Acontecimentos geopolíticos do período da Guerra Fria

Timeline created by victor_stefanelli
In History
  • Apresentação do Plano Marshall [América do Norte - EUA]

    Apresentação do Plano Marshall [América do Norte - EUA]
    Tratou-se de um projeto de recuperação econômica dos países envolvidos na Segunda Guerra Mundial. Por ele, os Estados Unidos decidem abandonar a colaboração com a URSS e investir maciçamente na Europa ocidental, a fim de barrar a expansão comunista e assegurar sua própria hegemonia política na região. Washington fornece matérias-primas, produtos e capital, na forma de créditos e doações. Em contrapartida, o mercado europeu evita impor qualquer restrição à atividade das empresas norte-americanas.
  • Bloqueio de Berlim [Europe - Alemanha]

    Bloqueio de Berlim [Europe - Alemanha]
    Numa tentativa de controlar a inflação galopante da Alemanha, os Estados Unidos, a França e o Reino Unido criaram uma "trizona" entre suas zonas de influência, para fazer valer nestes territórios o marco alemão, moeda da Alemanha capitalista. Josef Stalin, então líder da URSS, reprovou a idéia e, como contra-ataque, procurou reunificar Berlim sob sua influência. Então, nesse data, todas as rotas terrestres foram fechadas pelas tropas soviéticas, numa violação dos acordos da Conferência de Ialta.
  • Criação da OTAN [América do Norte - EUA]

    Criação da OTAN [América do Norte - EUA]
    No dia 4 de abril de 1949, foi assinado o acordo que criava a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). Entre os países fundadores, estavam os Estados Unidos, Grã-Bretanha, França e outros nove aliados. A aliança militar ocidental previa a cooperação na área de segurança e concedia garantias mútuas de não-agressão.
  • Revolução Chinesa [Ásia - China]

    Revolução Chinesa [Ásia - China]
    Impedidos de participarem das questões políticas do país, os comunistas chineses, sob a liderança de Mao Tse-tung, começaram a mobilizar a população camponesa, com promessas de uso coletivo da terra e a criação de um sistema político igualitário. Com o apoio dos camponeses, Mao Tse-tung criou o Exército Vermelho, que lutou contra o governo chinês. Após esse período de batalhas, os comunistas dominaram Pequim e Mao Tse-tung foi aclamado novo líder da República Popular da China.
  • Bipartição da Alemanha (Criação da Alemanha Oriental) [Europa - Alemanha]

    Bipartição da Alemanha (Criação da Alemanha Oriental) [Europa - Alemanha]
    A reforma monetária nas zonas ocidentais da Alemanha, que sustentava a aplicação do Plano Marshall, desencadeou a crise do Bloqueio de Berlim. O resultado da crise foi a divisão geopolítica da Alemanha em dois Estados: a República Federal da Alemanha (RFA), com capital em Bonn, e a República Democrática Alemã (RDA), com capital em Berlim Leste.
  • Guerra da Coréia [Ásia - Fronteira entre as Coréias]

    Guerra da Coréia [Ásia - Fronteira entre as Coréias]
    A Guerra da Coréia foi o único grande confronto militar que envolveu batalhas em que de um lado havia forças militares americanas (capitalistas) e do outro, forças socialistas soviéticas. A península da Coréia foi dividida, em 1945, em duas zonas de influência: uma ao norte, ocupada pela União Soviética, e a partir de 1949 pela República Popular da China, comunista; era a República Popular Democrática da Coréia. A outra porção, ao sul, foi ocupada pelas tropas americanas e permaneceu capitalista
  • Pacto de Varsóvia [Europa - Polônia]

    Pacto de Varsóvia [Europa - Polônia]
    Aliança militar entre os países do Leste Europeu e a URSS. Firmado na capital da Polônia, em 1955, o pacto estabelecia o compromisso de ajuda mútua em caso de agressão armada de outras nações. Foi o principal instrumento da hegemonia militar da URSS, reagindo ao ingresso da ex-Alemanha Ocidental na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). Teve grande força até 1989, quando termina a Guerra Fria, e é extinto em 1991.
  • Revolução Cubana [América Central - Cuba]

    Revolução Cubana [América Central - Cuba]
    A Revolução Cubana foi um movimento ideológica e politicamente heterogêneo, reunindo diversos grupos rivais de esquerdistas, nacionalistas e liberais que tinham em comum o objetivo de derrubar Batista, democratizar e moralizar o país e realizar reformas. Entre os revolucionários, destacou-se o grupo liderado pelo jovem e carismático advogado Fidel Castro
  • Guerra do Vietnã [Ásia - Indochina - Vietnã]

    Guerra do Vietnã [Ásia - Indochina - Vietnã]
    Nascido da luta do povo vietnamita pela libertação do jugo colonial francês, a chamada guerra da Indochina, o conflito tornou-se, no período de maior intensidade de participação americana, elemento essencial da Guerra Fria. Os Estados Unidos, que tinham apoiado a França na Indochina, acreditavam que a queda do Vietnã do Sul acarretaria a de outros países do Sudeste Asiático.
    [A data desse evento é meramente ilustrativa]
  • Construção do Muro de Berlim [Europa - Alemanha]

    Construção do Muro de Berlim [Europa - Alemanha]
    Nessa data, guardas da República Democrática Alemã (RDA) começaram a fechar com arame farpado e concreto a fronteira que separava as partes oriental e ocidental de Berlim.Por mais de duas décadas, o Muro de Berlim foi o símbolo por excelência da Guerra Fria, da bipolarização do mundo e da divisão da Alemanha
  • Crise dos Mísseis [América Central - Cuba]

    Crise dos Mísseis [América Central - Cuba]
    Tudo começou no dia 14 de outubro, quando as primeiras fotos tiradas de um vôo secreto que um U-2 norte-americano fizera sobre Cuba foram reveladas. O mundo então resvalou pela primeira vez para uma possível guerra nuclear. As fotos indicavam, de maneira irrefutável, que os soviéticos haviam instalados na ilha de Fidel Castro uns quarenta silos para abrigarem mísseis. Prontamente o governo de John Kennedy considerou aquilo como um inaceitável ato de guerra contra os Estados Unidos.
  • Ditadura Militar no Brasil [América do Sul - Brasil]

    Ditadura Militar no Brasil [América do Sul - Brasil]
    Esse processo foi marcado pela desarticulação dos movimentos de esquerda por meio do uso da opressão, da violência e da tortura. Além disso, contou com o apoio político dos EUA para que o governo ditatorial se consolidasse. Além do norte americanos, no Brasil, o golpe militar recebeu apoio da Igreja, da classe média e da elite, que temiam o comunismo.
  • Primavera de Praga [Europa - Tchecoslováquia]

    Primavera de Praga [Europa - Tchecoslováquia]
    Na tentativa de estabelecer um "socialismo com face humana” Alexander Dubcek, líder do Partido Comunista abre as portas da Tchecoslováquia para diversas mudanças políticas e sociais. Tais mudanças desagradaram as potências soviéticas, que em, 21 de agosto de 1968, numa operação militar de surpresa, as tropas do Pacto de Varsóvia lideradas pelos tanques russos entraram em Praga. Sepultaram ali qualquer perspectiva do socialismo poder conviver com um regime de liberdade. Dubcek foi levado a Moscou
  • Ditadura no Chile [América do Sul - Chile]

    Ditadura no Chile [América do Sul - Chile]
    Esse processo foi marcado pela desarticulação dos movimentos de esquerda por meio do uso da opressão, da violência e da tortura. Em setembro de 1973, as Forças Armadas do Chile (com expressivo apoio dos Estados Unidos) organizaram um golpe para depor Allende. Resistindo até o ultimo momento, o presidente preferiu suicidar-se ao ver o grupo de militares invadir o Palácio La Moneda. Com a morte do presidente Allende, uma junta militar liderada por Augusto Pinochet estabeleceu uma rígida ditadura
  • Independência de Moçambique [África - Moçambique]

    Independência de Moçambique [África - Moçambique]
    Em 1962, foi criada a marxista Frelimo (Frente de Libertação de Moçambique) . Dois anos depois da sua criação, ela já controlava todo o norte de Moçambique. A guerra pela independência se tornou intensa. Moçambique se tornou independente e comunista. O país viveu momentos de tensão econômica e guerra civil. A Renamo (Resistência Nacional Moçambicana) era o grupo dedicado a combater o governo. Recebia, como sempre, o apoio dos países ocidentais e da vizinha racista África do Sul.
  • Independência da Angola [África - Angola]

    Independência da Angola [África - Angola]
    Em 1950, o movimento anticolonialista era dividido entre grupos rivais: o MPLA (com apoio comunista) e a Unita (apoio da OTAN e da África do Sul). No auge da Guerra Fria, cada grupo recebia apoio de um megabloco. Tropas sul-africanas invadiram a Angola, em 1975, com a justificativa de neutralizar o envio de armas aos guerrilheiros da Namíbia. Mas foram neutralizados, junto das tropas da Unita, pelos soldados cubanos. No mês seguinte, foi declarada a independência da Angola.
  • Ditadura na Argentina [América do Sul - Argentina]

    Ditadura na Argentina [América do Sul - Argentina]
    Esse processo foi marcado pela desarticulação dos movimentos de esquerda por meio do uso da opressão, da violência e da tortura. Além disso, contou com o apoio político dos EUA para que o governo ditatorial se consolidasse. A partir da deposição da presidente Perón pelas Forças Armadas num golpe ocorrido no dia 24 de março de 1976, a Argentina mergulhou num dos mais brutais e sanguinários episódios da sua história.