A EVOLUÇÃO URBANA DE PORTO ALEGRE

Timeline created by danielaguindani
In History
  • Chegada 60 casais açorianos

  • Elevação à Fregusia

    Ano oficial da fundação da cidade com a criação da Freguesia de São Francisco do Porto dos Casais.
  • Construção muralha de defesa

    Construída ao longo da Rua da Conceição, Praça do Portão, Sarmento Leite, Praia de Belas, a fortificação paliçadas de madeira serviu de defesa no período da colonização, e durante 100 anos, barrou o desenvolvimento em direção ao continente.
  • PoA é elevada à categoria de Cidade

  • Desmonte da muralha

    Expansão da cidade para o continente
  • 1º aterro

    As primeiras obras de aterramento foram realizadas até 1888. Construções desse período: Paço Municipal e Mercado Público.
  • 1ª Fase Reformas Urbanas

    Modernização baseada no modelo higienista europeu. A cidade moderna deveria oferecer lugares limpos, ruas arejadas e áreas verdes com jardins. A substituição dos antigos trapiches particulares por um cais linear moderno passou a ser uma prioridade para a capital atender os novos padrões.
  • Plano Geral de Melhoramento

    Proposto pelo engenheiro-arquiteto João Moreira Maciel e baseado no urbanismo moderno haussmaniano. Entre os objetivos estava a criação de vias amplas que desafogassem o tráfego do Centro para a periferia e vice-versa. Previa para as antiga Av do Porto (atual Mauá) e Júlio de Castilhos "o centro commercial do futuro [...] o ponto chic do smartismo porto-alegrense".
  • 2º aterro

    Obra compreendida entre 1889 e 1916 / Construções nesse período: Porto do Cais Mauá, Casa de Cultura Mário Quintana, MARGS, Museu Militar, Pça. Brigadeiro Sampaio.
  • 3º Aterro

    Obra compreendida entre 1917 e 1927. / Construções durante esse período: Usina do Gasômetro e Armazéns do Cais Mauá.
  • 2ª Fase Reformas Urbanas

    Sob o prisma positivista, consistiu no alargamento de ruas e demolição de casarões para novos edifícios ecléticos.
  • A grande enchente

  • Plano de Urbanização

    Plano urbanístico conduzido por Arnaldo Gladosch, a partir de estudos da equipe de Edvaldo Pereira Paiva. Tinha como diretriz a descentralização das funções da cidade, a partir da criação de avenidas perimetrais.
  • 4º aterro

    Obra compreendida entre 1928 e 1954. / Compreendeu o Cais Navegantes.
  • 1º PD

    Porto Alegre é a primeira Capital do país a ter um Plano Diretor.
  • "boom" da indústria automobilística no Brasil

    Abertura desse mercado durante o governo de Juscelino Kubitschek (1956-1961) no país. Implicou para o centro histórico de PoA o aumento da demanda por estacionamento e início dos edifícios garagem.
  • Auge da atividade portuária

  • Início decadência do centro histórico

  • Finalização da 1ª Perimetral

    Configura um anel viário e cujo percurso inclui a Av. loureiro da silva, R. Luizenglest, Av. Paulo gama e Av mauá.
  • Finalização da construção do Muro da Av. Mauá

  • PDD

    Plano Diretor de Desenvolvimento de Porto Alegre
  • Linha 1 do Trensurb

    Inicio da operação da linha 1 do metrô, ligando o centro de Porto Alegre aos municípios ao norte da área metropolitana. o objetivo foi desafogar o trânsito da rodovia BR-116, já sobrecarregada de trânsito na época.
  • Equipe de Patrimônio Histórico e Cultural

  • Inauguração da Estação Mercado do Trensurb

  • PDDUA

    Em regime democrático, o Plano de Desenvolvimento Urbano e Ambiental previu a participação popular.
  • Entrega do novo Terminal de ônibus Parobé

  • Programa Monumenta

  • Projeto Viva o Centro

  • 1ª Revisão do PDDUA

  • A LEI FEDERAL 12.587

    Exige que municípios com mais de 20 mil habitantes elaborem os seus planos de mobilidade urbana.
  • PLL 302/2013

    Projeto de lei não aprovado proposto pelo vereador Marcelo Sgarbossa em 2013, previa um perímetro de restrição de circulação de veículos no centro histórico da cidade.
  • PL Fim da obrigatoriedade de vagas de estacionamento

    Foi aprovado o projeto de lei que torna facultativo a implementação de vagas de estacionamento nos projetos de construção. Antes a exigência era 1 vaga para cada 75m² de área residencial, ou 1 vaga para cada 4 lugares em auditórios, teatros ou cinemas.
  • PLC Taxa de Congestionamento

    Entra em tramitação na Câmara Municipal de Porto Alegre o projeto de lei complementar que estabelece uma cobrança de tarifa de congestionamento para veículos emplacados fora da Capital que ingressem pelas vias e horários a serem especificados caso a lei seja aprovada.
  • Plano de Mobilidade Urbana de Porto Alegre

  • 2ª revisão do PDDUA

    Está prevista a entrega da primeira parte da revisão do plano por meio do Projeto de Lei do Plano Diretor à Câmara no final de 2020
  • Period: to

    OCUPAÇÃO TERRITORIO

    Surgem os primeiros povoados nos campos de Tramandaí e Viamão. A instalação se deu próxima ao rio em função da água ser principal meio de deslocamento da época. Chegam paulistas e lagunistas, seguidos de açorianos no porto de Viamão, primeira denominação de Porto Alegre. Há o deslocamento para a borda norte, onde criam condições de desenvolvimento, e o porto é renomeado “Porto dos Casais”. O núcleo inicial se consolida nas margens do rio com função primordial portuária.
  • Period: to

    TRIGO

    Período de desenvolvimento portuário e urbano em função do crescimento da produção e exportação de TRIGO. Ocorre a fundação oficial da cidade em 1772 com a criação da Freguesia de São Francisco do Porto dos Casais, e um ano depois alterada para Nossa Senhora da Madre de Deus de Porto Alegre. O povoado é promovido a capital da Província de São Pedro, que enseja a diversificação de funções. A cidade torna-se um polo portuário, administrativo e militar concentrado na região central.
  • Period: to

    IMIGRAÇÃO

    Período da IMIGRAÇÃO europeia, que contribui para o desenvolvimento. O povoado é promovido à cidade (1822), mas afetado pela estagnação econômica/social advinda da Guerra dos Farrapos (1835-1845). O fechamento do porto motivou o abastecimento por terra. A independência da província é seguida da retomada das atividades e do desmonte da fortificação, que ensejou a expansão urbana. As funções no centro se consolidam, ocorre um boom populacional e a formação de arraiais.
  • Period: to

    INDUSTRIALIZAÇÃO

    Marcado pela substituição de produtos importados e INDUSTRIALIZAÇÃO da cidade. Isso alavanca outros setores da economia, crescimento demográfico e consolida um mercado consumidor. É a fase da República, da valorização da cidade e adaptação aos novos tempos. O sistema viário existente torna-se insuficiente para atender os deslocamentos entre o centro e a periferia, o que demanda ação do poder público. É o tempo das grandes obras urbanas, do urbanismo moderno em Porto Alegre.
  • Period: to

    Guerra dos Farrapos

  • Period: to

    METROPOLIZAÇÃO

    Período marcado pela METROPOLIZAÇÃO, aumento populacional muito grande provocado pelo êxodo rural e pelo deslocamento das indústrias para a periferia da cidade. Expansão da malha urbana até uma conturbação, definindo uma região metropolitana. A busca por novas centralidades enseja o esvaziamento e decadência do centro histórico.