A Evolução dos Microprocessadores

Timeline created by João Nogueira
  • Intel 4004

    Intel 4004
    A Intel 4004 (i4004) uma CPU de 4 bits, que foi o primeiro microprocessador num único chip, bem como a
    primeiro disponível comercialmente. Com o Intel 4004 foi conseguido colocando placas de 0,25 centímetros quadrados circuito integrado que contém 2.300 transístores.
  • Motorola 6800

    Motorola 6800
    O 6800 e 6809, e séries 6502, usavam clock de ciclo simples para gerar timing para quatro estágios de execução interna, embora essas instruções eram executadas em um único 'ciclo' externo (esta é a diferença para o clock-doubling, que usa uma fase para gerar um clock interno rápido, sicronizado com um clock externo). Outras CPUs como o 8080 usavam o clock externo diretamente, com instrução equivalente à dos quatro ciclos, isso significava que 2 MHz do 6809 era equivalente a 8 MHz do 8080.
  • Intel 8008

    Intel 8008
    Em 01 de abril de 1972, a Intel anunciou uma versão melhorada do seu processador anterior. Era 8008, e sua principal vantagem sobre os outros modelos, era capaz de acessar mais memória e de processamento de 8 bits. A velocidade do seu relógio era de 740KHz.
  • Zilog Z80

    Zilog Z80
    O Z-80 foi o aperfeiçoameto do 8080, e foi vastamente aperfeiçoado, ele também usava 8 bit de dados e 16 bit de endereçamento, e executava todos os códigos op do 8080 (não do 8085), mas com 80 a mais, suas instruções eram operadas em 1, 4, 8 e 16. Os registros foram duplicados, com dois bancos de registros que podiam ser trocados entre eles. Isto permitiu operação rápida do sistema operacional. A velocidade do Z-80 era de 2.5mhz, para o Z80-H era 6mhz.
  • Intel 8086

    Intel 8086
    O i8086 é baseados no design do Intel 8080 e Intel 8085, e de fato é compatíveis com o nível de montagem i8080.
    Têm quatro registros gerais de 16 bits, o que também pode ser acessado como oito registradores de 8 bits, quatro registros.
  • Motorola 68000

    Motorola 68000
    Era uma pastilha completamente nova, não era compatível nem com o 6800, nem com o 6809. Foi uma mudança radical em relação ao passado. Embora o barramento de dados possuísse 16 bits, todos os registradores que o programador via eram de 32 bits, e a má quina pode somar ou subtrair (não multiplicar ou dividir) números de 32 bits em apenas uma instrução, o que transformava o 68000 um híbrido entre 16 e 32 bits. Seu sucesso deu origem a outros processadores, da família 680x0.
  • Intel 8088, o XT

    Intel 8088, o XT
    Conhecido como o XT. Possuia a mesma arquitetura e os mesmos programas do 8086, mas possuía um barramento de 8 bits, o que o tornava mais lento, porém mais barato que o 8086. E logo se tornou o padrão da insústria para computadores pessoais.
  • Intel 80286

    Intel 80286
    Em 01 de fevereiro de 1982, a Intel deu um novo toque para o setor, com o aparecimento dos primeiros 80286 (o computador famoso "286") com uma velocidade de entre 6 e 25 Mhz e muito mais perto de projeto de microprocessador atual. O 286 tem a honra de ser o primeiro microprocessador.
  • Intel I80386

    Intel I80386
    A 16 de outubro de 1985 Intel lança i80386 com arquitetura x86. Foi utilizado como a unidade central de processamento de muitos computadores pessoais desde meados dos anos 80 a
    início dos anos 90.
    Também conhecida como 386, com uma velocidade de clock de entre 16 e 40 Mhz. Este produto é observado principalmente por ser um microprocessador com uma arquitectura de 32 bits.
  • AMD 29000

    AMD 29000
    O 29000 tem um grande número de registros separados em conjuntos globais e locais. Permite tamanho variáveis de janelas, de 1 a 128 registros. Essa flexibilidade torna a alocação de registros mais fácil.
    Todos os registros podem ser protegidos, em blocos de quatro, do acesso. Isso torna o AMD 29000 mais útil para aplicações embutidas, que é onde esses processadores são usados. O AMD também inclui uma MMU( unidade de gerenciamento de memória).
  • Motorola 88000

     Motorola 88000
    O Motorola 88000 é um processador de 32 bits, um dos primeiros CPUs de arquitetura RISC. Cada bus tem um cache separado, que simultaneamente acessa dados e instruções, sem causar conflitos.
    Embora o 88000 seja mais modular, tem um pequeno o elegante conjunto de instruções, apenas falta endereçamento. O 88000 tem 32 bits, com 8 distintas funções internas.
    Mas o seu desenvolvimento foi atrasado quando a Motorola favoreceu o PowerPC em conjunto com a IBM.
  • Intel 80386SX

    Em 1988, a Intel desenvolveu um sistema simples atualização de idade 286 com o surgimento de 80386SX, sacrificando o barramento de dados para sair em um 16-bit, mas a um custo menor.
    Esses processadores rompeu com a explosão do ambiente
    Graphic o Windows, desenvolvido pela Microsoft, poucos anos antes, mas ainda não tinha tido aceitação suficiente pelos usuários.
  • Intel i860

    Intel i860
    O Intel 80860 era um chip impressionante, capaz de obter uma performance perto de 66 MFLOPS em aplicações reais, comparado aos 5 a 10 MFLOPS das outras CPUs da época. Mas isso não passava de marketing. O chip nunca se tornou popular, pois era mais lento do que as mais novas CPUs.
    O 860 tinha muitos usos, como executar duas funções por ciclo. Ele podia usar 8 K de cache de dados. Instruções e barramento de dados eram separados, com 4 GB de memória segmentados.
  • MIPS R4000

    MIPS R4000
    O R4000 é uma nova versão do R2000, mas com controle de cache melhorado, expandido para 64 bits e é super ramificado (permitindo um maior clock e duas vezes mais instruções, ao custo de aumento da latência.
  • Alpha 21064

    Alpha 21064
    A arquitetura Alpha, segundo a DEC, foi designada para uma vida operacional de 25 anos. É uma arquitetura de 64 bits, mas permite conversões. O Alpha 21064 foi introduzido com uma unidade de ponto flutuante e uma unidade de busca/armazenamento. Ele adiciona uma unidade de ponto flutuante e aumenta a velocidade do clock de 200 para 300 MHz.
  • Intel Pentium

    Intel Pentium
    A 22 de março de 1993 vê a luz para a primeira vez que o "Pentium".
    Estes processadores foram baseadas em uma velocidade inicial de 60 MHz, atingindo 200 MHz, algo que ninguém tinha sido capaz de prever alguns anos antes. Com uma arquitetura real de 32 bits, é usado novamente 0,8 micron tecnologia, o que poderia torná-lo mais unidades em menos espaço. Ele tinha um barramento de dados.
  • MIPS R10000

    MIPS R10000
    A versão R10000 traz a FPU( unidade de ponto flutuante) em um chip, e adiciona todas as características modernas, avançadas, às características da CPU, incluindo cache I/D separado, uma controladora a ias no chip, execução superescalar..
    Possui renomeação de registros dinâmica, um cache de instruções, onde estas são praticamente decodificadas quando carregadas para o cache, simplificando o estágio de decodificação do processador.
  • AMD K6

    AMD K6
    AMD K6 é um microprocessador produzido pela AMD.
    Substituiu o AMD K5 e foi o primeiro a superar o processador Pentium em termos de desempenho. O AMD K6 trabalhava a 200 MHz, possuía 64 KB de cache L1 divididos em 32 Kb para instruções e 32 para dados e também suportava a tecnologia MMX
  • Intel Pentium 2

    Intel Pentium 2
    Em 7 março de 1997 a Intel lançou o Intel Pentium 2 com arquitetura x86, com base em uma versão modificada do núcleo P6, usado pela primeira vez no Intel Pentium Pro.
  • Intel Pentium 3

    Intel Pentium 3
    A 26 de fevereiro de 1999, vem o Pentium III arquitetura de microprocessador i686.
    As primeiras versões eram muito semelhantes ao Pentium II, a principal diferença é a introdução de instruções SSE. Tal como acontece com o Pentium II, Celeron versão houve um baixo orçamento e que versão XEON
    precisava de mais poder de computação.
  • Intel Pentium 4

    Intel Pentium 4
    A 20 novembro de 2000 chega ao mercado o microprocessador Pentium 4 sétima geração, baseados na arquitetura X86 com um design completamente novo.
    • Em 08 de agosto de 2008 a Intel lançou a mais recente Pentium 4, sendo substituído pelo Intel Core Duo.
  • Intel Pentium M

    Intel Pentium M
    Em março de 2003, o microprocessador Intel Pentium M vem com x86 (i686), o que representa uma mudança radical para a Intel, uma vez que não é uma versão de baixo consumo do Pentium 4, mas uma versão muito modificada do projeto do Pentium III (que por sua vez, é uma modificação do Pentium Pro).
  • Intel Pentium D

    Intel Pentium D
    No Fórum de processadores Pentium D da Primavera de 2005 Intel Developer, que eram basicamente dois processadores Pentium 4 amontoados em um único pacote (Prescott por 2 núcleos e 2 núcleos Smithfield núcleo Cedar Moinho núcleo Presler para) são introduzidos.
    Seu processo de fabricação era inicialmente de 90 nm e sua segunda geração de 65 nm
  • Intel Xeon Dual Core

    Intel Xeon Dual Core
    A 26 de junho de 2006, a Intel anunciou a nova geração Dual Core Xeon tecnologia dual-core. Este novo processador fornecido um 80% melhor desempenho por watt e 60% mais rápido do que a concorrência. Além disso, a nova geração oferecido mais do que o dobro do desempenho da geração anterior do processador com base Intel Xeon, eu era capaz de executar os dois servidores de 32 e 64 bits.
  • Intel Atom

    Intel Atom
    Em 02 de março de 2008 a Intel anunciou a chegada da Intel Atom, o nome de uma linha
    anteriormente chamada Silverthorne / Diamondville. Projetado para o processo de
    CMOS de 45nm Frabricacion e destina-se a ser utilizado em dispositivos de Internet móvel,
    netbooks, smartphones e outras aplicações de baixa potência.
  • Intel Core i3, i5 e i7 quad-core

    Intel Core i3, i5 e i7 quad-core
    Em 2010, a Intel anunciou modelos de processadores Core i3, i5 e i7 da família de processadores quad-core que cobrem os requisitos
    processo para todos os níveis de usuários de acordo com seu perfil e estilo vida.
  • Intel i3, i5 e i7 de segunda geração

    Em janeiro de 2011, a Intel lançou a segunda
    Tecnologia de geração núcleo familiar que tem alterações de cache, melhorias no modo turbo e melhorias na arquitetura.
  • Intel Pentium e Intel ® Core ™ 3ª geração Intel chipsets B75 / Q77 / C216 Expresso

    Feito com tecnologia de processo de 22 nanômetros líder da indústria com transistores 3-D Tri-gate, Intel ® Core ™ processadores de terceira geração oferecem melhor desempenho de computação da geração de gráficos integrados e meios de comunicação anteriores com tecnologias de apoio à I / S da próxima geração, independente telas de melhor resolução e capacidades melhoradas de segurança e gerenciamento.
  • Intel ® Core ™ i7 de quarta geração

    A mais recente microarquitetura Intel no processo de fabricação de 22nm oferece avanços significativos no desempenho, incluindo melhorias significativas em gráficos, a vida da bateria e segurança para uma experiência de computação segura.