As 5 erupções vulcânicas que marcaram o mundo

Timeline created by Tiago Franco
  • 1,645 BCE

    Vulcão Thera (1645 - 1500 a.C.)

     Vulcão Thera (1645 - 1500 a.C.)
    Este vulcão está localizado na ilha grega de Santorini e entrou em erupção há 3,5 mil anos. Os geólogos concluiram que foi a maior explosão do planeta através fluxo das cinzas no fundo do oceano. Arqueólogos acreditam que tsunamis de mais de 45 metros resultaram da explosão do Thera e dizimaram tudo que havia na ilha de Creta. A erupção varreu a civilização minoica da Terra – o que marcou o evento como "a erupção minoica" – e, possivelmente, originou a lenda de Atlântida, a cidade perdida.
  • 79

    Monte Vesúvio (79 D.C.)

    Monte Vesúvio (79 D.C.)
    A erupção do Vesúvio é amplamente conhecida por ter acabado completamente com a cidade de Pompeia.
    O calor foi tão forte que a água do golfo próximo ao vulcão simplesmente evaporou – um fenômeno conhecido como fluxos piroclásticos hidrotérmicos –, o que causou diretamente a morte de mais de 16 mil pessoas. O mais impressionante é que o vulcão já teve outras erupções, a mais recente em 1944, mas ainda existem aproximadamente 3 milhões de pessoas morando nas proximidades do Vesúvio.
  • Monte Tambora (1815)

     Monte Tambora (1815)
    A erupção do Tambora foi tão poderosa que o clima no mundo todo foi alterado, culminando em um período chamado de "o ano sem verão". Apesar de ter acontecido na Indonésia, os impactos foram sentidos ao redor do globo e colheitas inteiras foram afetadas. A explosão em si não foi a causa, já que a queda nas temperaturas era algo que vinha acontecendo há séculos, mas, sem dúvidas, o Tambora ajudou a acelerar um pouco as coisas.
  • Krakatoa (1883)

    Krakatoa (1883)
    A explosão do Krakatoa foi responsável pela morte de mais de 36 mil pessoas e é das explosões vulcânicas mais mortais da História.
    A explosão, que aconteceu na Indonésia, lançou enormes rochas a quase 25 quilômetros de altura. A câmara de magma rompeu e permitiu que a água do mar entrasse em contato com a lava, criando uma nuvem de vapor escaldante que se moveu a impressionantes 100 km/h.
    A nuvem de cinzas era tão densa que deixou a região na escuridão por três dias
  • Monte Pinatubo (1991)

    Monte Pinatubo (1991)
    O evento mais recente da lista, que aconteceu há 29 anos, gerou consequências que duram até hoje. A explosão libertou : toneladas de rochas e detritos foram lançados a 35 quilômetros de altura, atingindo a estratosfera.
    A erupção causou danos à camada de ozono como nunca havia sido visto até então. Os depósitos de lava e detritos ao redor do Pinatubo ainda retêm muito calor, com temperaturas atingindo quase 500 graus .