Romantismo na Europa (Principais Representantes)

Timeline created by Joao_felip
  • Johann Wolfgang von Goethe

    Johann Wolfgang von Goethe
    Johann Wolfgang von Goethe nasceu em Frankfurt, em 1749, e morreu em Weimar em 1832. É um dos fundadores do movimento literário Sturm und Drang (Tempestade e Ímpeto), considerado a base do Romantismo literário na Alemanha. Suas obras mais importantes são: Götz von Berlichingen (1773), Os Sofrimentos do Jovem Werther (1774), Hermann e Dorotéia (1798) e Fausto – tragédia em duas partes: a primeira publicada em 1808 e a segunda, em 1832. A criação dessa obra ocupou a maior parte de sua vida.
  • Johann Christoph Friedrich von Schiller

    Johann Christoph Friedrich von Schiller
    Johann Christoph Friedrich von Schiller nasceu em Marbach, em 1759, e morreu em Weimar, em 1805. Sua amizade com Goethe baseava-se na crença na unidade cultural alemã e nos valores do Humanismo. Os Bandidos (1781), Mary Stuart (1800), A Donzela de Orleans (1801), Dom Carlos (1787) e Guilherme Tell (1804) são suas obras mais importantes.
  • Walter Scott

    Walter Scott
    Nascido em Edimburgo, na Escócia, Sir Walter Scott publicou, em 1814, Waverley, considerado o primeiro romance histórico, repleto de aventuras medievais. Rob Roy (1818), Ivanhoé (1819) e A Noiva de Lammermoor (1819) também são obras de Scott.
  • Começo do Romantismo na Europa

    Considera-se o marco inicial do romantismo na Europa a publicação do romance Os sofrimentos do jovem Werther, do escritor alemão Johann Wolfgang von Goethe no ano de 1774.
  • Victor Hugo

    Victor Hugo
    No topo do Romantismo liberal francês situa-se a figura de Victor-Marie Hugo. Suas obras líricas mais importantes são Odes e Baladas (1827), As Orientais (1829) e As Folhas de Outono (1831). Também destacam-se Os Cantos do Crepúsculo e As Vozes Interiores, publicadas entre 1831 e 1840. Victor Hugo escreveu seu maior romance, Os Miseráveis (1862), durante seu exílio na Inglaterra. A obra mais popular do autor é O Corcunda de Notre Dame (1831)
  • Edgar Allan Poe

    Edgar Allan Poe
    Nasceu em Boston, nos Estados Unidos, e morreu, na miséria, em Baltimore (1849). Seus contos sobre morte, perversões e delitos não lhe deram muita fama em vida. Foram os poetas simbolistas franceses, a partir de Baudelaire, que apreciaram e divulgaram sua obra. Entre seus contos destacam-se: A Queda da Casa de Usher e Os Crimes da Rua Morgue. Allan Poe captura a atenção do leitor com enredos misteriosos e aterrorizantes, em que retrata o lado perverso da alma humana.
  • Charles Dickens

    Charles Dickens
    A literatura desse célebre autor inglês caracteriza-se pela visão pessimista e pela dureza com que retrata as condições de vida dos humildes e marginalizados. Em Oliver Twist, de 1838, essa realidade é vista pelos olhos inocentes de um menino. Em David Copperfield, de 1849, Dickens inspira-se na própria infância: a morte da mãe e a tirania do pai fazem o infortúnio do garoto David. O mundo da infância maltratada também aparece em Tempos Difíceis (1854) e As Grandes Esperanças (1861).