Principais guerras da idade média - Rafael Barros 4, Diego Assenato 2, João Fonseca 11

Timeline created by Rajodi
In History
  • 718

    Guerras de Reconquista da Península Ibérica

     Guerras de Reconquista da Península Ibérica
    O processo histórico conhecido como Guerra de Reconquista(718 – 1492)consistiu na retomada dos territórios conquistados pelos mouros (berberes que professavam a religião muçulmana) na Península Ibérica. Apesar de boa parte dos historiadores considerarem a reconquista restrita ao século XV, é possível afirmar que ela se compôs de uma série de batalhas ocorridas entre os séculos VIII e XV.
  • 1096

    Primeira Cruzada

    Primeira Cruzada
    A Primeira Cruzada foi convocada pelo papa Urbano II em 1095, durante o Concílio de Clermont. O papa atendeu a uma solicitação enviada por Aleixo I, imperador Bizantino, que precisava de apoio militar para combater os turcos selvagens na Península da Anatólia.
  • 1096

    Primeira Cruzada

    Primeira Cruzada
    Os objetivos da Primeira Cruzada foram:
    - Retomar o controle da Terra Santa (Jerusalém) que estava sob controle dos muçulmanos.
    - Fortalecer a presença dos cristãos ortodoxos no Oriente Próximo (leste).
  • Period: 1096 to 1272

    Cruzadas

  • 1147

    Segunda Cruzada

    Segunda Cruzada
    A segunda cruzada foi uma expedição dos cristãos europeus, proclamada pelo papa Eugénio III e pregada por São Bernardo de Claraval em resposta à conquista de Edessa em 1144 pelos muçulmanos. A cruzada liderada pelos monarcas Luís VII de França e Conrado III da Germâniao ocorreu entre 1147 e 1149 e foi um fracasso: Os cruzados não reconquistaram Edessa e deixaram o Reino de Jerusalém politicamente mais fraco na região. O único ponto positivo da campanha foi a recuperação de Lisboa em 1147.
  • 1189

    Terceira Cruzada

    Terceira Cruzada
    A Terceira Cruzada(1189-1492), pregada pelo Papa Gregório VIII após a tomada de Jerusalém foi denominada Cruzada dos Reis. É assim denominada pela participação dos três principais soberanos europeus da época: Filipe Augusto, Frederico Barba Ruiva e Ricardo Coração de Leão, constituindo a maior força cruzada já agrupada desde 1095. A novidade dessa cruzada foi a participação dos Cavaleiros Teutônicos.No final, os cruzados saíram derrotados.
  • 1202

    Quarta Cruzada

    Quarta Cruzada
    A Quarta Cruzada foi começada com a intenção de tomar a Terra Santa, então em mãos muçulmanas, através da conquista do Egito. Entretanto, a cruzadfoi desviada de seu intuito original e os cruzados, junto aos venezianos, tomaram e saquearam Constantinopla, cidade cristã capital do Império Bizantino.
  • 1209

    A máquina de guerra de Gêngis Khan

    A máquina de guerra de Gêngis Khan
    O imperador mongol Gêngis Khan conseguiu construir o maior império de todos os tempos, em termos de extensão territorial(1209- 1368). A vastidão de seu império cobria regiões que iam desde a China até a Europa Oriental, passando pela Pérsia e Oriente Médio. O Império Mongol, que vigorou durante o século XIII, submeteu vários povos ao seu jugo, incluindo turcos e islâmicos. Para tanto, foi necessário o desenvolvimento de uma sofisticada máquina de guerra.
  • 1217

    Quinta Cruzada

    Quinta Cruzada
    Ocorreu pela iniciativa do papa Inocêncio III, que a propõs em 1215 no quarto Concílio de Latrão, mas foi somente posta em prática por Honório III, seu sucessor no trono de São Pedro. O papado havia também contribuído para desacreditar o ideal das cruzadas, quando delas se valeu para esmagar os cristãos heterodoxos do sul da França, na chamada Cruzada albigense. Mesmo assim, o papa Honório III conseguiu adesões para uma nova expedição.
  • 1248

    Sétima Cruzada

    Sétima Cruzada
    Após o fim dos dez anos da trégua de 1229 (assinada durante a Sexta Cruzada), uma expedição militar cristã, com poucos homens e poucos recursos, liderada por Ricardo de Cornualha e Teobaldo IV de Champanhe, encaminhou-se para a Palestina, a fim de reforçar a presença cristã nos lugares santos. Não pôde impedir, entretanto, que, em 1244, Jerusalém caísse nas mãos dos turcos muçulmanos. Em 1255 deu-se o desastre de Gaza.
  • 1267

    Oitava Cruzada

    Oitava Cruzada
    Na década de 1260, o domínio cristão no Oriente Médio se mostrava seriamente ameaçado pelas contendas políticas que envolviam as ordens religiosas e os comerciantes cristãos do lugar. Não bastando a ameaça de uma guerra entre si, os cristãos tiveram sua hegemonia ainda mais ameaçada quando os turcos e seus exércitos mamelucos se viram obrigados a avançar pelo Oriente Médio após serem pressionados territorialmente pelos ataques do lendário chefe militar mongol Gêngis Khan.
  • 1337

    Guerra dos 100 anos.

    Guerra dos 100 anos.
    Ao longo de 116 anos, França e Inglaterra se envolveram em um conflito que marcou a do mundo medieval para o moderno. Na chamada Guerra dos Cem Anos (1337 – 1453), as tropas francesas e inglesas se colocaram em combate devido a disputas de ordem econômica e política.
  • 1455

    Guerra das Rosas

      Guerra das Rosas
    A Guerra das Rosas ou Guerra das Duas Rosas foi uma série de lutas dinásticas pelo trono da Inglaterra, ocorridas ao longo de trinta anos (entre 1455 e 1485) de forma intermitente, durante os reinados de Henrique VI, Eduardo IV e Ricardo III.