LINHA DO TEMPO DA GUERRA FRIA

Timeline created by trabgeoirene
In History
  • Revolução Chinesa (Asia - China)

    Revolução Chinesa (Asia - China)
    A Revolução Chinesa foi um movimento político,social, econômico e cultural ocorrido na China no ano de 1911.Liderada pelo médico,político e estadista chinês Sun Yat-sen.Marcado pela luta contra a dominação estrangeira,o principal objetivo era fazer oposição à monarquia e ao domínio europeu no país.Com a morte de Sun Yatsen, Chiang Kai-shek assume o poder e começa a combater os opositores da republica.Em outubro de 1949,os comunistas tomam o poder,proclamam a República e tornam a China comunista
  • Apresentação do Plano Marshall

    Apresentação do Plano Marshall
    Com a devastação provocada pela II Guerra Mundial, a Europa enfrentava uma grave crise. Os EUA temiam que essa situação pusesse em risco o futuro do capitalismo, dando espaço para expansão do comunismo e, para ajudar na recuperação desses países, o presidente Harry Truman assina o Plano Marshall. O plano também pretendia evitar a recessão pós guerra no país, graças a abertura de um novo mercado para os produtos norte-americanos.
  • Bloqueio de Berlim (Europa - Alemanha)

    Bloqueio de Berlim (Europa - Alemanha)
    Numa tentativa de controlar a instabilidade econômica da Alemanha, os EUA, França e Reino Unido formaram uma aliança entre suas zonas de influência, para fazer valer nestes territórios a moeda da Alemanha capitalista. Stalin, então líder da URSS, reprovou a ideia e procurou reunificar Berlim sob sua influência, nesse dia todas as rotas terrestres que ligavam Berlim a Alemanha Ocidental foram fechadas pelas tropas soviéticas, numa violação dos acordos da Conferência de Ialta.
  • Criação da OTAN

    Criação da OTAN
    A OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) é uma organização militar constituída no contexo histórico da Guerra Fria com o objetivo de defender o bloco capitalista de qualquer ação de agressão por parte dos membros do bloco socialista, envolvendo ações como cooperação militar em treinamento, tecnologia bélica e implantação de bases militares nos territórios aliados.Com o fim da URSS e de suas ameaças à soberania americana e capitalista no mundo, a Otan redefiniu o seu papel.
  • Bipartição da Alemanha (Europa - Alemanha)

    A reforma monetária nas zonas ocidentais da Alemanha, que apoiavam a atuação do Plano Marshall, desencadeou a crise que gerou o Bloqueio de Berlim. O resultado da crise foi a divisão da Alemanha em dois Estados: a República Federal da Alemanha, com capital em Bonn, e a República Democrática Alemã, com capital em Berlim Leste.
  • Guerra da Coréia (Ásia - Fronteira entre as Coréias)

    Guerra da Coréia (Ásia - Fronteira entre as Coréias)
    O único grande confronto militar que realmente envolveu batalhas em que de um lado havia forças militares americanas (capitalistas) e do outro, forças socialistas soviéticas. A península da Coréia foi dividida, em 1945,em duas zonas de influência:ao norte, ocupada pela União Soviética, e em 1949 pela República Popular da China, comunista; chamada de República Popular Democrática da Coréia. Ao sul, foi ocupada pelas tropas americanas e permaneceu capitalista. Guerra originada apenas por disputa.
  • Criação do Pacto de Varsóvia

    Criação do Pacto de Varsóvia
    Aliança militar entre os países do Leste Europeu e a URSS. Reação socialista à Otan , o Pacto foi firmado na capital da Polônia, estabelecendo o compromisso de ajuda mútua em caso de agressão armada de outras nações. Foi o principal instrumento da hegemonia militar da URSS.Teve grande força até 1989, quando termina a Guerra Fria, e é extinto em 1991.A assinatura do Pacto torna real uma divisão que já existia no mundo após a II Guerra, com a formação dos blocos capitalista e socialista.
  • Revolução Cubana (América Central - Cuba)

    Revolução Cubana (América Central - Cuba)
    Movimento popular,que recebeu apoio devido a miséria social,derrubando assim o governo capitalista do presidente
    Fulgêncio Batista.Antes de 1959,Cuba sofria forte influência norte americana pelo o auxilio a nação a se tornar
    independente.Com o processo revolucionário foi implantado em Cuba o sistema socialista,liderado por Fidel Castro, que
    ao definir Cuba como uma nação socialista teve o apoio da URSS gerando tensão durante a Guerra Fria pelo o fato de ser uma área com influência socialista.
  • Guerra do Vietnã (Asia - Vietnã)

    Guerra do Vietnã (Asia - Vietnã)
    Guerra do Vietnã foi um conflito armado ocorrido no Sudeste Asiático entre 1959 e 1975.
    Esta região foi dominada pelo Japão na Segunda Guerra.Para combater os orientais,os vietnamitas formaram a Liga Revolucionária para a Independência do Vietnã.Esta foi conquistada,e o Vietna foi dividio entre Vietnã do Norte(socialista)e Vietnã do sul(capitalista).Em 1965,os EUA tornaram-se aliados ao Vietnã do sul.Porém,foram derrotados e em 1976 torna-se oficialmente a República Socialista do Vietnã.
  • Construção do Muro de Berlim (Europa - Alemanha)

    Construção do Muro de Berlim (Europa - Alemanha)
    Nessa madrugada, guardas da República Democrática Alemã criaram uma barreira com arame farpado e subiram o muro, a fronteira que separava as partes oriental e ocidental de Berlim. Por mais de duas décadas, o Muro de Berlim foi o símbolo por excelência da Guerra Fria, da bipolarização do mundo e da divisão da Alemanha.
  • Crise dos Mísseis (América do Norte - Cuba)

    Crise dos Mísseis (América do Norte - Cuba)
    Nesta data um avião de espionagem norte-americano sobrevoou o território cubano em busca de informações sobre o local.Nessa missão,coletou uma série de imagens do que parecia ser uma nova base militar em construção.Após um estudo detalhado das imagens,as autoridades norte-americanas descobriram que os soviéticos estavam instalando uma base nuclear em Cuba,representando uma ameaça aos americanos,dado a proximidade dos territórios, considerado pelo os EUA um ato de guerra contra eles.
  • Regime Militar Brasileiro (America do Sul - Brasil)

    Regime Militar Brasileiro (America do Sul - Brasil)
    Podemos definir a Ditadura Militar como sendo o período da política brasileira em que os militares governaram o Brasil. Esta época vai de 1964 a 1985. Caracterizou-se pela falta de democracia, supressão de direitos constitucionais, censura, perseguição política e repressão aos que eram contra o regime militar.
  • Regime Militar da Argentina (America do Sul - Argentina)

    Regime Militar da Argentina (America do Sul - Argentina)
    A Ditadura na Argentina teve início com um golpe militar no ano de 1966. O presidente Arturo Illia, que exercia o cargo legalmente dentro da constituição, foi deposto no dia 28 de junho daquele ano e a partir de então se sucedeu uma série de governos de militares até 1973.A nova ‘constituição’ proibia a atividade dos partidos políticos e cancelava quase todos os direitos civis, sociais e políticos por conta de um quase constante Estado de Sítio. Era a derrocada da cidadania.
  • Primavera de Praga (Europa - Tchecoslováquia)

    Primavera de Praga (Europa - Tchecoslováquia)
    Alexander Dubcek,líder do Partido Comunista,na tentativa de estabelecer um "socialismo com face humana” faz concessões
    permitindo diversas mudanças políticas e sociais.Tais mudanças desagradaram as potências soviéticas, que numa operação militar de surpresa, as tropas do Pacto de Varsóvia lideradas pelos tanques russos entraram em Praga.Eliminando ali qualquer perspectiva do socialismo poder conviver com um regime de liberdade.
  • Regime Militar do Chile (America do Sul - Chile)

    Regime Militar do Chile (America do Sul - Chile)
    A Ditadura no Chile foi implantada sob o comando do general Augusto Pinochet, responsável pelo assassinato de Allende. Começava então um governo autoritário empenhado em caçar os opositores e os esquerdistas nacionalistas. Politicamente foi um governo que procurou satisfazer todos os interesses dos Estados Unidos, é tido, por isso, como a primeira experiência neoliberal no mundo.
  • Independência de Moçambique

    Independência de Moçambique
    Após a II G.M. as potências europeias, destruidas,sentem dificuldades em manter o controle sobre suas colônias e estas, aproveitam-se da situação para tentarem sair da condição de explorados. O enfraquecimento da Europa significou o fortalecimento do nacionalismo, do desejo de independência. O mundo apresenta-se bipolarizado em tendencias ideologicas contrárias:os EUA, capitalista, e a URSS,socialista, que veem nos movimentos de independência africana a chance de ampliar sua influencia polítca
  • Independência da Angola

    Independência da Angola
    Angola, colônia portuguesa, dá força aos movimentos nacionalistas que buscavam a independência após a Segunda Guerra Mundial, quando os países europeus estão arrasados pela guerra.Esses movimentos de independência são influênciados pelas duas potências hegemônicas, surgindo facções socialistas e capitalistas que disputam o poder.As superpotências se envolvem nessas guerras civis apoiando seus grupos de interesse.