técnica" , devido às grandes invenções, como moinho de vento, aperfeiçoamento da bússola e etc .
  • Jan 1, 1494

    A CONTABILIDADE DO MUNDO MODERNO

    A CONTABILIDADE DO MUNDO MODERNO
    O período moderno foi a fase da pré-ciência que vai de 1494 até 1840, com o aparecimento da Obra "La Contabilità Applicatta alle Amministrazioni Private e Pubbliche" , da autoria de Franscesco Villa, premiada pelo governo da Áustria. Obra marcante na história da Contabilidade.
  • Jan 1, 1494

    FREI LUCA PACIOLI O PAI DA CONTABILIDADE - CONTABILIDADE MUNDO MODERNO

    FREI LUCA PACIOLI O PAI DA CONTABILIDADE - CONTABILIDADE MUNDO MODERNO
    Pacioli foi matemático, teólogo, contabilista entre outras profissões. Deixou muitas obras, destacando-se a "Summa de Aritmética, Geometria, Proportioni et Proporcionalitá", impressa em Veneza, na qual está inserido o seu tratado sobre Contabilidade e Escrituração. Pacioli, apesar de ser considerado o pai da Contabilidade, não foi o criador das Partidas Dobradas. O método já era utilizado na Itália, principalmente na Toscana, desde o Século XIV.
  • Period: Jan 1, 1494 to

    A CONTABILIDADE NA ITÁLIA

    Foi a Itália o primeiro país a fazer restrições à prática da Contabilidade por um indivíduo qualquer. O governo passou a somente reconhecer como contadores pessoas devidamente qualificadas para o exercício da profissão. A importância da matéria aumentou com a intensificação do comércio internacional e com as guerras ocorridas nos séculos XVIII e XIX, que consagraram numerosas falências e a conseqüente necessidade de se proceder à determinação das perdas e lucros entre credores e devedores.
  • Nov 21, 1494

    ORIGEM DAS PARTIDAS DOBRADAS

    ORIGEM DAS PARTIDAS DOBRADAS
    O método das Partidas Dobradas teve sua origem na Itália, embora não se possa precisar em que região. O seu aparecimento implicou a adoção de outros livros que tornassem mais analítica a Contabilidade, surgindo, então, o Livro da Contabilidade de Custos.Este método reza que em cada lançamento, o valor total lançado nas contas a débito deve ser sempre igual ao total do valor lançado nas contas a crédito.
  • Jan 21, 1519

    DOM AFONSO ÁVILA - PRIMEIRO CONTADOR MÉXICO

    Elege-se a Dom Alfonso Ávila, contador da Prefeitura de Vera cruz, sendo o primeiro contador oficial que existiu em México.
  • Oct 15, 1522

    CARLOS V - CONTADOR REAL DA NOVA ESPANHA

    Carlos V expide em nomeação a favor de Dom Rodrigo de Albornoz como Contador Real da Nova Espanha, quem encarrega-se de guarda-a ou arrecado da fazenda da Coroa.
  • Nov 21, 1581

    PRIMEIRO AGRUPAMENTO PROFISSIONAL DE CONTADORES

    Primeiro agrupamento profissional de contadores, fundada em Veneza, Itália.
  • ÁBACO PRIMEIRA CALCULADORA DA HISTÓRIA

    ÁBACO PRIMEIRA CALCULADORA DA HISTÓRIA
    Em 1642, a calculadora (ábaco) sofreu uma grande evolução por meio do francês Blaise Pascal. Filho de um cobrador de impostos, Pascal idealizou uma máquina automática de cálculos para ajudar seu pai em sua profissão. A invenção de Pascal foi importante pelo fato desta realizar os cálculos de forma rápida, algo bem diferente do que se via na utilização do ábaco.
  • A CONTABILIDADE NO BRASIL

    A CONTABILIDADE NO BRASIL
    No Brasil, a vinda da Família Real Portuguesa incrementou a atividade colonial.Devido ao aumento dos gastos públicos e também da renda nos Estados – um melhor aparato fiscal. Para tanto, constituiu-se o Erário Régio ou o Tesouro Nacional e Público, juntamente com o Banco do Brasil (1808). As Tesourarias de Fazenda nas províncias eram compostas de um inspetor, um contador e um procurador fiscal, responsáveis por toda a arrecadação, distribuição e administração financeira e fiscal.
  • FRANCESCO VILLA CONTABILISTA PÚBLICO

    FRANCESCO VILLA CONTABILISTA PÚBLICO
    Neste período surge na Itália Francesco Villa que extrapolou os conceitos tradicionais de Contabilidade, segundo os quais escrituração e guarda livros poderiam ser feitas por qualquer pessoa inteligente.Para ele, a Contabilidade implicava conhecer a natureza, os detalhes, as normas, as leis e as práticas que regem a matéria administradas, ou seja, o patrimônio.
  • LEI DO PARLAMENTO VIRILHAS

    Lei do Parlamento Virilhas, estabelecendo que, para conceder a incorporação de uma campanha,séria necessário a nomeação de um ou mais auditores.
  • ESCOLA MERCANTIL FECHA AS PORTAS

    A escola Mercantil fecha suas portas por falta de fundos, na época da invasão Americana.
  • INSTITUIDO A OBRIGATORIEDADE DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL

    INSTITUIDO A OBRIGATORIEDADE DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL
    Publicação do Código Comercial Brasileiro, na qual instituiu a obrigatoriedade da escrituração contábil e elaboração anual da demonstração de resultado e do balanço geral.
  • SOCIEDADE DOS CONTADORES

    Organiza-se na Escócia, Inglaterra uma sociedade de Contadores.
  • A PRIMEIRA LEI DAS SOCIEDADES ANÔNIMAS NO BRASIL

    A primeira lei das sociedades anônimas no Brasil: lei nº 1.083 - 22 de agosto de 1860
  • ASSOCIAÇÃO DOS CONTADORES PÚBLICOS

    Criação da Associação dos Contadores Públicos Certificados (Institute of Chartered Accountants in England and Wales, na Inglaterra).
  • INSTITUTO DE CONTADORES DA INGLATERRA E GALES

    Reina-a Vitória outorga concessão para fundar o Instituto de Contadores da Inglaterra e Gales.
  • ASSOCIAÇÃO AMÉRICA DE CONTADORES PÚBLICO

    Funda-se nos Estados Unidos a Associação América de Contadores Publico.
  • FÁBIO BÉSTA INICIA A ERA DO CONTROLE

    FÁBIO BÉSTA INICIA A ERA DO CONTROLE
    Em 1891, Fábio Besta inicia a era do controle. Besta foi o primeiro e é o maior contador moderno. Desenvolveu a teoria materialística das contas. Juntamente com Pacioli, é o maior vulto da Contabilidade.
  • INSTITUTO HOLANDÊS DE CONTADORES PÚBLICOS

    formação do Instituto Holandês de Contadores Públicos.
  • RECONHECIMENTO LEGAL À PROFISSÃO DO CONTADOR

    O Senado do estado de Nova York, outorga reconhecimento legal à profissão do Contador Publico.
  • ESCOLA DE COMÉRCIO ÁLVARES PENTEADO

    ESCOLA DE COMÉRCIO ÁLVARES PENTEADO
    Fundada em 02 de junho de 1902 foi primeira escola a abordar oficialmente a Contabilidade no Brasil, abrindo o curso de Contabilidade em 1939 no pais. Essa primeira fase de desenvolvimento da contabilidade nacional foi marcada por dois aspectos relevantes:
    a) A intervenção da legislação no desenvolvimento de procedimentos contábeis;
    b) Forte influência doutrinária das escolas italianas de pensamento contábil.
  • CRIA-SE NO MÉXICO A ASSINATURA DE CONTADORES

    Cria-se em México a assinatura de contadores Price Waterhouse e Companhia
  • CELEBRADO PRIMEIRO EXAME DE CONTADOR

    Dom Fernando Díaz Barroso sustenta o primeiro exame de contador celebrado em México.
  • INSTITUTO AMERICANO DE CONTADORES

    INSTITUTO AMERICANO DE CONTADORES
    O instituto Americano de Contadores adota um Código de Ética Profissional.
  • ASSOCIAÇÃO DE CONTADORES PÚBLICOS TITULADOS

    Fundo-se em México a Associação de Contadores Públicos Titulados,
  • PRIMEIRAS REGRAS PARA CERTIFICAÇÃO DE BALANÇO

    O Instituto Americano de Contadores publicou as primeiras regras a que devem ser ajustado seus membros para a “certificação” de balanço, com o nome de Métodos “aprovados para a preparação do Balanço Geral”.
  • ESCOLA NORTE AMERICANA

    ESCOLA NORTE AMERICANA
    Iniciou-se o período de influência norte-americana na Contabilidade.Foi os Estados Unidos inclusive, juntamente com outros países que criaram as “International Accounting Standard” (IAS), ou seja, “As normas internacionais de contabilidade”. Atualmente, é denominada de International Financial Reporting Standards (IFRS).
  • MODIFICAÇÃO DE PROCEDIMENTOS DE ENSINO DA CONTABILIDADE

    Modificam-se os procedimentos de ensinos da Contabilidade adotando como ponto de partida o estudo do Balanço Geral, segundo pratica-a da Unção Americana.
  • INSTITUIÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA NO BRASIL

    INSTITUIÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA NO BRASIL
    O imposto de renda foi instituído no Brasil por força do artigo 31 da Lei nº 4.625 de 31 de dezembro de 1922, que orçou a Receita Geral da República dos Estados Unidos do Brasil para o exercício de 1923.“Art. 31. Fica instituído o imposto geral sobre a renda, que será devido, anualmente, por toda a pessoa física ou jurídica, residente no território do país, e incidirá, em cada caso, sobre o conjunto liquido dos rendimentos de qualquer origem.”
  • Period: to

    ATA CONSTITUTIVA DO INSTITUTO DE CONTADORES

    Assina-se a ata constitutiva do Instituto de Contadores públicos Titulados de México. Dom Fernando Díaz Barroso publica o primeiro texto profissional;: Sistemas Modernos de Contabilidade.
  • SURGIMENTO DA PERICIA JUDICIAL

    SURGIMENTO DA  PERICIA JUDICIAL
    No I Congresso Brasileiro de Contabilidade, surgiu a necessidade da “Oficialização da Perícia Judicial”
  • PRIMEIRO TEXTO PROFISSIONAL

    Dom Fernando Díaz Barroso publica o primeiro texto profissional;: Sistemas Modernos de Contabilidade.
  • DIA DO CONTABILISTA

    DIA DO CONTABILISTA
    "Em 25 de abril comemora-se em todo o Brasil o Dia do Contabilista. A data foi criada em 1926 durante um almoço realizado em São Paulo em homenagem ao Senador João Lyra, que havia consolidado conquistas da Classe no Senado Federal."O termo contabilista é usado para designar o profissional com Bacharelado em Contabilidade ou o Técnico em Contabilidade.
  • PRIMEIRO LIVRO ESPECÍFICO DE PERÍCIA

    O professor João Luiz Santos escreve o primeiro livro específico sobre a matéria de Perícia, intitulado: “Perícia em Contabilidade Comercial”, editado pela Editora Jornal do Brasil.
  • CÂMERA DE PERITOS CONTADORES

    Surgiu a “Câmara de Peritos Contadores”
  • DECRETO Nº 20.158-REGULAMENTO DA PROFISSÃO DO CONTADOR

    Organiza o ensino comercial e regulamenta a profissão de contador .
  • PRIMEIRA ASSINATURA MEXICANA DE CONTADORES

    Funda-se Mancera Irmãos e Companhia, S.A. primeira assinatura mexicana de Contadores Públicos.
  • DIA DO CONTADOR

    DIA DO CONTADOR
    A criação da data homenageou a criação do curso de Ciências Contábeis na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).Dia do Bacharel em Ciências Contábeis, ou seja, a data marca um fato histórico: a criação do primeiro curso de Ciências Contábeis no Brasil, com a assinatura do Decreto-lei nº 7.988, em 22 de setembro de 1945, pelo então presidente Getúlio .Sendo que a 22 de setembro de 1982, comemorou-se pela primeira vez, em Brasília-DF.Vargas.
  • CRIAÇÃO DO CFC E CRC

    CRIAÇÃO DO CFC E CRC
    Em 27 de maio de 1946, o Decreto-lei 9.295 criou o Conselho Federal de Contabilidade e os Conselhos Regionais de Contabilidade, com a finalidade de habilitar e fiscalizar o exercício da profissão contábil, e definiu as atribuições de Contador e de Técnico em Contabilidade.
  • ATRIBUIÇÕES DO PERITO CONTÁBIL

    ATRIBUIÇÕES DO PERITO CONTÁBIL
    Privativo dos contadores diplomados o exercício de“perícias judiciais ou extra-judiciais, revisão de balanços e de conta em geral, verificação de haveres revisão permanente ou periódica de escritas, regulações judiciais ou extra-judiciais de avarias grossas ou comuns, assistência aos Conselhos Fiscais das sociedades anônimas e quaisquer outras atribuições a elas conferidas.”
  • PERÍCIA CONTÁBIL NO BRASIL

     PERÍCIA CONTÁBIL NO BRASIL
    Decreto lei Nº 9.295/46 que criou o Conselho Federal de Contabilidade e definiu as atribuições de um contador e a perícia contábil. Foi criado o Curso Superior de Contabilidade. “A criação do Conselho Federal de Contabilidade pelo Decreto-lei nº 9.295/46, imprimiu as primeiras atribuições de cunho legal do contador, ou seja parametrização da perícia contábil, conferindo caráter privativo aos contadores diplomados e aos então equiparados legalmente na época”
  • AUDITORIA FISCAL FEDERAL

    AUDITORIA FISCAL FEDERAL
    Estabelece-se o decreto que cria a Direção de Auditoria Fiscal Federal, que brinda ao Contador Publico a oportunidade de que sua opinião profissional seja considerada por as autoridades hacendarías .
  • ANEL DO CONTABILISTA

      ANEL DO CONTABILISTA
    O anel do profissional da Contabilidade simboliza e exterioriza o compromisso, a aliança, a união do profissional com o conhecimento científico contábil, o campo do saber e sua disposição de aplicá-lo em benefício da comunidade em que vive, engrandecendo e valorizando sua profissão e enaltecendo sua pátria.No Brasil, ele vem desde o tempo dos "peritos-contadores" (há mais de 50 anos).
  • RECEITA FEDERAL NO BRASIL

    RECEITA FEDERAL NO BRASIL
    A criação da Secretaria da Receita Federal, em 20 de novembro de 1968, Decreto nº 63.659 representou um significativo avanço na facilitação do cumprimento das obrigações tributárias, pois nasceu da unificação de diversos órgãos fiscais que inicialmente eram quatro sistemas: Arrecadação, Fiscalização, Tributação e Informações Econômico-Fiscais, com vínculos técnicos desde os órgãos centrais até as unidades locais.
  • PRIMEIRA REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO CONTABÍLISTA

    PRIMEIRA REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO CONTABÍLISTA
    Os guarda-livros deviam inscrever-se na Junta de Comércio e ser graduados pela Aula de Comércio. Alguns empregos na administração pública só estavam disponíveis para os alunos
    da Aula do Comércio.
  • CÓDIGO DE ÉTICA PROFISSIONAL DO CONTADOR

    CÓDIGO DE ÉTICA PROFISSIONAL DO CONTADOR
    Aprovado através da Resolução n.° 290/70, em 4 de setembro representou o alcance de uma meta que se tornou marcante no campo do exercício profissional. Sendo revogado pela Resolução n.° 803/96, em 10 de outubro.
  • INFLUÊNCIA DAS ESCOLAS ITALIANA E AMERICANA

    No Brasil houve influências tanto da Escola Italiana quanto da Escola Americana, sendo que a primeira foi a que influenciou inicialmente o país, porém foi na Escola Americana que o Brasil se baseou para formação da Lei das Sociedades por Ações, que ocorreu a partir da Resolução nº 220 e da circular nº 179 do BC e para a implantação do ensino acadêmico.
  • LEI DAS S/A

    Lei das S/A, no Brasil, impulsionando o mercado de auditoria em nosso país.
  • CRIAÇÃO DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS

    CRIAÇÃO DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
    A CVM foi criada pela Lei nº 6.385, de 7 de dezembro de 1976, e teve alterações pela Lei nº 10.411 de 26 de fevereiro de 2002. Com a missão de desenvolver, regular e fiscalizar o Mercado de Valores Mobiliários, como instrumento de captação de recursos para as empresas, protegendo o interesse dos investidores e
    assegurando ampla divulgação das informações sobre os emissores e seus valores mobiliários.
  • CRIAÇÃO DA LEI DAS SOCIEDADES POR AÇÕES

    A Lei das Sociedades por Ações (Lei nº 6.404/1976) é a lei que rege as Sociedades Anônimas. Em 15 de dezembro de 1976, tendo sido redigida por José Luiz Bulhões Pedreira e Alfredo Lamy Filho, a pedido do então ministro da fazenda, Mário Henrique Simonsen.[2] Foi promulgada pelo então presidente Ernesto Geisel, e é considerada por muitos uma cópia do Model Business Corporation Act (MBCA), o modelo federal de legislação societária dos Estados Unidos.
  • CRIAÇÃO DAS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE

    CRIAÇÃO DAS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE
    Criado pela Resolução CFC nº 1.055/05, o CPC tem como objetivo "o estudo, o preparo e a emissão de Pronunciamentos Técnicos sobre procedimentos de Contabilidade e a divulgação de informações dessa natureza, para permitir a emissão de normas pela entidade reguladora brasileira, visando à centralização e uniformização do seu processo de produção, levando sempre em conta a convergência da Contabilidade Brasileira aos padrões internacionais".
  • INSTITUIÇÃO DO SPED - SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL

    INSTITUIÇÃO DO  SPED - SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL
    Em 22 de janeiro de 2007 o Decreto nº 6.022/2007 institui o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) que visa à substituição da emissão de livros contábeis (Diário e Razão) em papel pela sua existência apenas digital. Os livros Diário e Razão serão gerados a partir de um mesmo conjunto de informações digitais.
  • HINO DA CONTABILIDADE

    HINO DA CONTABILIDADE
    O Hino da Contabilidade foi criado na gestão do presidente Raulino Filho com letra e música de Isis Maria M. Raposo Castelo Branco e interpretação de Lucia Alvino.
  • O CONTADOR COMO PROFISSÃO

    O CONTADOR  COMO PROFISSÃO
    O contabilista não se restringem ao âmbito meramente fiscal, tornando-se, num mercado de economia complexa, vital para empresas informações mais precisas possíveis para tomada de decisões e para atrair investidores. O profissional vem ganhando destaque no mercado em Auditoria, Controladoria e Atuarial.